Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Página 1 de 1
Graeme
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme 120x120
Créditos : 00
[TUTORIAL] Graeme Ter Nov 16, 2021 4:40 pm
Nome: Laurin Vandyr
Idade: 25
Raça: Humano
Gênero: Masculino
Localização: East Blue - Dawn Island
Estilo de Combate Básico: Atirador (Pistoleiro)
Mão Predominante: Direita
Qualidade: Atraente
Defeito: Mal Humorado
Photoplayer:
[TUTORIAL] Graeme 5479feda5b87c91c9fb18141b7f4bc00
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Graeme Ter Nov 23, 2021 9:37 pm
TUTORIAL APROVADO

Bem vindo ao All Blue RPG, a partir de agora eu serei seu Instrutor, irei lhe ensinar o básico sobre o fórum. O primeiro post é seu e peço desde já que se atente a sua mini ficha para trabalhar bem suas qualidades e defeitos durante a narrativa. Qualquer dúvida que tiver pode mandar MP que irei responder o mais rápido possível. Segue abaixo algumas informações importantes:

● A ficha usada para o tutorial é exclusiva dele e não precisa ser reaproveitada na sua ficha oficial, que pode ser completamente diferente. Mas nada lhe impede de usar o mesmo personagem.

● O fórum parte da premissa de evitar ao máximo God Mode, ou seja, que o jogador, controle NPCs e cenários. Em resumo evite descrever coisas como “O sol estava forte”, “Era uma manhã fria”. Não é um problema você dizer que acordou ou que está em casa, porém evite criar coisas.

● Uma dica importante para todos é que apesar de não se poder narrar cenários, ou controlar NPCs você pode procurar coisas e interagir com elas colocando a possibilidade de encontrar tais coisas. Exemplo: “Iria levantar e ir até a geladeira da casa, procuraria dentro dela uma maçã e se encontrasse uma já metia aquela bela mordida”

● Recomendo que consulte o Guia de Narração, Guia do Novato e Guia de Combate. antes de realizar o primeiro post.

● Por fim, sempre atente-se ao post de seu Instrutor e as dicas que ele der com cuidado, elas podem ajudar muito você a se guiar no fórum.
Graeme
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] Graeme Qua Nov 24, 2021 12:28 am
Tutorial Graeme - Laurin Vandyr


Percebendo que não havia dormido bem e que provavelmente não teria mais sono para fazê-lo, Laurin se sentava na beirada da cama e ficava cabisbaixo de forma que enxergasse apenas seus pés e o chão. Seu cabelo longo, ainda bagunçado escorregava pelo seu rosto e apoiando os cotovelos nas pernas, levava as mãos a face para se mostrar frustrado. "É, esses últimos dias tem sido osso e infelizmente, não creio que a situação vá melhorar tão rápido..." -pensava chateado enquanto se lembrava da noite anterior. "Sempre tá tudo tão bem, pena que chega alguém com uma piadinha sem graça e meu humor... bem, MEU HUMOR MUDA, GRRR, por que eu sou assim porra?? -começaria a se questionar sobre a própria personalidade, algo que já o fizera apontar a arma para um cliente no bar após uma piada de mau gosto, uma atitude não muito bem vista ao redor do mundo.

O homem então se levantaria e daria passos desanimados até o banheiro, onde arrumaria seu cabelo, passaria uma água na boca e encararia o espelho que tinha, quando respiraria fundo e voltaria para o quarto, onde se vestiria, começando pelas calças pretas para cobrir suas pernas que ultimamente não tinham tanta firmeza, seguindo da bota de couro velho, quanto colocaria sua camiseta também preta e se dirigiria até a cozinha, onde buscaria por qualquer coisa que pudesse comer para encher sua barriga. Caso encontrasse qualquer coisa mais simples, comeria, mas no caso de ser uma refeição mais complexa, deixaria para depois quando estivesse com mais fome.
Logo que passasse pelo seu tour na cozinha, seguiria até a sala, onde abriria a janela e escoraria os braços e começaria a observar o movimento na ruela onde sua morada ficava, aproveitando também para observar o céu e descobrir que horas havia acordado. Caso algum vizinho mais próximo desse as caras, Laurin iria cumprimentar por educação, apenas levantando a mão e olhando na direção do mesmo, quando voltaria a observar o resto e, se não houvesse movimento algum ainda, respiraria fundo e se manteria no local por alguns minutos, até que levantasse entediado e voltasse ao quarto.

Dependendo do horário, o homem tomaria decisões diferentes. Caso ainda estivesse de madrugada, decidiria pegar seu revolver carregado e sairia para dar algumas voltas nas redondezas, sabia que algo ruim poderia lhe acontecer, mas sentia que talvez fosse daquilo que precisava. "Ando muito ferrado com a vida no geral, vai ver se eu ocupar ela com umas confusões idiotas, tipo sei lá, uma briga de madrugada, a balança de estresse dê uma equilibrada..." -concluiria enquanto se dirigia até a porta e começaria a caminhada noturna. Se já estivesse amanhecendo, iria observar a janela por mais alguns minutos e depois seguiria até seu  quarto, onde colocaria capa e chapéu, pegaria seu revolver e o carregaria "hmpf... só por segurança.", seguindo então para o bar onde trabalhava.

"Espero que hoje nenhuma mulher fique atraída por mim igual quase todo dia... não aguento mais ter que discutir com os caras que levam elas lá. Como se fosse culpa minha..." -respiraria fundo pensativo enquanto continuava seu caminho.



Salve!
Espero que dê tudo certinho :D
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Graeme Qui Nov 25, 2021 10:08 pm


[TUTORIAL] Graeme DkI2H3
Narração

Após tomar todos os cuidados básicos de higiene necessários o sempre esquentadinho Laurin Vandyr abria a porta do seu apartamento visando sair para mais uma de suas rondas noturnas com sua fiel companheira chamada pistola. Depois de um longo dia de trabalho árduo suando e atendendo clientes muitas vezes problemáticos, talvez ele estivesse pretendendo dar o troco em algum dono de bar conflitante ao seu.

Ao pisar fora do seu apartamento Laurin poderia ouvir a mesma gritaria de sempre no apartamento nº 10 que fazia frente ao seu. — Aquele garoto problemático, quantas vezes eu já não falei para não conversar com marinheiros. — Dizia uma voz masculina. — Você deveria ser mais compreensível com ele, ele é só uma criança. — Respondia uma voz feminina em sua defesa. — Eu não, quem pariu Maria que embale, não é sangue do meu sangue. E digo mais, ele só está morando de baixo do meu teto porque eu durmo com a mãe dele. — Insistia em sua agressividade de sempre.

— Hey, tio! — Um menino de vestimenta muito humilde, curtas e rasgadas sentado na escadaria externa do prédio, com ambos os braços e pernas para fora da grade chamava a atenção de Laurin. — O que você acha de me ensinar a dar uns tiros? Por favor! Eu sei que você anda com uma pistola embaixo desse seu casaco. Você não quer que eu conte para a Marinha, não é mesmo? — Mostrava ser bastante observador e petulante o garoto. — Meu pai costumava dizer que quando se esgotam as lágrimas, tem que ter pólvora. — Sua voz parecia determinada o suficiente para fazer uma burrada de cabeça quente, assim como o nosso protagonista. Como procederia Laurin? Ignoraria-o por completo ou colocaria ainda mais fogo na fogueira ou tentaria brindar aquela criança?
 

Considerações:

Olá, seja bem-vindo ao fórum! Peço mil desculpas pela demora ao pegar seu tutorial, isso não é comum em qualquer área do fórum, acabei deixando passar despercebido.

Da sua narração, gostei do que eu vi inicialmente, talvez você pudesse ter progredido um pouco mais. O personagem sai "louco" a procura de encrencas, que tipo de encrencas? Que tipo de situação seria suficiente para desencadear uma ação desse estilo no Laurin? Mas do geral, gostei. Retorno no próximo post com um feedback mais geral.

Graeme
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] Graeme Dom Nov 28, 2021 4:35 pm

Tutorial Graeme - Laurin Vandyr



Assim que saía e começava a escutar o barulho da discussão dos vizinhos, o pistoleiro daria uma suspirada e começaria a fazer que não com a cabeça. "Coitado desse garoto, provavelmente vai ser problemático quando crescer e... ninguém pode culpá-lo. Certo?!" -pensaria sozinho enquanto dava mais alguns passos.

Não demorava para que escutasse alguém o chamando e sem muita pressa, dispunha se a ouvir o menino, quando perguntaria. -É de vocês que estão falando ali garoto? -começaria a aguardar uma resposta e então faria uma análise do pedido do garoto, embora achasse muito atirado de sua parte e normalmente aquilo já desencadearia um certo estado de nervosismo, pela situação Laurin tentava entender e se segurava. -Claro que posso te ensinar a dar uns tiros. Preste bem atenção, é muito fácil, você só precisa ter uma pistola ou qualquer outra arma de fogo nas mãos, aí é só apontar pro seu alvo, apertar o gatilho e TEY. Pronto, já te ensinei a dar um tiro, boa sorte... -falaria de forma que desse a entender que não o ensinaria diretamente a atirar e nem cederia o revólver, mas também em um tom meio cômico querendo quebrar um pouco do clima pesado. -Sinto muito garoto, mas se eu realmente te ensinar a atirar e você ir pra cima de quem quer meter bala, eu teria tantos problemas quanto se você chamar a Marinha porque tô carregando uma arma. Além de que seria uma responsabilidade e tanto que não viria só pra você, ia me afetar também, entende? -suspiraria novamente e sentindo um pouco de pena do moleque prosseguiria. -Mas aí, esse cara além de ter uma voz chata, fala de mais. Se quiser uma ajuda pra passar um susto nele, tô precisando descontrair um pouco... -terminaria percebendo que mesmo que não fosse algo tão inteligente de se falar e fazer, ajudaria a tranquilizar um pouco os nervos do garoto.

Caso o menino decidisse pedir a ajuda do pistoleiro para fazer algo, Laurin pediria que aguardassem a discussão terminar e então entrariam, não querendo assustar tanto a mulher também. Assim que escutassem os nervos se acalmando, pediria para que o garoto o guiasse até lá dentro e sem enrolar muito começaria a falar de forma bem decidida "-Caralho, então é ele que tava falando alto e atrapalhando meu sono? Porra, odeio falação alta!", já se preparando para fazer alguns desvios ou pulos rápidos caso houvesse algum avanço do morador, mas ainda evitando iniciar uma luta. "Certo Laurin, cê não quer matar ele, só passar um susto, toma cuidado com essas balas." -pensaria enquanto esperava uma resposta ou reação.
O pistoleiro ficaria esperto, caso o homem tentasse iniciar a briga, além de focar em desviar até saber se seria algo sério ou não, prepararia para acertar-lhe com alguma coronhada, apenas querendo impedir o avanço e não tentando causar danos de verdade.

Se o garoto escolhesse desistir da ideia agora que percebia a disposição do pistoleiro para fazer algo, apenas sairia dali lentamente e soltaria um "-Ei, se cuida, tenta só ignorar a maior parte das coisas que ele falar, esse cara parece ser um mala.", seguindo então rumo as ruas, onde sentia que deveria arrumar uma confusão buscando assim esvaziar de sua mente o estresse que guardava há tempos.
Laurin não sabia se seria a solução de seus problemas, mas naquele momento ele daria tudo para que sua raiva se direcionasse a alguma outra coisa que não fosse fator comum de sua vida, sentia que talvez seu emocional estourado pudesse ser culpa de uma má distribuição e se com frequência liberasse sua raiva, poderia se sentir melhor no dia a dia.




Comentários:
Sem problemas a demora!
Sinto muito por não desenvolver muito as coisas, estou voltando aos fóruns ultimamente, então já estou um pouco enferrujado e sem saber criar muitas possibilidades em minha mente, assim como para o personagem do tutorial, não consegui trazer nenhuma motivação muito boa, por isso ele tá "solto" pelo mundo e sem um objetivo que possa firmemente guiar o tutorial...
No mais espero que seja possível eu alcançar uma melhora satisfatória a cada post.
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Graeme JrUCYQb
Créditos : 05
Re: [TUTORIAL] Graeme Qui Dez 02, 2021 9:30 pm


[TUTORIAL] Graeme DkI2H3
Narração

A necessidade de extravasar do nosso protagonista não estava em ensinar a uma criança como manusear uma arma de fogo e ainda que seu corpo desse sinais do nervosismo que aquele pedido provocava, ele mostrava um autocontrole que talvez fosse surpresa até pra ele próprio. — Você é mesmo careta, tio. — Lamentava o garoto, voltando para a sua solidão de sempre. — É isso, vai lá fazer o que bem entender, quando você voltar talvez eu e minha mãe estejamos mortos. — Apelava o garoto, que finalmente conseguia a atenção do pistoleiro. — É sério? Você vai mesmo ajudar? Eu nunca duvidei, aliás, minha mãe sempre diz que é preciso força e moderação para ser gentil e você possui ambos. — O garoto enxugava as lagrimas, abria um sorriso e mudava completamente o seu semblante.  

Ao guiá-lo para dentro de casa, Laurin poderia confirmar que o padrão do seu apartamento se repetia naquele, possuindo uma cozinha pequena e um banheiro, uma pequena sala, dois quartos e uma pequena varanda. O casal, ao se deparar com aquele estranho postado em sua sala, demonstrava pânico. — O que significa isso?! Quem é você? Reizo venha para cá. — Dizia a mulher em um instinto maternal. — Não, mamãe, a senhora entendeu errado. Ele é o nosso herói, veio para nos salvar da garra desse bobão do seu namorado. — Respondia o garoto.

— Como é que é? — Revelando-se por de trás da mulher, aquele homem extraordinariamente musculoso, mas em compensação com uma única mecha de cabelo loiro encaracolado logo acima de sua testa e um bigode grosso, ele empurrava a mulher e passava literalmente por cima dela. — Você por acaso comeu merda, garoto? — Em uma rápida investida, onde os olhos de Laurin encontraram dificuldades para acompanhar aquele homem quebrou a distância que o separava do garoto e o acertou com um soco descendente originando um sangramento pelo nariz no garoto.

O homem então, ao notar a diferença gritante entre ele e Laurin, caminhava lentamente na direção do pistoleiro que perto o suficiente buscou uma coronhada na altura da cabeça do homem para desestabilizá-lo e não machucá-lo verdadeiramente. Em resposta ao seu movimento, o homem parou o ataque com sua mão esquerda que preenchia praticamente todo o antebraço do braço dominante de Laurin. — Eu vou fazer picadinho de você. — Ele pressionava com força o seu braço e fitava penetrantemente os seus olhos. Como Laurin se sairia?  
 

Considerações:

Gostei bastante do post, teve bastante conteúdo, você explorou boas possibilidades, a única dica que eu tenho é em relação a formatação do post. Sempre use uma ferramenta como um Microsoft Word ou Google Docs - não que você já não o faça, mas é bom reforçar - antes de passar para o fórum a fim de corrigir aqueles erros pontuais que talvez se você escrevesse direto passaria despercebido. Outra coisa é que o fundo do fórum é escuro e a cor que você escolheu para as falas não foi muito feliz, foi maçante para mim ler tanto no PC quanto no mobile, então tente sempre fazer o arroz com o feijão aqui, pegar uma cor mais clara, talvez, afinal você vai construir uma parceria lá na frente com o seu narrador ou mais companheiros de aventura, a depender do caminho que você optar.

É isso, do mais me deixou confiante para o futuro.