Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
[Kit] ChrolloHoje à(s) 1:29 ampor  HooliganColorsHoje à(s) 12:17 ampor  Shiori1v9 Kirinha Adventures - 1° EpisódioHoje à(s) 12:14 ampor  KiraMazushi: Por um punhado de berriesHoje à(s) 12:08 ampor  Wild Ragnar[Tutorial] VincentOntem à(s) 11:57 pmpor  VincentCréditosOntem à(s) 11:36 pmpor  HooliganTutorial - HooliganOntem à(s) 11:32 pmpor  Dio1º Chapter - Wild HuntOntem à(s) 11:22 pmpor  ÀsHere Comes The SunOntem à(s) 11:14 pmpor  RavenbornDesventura na Terra dos Sonhos - Grupo 5Ontem à(s) 10:37 pmpor  Narrador De Eventos
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Kites
Página 1 de 1
Admin
Ver perfil do usuário
Imagem : Kites GRh51xf
Créditos : 15
Localização : Sirarossa
AdminAdministrador
https://www.allbluerpg.com/t270-bjarke-hallet-flamesguard https://www.allbluerpg.com/t299-i-juros-simples#870
Kites Seg Abr 26, 2021 6:49 pm


Kites




INFORMAÇÕES

Nome: Ilha Kites.
Sistema de Governo: Parlamentarismo.
Regente: Meteorologista-Chefe Dr. Lupin Saintcloud.
Densidade Populacional: Baixa.
Religião: Nenhuma predominante.
Clima: Temperado Continental, estando agradável entre 6h e 22h, após isso começa a ventar, cada vez mais forte, sendo tempestuoso e com ventos superiores à 100km/h após as 2h.
Temperatura Média: 20 a 26º C de dia, 14º C de noite.
Geografia: A ilha possui uma série enorme de cadeia de montanhas que percorrem toda a ilha, as cidades ficam no topo das 5 montanhas principais que se dispõe de forma circular entre si, estando uma delas no centro onde fica a tribo dos Aeolitas e 4 em volta. Cada cidade ocupa o topo de uma delas, o que  faz necessário um método alternativo de locomoção. Já que cada montanha se encontra a uma distância média de 250 quilômetros de lacuna entre elas. Na parte de baixo, a lacuna entre as montanhas é preenchida por uma densa selva cheia de animais, porém as bordas norte e sul da ilha possuem cada uma um porto que é ligado por meio de um teleférico às cidades.



HISTÓRIA

Uma ilha que passou décadas sendo considerada inabitável por conta dos ventos violentíssimos diários, além dos riscos constantes de tempestades, que assolam a ilha todas as noites. Os primeiros moradores foram pessoas que acharam o lugar charmoso e bom para se tirar férias, algo justo, considerando que é uma das mais belas de todo o North Blue, mas não estavam cientes das condições climáticas adversas e acabaram ilhados, presos nas montanhas.

Isso tudo apenas foi resolvido quando Lupin Saintcloud, um celestial vindo de Wheateria, na Grand Line, ouviu falar da ilha e ficou intrigado. Ele e alguns colegas navegadores foram para o North Blue estudá-la e se apaixonaram pela paisagem, decidindo que se estabeleceram ali e construíram uma cidade habitável, apesar do clima peculiar. Porém além da questão meteorológica, havia mais um desafio, os Aeolitas que não tratavam os forasteiros como bem vindos, eles sabotaram tudo que eles construíram, por isso, Lupin decidiu aceitar o desafio, construindo sua primeira cidade em um dos 5 picos mais altos da ilha, o que dificultou muito os avanços do nativos, tornando o desenvolvimento da cidade possível. Eventualmente, o líder deles se acalmou, deixando eles se estabelecerem ali, mesmo que ainda promovesse algumas ações contra eles, havia aceitado que não podia derrubar eles naquela montanha, pois os colonizadores estavam melhor preparados.

Nesse tempo de tentativas, Saintcloud percebeu que a ilha é abençoada por dias agradáveis em grande parte de seu tempo, tendo ventos constantes que jamais param, mas já tarde da noite a ilha começava a ser acometida por ventos muito fortes e às vezes tempestades, aquilo era um prato cheio para gerar uma base de energia eólica que sustentaria a ilha infinitamente. Então ele preparou todas as construções, reforçando por completo sua estrutura interna e externa, para evitar que elas possam ser arrastadas, suas portas bases são fixadas vários metros por baixo do solo com ferro maciço, além de possuírem proteção para se colocar nas portas e janelas durante a noite para garantir que não vão haver problemas.

Assim, tomou forma a ilha Kites, que apresenta ventos constantes e agradáveis, embora não seja recomendável desobedecer o toque de recolher, pois você tem o risco sério de ser carregado pelos vendavais noturnos que começam após as 22h. O problema é tamanho que toda vez que alguém desembarca na ilha, precisa assinar um termo de responsabilidade, além de isso ser algo ensinado pelas escolas da ilha desde cedo. Essa característica também gerou o meio de locomoção mais famoso da ilha, as "Águias de Pano", um planador que foi inspirado numa frase dita por Lupin ao seu fiel parceiro de carreira, que é também engenheiro, Emanuel.

Ele desenvolveu uma grande pista de decolagem, e projetou os acessórios para que fosse fácil viajar para qualquer ponto da ilha. Os planadores contam com duas asas reforçadas, e uma base aerodinâmica, existem vários modelos que foram projetados, alguns mais parecidos com uma pipa realmente (lembrando uma asa delta), com uma base triangular e espaço para duas pessoas no centro, e outros com base em aves, tendo duas asas e uma cauda para trás, e depois disso ele entregou seu projeto para várias pessoas, para que as produções pudessem realmente cumprir com uma função mercadológica na ilha, hoje sendo possível qualquer civil da ilha adquirir o seu.

Eles se tornaram fundamentais para a rápida locomoção entre ilhas, troca de recursos, cartas e outras coisas além de serem um passatempo favorito dos jovens que criaram brincadeiras e até mesmo um esporte, fazendo diversas corridas entre eles. A questão é que como nunca para de ventar, e os ventos são constantes, após saltarem com os planadores, é possível literalmente voar com eles, com uma boa pilotagem, manobrar e se locomover livremente entre as cidades, inclusive é possível ir de lugares mais baixos até os mais altos, como saltar do porto e conseguir velocidade para chegar em qualquer cidade com isso.

Aos poucos seguindo os passos da primeira cidade fundada, vários outros foram fundando cidades no topo das outras montanhas próximas a essa o que formou uma sociedade, o maior problema e talvez o que mais seja complicado é que além das 4 cidades que habitam as montanhas, logo ao centro existe uma montanha que sempre esteve protegida dos ventos, dado as outras 4 que a circundam, esse é o lugar que se localiza exatamente no centro dela e o risco de sair voando é quase nulo. Lá, é batizado de “O Olho do Furacão”, e é onde residem a tribo dos Aeolitas, os nativos que já viviam na ilha antes de ela ser colonizada. Eles cultuam o Deus dos Ventos Éolo, dizendo que sua ilha é abençoada por ele e as tempestades são uma forma de proteção. Eles são completamente contra os forasteiros que para eles estão ali para destruir suas terras e sua cultura.

Mesmo que os colonizadores sejam pacíficos, eles acreditam que eles vão contra Éolo o que faz com que eles realizam diversas sabotagens no trabalho deles e alguns ataques ao porto, já que eles não conseguem ter acesso a cidade, o que criou uma força de patrulha nos dois portos da ilha tanto no norte como no sul, pra evitar que embarcações fossem sabotadas, ou os locais destruídos, o que gera um clima ruim entre os Aeolitas e o resto da população, o que também molda algumas construções. Como por exemplo os cabos teleféricos já que o pico dos nativos fica no centro dos outros quatro, eles não permitem a passagem dos cabos, o que obriga as cidades a fazerem uma rota diferente que faz com que as 4 cidades sejam interligadas apenas de forma indireta, como uma espécie de retângulo, que gasta muito mais recursos com os cabos.

Por conta das condições adversas, a ilha possui o que é considerada, por muitos, a melhor faculdade de navegação do mundo. Seu centro tecnológico de meteorologia é referência mundial e consta com alguns dos maiores pesquisadores da área, que são capazes de prever tempestades uma semana antes de chegarem.

O sistema de governo é o parlamentarismo, que possui eleições quadrienais em que dez pessoas, quase sempre meteorologistas ou navegadores, são eleitos para representar a população. Depois, os dez realizam uma votação entre si e elegem o Meteorologista-Chefe, que é o porta-voz do Parlamento e tem peso dois em todas as votações, permitindo que nunca se tenha empate. A ilha atualmente divide diversas funções entre as cidades fazendo com que o grande cooperativo entre elas se torne um lugar excelente de se viver.



LOCAIS IMPORTANTES

Eolia

Eolia foi a primeira cidade fundada e é atualmente a capital de Kites. Ela foi construída inteiramente voltada para a energia eólica, contando com diversos moinhos dispersos pelo lugar, o que garante uma fonte de energia infinita, uma vez que os ventos no lugar não acabam.

Todas as construções são incrivelmente reforçadas, o que evita que o lugar seja devastado pelas tempestades recorrentes que a atingem, possuindo uma série de alto-falantes espalhados pela cidade, o que permite diversos avisos, principalmente os de tempestade se aproximando. As outras cidades copiaram seu modelo de funcionamento.

É onde fica a sede do Conselho de Meteorologia, que é o nome dado ao Parlamento, o Centro Meteorológico e a Universidade de Kites, referência mundial em navegação e meteorologia.

Universidade de Kites: Uma das faculdades mais renomadas do North Blue. Atrai diversos alunos do mundo inteiro, todos interessados em se tornarem meteorologistas ou navegadores, embora ainda possua diversos outros cursos.

Alguns dos que aqui se formam adquirem uma afinidade natural para sentir as mudanças climáticas, minutos ou horas antes de ocorrerem. Esses alunos são procurados desde o começo do curso, para serem observados de perto, pois são considerados como jóias na faculdade, por sua potencial capacidade de se tornarem pessoas renomadas na navegação.

Departamento de Meteorologia: É um laboratório situado no noroeste de Eolia, que tem a função de identificar todas as mudanças climáticas, semanas antes de ocorrerem, e avisarem à população. Dependendo da gravidade, avisam diretamente ao Parlamento, para que eles decidam o que fazer. O líder do departamento é um cargo que se consegue por indicação, mas que não trocou de dono nas últimas três décadas. Atualmente é presidido por Lupin Saintcloud.

Sede do Parlamento: Uma grande casa de três andares, situada no sul da ilha, por ser onde há o maior foco populacional. É onde os parlamentares se reúnem para decidir as medidas a serem tomadas e debatem sobre políticas públicas e o bem geral da população.

Gaia

Gaia se localiza no morro que fica à direita da capital, ela tem uma estrutura muito parecida em construção, usando de energia eólica para trabalhar com força total, entretanto há uma diferença bem grande em sua fama já que ela foi fundada apenas alguns anos depois de Dilian e Eolia, sendo mais velha apenas que Starvill. Entretanto ela acumulou uma boa população em pouco tempo que foi se juntando aos exploradores.

Seu foco está no grupo dos desbravadores, que são alguns homens que usam de suas habilidades para descer até a floresta, porém sem se desprender. Eles amarram uma corda elástica na cintura e pulam, descendo em queda livre por alguns metros e depois aos poucos. Retiram recursos da floresta na parte baixa, onde eles coletam centenas de frutas.

Alguns desbravadores descem para a mata para praticar caça, e outros são responsáveis por fazerem novas rotas na floresta. Apesar de conseguirem ter cultivo decente em estufas dentro da cidade alta, seu objetivo é buscar mais elementos para tornar a culinária local mais rica, e angariar sementes para as plantações além é claro, de explorar as densas matas.

Estação Meteorológica de Gaia: É a estação meteorológica dessa cidade que é bem mais humilde do que a do centro, apesar disso ela serve para dar informações diretas tanto para Gaia quanto para Starvill a cidade situada no pico vizinho do outro lado, ou seja a leste desta cidade, já que a oeste fica a capital.  Ela possui ótimos equipamentos para previsão contando com uma equipe bem preparada para lidar com os fenômenos da ilha. Ela possui também uma linha direta de comunicação com o departamento e a sede do parlamento, de onde podem receber informações importantes de previsões que os equipamentos menos avançados não sejam capazes de captar, ou falhas no sistema, já que ele ainda está passando por adaptações.

Centro de comando dos exploradores: Uma casa com dois andares cheia de janelas de metal especializadas, grandes o suficiente para que uma pessoa seja capaz de sair ou entrar por elas. Na frente um cartaz que diz “Nós queremos você para explorar o mundo” eles estão sempre tentando recrutar membros honorários para suas expedições na selva densa de Kites. Seu portão é enorme para passar uma grande quantidade de pessoas de uma só vez, a coloração do prédio é branca com linhas vermelhas nas cores dos uniformes da tropa.

Estação de Teleférico: A estação fica ao oeste, próximo ao centro de comando dos exploradores. Lá você pode viajar para qualquer uma das ilhas, o teleférico faz parada em todas elas. E até mesmo ir para o porto Norte, porém ele não viaja desse ponto para o sul, é necessário pegar outro teleférico em Eolia para poder chegar nesse porto. A estação é bem humilde, uma pequena casa reforçada que guarda o teleférico durante as noites, com dois espaços para os operadores poderem se acomodar enquanto esperam a viagem.

Pista de Decolagem: O lugar favorito da maioria dos jovens da cidade, na verdade todas as pistas de decolagem das cidades são movimentadas, pois o fato de o vento ser sempre constante torna viável que o voo com os planadores, seja o meio de transporte mais rápido, enquanto o teleférico precisa dar voltas e tem uma velocidade regular, os planadores seguem um ritmo muito mais veloz, sendo usados por a maior parte da população. Inclusive pela equipe de entregadores locais, que saltam em direção às ilhas levando e trazendo encomendas o tempo todo.

A pista de decolagem é uma estrutura altíssima, feita com a altura de um prédio de 8 andares, ela segue por uma área de 200m² em seu topo, que é dividido por zona de treinamento de entregadores, zona civis onde os jovens ficam fazendo suas manobras e saltando e voando pela ilha, área de equipamentos, onde fica um pequeno depósito e um telhado com alguns bancos, é o local que todos se preparam antes dos saltos. Apesar de não ser necessário tanta altitude para saltar, o chefe de meteorologia da região achou que era o mais benéfico para todos, evitando que por qualquer motivo faltasse força durante os voos, mesmo que essa fosse uma preocupação boba dado o funcionamento dos ventos da ilha.

Estufa de Especiarias: Todas as plantas, frutas e ervas coletadas pelos exploradores, são trazidas para esse lugar, onde são tratadas para que possam ser cultivadas de uma maneira artificial, pela botânica mais famosa da região. Ela adora plantas novas e paga um bom preço pra quem trouxer exemplares de algo exotico da ilha. É uma casa bonita com teto refletor, que se abre apenas durante o dia para receber a luz do sol diretamente se fechando após as 8 horas para que os vidros não sejam danificados.

Starvill

É a cidade dos astrônomos, tendo como seu maior chamativo o observatório, e a plataforma de lançamento, criada por um grupo que deseja mandar um foguete para a lua. Um homem começou a se interessar pela ilha quando ouviu de seus picos altos, que podiam auxiliar suas observações do céu, isso é claro, por que o céu de Kites normalmente é limpido até as 22 horas quando às vezes, nuvens encobrem o céu, de qualquer forma ele conseguiu levar várias equipes e entusiastas para a ilha, muitos que tem o sonho de voar, estão aqui, ainda mais por conta das Águas de pano.

A cidade é responsável por abrigar uma quantidade bem pequena e seleta de indivíduos, quase todos trabalham juntos no centro de astronomia, alguns engenheiros tentam projetar o tal do foguete. Além disso, a cidade conta com alguns pilotos que levam e trazem comida das outras cidades por meio dos planadores. Além disso, ela possui uma pista de decolagem com proporções iguais a de gaia que foi construída após a fundação da cidade.

Grande observatório: uma construção redonda com um grande telescópio que sai do teto apontando pro céu, é lá que acontecem grande parte dos estudos de astronomia realizados na ilha. O prédio é todo branco, tendo duas portas para entrada e saída, não possui janelas, provavelmente para alguma melhoria no uso de seus equipamentos. O telescópio gigante é móvel, sendo provavelmente controlado por algum mecanismo interno.

Plataforma de lançamento: Vários metros maciços de metal, feitos com uma estrutura para manter o grande foguete seguro, aço reforçado em suas bases e uma espécie cúpula que se abre e se fecha, usada para manter o foguete intacto das variações climáticas. É possível durante o dia ver ela aberta, com o enorme foguete ainda sendo construído, eles trabalham em principal no tanque de combustível para que seja possível uma viagem de ida e volta sem que ele rompa. Vários pequenos testes são realizados em constância com foguetes em miniatura, o que virou até mesmo uma atração que reúne algumas pessoas para assistir.

Dailin

Uma cidade dotada dos melhores voadores da região, assim como os melhores lutadores, ela tem foco na formação das milícias e treina os melhores soldados, o motivo disso se dá pelo seu fundador que é um militar, ele se instalou nesse pico com auxílio do parlamento, que achou uma boa ideia começar a expansão de território, assim poderem ter uma linha que contorna grande parte da ilha.

O problema é que as tribos locais sabotavam projetos e precisavam de alguém para cuidar. Então começou a formação de Dailin, que originalmente era apenas uma base de operações militar comandada pelo chefe escolhido, mas aos poucos ele foi recrutando pessoas até tornar o lugar independente e viável para habitação com ajuda da doutora Gwenn, eles simplesmente voaram e conseguiram autonomia quase total e hoje são responsáveis pela proteção da ilha estabelecendo pequenas bases em todas as cidades e nos portos, mas a sua sede é em Dailin.

A cidade tem uma estrutura concêntrica, logo no meio fica a sede da polícia e as construções vão se formando ao seu redor, tendo um formato não propositalmente circular. As casas seguem o formato de Eolia, porém elas são ainda mais resistentes, já que ali é um dos pontos que ocorrem mais tentativas de sabotagem, eles mantêm ainda mais cuidado. Grande parte de sua pequena população é parte de alguma das organizações militares.

Sede dos Grifos Escarlates: Os grifos são a policia de Kites sendo divididos em duas vertentes, os Voadores e a Frota Terrestre. Ambos dividem a mesma estação, que é formada por um grande pátio cercado por muros altíssimos, com 8 alojamentos dentro e logo ao lado uma pista de decolagem especial, que possui um lançador. Um tipo de canhão que cabe uma pessoa dentro, mas ele dispara apenas com alavancas impulsionando a pessoa para o alto, Por isso além dos planadores padrões eles tem os planadores completamente retráteis para caber com eles nesse canhão de lançamento. Porém tal coisa só é usada para captura de procurados que já tenham tomado certa distância em voo.

Laboratório de Pesquisa: Um lugar bem requisitado dentro da ilha, para aquele que procuram modificações nos seus planadores, ou querem alguma engenhoca é daqui que elas saem, é um prédio de 5 andares verde que possui um portão azulado em seu  térreo, e duas placas de cuidado e uma cerca de arames farpados que circula toda a região.

Olho do Furacão

O pico fica situado no centro da ilha. É o único lugar da ilha em que você consegue estar fora de casa de noite ou durante uma tempestade e não ser levado. O lugar é cercado por 4 outros grandes picos, que o protegem das grandes ondas de vento. É onde vivem os Aeolitas, tribo que cultua o deus Aeolo, e vêem todos os forasteiros que entram em seu território como um invasor, eles não atacam de imediato, mas irão ter desconfiança sempre um ou dois guardas vão ficar seguindo essa pessoa para que ela não faça nada de errado, qualquer problema e eles irão soar a sirene e atacar. Evitam o contato com os moradores das outras cidades, por considerar que são invasores pagãos em suas terras.

Portos Norte e Sul

Os dois portos da ilha são como pequenas vilas, eles possuem uma estrutura enorme feita para guardar os barcos, sempre que um barco chega eles abrem um grande portão de ferro que possui um espaço gigantesco dentro dele, sendo que esse ainda tem água ali para os barcos podem ficar guardados. Além disso, ambos possuem uma caserna militar onde fica um pequeno batalhão dos grifos vermelhos que estão ali para prevenir ataques dos nativos, ou sabotagens. Uma estrutura bem pensada para a situação atual da ilha.

NPC's IMPORTANTES

Dr. Lupin Saintcloud
Descrição: Lupin era, originalmente, um cientista climático da ilha voadora artificial de Weatheria. Ele e seus companheiros passavam os dias estudando o tempo e suas variáveis, quando ouviu falar de uma ilha peculiar no North Blue. Os demais não se interessaram muito em uma ilha considerada como "inabitável", mas Saintcloud viu nela o maior desafio de sua carreira profissional: construir uma cidade, com base em seus conhecimentos e contatos.

Desceu de sua ilha e rumou ao North Blue, para começar sua missão. Após uma semana intensa de pesquisa e alguns riscos de vida por conta das adversidades temporais, fez algumas ligações, reuniu alguns contatos e velhos amigos e começou o projeto.

As obras demoraram mais do que o esperado por conta de um imprevisto: o Big Grey, que arrasou e arrastou tudo o que ali estava. Só sobreviveram porque pensaram em ir para as montanhas. Então, após essa experiência, construiu novamente a cidade, agora reforçada. Com isso, passou a ser possível a vinda de pessoas para habitar a ilha.

Grande parte do que existe na ilha foi ideia dele, transformada em realidade por conta de um amigo arquiteto e outro engenheiro. Até mesmo a forma de governo foi ideia dele, em prol de algo democrático.

Hoje, ele está em seu oitavo mandato no Parlamento, o qual tem eleições quadrienais. Em outras palavras, foi eleito e reeleito em todas as eleições da ilha, pois grande parte da população tem um sentimento de gratidão a ele, e Lupin é incapaz de largar o cargo por amor à cidade que construiu.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não luta.

Dr. Emanuel Chambers
Descrição: Amigo de longa data de Lupin nos tempos de faculdade, era um pesquisador em uma ilha do South Blue. Recebeu uma ligação, oferecendo o cargo de diretor de uma Universidade, e não precisou nem pensar duas vezes, uma vez que seu sonho era lecionar. Ajudou na construção da ilha e na instauração do Departamento de Meteorologia, montou a grade curricular da faculdade e ainda contatou todos os professores que hoje lecionam.

É correto afirmar: Lupin pode ter sido o responsável pelo estado que a ilha está hoje, mas não teria sido capaz de metade disso sem a ajuda de Emanuel.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não luta.

Theodore Merino
Descrição: Theodore é filho de um famoso capitão da marinha: Thomas Merino, exímio navegador e espadachim que, com a morte repentina da esposa por uma doença, pediu licença e passou o resto de seus dias cuidando do filho. Integrou o Departamento de Meteorologia por alguns anos, mas regressou à marinha após o filho completar a maioridade.

Theodore se formou em navegação e meteorologia, e terminou seu curso de administração e gestão pública. Aos 26 anos, tem diversas propostas na cabeça para melhorar a ilha e sua economia, então começou sua campanha política para não só ingressar no Parlamento, mas também virar o novo Porta-Voz, quebrando a hegemonia de Lupin. Sabe que esse caminho não é fácil, mas trabalha para começar ligações e alianças, em prol do seu objetivo: melhorar Kites Island.
Nível: 03
Estilo de Combate: Espadachim.

Whindur Galefor
Descrição: Whindur é o líder dos Aeolitas e, ao contrário do que muitos possam imaginar, não é um homem bárbaro, bruto e sem cultura. Na verdade é inteligente, sendo capaz de produzir diversas ferramentas avançadas, como o que sua tribo usa para escalar, um tipo de arma que lembra uma besta mas atira uma corda com um gancho que se fixa na montanha e ajuda eles a subir. É excelente como construtos, e um estrategista inteligente. Para seu povo ele é um líder gentil e competente.

Porém apesar disso sua fé é cega e alguns dos cultos de sua religião são extremos, mas ele é um estrategista sagaz que conhece a ilha como se fosse a palma de sua mão e não apenas um líder tribal sanguinário. Não é um homem cruel, mas não hesita em tomar ações drásticas se julgar necessário. Apesar da diferença de crenças, Whindur é um grande patriota e, apesar da relutância, juntaria forças temporariamente com Lupin Saintcloud, mesmo que ele seja um pagão infiel, se fosse extremamente necessário.
Nível: 04
Estilo de Combate: Lanceiro.

Jafari Okorie
Descrição: Um dos parlamentares com mais voz na ilha, que está sempre trabalhando em prol de melhorias para a população, atualmente ele trabalha na estação de Gaia, onde ele faz um bom trabalho tanto informativo como de pesquisa. Ele tem um tamanho fascínio por sua área que é a meteorologia, e vir para Kites foi um presente.

Ele é honesto e bondoso, apesar de sempre estar sério, nunca brinca ou faz piadas, ele sempre fala aquilo que pensa sem redomas, é um homem que não sabe mesmo como mentir. Sua devoção é em tornar Gaia uma das cidades com melhor qualidade de vida no mundo, e para isso ele não mede esforços.

Além de tudo isso, ele é bastante famoso por não sair de perto de sua coruja Dalila, que fica quase sempre no seu ombro ou braço, a ave fica sempre observando as pessoas que falam com ele, e tem uma maneira indiferente de agir aos demais, mas demonstra resistência se alguem tentar tocar ela, se afastando um pouco antes de receber algum afago.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não luta.

Dra. Jeannice Oweens
Descrição: Chefe do laboratório de pesquisa de Dailin, uma mulher completamente obcecada por pesquisas, ela está o tempo todo tentando estudar e compreender o mundo a sua volta de um conciso ponto de vista observador, ela passa a observar até mesmo seus amigos por meio do método científico, o que às vezes faz ela parecer um pouco fora da casinha.

Cientista, médica, e entusiasta na navegação, essa mulher segura todas as pontas de Dailin, sempre tentando ajudar os Grifos Escarlates com bugigangas novas, acessórios e planadores melhorados. Ela quem projetou os canhões e parte da sede deles. A razão disso é sua fé na sua melhor amiga, que é a chefe da polícia da cidade, não é certeza mas acreditasse que as duas tem um caso amoroso, porém não se sabe ao certo.

Ela se mostra a maior parte do tempo sorridente, entusiasmada, gosta de fazer muitas perguntas, algumas até mesmo invasivas, ou estranhas, como por exemplo qual o comprimento de seus braços, e não se assuste se do nada ela aparecer com uma trena realmente te medindo. Excêntrica e carismática resume bem ela.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não luta.

Dayena Von Clay
Descrição: Uma verdadeira lenda viva, conhecida também como a Baronesa dos Céus ou Asa Escarlate. Essa mulher é a rainha dos céus de Kites. Responsável por chefiar os Grifos Escarlate é difícil separar a mulher do mito, mas algo que todos sabem é que sua risada Fuffuffuffuffu domina os céus quando ela persegue seus alvos.

É uma mulher divertida, que gosta de provocar as pessoas em sua volta para extrair delas o pior que podem, sim ela tem um ávido interesse em ver até onde essas pessoas podem ir se ficarem irritadas. Ela diz que pra testar de verdade alguém essa pessoa tem de ser levada pra longe de sua zona de conforto. Por conta de sua maneira de agir, alguns podem achar ela meio desagradavel, já que pode ser incisiva e dura com suas palavras.

Porém, ela se demonstra agradável se você se provar confiável, ela tende a ser uma pessoa tranquila, brincalhona, cheia de piadas e gracejos, a questão é só conseguir essa confiança. Dayena perdeu sua família muito cedo, por meio de uma traição de um grande amigo de seu pai, e viveu sozinha por anos até encontrar conforto com Jeannice, que é uma das poucas a qual confia integralmente.
Nível: 05
Estilo de Combate: Espadachim e Atiradora.

Zuri Okorie
Descrição: Zuri é a filha mais nova do parlamentar Jafari, uma cartógrafa e carpinteira responsável por tomar conta das docas do porto norte, ela oferece alguns serviços de manutenção e abastecimento, assim como guarda os navios na zona especial que fica trancada para evitar problemas com as adversidades climáticas.

Ela é apaixonada pela ilha e cresceu ouvindo histórias sobre esse lugar, sobre como as altas expectativas sobre a cidade de gaia se tornar a melhor. Ela então decidiu ser uma potencial agente para transformar isso tudo em verdade, já que nesse tempo ela começou a trabalhar no porto para facilitar que as viagens fossem seguras.

Assim ela fornece serviços de alta qualidade para diminuir o número de acidentes de pessoas derrubadas pelas condições adversas dos arredores da ilha. Diferente de seu pai, ela tem um ar despojado, e passa uma sensação confortável de calmaria, não é muito brincalhona, mas entra bem na onda dos clientes. Ela cria uma coruja também, chamada Lulu, ela é bem simpática e adora carinho, raramente estranha alguém.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não Luta.

Yohan Pierre
Descrição: O homem que deseja alcançar a lua. Astrônomo e Engenheiro, ele é um homem dedicado ao seu sonho, ele quase sempre está no observatório ou trabalhando na plataforma de lançamento. Ele é um cara difícil de se lidar, a razão é que ele é muito firme em suas opiniões, depois que ele decide algo, ele mantém isso, mesmo que pague alto preço.

Isso faz com que um grupo pequeno de pessoas consiga verdadeiramente atuar junto dele, a maioria apenas aceita suas decisões sem muitos questionamentos. Porém seu carisma é o que faz muitas pessoas se reunirem perto dele, a convicção com a qual ele expressa seus desejos, e a grandiosidade de seu sonho, ele sente que aquilo vai levar o mundo pra um passo adiante, e assim vai ser possível ter acesso a coisas que não se possui na terra. Ele é um homem bem feliz, parece estar sempre satisfeito com a vida, ele no entanto tem poucos assuntos a falar, sendo que o que realmente lhe interessa é sua área de atuação.
Nível: 02
Estilo de Combate: Não Luta.


Rose Chapelle
Descrição: Membro dos grifos vermelho que comanda o esquadrão de proteção do porto Norte, ela fiscaliza pessoalmente quase todos os ocorridos ali, costuma ir nos barcos para fazer um levantamento sobre quem são as pessoas que aportaram. Ela é uma mulher perfeccionista, não consegue se contentar sem que absolutamente todas as coisas estejam no melhor em mínimos detalhes.
Nível: 03
Estilo de Combate: Atirador.

Cassius Donovan
Descrição: Chefe do esquadrão dos grifos vermelhos que ocupa o porto sul. Ele é um homem sereno, que quase sempre parece estar olhando pro céu, como se esperasse alguma coisa. Ele é preguiçoso e despreocupado, e tenta na verdade evitar trabalho a todo custo, a razão de ele ter se tornado chefe é que ele é muito bom em liderar, monta boas estratégias e consegue lidar com a maioria dos imprevistos. Ele aprendeu a ser assim pra não precisar se mover realmente apenas comandar.
Nível: 02
Estilo de Combate: Pugilista.


_________________

Kites WcCcIuX