Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
II - Sombras em SteveltyHoje à(s) 5:45 ampor  KerigusVoice of the SoulHoje à(s) 1:38 ampor  YamiOperação T.N.C.T.O.N.I.Hoje à(s) 12:17 ampor  VincentMary Van TasselOntem à(s) 11:57 pmpor  KerigusSharp Teeth and Hard Fists.Ontem à(s) 11:25 pmpor  ÀsManae LiebeOntem à(s) 8:42 pmpor  RyomaCatherine Petit Barozzi Nero BellarosaOntem à(s) 8:36 pmpor  RyomaHizumy Mizushiro MayanOntem à(s) 8:35 pmpor  RyomaPedidos de CargosOntem à(s) 7:56 pmpor  Arthur LancasterAs Crônicas dos Scavenger: A Leoa, o Louco, e o MudoOntem à(s) 7:45 pmpor  Arthur Lancaster
 :: Oceanos :: Blues :: South Blue :: Reino Sorbet
Página 2 de 7 Página 2 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 XqxMi0y
Créditos : 20
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Sharp Teeth and Hard Fists. Dom Ago 29, 2021 5:35 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Sharp Teeth and Hard Fists.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Caçadores de recompensa Shimizu D. Akira e Às E. Volkerbäll. A qual não possui narrador definido.

_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 J09J2lK

Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 97f94401ee601a5f4b14b7a60801205b
Créditos : 07
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Qui Set 09, 2021 8:11 pm
Colors


A comida tinha finalmente chegado e não pude esconder minha ansiedade para comer, onde, já fui direto pegando meu suquinho e uma coxa de frango e mordendo, aquilo sim tinha um valor nutricional alto, uma delícia verdadeira. Iria passando tudo pra dentro e me lambuzando com o purê de batata, enquanto aos poucos ia me satisfazendo.

Era simplesmente perfeito poder comer depois de todo o dia cansativo que tivemos. -Cara, que delicia, eu tava precisando encher a barriga.- comentei acariciando a barriguinha, enquanto olhava pra ela, me recostando inteira sobre a cadeira e lambendo os lábios com a língua.

E no momento que ela comentava sobre minha comida, não consegui deixar de sorrir respondendo.-KYAHAHAHA sempre cozinhei melhor que lutei kyehehe, mas logo vou fazer um bom almoço pra nós, e umas compras amanhã depois de descansarmos bastante hoje. Há e vamos ver o tal barco.- comentei empolgada, começando a bater o pé no chão de forma ritmada enquanto balançava a cauda de um lado pro outro acompanhando o ritmo do pé.

E era verdade, me lembrei nesse ponto de algo que parecia ter acontecido tão logo quanto parecia, onde estávamos brincando na praia, chequei meus bolsos, onde busquei o que tinha conseguido lá. Era um objeto que tinha certeza de ter agora, e realmente, era meu IBone. Me aproximei de Sasha com ele e apontei a câmera pra nós duas.-Deixa eu registrar esse pós combate aqui KYAHAHAHAHA foto da gente chumbada!!- e apertei o botão pra tirar a foto que ficaria eternizada na galeria.

Iria parar e olhar pra a foto, mostrando ela pra Sasha em seguida, era bom ter como guardar alguns bons momentos assim. Onde estivessemos felizes, ou também de coisas importantes, pra que eventualmente usassemos isso para o dia a dia. Então com tudo feito, chamaria ela pra finalmente irmos pra casa da Vanessa.-Vamo nessa!! Dormir um bocado pra estarmos inteiras amanhã- disse levantando e estendendo a mão pra ela me acompanhar.

Nesse momento tirei a grana do bolso pra pagar pelos dois lanches falando.-Escuta isso não KYAHAHAHA ta aqui a grana pelos dois lanchers- comentei entregando quanto fosse e segurando na mão dela vazando dali pra casa de Vanessa. Chegando lá entraria fecharia a porta e caminharia direto pra cama, já me jogando e deixando apenas o espaço de Sasha, onde pelo extremo cansaço apenas repousaria a cabeça relaxando e pegando rapidamente no sono, tava com alto nivel de exaustão.



Historico:
Nome: Shiori Myamoto
Posts: 02
Ganhos:
-Corte profundo no Ombro (3/12) [Tratado]
Perdas:


Cor da fala: - Fala

_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 JVQRkB3

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 VYrwji0
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Giphy
Créditos : 38
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Qui Set 09, 2021 8:11 pm


Rainbow
Cat


Quando tudo finalmente chegou, Sasha havia ficado muito feliz, pois nada melhor para apaziguar as dores do que ter a minha Shiori e comida em um mesmo lugar, era simplesmente a combinação perfeita, onde me perdi um pouco ao me pegar olhando para a minha lobinha, mesmo com a comida chamando atenção, antes que pudesse voltar atenção para a minha próxima batalha.

Em um dos pratos que viessem eu teria separado ele de modo a juntar a comida em outro prato,  onde eu faria um montinho naquele prato agora vazio, para separar o que eu teria dado pro meu Pack, aquela era a parte dele e Sasha teria a sua toda pra ela. - Sasha Mimiya Pack myau nyan! - ( Sasha separou a sua parte pack, é esse prato aqui!)- teria dito, indicando pro gatinho no meio do cabelo que sabe Deus como dormiu tanto, deveria estar morrendo de fome a essa hora e Sasha não era uma mestra desnaturada, onde deixaria Pack comer a sua parte, enquanto Sasha se concentra exclusivamente na dela, levando o ato de comer como se fosse uma batalha de vida ou morte, pela concentração que lá havia ao meu redor.

Quando enfim terminássemos, procuraria por um guardanapo ou coisa do tipo para me limpar e limpar a pack, a parte mais grossa, antes de começar a “ tomar banho” com a língua, esperando dar exemplo para o meu gatinho, antes que ele quisesse voltar, onde eu cuidaria bem das mãos só, porque é o que poderia ter sujado. Onde quando a  minha Shiori comentou, eu teria terminado o banho e diria - Ficou muito bom mas, nada se compara a comer algo feito por suas mãos minha Shiori - Sasha seria muito honesta com a sua colocação e assim que Pack tivesse limpinho o deixaria subir novamente para onde ele gostava de ficar deitado em meio aos meus cabelos.

- Parece um bom plano pra depois de uma sonequinha… Sasha quer também ver se faz as armas novas, a arma de Sasha,  a Red, não vai durar muito mais batalhas mas… Vou torná-la em algo novo… Sasha quer preparar algo para Ás também,  apesar de não lembrar direito, Sasha tem um sentimento de gratidão recente… Deve ser coisa de gata, algo como sentido felino, sei lá.- Teria comentado enquanto me expressava movendo as mãos, tornando bem chamativo o meu modo de ser eloquente afinal, mesmo sem querer, como gata eu já arrasava nyahaha.


AH SIM, SASHA PRECISA DOMINAR OS CAMINHOS DE GODOFREDO!- Teria se lembrado, apontando para o caramujo no pulso várias vezes, como se dissesse, olha, olha, olha. E então quando minha Shiori se aproximou pra tirar a fotinha, Sasha teria sorrido animada pra foto ficar bem bonitinha.

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Smile-anime

- Hey, Chefinho(a), bota na conta do menino da guild, da próxima missão desconta o que a gente comeu.- E então me levantaria seguindo a minha Shiori, indo na direção para onde planejava ter um bom soninho pós comida. Quando chegasse na casa seria breve - Sasha precisa de naninha, dodói- Teria resumido a história e quando ela liberasse, só deitaria e dormiria tranquilamente até onde o corpo deixasse.


Histórico:

Posts: 02
Ganhos

  • .

Perdas:
Ferimentos:
Perfuração profunda na panturrilha direita [3/12 tratada]
- Costela rachada por choque [3/12 - Tradada]
- Cortes, escoriações e hematomas espalhados pelo corpo, mais na região do tórax e perna. [7/12]
N/A


_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 HGWnxh1
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 12
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Qui Set 09, 2021 11:32 pm

Sharp Teeth and Hard Fists
- Falas | ~ Pensamentos



A estática em meu punho era tamanha que por um instante conseguia interpretar como era emitir o electro pelo qual minhas irmãs eram capazes de fazer. A mão trêmula, com os músculos roxos, eram provas vivas de que eu havia dado tudo do meu melhor naquele golpe, e se o maldito ficasse de pé, não imaginava o que faria para me safar daquela. Sentia como se só conseguisse respirar no instante em que notava a criatura colossal despencando ao chão, me deixando ainda meio atônito e alerta em algum sinal de movimento do mesmo por alguns breves segundos.

A voz de Às era o que me tirava de meu transe, me fazendo focar no que realmente importava que era a condição dela. — Eu to bem… E você? Esse daí te pegou de jeito, GHYAHAHAHA! — Até minha risada era um pouco mais lenta, pois por mais que estivesse contente com nossa performance, a dor que ecoava pelo meu corpo era incômoda o bastante para me travar. Acabava me jogando de costas ao chão, exausto, me esparramando pela calçada destruída como se estivesse prestes a fazer um boneco de neve. — Sabe, Às… Nós levamos jeito pra isso, GHYAHAHAHAHA! — Meu sorriso preencheria meus pensamentos, assim como o ronco de meu estômago que já estava me persuadindo a mastigar a carne daquele lagarto ali mesmo.

Me ergueria aos poucos, estalando meu pescoço enquanto olhava para o lagarto que minha irmã se referia. — Sasha não tem muitos pêlos também. Talvez ele seja um daqueles gatos pelados e pelancudos? — Questionaria, visto que realmente não era comum Minks com falta de pêlos. De qualquer forma, um procurado era um procurado, e tínhamos dois ali em nossas mãos para encher nossos bolsos. — Talvez seja melhor você checar junto com o Sarnento, não? Se o navio estiver livre, você poderia manobrar ele pra deixar no porto pra gente amanhã. — Diria, achando que era o mais lógico a se fazer. Se ela ainda quisesse ficar encarregada de levar os procurados, daria de ombros, indo me encontrar com meu irmão que deveria estar me aguardando depois de todo esse tempo. — Então deixe-me ao menos ajudá-la a chegar até a praia. Fique longe das ruas, não vamos querer que esbarre com oportunistas quando você estiver sozinha. — Diria, apesar de ter a absoluta certeza que Às estaria muito bem protegida se cuidando sozinha. Meu receio, entretanto, era do Cartel aparecer novamente e querer sua fatia do bolo.

Utilizando do mar ao meu favor, caso eu ficasse encarregado de notificar ao Sarnento, tentaria chegar o mais rápido possível e pronto para lidar com qualquer problema. Com os punhos prontos para umas trocas de soco, saltaria para o convés para verificar o estado do navio, assim como de meu irmão. — Como uma carta na manga, Sarnento. Você chegou na hora certa! GHYAHAHAHAHA! — O abraçaria, animado pela sua presença. — E pelo jeito aprendeu muito junto com o velhote! Será útil pras próximas caçadas. — Diria animado, soltando-o para dar uma breve volta pela embarcação.. — Vamos ver se alguém passa aqui pra pegar essas encomendas. E amanhã começaremos a trabalhar no nosso novo navio!! GHYAHAHAHAHA!! — Sorriria vigorosamente, imaginando a quantidade de festas que seriam feitas ali dentro em comemoração às nossas aventuras.

Instruindo que Rango deveria ficar por ali de tocaia até a chegada de alguém da Guilda, partiria em busca de Às para ajudá-la puxando o lagarto, deixando que Leon ficasse sob sua responsabilidade. Esperava não demorar tanto para a chegada na Guilda, que bem me lembro não era tão distante assim. E, no instante em que passássemos pelas portas, me jogaria na primeira cadeira disponível, arfando de cansaço. — Se disser que tem alguma carne esperando por mim, eu juro que estarei em dívida eterna com você, Mizuki-kun. — Olharia para ela junto ao meu sorriso que eu dava quando pedia coisas pros outros, esperando que meu encanto único fosse capaz de facilitar as coisas.

Estando enfim num local propenso a relaxar os músculos, me aproximaria de Às e daria um leve soco em seu braço, como irmãos sempre fazem. — Está socando como um homem-peixe, irmã. Daqui a pouco estará movendo marés com essa força, GHYAHAHAHA! — Diria enquanto puxava de minhas costas um presente único, mostrando a bolsa azulada que ela mesmo havia me presenteado. Com muito orgulho por toda a organização da maleta, puxaria os utensílios necessários para tratá-la, me deixando por último visto que poderia fazer com mais calma. — Como seu médico, não devo recomendar que beba álcool sob efeito dos medicamentos. — Diria enquanto fecharia a maleta, guardando os analgésicos com uma expressão mais séria. Em seguida, abriria um sorriso enquanto roubaria uma caneca de cima da mesa, virando diretamente goela abaixo. — Então espero que beba até anestesiar esse corpo todo, GHYAHAHAHA! — Era minha recomendação médica final.

Voltando minha atenção para Mayumi, trataria de receber toda a recompensa combinada. Como já havíamos ajustado o valor pela caçada de Maya, só precisava ajustar os valores equivalentes à caça de Leon e de seu companheiro, assim como o valor extra pela recuperação da carga. Com tudo ajustado, contaria as notas e entregaria para Às, bagunçando seus cabelos quando estivesse de saída. — Vou só ver se o Sarnento não dormiu na vigília e retornar pra fazenda. Não quero que Ísis acorde e não veja nenhum de nós por lá. Te vejo por aí, mana. — Diria em um tom cansado, esperando recuperar a energia necessária para muita comemoração no dia seguinte.



  • Posts: 3
  • Ganhos:
  • Perdas:
  • OBS: Torção Punho [⅓]
  • Contagem Caçador: B$ 4.000.000 - Rank E
  • Posts Desvantagem: 7/20
  • Players/NPCs:
  • Localização: South Blue - Reino Sorbet



PdV: 14350
STA: 400

Força: 250 +80 +160 +160 = 650 [Hábil]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 1225 +80 +160 = 1465 [Talentoso] +5%
Reflexo: 0 +160 = 160 [Regular]
Constituição: 150 +80 = 230 [Regular]

Agilidade: 812
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Afinidade com HakiPor algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Duro de matarVocê continua consciente mesmo ao atingir uma porcentagem negativa de PdV, entretanto, ainda morrerá normalmente ao alcançar -21% de seus PdV.

CarismáticoVocê tem uma espécie de magnetismo natural que faz com que algumas pessoas gostem de você sem motivo aparente.

Idioma MarítimoVocê é capaz de se comunicar com criaturas marítimas através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Nadador NatoVocê é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Arcada RemovívelVocê possui dentes extremamente afiados e resistentes. Sua arcada dentária pode ser removida da sua boca e crescerá instantaneamente de forma automática. A regeneração de arcada dentária pode ocorrer uma vez a cada duas páginas.

Defeitos:

GulosoSeu estômago parece um poço sem fundo, você sempre come mais do que necessita e precisa se alimentar ao menos uma vez a cada duas páginas. Além disso, em termos mecânicos, todas as condições de faminto aplicadas em você sobem uma categoria.

AltruístaVocê constantemente coloca a vontade, os desejos e a segurança das outras pessoas sobre a sua.

ImpulsivoVocê não pensa antes de agir, comprando brigas e assumindo riscos que podem ser mortais, além de frequentemente ignorar o bom-senso padrão.

Ambição [Fazer a maior festa que o mundo já viu]Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. [Akira tem como maior objetivo de vida se tornar conhecido pelo mundo inteiro e, um dia, ser capaz de reunir pessoas de todos os cantos do mundo para uma grande festa, onde poderá compartilhar copos de sakê com grandes amigos.]

AtípicoDevido ao fato dos Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

DiscriminaçãoVocê tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e muitos podem lhe perceber como uma criatura grotesca e monstruosa. Vários humanos podem lhe tratar como uma criatura inferior e desumana pelo fato de você ser diferente deles e pelo histórico das relações entre homens-peixe e os humanos. É válido notar que nem todos partilham desse pensamento e agem dessa forma.

SegregaçãoPelo fato de ser um homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: Faixas de MãoDescrição: Um par de faixas de um tecido maleável e resistente, que serve para ser enroscado ao redor dos punhos para dar maior firmeza e capacidade de impacto.
Tipo da Arma: N/A
Qualidade: Clássica
Durabilidade: Baixa
Dano: +40 em Força/LVL
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 20 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 5 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.




_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 V8upj2D

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 YDNzcDa
Koji
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 HKNMPj9
Créditos : 22
Localização : Sirarossa
KojiNarrador
https://www.allbluerpg.com/t764-harvey-abgnalle#6176 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Seg Set 13, 2021 8:55 pm


Sharp Teeth and Hard Fists - 03
01:37 / 12:48 / Reino Sorbet



Às e Akira

A batalha feroz e difícil finalmente chegava a um fim. O lagarto, que trazia confusão aos aventureiros por aparentar ser um mink réptil, jazia no chão de madeira rachado e estraçalhado, descansando da trilha de destruição que causara sobre aquele píer. Leon, mesmo que ainda consciente, não possuía forças restantes para batalhar; nem ao menos conseguia levantar sua cabeça e olhar para a Lua, procurando recorrer a sua forma Sulong. Frustração era o único sentimento que se passava por sua cabeça, após tanto treinar, não conseguir usar o seu trunfo. De maneira similar, Akira caía de costas no chão para um breve descanso enquanto engolia a dor em seu pulso, enquanto brincava um pouco com sua irmã, aliviando a tensão do ar.

Mesmo que cansados, não pretendiam perder mais tempo naquele local. A noite corria rápido como água corrente, e ainda deveriam fazer algumas coisas antes de finalmente descansarem nas camas quentes que os esperavam. Ali mesmo, determinavam os próximos passos: Akira iria checar Rango e a nova embarcação que adquiriram como parte do contrato, enquanto Às levaria os dois criminosos até a guilda de aventureiros para serem presos e julgados pelos seus crimes. Além disso, é claro, beberia todas até não aguentar mais; a noite pedia por uma celebração à altura.

O tritão, procurando realizar tudo de maneira rápida e bem direta, ia até a nova embarcação deles pela água. Sua velocidade naquele ambiente era praticamente inigualável, chegando lá antes mesmo que Volkerbäll conseguisse pegar os dois minks, duas vezes maior que ela mesma, nas costas. Diferente do que já esperava, era recebido com um silêncio familiar para uma madrugada como aquela, porém, não em embarcação inimiga. Sua visão então logo captava seu irmão, Rango, com um pedaço de palha na boca enquanto admirava o céu noturno com o barulho das águas batendo no casco do navio. A calmaria era perturbada por Akira, que o cumprimentava com um forte abraço.

— A barra ta limpa, nadadô. — dizia ele após se soltar do agarrão, se encharcando junto do tritão que acabara de sair do mar. O homem prontamente ouvia as novas instruções, enquanto observava seu irmão a olhar o navio, fantasiando com a bela festa que fariam lá um dia. Não demorava muito para que a reunião acabasse e o tritão voltasse para seu rumo principal: a Guilda de Aventureiros. Ele eventualmente encontrava Às pelo caminho, que mal conseguia se locomover com todo aquele peso sobre seu ombro.

Retirando então o lagarto, e aliviando aquele fardo, os dois caminhavam lado a lado para o que prometia ser um belo descanso e recompensa; nada mais justo após uma batalha daquele escalão. A viagem até o local não era longa, porém, os minutos se estendiam pelo fato de estarem carregando seres de quatro metros sem auxílio nenhum. Ao enfim chegarem no tão desejado lugar, colocavam os corpos desacordados por ali, enquanto desabavam cada um em seu lugar de descanso. Akira arfava de maneira pesada, enquanto Às sentava em uma das várias cadeiras vazias pelo local; naquele horário, só estavam eles e os atendentes do estabelecimento.

Mizuki, a empregadora, apenas sorria de maneira requintada, ao ver os dois naquela situação. Sem hesitar muito, entrava na brincadeiras deles enquanto pegava os papéis com o dinheiro da missão. — Infelizmente não temos taxa por periculosidade... mas vocês podem ter comida extra por hoje! — exclamava quietamente a mulher, enquanto acordava a outra atendente da guilda que tirava uma bela soneca ao seu lado. Quase imediatamente, algumas pessoas vinham e traziam dois canecos de cerveja, com uma garrafa e alguns bifes quentes; era o mínimo que podia fazer ao ver o estado dos dois.

Nesse momento, tudo parecia se tornar mais tranquilo. Às degustava o que lhe era servido, enquanto brincava com Akira ao ser tratada pelo mesmo. Os dois irmãos mostravam a intimidade que tal relação proporcionava, acabando em alguns instantes quando o tritão partia para a parte burocrática. — Aqui está: 1 milhão por Leon, seu barco na íntegra, sem a carga e 500 mil pelo lagarto... — ela pausava um pouco ao falar do réptil, parecendo se lembrar de algo, mas escolhia não entrar naquela conversa.

A noite para o tritão acabava por ali. Ele imediatamente começava seu tão ansiado retorno à fazenda, enquanto Às ficava por ali, ainda em seu momento de descanso. Luna parecia não estar presente no local naquele momento, deixando toda a experiência ainda mais solitária. Mizuki trabalhava com papeladas enquanto suas colegas cochilavam em serviço pelo horário avançando. E naquele silêncio, os minutos passavam assim como os copos de cerveja se esvaziavam.

Sasha e Shiori

A temporada de descanso da dupla de aventureiras começava. O melhor ponto de partido para as duas era sem dúvida uma bela alimentação, e assim faziam. Na Guilda de Aventureiros, logo após aquele combate que as exauriram e a breve recuperação no hospital, as duas passavam um tempo juntas ao passar do meio-dia. Presentes exóticos e itens novos apareciam ali misteriosamente, mas, complementavam positivamente o tempo de qualidade que as minks compartilhavam.

Sem demorar muito, ambas atacavam o alimento que lhes era oferecido na mesa. O prestígio delas crescia cada vez mais após a grande batalha que tiveram nas cavernas da mina, fato esse que refletia também na qualidade da comida e atendimento, além da forma como as pessoas as tratavam agora. Alguns olhos ainda carregavam o desdém e preconceito para com a raça mink, mas a grande maioria as via como um estandarte; um caminho a se seguir, ou até mesmo um ponto a se alcançar.

De qualquer forma, a degustação daquela refeição cheia de nutrientes era feita de forma a refletir a fome e a necessidade das duas. Pack, há algumas horas sem comer, também entrava para o banquete, se alimentando junto com a dona que dividia o alimento consumido. Sua boca nem abria em resposta para Sasha, sendo utilizada exclusivamente para se alimentar. Ao fim de tudo, se espreguiçava e voltava para os cabelos emaranhandos da gatinha, com a barriga cheia e pronto para uma longa soneca.

Com o fim da comida, era hora agora de voltar para a cada de Vanessa para descansar mais um tanto. O sono nas duas era visível, além é claro do cansaço físico e psicológico que aquela batalha trouxe. A caminhada, como sempre, era breve e monótona, não demorando muito até chegarem na residência da mink generosa. O Sol, em seu pico, queimava levemente a pele de Sasha, além de transmitir um calor extremo para Shiori. Essa sensação se esvaía imediatamente ao entrarem na casa, deixada exatamente como estava ao saírem, ainda sem sinal de Vanessa. Parecendo não se preocupar com isso, ambas rumavam diretamente ao quarto, onde, antes mesmo que se dessem conta, fechavam os olhos e aproveitavam de uma bela soneca vespertina.


Controle:
Volker:
N° de posts: 3
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Escoriações nas costas [5/5]
- Hematomas nas costas [3/3 - tratado]

Yami:
N° de posts: 3
Ganhos:
Fenrir (brigue):

Atributos de Navegação:

● Autossuficiência: 200
● Celeridade: 100
● Estrutura: 200
● Poder de fogo: 50

Disposição das camaras

Primeira Camara: Trata-se da divisão dos quartos, apesar de não serem espaçosos há a divisão de cinco quartos com paredes bem grossas que garantem a privacidade, seu espaço é capaz de comportar uma cama de casal, uma pequena estante e algo como um baú, mantendo algum espaço para a circulação no quarto minimamente descente, pela localização da camara, é possível abrir a janela em meio a viagem para não tornar o ambiente  abafado em noites mais quentes, mas sempre sendo necessário de fechá-las em tempestades!

Segunda camara: Há quem diga que é a camara que é o coração do barco, pois tratam-se  de duas salas, tendo uma delas destinada a uma cozinha bem espaçosa, que contem os aparatos básicos para cozinhar e um espaço para uma mesa com seis cadeiras, a segunda sala é destinada ao armazenamento de alimentos.

A terceira camara É destinada a higiene, contendo um banheiro público contendo chuveiros, privada e acessórios básicos pra higiene e outros dois como camaras privadas, garantindo privacidade às duchas.

Quarta camara: É a câmara onde destina-se a forja e o arsenal, apesar do arsenal  conter apenas fileiras de estantes para que se organize com moldes e criações futuras, a forja mostra-se bem completa apesar de não conter uma aparelhagem super moderna,  é um local bem arejado evitando assim que o inevitavel quente ambiente se torne um forno e cozinhe quem esta dentro.

Deck inferior: O Deck inferior tem um grande espaço livre, tendo iluminação como único elemento presente, sendo um lugar bom para  colocar cargas não perecíveis, treinar ou mesmo encontrar um canto quieto, é como uma pagina em branco que ainda pode ser pintada.
Perdas: -
Ferimentos:
- Torção no punho [2/3]
Desvantagem: 8/20

Shiori:
N° de posts: 2
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Corte profundo no ombro [3/12]

Sasha:
N° de posts: 2
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Perfuração profunda na panturrilha direita [3/12]
- Costela rachada por choque [3/12]
- Cortes, escoriações e hematomas espalhados pelo corpo, mais na região do tórax e perna. [7/12]

Legenda / Npc's:
NPC's aleatórios
Onomatopeias e sons
Atendente da guilda de aventureiros
Rango
Mizuki - Aparência

Considerações:

Caso tenham uma sugestão, feedback ou algo para pedir, sabem onde me encontrar, boa aventura!

   Code by Arthur Lancaster

     
    

_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 FObIUiu


"Assume the position to get down on your knees"



Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Jpu3OmR
Shiori
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 97f94401ee601a5f4b14b7a60801205b
Créditos : 07
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Seg Set 13, 2021 10:28 pm
Colors


O sono foi algo delicioso, eu realmente precisava daquilo pra me sentir melhor, afinal tinha sido bastante exaustivo nesses últimos tempos, parecia que todas as lutas haviam seguido pelo mesmo rumo uma atrás da outra era mental e fisicamente exaustivo na verdade. Então apenas deixei meus instintos me guiarem por um profundo sono, sem me preocupar com mais nada.

Até quando acordasse, nesse momento levantaria os braços pro alto me espreguiçando, abrindo toda a boca com a língua de fora exibindo meus dentes. Onde me levantaria dando um beijinho na testa de Sasha.-Vou fazer algo pra a gente comer, antes de qualquer coisa, um bom café da manhã.- e como ela parecia querer alguma coisa especifica não me demorei.

Olhei de volta pra ela ficando na beirada da cama questionando,-Pode sim, se a gente tiver os ingredientes eu faço, se não posso arrumar por almoço.- então fui gravando na mente cada um dos pedidos enquanto pensava em uma forma legal de realizar elas, haviam muitas que poderiam funcionar bem, e que seriam divertidas pra executar, então logo sorridente fui respondendo.

Enquanto ainda matutava as receitas.-Claro, consigo fazer isso. Vou fazer umas coisas legais. Da pra fazer um café bem completo.- disse afagando a cabeça dela passando a mão sobre os cabelos e coçando as duas orelhinhas de Sasha, enquanto dei uma lambida no seu rosto, finalmente me virando para descer e começar o serviço na cozinha.

Desci as escadas para começar finalmente o trabalho, iria separar 6 ovos, e preparar uma porção de bacon vegano, iria fazer ele com algo simples, iria usar uma colher de paprica defumada, enquanto a misturava com oleo vegetal, shoyo e melado, fazendo uma mistura até ela ficar homogenia, enquanto isso, rasparia um coco, tirando sua parte interna em tiras finas que ficassem com um formato preciso das tiras de bacon.

Então iria desidratar ele, e ee eee o que eu ia fazer mesmo? por que Sasha está aqui perto de mim assim? Acho que perdi a concentração toda não pude deixar de rir do momento por que acho que foi tudo pra fora da cabeça.-KYAHAHAHAA Acho que perdi a receita, mas bem, podemos sim, eventualmente vamos ter mais tempo livre kyehehem mas primeiro temos de ficar bem alimentadas, e descansadas não é? - Disse lambendo o rosto dela e abraçando ela de lado antes de mais nada, até por que eu entendia o que ela tava pensando.

Não era má ideia, mas o tempo andava rapido, então comer e ficar mais um tempo tranquilas não faria mal, até por que acabamos de sair de um combate.

Então nesse ponto voltei a cozinhar, preparando o coco, iria finalmente fazer a próxima parte, adicionar o coco seco a mistura feita previamente fazendo com que ele se misturasse com tudo para absorver bem o sabor, e por fim, iria colocar tudo numa assadeira e levar ao forno por alguns minutos, sempre conferindo e espalhando um pouco mais da mistura de alguns em alguns minutos.

Quando por fim visse que estava no ponto retiraria. Agora iria preparar os ovos batendo eles numa vasilha a parte, usando 4 ovos pra isso, que seria os ovos que iriam por cima, depois que eles estivessem no ponto misturaria a 4 colheres de aveia e duas de goma de mandioca, fazendo com que ela tomasse forma, a mistura em seguida iria para o fogo até que ficasse bem consistente onde então colocaria apenas a gema de mais dois ovos, e espalharia pequenos pedaços de bacon, deixando que os ovos ficassem no ponto os internos ainda meio moles, onde eu fecharia eles com o bacon para aumentar o sabor, adicionando leves pitadas de orégano e sal.

Em paralelo a isso iria preparar um hambúrguer de frango, passando o frango no moedor e compactando ele aos poucos em vários pedaços onde os moldávia em formato circular, e por fim usando um pouco de molho para preparar ele melhor um pouco de molho inglês pra ser exata, colocando eles para ficarem na chapa. Junto deles uma camada de presunto e queijo mussarela, alface e tomate, montando dois sanduíches, com essas características.

Então para a jogada final iria fazer um brigadeiro simples, apenas preparar chocolate com biscoitos, triturados e derretidos no forno, onde quando a mistura estivesse pronta levaria ela pra geladeira. Onde quando esfriasse, tiraria e moldávia diversas bolinhas ensopando elas de confeito ao redor para dar ainda mais abor, então os brigadeiros estavam ali. Então juntando tudo num prato para o grand finale.

Levaria até ela o omelete com bacon, orégano e gema interior meio mole, brigadeiros e dois hamburgeres pra ela já deixando prontos na mesa, para o suco, faria um suco ao leite usando bastante morangos, e deixando pequenas cerejas dentro que seria um milk shake na verdade, preparado de forma mais grossa pra manter uma boa nutrição.

Então para mim eu faria o mesmo usando a mesma quantia de ingredientes, empratando tudo e colocando sobre a mesa, quando finalmente chamaria Sasha.-Aqui minha gatinha!! Temos o café da manhã!!-Dito isso me sentei a mesa começando a comer aos poucos aproveitando o que tinha preparado, era bom poder comer um bom café da manhã antes de começar a luta diaria.


Historico:
Nome: Shiori Myamoto
Posts: 03
Ganhos:
-Corte profundo no Ombro (4/12) [Tratado]
Perdas:


Cor da fala: - Fala

_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 JVQRkB3

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 VYrwji0
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Giphy
Créditos : 38
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Seg Set 13, 2021 10:29 pm


Rainbow
Cat



O cansaço não me permitiu pensar mais do que na cama naquele momento, ao ponto de que Sasha dessa vez, se contentaria com apenas dormir, sem pensar em nada mais divertido, onde me aconcheguei em minha Shiori de modo a ficar bem coladinha, até que seu cheiro ficasse impregnado em minha pele, ou até que acordar fosse o destino de nós duas, o que viesse primeiro.

Eu não tinha na real uma pressa, Sasha ainda tinha muita coisa a fazer e ficar naquela posição quentinha era convidativo ao ponto que não ligaria se aquilo me tomasse toda a manhã, qualquer coisa era só comer o dobro a tarde que tava tudo certo, sonequinha é bom.

Quando visse sinais físicos de minha Shiori acordando, como a primeira na fileira de um show, aos poucos abri meus olhos e prestei atenção em seus detalhes, sentindo que meu coração tornava-se mais quentinho enquanto eu a olhava, meu olhar? Transparecia o mais puro sentimento de admiração, carinho e amor, ainda que meus lábios não dissessem nada, o modo como minha boca estava entre-aberta como se tivesse visto algo incrível, tornaria ao mais sonso, fácil de me ler por completa.

Sorri por um momento, onde então coloquei uma de minhas mãos para impulsionar o corpo para cima levemente, sem pressa, de boa, tranquila enquanto respondi - Sasha pode escolher um pouco do café da manhã?- Teria perguntado, mostrando um sorriso cheio de dentes, enquanto a cabeça se curvou levemente ao lado, pendendo na direção da cama, enquanto as orelhas se mexeram, atentas a resposta de minha Shiori.

- Perfeito, podemos incluir o almoço na jogada!- Exclamaria como um convite para pedidos mais ousados, enquanto claramente bem empolgada, listeria com os dedos as coisas que Sasha queria, fazendo um número e gesticulando para cada item de minha importantissima lista, pois era a lista de Sasha dodói e precisava de comer pra melhorar. -  Um omelete, daqueles grandões que quando passa o talher ele se abre e deixa tudo douradinho seria legal e ah, pode ter arroz também pra comer junto… Pão e alguma carne seria muito legal, e um doce, definitivamente um doce! Pode ter mais, Sasha não liga de surpresa!- Comentaria bem alegre, até mesmo me erguendo melhor da cama, enquanto falava.


Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Download


O carinho faria Sasha se derreter todinha, como se fosse um sorvete no verão frente a minha lobinha de modo que os olhos fecharam, o sorriso surgiu e Sasha se tranquilizou, começando a ronronar, deixando com que meu rabo no momento acabasse subindo como sinal de que estava amando aquilo, Sasha já tava quase no nirvana, tinha até esquecido os arredores por um momento, até que quando acabou, Sasha foi atrás de mais na cozinha.

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Neko-headpat

Como uma pequena diabinha sorridente, havia ido atrás quase que saltitando, olhando nos arredores, quase como se procurasse testemunhas para o crime de homicidio guloso de carinho, ou algo do tipo, tão discreta quanto uma mink gorila, Sasha teria se aproximado, deixando claro o desejo que há muito estava suprimido, enquanto chegaria bem perto de minha Shiori por de trás dela,  levando a mão  esquerda a mais próxima de sua cauda, sendo bem discarada com a mão boba, enquanto com a direita iria ao ombro de minha Shiori, comentando - Sasha ama sua Shiori, quando estivermos melhor, precisamos aproveitar de mais momentos como esse de privacidade, sabe? Sasha tem andado beeeem solitária sabe…- Teria dito sendo extremamente clara com os desejos de Sasha, não tendo nenhum pudor ou pensamento antes de falar o que tinha vontade na lata, deixando a voz carregada pela malicia e luxuria, como se tivesse dando bom dia.

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Giphy.gif?cid=790b7611ffcef6fede85ce2bc58b9f811304491a44c3b1f1&rid=giphy

Abraçaria de volta a  minha Shiori entendendo claramente a mensagem -Sasha entendeu a mensagem,  comer muito, dormir muito e então fo….. Formular… ficar muito juntinha!- Teria dito de maneira bem expressiva, feliz, onde apertaria um pouco o abraço antes de a soltar e deixar cozinhar - É uma promessa, depois de curar e resolver tudo, Minha Shiori é da Sasha e Sasha é da Shiori, até a gente ficar feliz e satisfeita!- Comentaria super animada com os planos indo me sentar, onde balançaria as pernas, como se nada que eu tivesse dito parecesse um velho tarado mas, uma coisa cotidiana que simplesmente passou na cabeça da Sasha, as vezes Sasha da umas dentro, não é atoa que sua Shiori ama sua Sasha, pensava com orgulho na cabeça, radiante com o que o futuro reservava.

Enquanto ela ia fazendo, como toda gata que se preze, Sasha estava curiosa sobre os aromas e barulhos, mas, não entendia nada do que estaca sendo feito, até que estivesse pronto, levantando ambos os braços em comemoração, quando  chegou a hora de comer - Nyan é isso ai!- Comentaria achando que teria lógica comentar e então começaria a experimentar e comer a coisas sem muita cerimônia, queria comer muito de tudo, tomando largos goles do que quer que tivesse pra beber pra ajudar a descer melhor, aproveitando cada centelha de sabor como se fosse a ultima, até fechando os olhos e fazendo barulinho de nyaan, como de quem pensacola em algo de tanto que Sasha iria  curtir.

Quando o bucho tivesse cheio, Sasha apenas se esticaria pra frente na mesa, deixando que Pack escolhesse o que ele iria pegar quando Sasha não mais fosse dividir, felizona, talvez pronta pro round 2 da soneca.


Histórico:

Posts: 03
Ganhos

  • .

Perdas:
Ferimentos:
Perfuração profunda na panturrilha direita [4/12 tratada]
- Costela rachada por choque [4/12 - Tradada]
- Cortes, escoriações e hematomas espalhados pelo corpo, mais na região do tórax e perna. [8/12]
N/A


_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 HGWnxh1
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 PqslDr4
Créditos : 05
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt#894
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Ter Set 14, 2021 10:52 am




»» Sharp Teeth and Hard Fists ««

- Às Volkerbäll -


Ж

Era notável como Mizuki conseguia manter-se disposta, mesmo tão tarde. Para uma guilda que funcionava praticamente a qualquer hora, sua expressão serena não transmitia qualquer sinal de cansaço e, se de alguma maneira ela o sentia, disfarçava muito bem ao contrário dos demais funcionários do local. Não era para menos afirmar tal coisa, uma vez que pelo horário, pouquíssimas pessoas se encontravam ali, tornando o ambiente tão agitado em algo mais tranquilo e, porque não dizer, aconchegante. - É, comida cai bem agora… - relaxava o corpo na cadeira, esticando as pernas por algum tempo até receber uma caneca de cerveja. - Espera, não leva essa para ele não… - diria a atendente que carregava a primeira rodada, bebendo a caneca inteira rapidamente antes de pegar a segunda. - ...a primeira é só para matar a sede! - suspiraria, segurando a segunda antes de bebê-la até a metade. Os bifes chegavam logo em seguida, mas para eles destinava uma degustação mais comedida, por assim dizer.

O ruivo rapidamente se prontificou a tratar de minhas lesões, embora julgasse o dano causado algo não tão alarmante. - Uma boa noite de sono e eu vou ficar melhor. - comentaria com o mesmo antes de ouvir Mizuki comentar sobre as recompensas, como esperado o navio seria nos dado como pagamento, junto a recompensa do leão, mas a hesitação ao passar pelo lagarto não passou despercebida. - Qual foi a desse lagarto? - perguntaria a Mizuki. - Ele parecia determinado a fazer de tudo para livrar Leon dessa situação. - tomaria mais um gole de cerveja. A mulher poderia ter todos os motivos para evitar entrar em um assunto desnecessário, mas o que podia fazer? Com poucas pessoas no local e sem grandes planos para o resto da noite se não, comer, beber e dormir, conversar parecia um passatempo bastante atrativo, ainda que só ouvisse o que ela tinha a falar.

Os copos se multiplicavam, bem mais rapidamente que os pratos de carne , mas o entorpecimento ajudava a ignorar as dores constantes da luta vencida. A ausência de Luna por ali era sentida, porém não lamentada, eu e Akira havíamos lhe prometido uma festa para que pudesse tocar, por isso a paciência seria uma bela virtude. Mas conforme as horas avançavam, sentia a necessidade do descanso, principalmente por entender que não conseguiria mais dormir tantas horas com meu corpo já acostumado a um restrito horário, o qual sequer a bebida conseguia romper. - Preciso voltar, mais alguns copos e vai ser melhor eu nem pensar em descansar. - comentaria com a mulher, antes de levantar-me com certa preguiça e me retirar dali rumo a fazenda. O ruivo havia partido e eu sequer tentava impedi-lo disso, era melhor dois médicos numa casa para auxiliar Íris caso ela precisasse, por mais que me preocupasse com a garota, entendia perfeitamente que minha competência para com ela era puramente emocional e somente isso, não ajudaria a tratar sua doença. - Agir com racionalidade cansa, às vezes. - pensava aos passos tranquilos, onde ao chegar a fazenda me desfaria das botas antes de entrar em meu quarto. Havia deixado Íris dormindo ali e não queria acordá-la de forma alguma.

Encontraria no chão um conforto necessário, dobrando a jaqueta empoeirada para servir de travesseiro. Não era o melhor, mas sabia muito bem dormir confortavelmente em um chão duro, ainda mais se fosse para não importunar alguém que verdadeiramente precisava de conforto e tranquilidade. Apagaria em um sono pesado, livre de sonhos ou pesadelos, onde despertaria no horário de sempre, ao primeiro sinal de luz no horizonte, para a rotina diária de anos. Flexões e abdominais, antes mesmo do café, o desafio não eram as repetições extensas, mas a velocidade lenta para não despertar a menina, tornando o exercício silencioso um desafio a ser vencido antes de ir para um bom banho gelado. Se Iris despertasse naquele tempo, falaria com ela. - Bom dia, dormiu bem? - diria com um sorriso afável, sentando-me na cama. - Sente-se melhor? Aposto que está com fome. - diria, levando a mão à barriga, ouvindo-a roncar. - Também estou… - . estalaria os dedos. - ...depois do café eu tenho de ir ao porto, parece que eu e Akira ganhamos um navio. Gostaria de me acompanhar até lá?

Com as respostas de Íris, a ajudaria a tomar banho e depois seguiria com a mesma até a mesa de café da manhã, onde procuraria comer de tudo um pouco e em grande quantidade. - Mizuki ficou chateada por você ter partido cedo. - diria ao ruivo. - Acho que ela gostou de você. - o tom era claramente de brincadeira e as palavras sairiam quase incompreensíveis pela boca cheia de comida. Avisaria a todos que iria ao porto, verificar o navio e se Íris optasse por ficar, a deixaria ao cuidados da mãe de Rango, para que ela pudesse brincar pela fazenda. - Vai até a cidade? - questionaria o ruivo, partindo com ele se fosse o caso.







Histórico:
Post: 4
Nome: Às Volkerbäll
Profissão: Navegadora.
Proficiências: Acrobacia | Astronomia | Condução | Navegação | Meteorologia | Briga de Rua
Qualidades: Versátil | Destemida | Prontidão | Mestre em Haki | Duro de Matar | Ambidestria (2/5).
Defeitos: Altruísta | Heróica | Sincera | Leal | Gulosa.
Ganhos : - Escoriações nas costas [5/5] - Tratado.
- Hematomas nas costas [3/3] - Tratado.
- 1kk de Berries (Recompensa Leon)
- 500k de Berries (Recompensa Lagarto)
Perdas: -x-
Localização: Guilda dos Caçadores - Reino Sorbet - South Blue






_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 UXcEF2i

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 SFDBQPA
Créditos : 12
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t742-sharp-teeth-and-hard-fists#5626
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Ter Set 14, 2021 2:27 pm

Sharp Teeth and Hard Fists
- Falas | ~ Pensamentos



Os sucos que a carne expelia a cada mordida era a verdadeira recompensa da noite. Independentemente do gosto daquela bebida deliciosa, ou do dinheiro pesando em meu bolso, a verdade era que a Guilda dos Aventureiros sabia fazer o melhor bife de todos! Exceto de minha mãe, é claro. Era injusto comparar qualquer bife com os que ela ou Shiori faziam. Como um tubarão que não via alimento há dias, eu engolia os bifes quase sem mastigá-los, utilizando das bebidas apenas como meio para empurrá-los goela abaixo para caber mais. — Você é a melhor, Mizuki-kun!! — Diria ainda com as bochechas infladas.

No acerto de contas, recebia aquele dinheiro com um sorriso sincero no rosto, contando as notas apenas para separar a parte de minha irmã. — Acabamos não pegando o extra por termos lido a carta para Maya. Inclusive, como ela está? — Me preocupava por conta do ataque de fúria de minha irmã que acabou quebrando a perna da mulher, que apesar de seus atos serem puníveis, ainda não me descia a ideia de fazer aquilo com os procurados. Dessa forma, pegaria o extra que havíamos deixado passar no calor do momento, separando em montinhos iguais e deixando na mesa na frente de Às, momentos antes de me despedir e partir para casa.

Com uma partida tranquila até minha casa, entraria da forma mais sorrateira possível — o que significava, para os meus padrões, de esbarrar em uma coisa ou outra pelo caminho e ainda pedir “desculpa” para a mobília — até alcançar o meu antigo quarto. Na noite anterior havia bagunçado ele como sempre fazia e, mesmo que encontrasse ele totalmente arrumado por minha mãe, abraçaria a cama e começaria a roncar ali mesmo, sabendo que uma barriga cheia e um bom descanso seria mais do que o suficiente para recuperar minhas forças.

Na manhã seguinte, buscaria tentar acordar antes dos primeiros raios de sol. Bocejando de um jeito que meus dentes quase pulassem da boca, esfregaria os olhos enquanto pegaria minha preciosa maleta de suprimentos médicos. Carregando ela em meus braços como se fosse um macio e quente travesseiro, tentaria alcançar a sala ainda com os olhos semicerrados, espalhando ali em cima todos os instrumentos necessários para o início do trabalho. — Vamos nessa, Akira… Você consegue! É o melhor médico-homem-peixe-ruivo-morador-de-Sorbet que eu conheço. — Com alguns tapa em meu rosto, tentaria espantar o sono enquanto começaria a colocar a mão na massa.

Como livro emprestado de minha mãe sobre doenças e outros tratamentos, começaria a produzir o que eu acreditava ser útil contra a doença Mal do Rei do Mar. Minhas promessas eram dívidas para uma vida inteira, e eu iria fazer tudo ao meu alcance e além para que Ísis fosse curada o quanto antes. Se necessário a busca de mais medicamentos ou ingredientes, partiria para a cozinha em busca de auxílio, correndo atrás de lojas próximas ou de vizinhos se fosse necessário.

Ainda entre bocejos, provavelmente seria o momento em que visualizaria a figura esguia de minha irmã surgindo de seu quarto. Apesar do sono, sorriria de uma forma animada, contente por vê-la bem. — Bom dia, oneechan! — E apontaria para a mesa, mostrando meu progresso. — Se tudo estiver conforme estou preparando, ainda hoje devo ter o remédio de Ísis pronto! Aliás, como ela está? — Perguntaria caso ela não estivesse, mas a questionaria diretamente caso tivesse acordado junto com Às. Dando um abraço nas duas, voltaria à produção do remédio, e caso Ísis ou Às quisessem fazer parte daquilo, iria instruí-las como poderiam me ajudar da forma mais simples possível.

Quanto aos comentários de Às, olharia para ela com um olhar curioso, sorrindo ao saber que Mizuki havia gostado de mim. — Ah, eu passo lá pra ver ela de novo antes de partirmos. Ela é muito legal! — O excesso de inocência em minha frase deixaria claro para Às o que Mizuki significava para mim. — E eu também adoro ela! Super gente boa, deve ser uma caçadora incrível e ainda por cima curte fazer festas. Deveríamos chamá-la pra navegar com a gente, GHYAHAHAHAHA! — Imaginar mais uma recruta para o nosso navio seria interessante de se imaginar.

Por fim, concluindo as etapas necessárias para a produção do medicamento, ou sendo necessário fazer uma pausa para que os efeitos dos ingredientes acabassem se fundindo, eu esticaria o meu corpo em um longo bocejo, apenas para afastar a preguiça enquanto eu pegaria alguma fruta para um lanche rápido. — Prontos para verem nosso navio?! Hoje vamos deixar ele no capricho para navegarmos por todos os mares do mundo!!! GHYAHAHAHAHA!! — A animação começava a me fazer saltitar e, enquanto Às e Ísis se preparavam para nossa ida, começaria a correr em direção ao quarto de Rango. — Sarnentoooooo, vamos logo!!! — Arrastaria o Mink se fosse necessário de sua cama, afinal havíamos um dia cheio!

Trecho mencionando recompensa:
Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 7EnPraS

Conforme visto, ganharíamos um extra de 4 milhões pelo cumprimento dos requisitos para capturar Maya. Como não foi adquirido no momento de pegar a recompensa na aventura anterior, estou pegando agora.



  • Posts: 4
  • Ganhos:
    B$ 500.000 (metade da recompensa de Leon);
    B$ 250.000 (metade da recompensa de Allizard);
    B$ 2.000.000 (metade da recompensa extra por capturar Maya nas condições determinadas);
    Brigue (adquirido como parte da recompensa pela captura de Leon)
  • Perdas:
  • OBS: Torção Punho [⅔]
  • Contagem Caçador: B$ 5.500.000 - Rank E
  • Posts Desvantagem: 0/20
  • Players/NPCs:
  • Localização: South Blue - Reino Sorbet



PdV: 14350
STA: 400

Força: 250 +80 +160 +160 = 650 [Hábil]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 1225 +80 +160 = 1465 [Talentoso] +5%
Reflexo: 0 +160 = 160 [Regular]
Constituição: 150 +80 = 230 [Regular]

Agilidade: 812
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Afinidade com HakiPor algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Duro de matarVocê continua consciente mesmo ao atingir uma porcentagem negativa de PdV, entretanto, ainda morrerá normalmente ao alcançar -21% de seus PdV.

CarismáticoVocê tem uma espécie de magnetismo natural que faz com que algumas pessoas gostem de você sem motivo aparente.

Idioma MarítimoVocê é capaz de se comunicar com criaturas marítimas através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Nadador NatoVocê é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Arcada RemovívelVocê possui dentes extremamente afiados e resistentes. Sua arcada dentária pode ser removida da sua boca e crescerá instantaneamente de forma automática. A regeneração de arcada dentária pode ocorrer uma vez a cada duas páginas.

Defeitos:

GulosoSeu estômago parece um poço sem fundo, você sempre come mais do que necessita e precisa se alimentar ao menos uma vez a cada duas páginas. Além disso, em termos mecânicos, todas as condições de faminto aplicadas em você sobem uma categoria.

AltruístaVocê constantemente coloca a vontade, os desejos e a segurança das outras pessoas sobre a sua.

ImpulsivoVocê não pensa antes de agir, comprando brigas e assumindo riscos que podem ser mortais, além de frequentemente ignorar o bom-senso padrão.

Ambição [Fazer a maior festa que o mundo já viu]Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. [Akira tem como maior objetivo de vida se tornar conhecido pelo mundo inteiro e, um dia, ser capaz de reunir pessoas de todos os cantos do mundo para uma grande festa, onde poderá compartilhar copos de sakê com grandes amigos.]

AtípicoDevido ao fato dos Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

DiscriminaçãoVocê tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e muitos podem lhe perceber como uma criatura grotesca e monstruosa. Vários humanos podem lhe tratar como uma criatura inferior e desumana pelo fato de você ser diferente deles e pelo histórico das relações entre homens-peixe e os humanos. É válido notar que nem todos partilham desse pensamento e agem dessa forma.

SegregaçãoPelo fato de ser um homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.

FarmáciaCom os instrumentos corretos, você é capaz de criar e manipular remédios, seja através de ingredientes orgânicos ou químicos..


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: Faixas de MãoDescrição: Um par de faixas de um tecido maleável e resistente, que serve para ser enroscado ao redor dos punhos para dar maior firmeza e capacidade de impacto.
Tipo da Arma: N/A
Qualidade: Clássica
Durabilidade: Baixa
Dano: +40 em Força/LVL
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.
Espaço no inventário: 2 por unidade
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 20 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Espaço no inventário: 1 por unidade
Remédios: Remédios de uso comum, antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 5 usos
Espaço no inventário: 0.5 por unidade
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 10 usos.
Espaço no inventário: 1 por unidade


Insígnia da PurezaDescrição: Essa insígnia emana um brilho colorido, como uma espécie de aura que envolve o portador. A aura pode assumir qualquer cor que o usuário escolher. Porém, é apenas visual, não sendo capaz de causar condições ao utilizar disso.




_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 V8upj2D

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 YDNzcDa
Koji
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 HKNMPj9
Créditos : 22
Localização : Sirarossa
KojiNarrador
https://www.allbluerpg.com/t764-harvey-abgnalle#6176 https://www.allbluerpg.com/t401-ascensao-dos-scavenger#1227
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Qui Set 16, 2021 11:26 pm


Sharp Teeth and Hard Fists - 04
02:00 -> 10:00 / 14:28 / Reino Sorbet



Às e Akira

Na guilda de aventureiros, uma última refeição na madrugada antes do merecido descanso acontecia. Uma carne suculenta era servida para Akira, que a devorava sem remorso ou etiqueta, enquanto Às se limitava aos canecos de cerveja que lhes eram servidos. Naquele mesmo momento, o pagamento pelo serviço era distribuído, junto com um adicional de uma missão passada que não havia sido entregue. Deixando isso de lado, com os bolsos pesados de dinheiro, o ruivo cuidava de sua irmã para então ir embora para a fazenda.

A morena continuava pelo local enquanto virava mais uma rodada antes de entregar a caneca de volta à pessoa que a serviu. Ela sentia a falta de Luna, mas não deixava de pensar que ela não estar ali parecia ser algo bom, já que haviam prometido uma boa festa para a cantora. De qualquer forma, o ambiente vazio e calmo acabava por tornar aquele grande saguão em um lugar aconchegante, se tornando bem-vinda, até mesmo, uma conversa breve com Mizuki. Volkerball havia notado a forma como ela falara daquele lagarto, e resolvia perguntar para ela.

— Bom... para começar, não existem minks répteis, e aqui está ele. — declarava o óbvio, deixando o motivo pairar sobre a cabeça de Às. — Quanto sua lealdade ao Leon... só eles podem dizer algo sobre isso. Mesmo que eu tenha uma teoria, prefiro não contar antes de mais provas. — pausava por um momento, antes de voltar a falar, fitando o vazio distante. — Os detalhes são poucos, e tudo isso parece ser estranho demais. — completava, respondida apenas pelo silêncio de uma aventureira cansada e satisfeita.

O tempo passava, e os copos se multiplicavam, mas ela mesma já sabia quando era hora de parar. Seu corpo havia se tornado regrado, e tinha certeza que se continuasse ali, sua rotina iria por água abaixo. Certa do que deveria fazer, se despedia de Mizuki, sendo respondida com um aceno e um breve sorriso. Seu destino era obviamente a fazenda, para descansar e se preparar para o próximo dia. O vento congelante da madrugada cortava sua pele exposta até sua chegada na residência, onde era recebida pelo quente e aconchegante ar do lar. Deitava ali no chão mesmo, fazendo sua jaqueta como travesseiro e evitando incomodar quem quer que fosse.

[...]

Akira era o primeiro da casa a acordar, ou assim pensava ele. O homem que esperava despertar antes do Sol raiar, se decepcionava ao ver os raios de luz fazendo caminho para dentro da residência fechada por cortinas e janelas, além de portas. Seu quarto fora arrumado pela mãe, que aparentava ter saído, assim como seu pai. A primeira ação no dia de Shimizu era pegar sua maleta de medicamentos e ingredientes, partir para a sala e começar a mistura dos componentes para o tratamento de sua irmãzinha, Íris.

Não muito após começar, vinha Às com a pequena, ambas ainda parecendo atordoadas pelo sono que tiveram. Elas ficavam por ali, conversavam um pouco entre si e acompanhavam o trabalho do médico habilidoso. Quando indagada sobre ir ou não até o porto com eles, Íris parecia despertar daquela fase de pós-sono, e com brilhos nos olhos, respondia:

— Sim!!! Eu quero! — exclamava em felicidade. Não muito após sua empolgação, todos ouviam o barulho de sua barriga roncar, sentimento esse que era compartilhado também por Às. Sua boca seca alterava levemente sua voz, além de sua aparência ser mais pálida com os olhos mais fundos do que o normal; resultados de uma noite boêmia e pouco sono. Mesmo assim, não vadiava e partia para sua rotina de treinos matinal. Ainda de barriga vazia, um pouco de exercício físico era uma ótima maneira para começar aquele dia que prometia ser cheio.

Findada a preparação do remédio para o Mal do Rei do Mar, todos começavam então a se arrumar. Deveriam comer um café da manhã antes de partirem, mas pareciam estar animados com a ideia de possuir um barco só para eles. Juntando toda essa empolgação, Akira partia em disparada até o quarto de Rango, o acordando de seu sono profundo. Seu corpo jogado pelo colchão mal estava coberto, em uma posição no mínimo peculiar para se dormir. Sua reação inicial era quase nula, mas de pouco em pouco abria seus olhos para se deparar com o ruivo quase em cima de si mesmo. Sem proferir palavras, levantava para também se arrumar; era o início de tudo.

Sasha e Shiori

As duas minks, após uma cansativa manhã, não perdiam tempo antes de partirem para mais um breve sono. O cochilo era o suficiente para recuperar grande parte das energias das duas, trazendo conforto e disposição para mais alguma horas restantes daquele período vespertino. Quando o momento de sono acabava, e aquele calor corporal se dissipava, Sasha notava o corpo de sua lobinha despertando. Sem pensar muito, Shiori ia até a cozinha para preparar um "café da manhã" próprio e reforçado para as duas. Como cozinheira oficial, o resultado era para ser no mínimo espetacular.

Assim que chegava lá, começava a pensar no que iria fazer e nos seus ingredientes. Um bacon vegano iria começar seu processo de produzir os alimentos, quando, de repente, era distraída por algo que não conseguia deixar para lá. Sasha, no momento de intimidade e privacidade com sua companheira, não economizava nos carinhos e afagos, muito menos nas mãos bobas. Seu rabo se eriçava, enquanto o mesmo acontecia com os pelos de Shiori apenas com o toque da mulher. Suas palavras não era inocentes, e traziam o lado mais pervertido de Sasha, que segundo ela mesma, estava carente. Muito com sua lobinha era sempre pouco.

De qualquer forma, ela precisava deixar a cozinheira trabalhar. Fazendo uma lista com seus pedidos para o café da manhã, ela logo os citava, o que era acatado pela trabalhadora com a mão na massa. Uma promessa era desferida: após tudo aquilo acabar e elas estiverem melhor, uma seria da outra, e aproveitariam aquele momento íntimo e de total privacidade. A gatinha estava satisfeita com isso, portanto, sentava-se a mesa apenas esperando para tudo ficar pronto, para enfim saborear da comida que tanto amava.

Miyamoto manuseava experientemente os ingredientes para formar um delicioso café da manhã: omelete com gema mole, brigadeiro, hambúrguer a até mesmo um milk shake para terminar a rodada. Tudo isso era apenas a parte de uma delas, fato esse que fazia com que Shiori novamente voltasse à pia, preparando mais uma dessa refeição hiper-reforçada. A louça na pia ia se empilhando, enquanto os ingredientes iam se esvaindo. De qualquer forma, não demorava muito para que a sua parte também estivesse pronta. Naquela tarde mais quente, ambas iniciavam o processo de descanso que mereciam.

O alimento preparado pela loba estava divino, para dizer no mínimo. O êxtase que se tinha ao colocá-lo na boca era o suficiente para tornar aquela sensação em algo viciante, sendo capaz até de acelerar na recuperação do corpo. Mordidas aqui e goladas ali, a comida ia sendo empurrada para dentro, enchendo a barriga de ambas e colocando mais energia naqueles corpos poderosos. Os nutrientes e vitaminas instantâneamente permeavam o sistema das duas, fazendo seus corpos mais eficientes ainda e as preparando para o resto do dia. Só o destino sabia o que estava guardado para as duas, mas definitivamente seria excitante.


Controle:
Volker:
N° de posts: 4
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Escoriações nas costas [5/5]
- Hematomas nas costas [3/3 - tratado]

Yami:
N° de posts: 4
Ganhos:
Fenrir (brigue):

Atributos de Navegação:

● Autossuficiência: 200
● Celeridade: 100
● Estrutura: 200
● Poder de fogo: 50

Disposição das camaras

Primeira Camara: Trata-se da divisão dos quartos, apesar de não serem espaçosos há a divisão de cinco quartos com paredes bem grossas que garantem a privacidade, seu espaço é capaz de comportar uma cama de casal, uma pequena estante e algo como um baú, mantendo algum espaço para a circulação no quarto minimamente descente, pela localização da camara, é possível abrir a janela em meio a viagem para não tornar o ambiente  abafado em noites mais quentes, mas sempre sendo necessário de fechá-las em tempestades!

Segunda camara: Há quem diga que é a camara que é o coração do barco, pois tratam-se  de duas salas, tendo uma delas destinada a uma cozinha bem espaçosa, que contem os aparatos básicos para cozinhar e um espaço para uma mesa com seis cadeiras, a segunda sala é destinada ao armazenamento de alimentos.

A terceira camara É destinada a higiene, contendo um banheiro público contendo chuveiros, privada e acessórios básicos pra higiene e outros dois como camaras privadas, garantindo privacidade às duchas.

Quarta camara: É a câmara onde destina-se a forja e o arsenal, apesar do arsenal  conter apenas fileiras de estantes para que se organize com moldes e criações futuras, a forja mostra-se bem completa apesar de não conter uma aparelhagem super moderna,  é um local bem arejado evitando assim que o inevitavel quente ambiente se torne um forno e cozinhe quem esta dentro.

Deck inferior: O Deck inferior tem um grande espaço livre, tendo iluminação como único elemento presente, sendo um lugar bom para  colocar cargas não perecíveis, treinar ou mesmo encontrar um canto quieto, é como uma pagina em branco que ainda pode ser pintada.
Perdas: -
Ferimentos:
- Torção no punho [3/3]
Desvantagem: 9/20

Shiori:
N° de posts: 3
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Corte profundo no ombro [4/8 - acelerado com alimentação]

Sasha:
N° de posts: 3
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos:
- Perfuração profunda na panturrilha direita [4/8 - acelerado com alimentação]
- Costela rachada por choque [4/8 - acelerado com alimentação]
- Cortes, escoriações e hematomas espalhados pelo corpo, mais na região do tórax e perna. [8/8 - acelerado com alimentação]

Legenda / Npc's:
NPC's aleatórios
Onomatopeias e sons
Atendente da guilda de aventureiros
Rango
Mizuki - Aparência
Íris - Aparência

Considerações:

Caso tenham uma sugestão, feedback ou algo para pedir, sabem onde me encontrar, boa aventura!

   Code by Arthur Lancaster

     
    

_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 FObIUiu


"Assume the position to get down on your knees"



Curso narrador All Blue, turma de Janeiro 2021:
Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Jpu3OmR
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Giphy
Créditos : 38
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: Sharp Teeth and Hard Fists. Sex Set 17, 2021 12:32 am


Rainbow
Cat


A parte toda da manhã, era muito boa do ponto que era muito notável o quando comer a comida de minha Shiori me fazia bem pois eu sentia-me revigorar, como se o corpo realmente precisasse muito daquilo há muito tempo. - Sasha vai precisar de mais refeições feitas pela sua Shiori, sua comida é inigualável nyan.- Teria comentado e pela primeira vez, Sasha estava tão animada e revigorada com a comida que nem fez manhã pra ajudar a lavar a louça dessa vez, por mais que ela fosse uma inimiga formidável e nojenta.

- Isso! Sasha quer voltar a aquela forja, dar uma estudada e fazer novas armas!- Sasha teria respondido, empolgada, pensando que logo teria uma boa atividade para fazer, destruindo então os malditos germes da louça onde até falei Morra sujeira! NYA!- Bradei meu grito de guerra contra o maior vilão da humanidade, enquanto continuei a lutar até que o inimigo estivesse derrotado.

MInha Shiori adiantou-se pegando o meu carrinho, algo que encucou a Sasha por alguns segundos, até fazer a matemática de que sua Shiori só pegou aquilo por estar empolgada e que aquilo pertencia as duas, algo que pareceu ter levado uma eternidade na cabeça da Sasha mas, na vida real não deveria levar mais de um segundo… É, pensar é assustador!

Com isso logo fui pra fora, respirei fundo, sentindo como era andar novamente sem dor nas feridas menores mas, ainda sofrendo com a costela e panturrilha em excesso, o caminho até a forja não era lá muito longo e com isso Sasha só ajustaria os moldes pré-fabricados no carrinho pra não cairem no caminho e só fui.

Quando chegasse, os olhos de Sasha procurariam pelo mesmo velhinho, ou quem quer que tivesse cuidando lá na hora e teria dito - Oi! É a Sasha! A Sasha queria saber se alguém quer fazer um negócio com ela, basicamente é assim ó.- Teria esticado a mão mostrando meus dedos, apontando primeiro agora pro polegar da mão esticada - Sasha precisa de alguém que ajude ela a fazer armas melhores, a falta de entendimento da física da coisa atrapalha a Sasha as vezes e ela se confunde.- Então daria um grande sorriso - Segunda coisa é, pra compensar o tempo investido na Sasha, podemos usar trabalhos não acabados ou encomendas que vocês tenham pra fazer e Sasha adianta ajudando com mão de obra!- Teria dado uma grande oferta.

Apontaria então pro dedão do meio, então diria - A terceira oferta de Sasha, Sasha vai querer depois dar uma olhada nos minérios que vocês tem para forjar e talvez compre alguns nyan!- E então começaria a pensar, pra ver se não tava esquecendo nada até que - Quarto, Sasha quer alugar a forja também!- E então iria pro ultimo dedo, pensando, pensando de modo que o rosto teria ficado até vermelho por sobreaquecimento e então teria dito - Ah Nya é isso ai, não tem quinto- Teria então esperado ansiosamente pela resposta antes de começar a seguir qualquer plano, era visível o ânimo e a vontade em meus olhos, ainda que meu corpo não estivesse lá tão disposto.

Olharia então pro papel da minha lobinha e pensaria - Parece fisicamente possível!- Teria dito eu, Sasha, aquela que realmente precisava aprender física… Mas detalhes…. Detalhes… E então eu faria um joinha - Nya, podexar, sua gatinha entendeu!- Teria dito achando que tinha entendido perfeitamente, se as expectativas vão ser perfeitamente cumpridas? Com certeza, ela faria KABONG, SLASH FEW ZAP!- Teria então replicado os movimentos de porrada, corte, perfuração e liberado choquinho, mostrando novamente um joinha pra mostrar que sacou a ideia.

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 Anime-thumbs-up

Agora uma resposta separava Sasha da grandeza, e tudo que ela tinha era que esperar.

Histórico:

Posts: 04
Ganhos

  • .

Perdas:
Ferimentos:
- Perfuração profunda na panturrilha direita [5/8 - acelerado com alimentação]
- Costela rachada por choque [5/8 - acelerado com alimentação]
- Cortes, escoriações e hematomas espalhados pelo corpo, mais na região do tórax e perna. [8/8 - acelerado com alimentação]( Curada)
N/A







_________________

Sharp Teeth and Hard Fists. - Página 2 HGWnxh1