Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Agnis CyrielleHoje à(s) 4:01 pmpor  Ryoma1º Capítulo: Alvorada dos Monstrorines!Hoje à(s) 11:01 ampor  Pippos[TUTORIAL] JaeggarHoje à(s) 9:31 ampor  MakaI - Desventuras em SirarossaHoje à(s) 3:18 ampor  PepeVirando a casacaHoje à(s) 2:28 ampor  Terry[P.N.D] MARINES&AGIOTAS, NÃO SÃO O MESMO?Hoje à(s) 12:38 ampor  GyathoLivro I - A CaminhadaHoje à(s) 12:37 ampor  YamiP.D.N. - Caçadores BacanosOntem à(s) 11:41 pmpor  KenshinChocho KimikoOntem à(s) 10:19 pmpor  RyomaMaka JabamiOntem à(s) 9:54 pmpor  Ryoma
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 3 de 3 Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 XqxMi0y
Créditos : 15
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Dom Jun 06, 2021 1:42 pm
Relembrando a primeira mensagem :

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Manae Liebe. A qual não possui narrador definido.

_________________

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 J09J2lK

Liebe
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 UJNvfKm
Créditos : 05
LiebeCivil
https://www.allbluerpg.com/t580-manae-liebe#2949 https://www.allbluerpg.com/t582-take-1-soneto-a-quatro-maos#2990
Re: Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Qua Jul 14, 2021 10:19 am
Sirarossa, West BlueSoneto a Quatro Mãos
Com o corpo ainda inclinado sobre a mesa, Liebe deixou que sua cabeça tombasse levemente para o lado contrário ao do homem pomposo, permitindo que sua atenção também chegasse ao falador. O discurso permitiu ao mink reconhecer a voz que havia captado mais cedo, assimilando-a como assinatura daquele com quem conversava – um subalterno que mediava reuniões para o seu chefe viciado em rinhas de galo.

O mink tombou o seu corpo para trás, relaxado. Mantinha seus olhos fixados no serzinho falante, atento a cada palavra dita, a fim de encontrar dualidades e segundas intenções em qualquer tipo de entrelinha. Cruzou as pernas, levando uma das mãos ao cabelo, alinhando as madeixas entre os seus chifres, e sorriu um sorriso discreto, voltado a conquistar a empatia dos homens através da simpatia. A oferta era simples, porém vulgar. Ainda assim, não era nenhuma novidade frente às condições que sua raça enfrentava ao longo da sua relação histórica com os humanos.  

Interessante foi o adjetivo utilizado pelo seu interlocutor para definir o seu povo, e Liebe agradeceu mentalmente por não estar num local reservado; caso contrário, teria atravessado o corpo daquela criatura com seus chifres sem pensar duas vezes. Ele estava acostumado a ser encarado como uma peça expositiva de uma vitrine, mas isso não o isentava de se sentir ofendido quando a situação ocorria. Em verdade, por mais que Liebe sexualizasse a si mesmo como forma de obter dinheiro, ele ainda se irritava quando o tratavam daquela forma. Minks não eram animais de zoológico ou mercadorias de entretenimento, ele gostaria de dizer. Em vez disso, alargou o sorriso um pouco mais, fingindo ter sido atraído para a proposta.

Dinheiro é dinheiro, independentemente da quantia, não é mesmo?” Procuraria dizer quando a oportunidade surgisse. Seus olhos transitavam de um homem para o outro, ainda estudando-os igualmente, mas sua voz haveria de se tornar menos mansa e sedutora ao mudar o contexto da conversa. Liebe reservava seu charme para quem estava interessado em tê-lo, e por isso permitiria que a tonalidade de seu humor acompanhasse as novas nuances que a conversa exigia. “Aceitarei a oferta de bom grado. Não sei ao certo quando meu expediente aqui no... clube acabará, mas estarei pronto o mais rápido possível para vocês. Tenho certeza que serei capaz de deixá-los verdadeiramente abismados com a minha performance.

Dito isso, Liebe não se acanharia ao se levantar, procurando fazer uma nova mesura, respeitoso frente às figuras. Suas grandes orelhas se moverem instintivamente quando a nova música começou a tocar, levando-o a olhar de soslaio o cantor que havia subido ao palco – um mink coelho de voz afinada que Liebe ainda não havia conhecido. Ele tinha um certo charme, ponderou o Touro, antes de voltar a se concentrar nos dois à sua frente. “Por hora, peço licença, para que eu possa voltar ao trabalho. Espero que desfrutem do restante da noite, e não se acanhem em me chamar, caso precisem,” finalizaria, educado, olhando-os nos olhos.

Tão logo fosse dispensado pela dupla, Liebe voltaria a transitar entre as mesas, em busca de pedidos ou serviços que pudessem ser feitos para ele. Ainda pensava sobre a proposta que havia recebido, ponderando possíveis meios de arrancar mais dinheiro daqueles humanos asquerosos.


Controle
Histórico
Ganhos:

  1. Saleiro » 02 | 10.
Perdas:

  1. Nenhuma.
Objetivos
Adquirir espada;
Adquirir proficiência em Física;
Desenvolver a qualidade Precisão Temporal;
Obter o máximo de dinheiro possível.


n o m e

MANAE LIEBE

p o s t

NÚMERO 06

o u t f i t

CLIQUE AQUI

 






_________________

Madrinck
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 NYcylhF
Créditos : 06
MadrinckEstagiário
https://www.allbluerpg.com/
Re: Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Qui Jul 15, 2021 9:42 pm
Sirarossa
18:50
chuvendo



Mika Kani e Kou
O Trio se mantinha ainda na sua conversa sobre como ficar popular como artistas, enquanto Kani explicava o seu objetivo de modo claro para sua amiga. Shachi naquele momento ficava mais resguardado ao silencio já que ele não tinha objetivos parecido com o Trio para opinar em nada, mas claramente ele parecia estar afim de conversar mas não sabia como se introduzir na conversa. De todo modo Kou após da suas opiniões e Mika apreciar as mesmas, a pequena garota fazia sua proposta para o mais novo modo que ela tinha achado para se divertir.


Era claro que a dança não era o forte de ninguém ali, Mika se negando a dançar e Shachi um bom companheiro que era sempre querendo ficar ao lado de sua amiga decidia por estar do mesmo lado dela, enquanto isso Kou e Kani estavam ambos de acordo em dançarem juntos, e era ali que a dupla se separava. Shachi e Mika indo para o terceiro andar junto para a sala de jogos enquanto Kou e Kani iam ambos em meio ao salão de dança.

Os irmãos inicialmente tentavam seu melhor para imitar sequer os passos de dança que os outros casais faziam, entretanto aquilo acabava por os dois se estabanarem e baterem na cabeça um do outro, e aquilo já era o suficiente que eles não tinham o necessário para dançarem de modo chique e formal, Kani então inovava começando a dançar no estilo de movimento dos caranguejo chamando bastante atenção de muitos casais ali que encaravam Kani e consequentemente Kou de maneira desconfiada, Kou que ficava ali dançando com Kani que parecia se divertir muito com a sua mais inovação engraçada.

Liebe

O Mink continuava com suas deduções sobre a dupla de homens a qual ele estava sentando junto, tudo oque o pequeno careca falava parecia ser a pura verdade, não querendo esconder nenhuma coisa de você até onde tudo se mostrava. Mas o Mink touro facilmente se sentia deveras irritado com as palavras a qual o Homem utilizava para ele, mas para a felicidade do careca o Homem touro se segurava para não o empalar ali mesmo. De toda forma continuando com o seu falto carisma para os dois ele por fim saia de lá dando a ideia de que tinha aceitado a proposta para os homens, o gordo que naquele momento estava bem feliz com a resposta ganha.

Voltando para seu trabalho e pegando alguns pedidos pelas mesas que passavam, sendo elas respectivamente Mesa 4, 6 e a 9, todas pedindo garrafas de vinho ironicamente, e era claro que Liebe dedicado ao seu trabalho, mesmo que ainda aprofundado aos seus pensamentos ele tinha passado por todas as mesas e os únicos pedidos tinham sido a daquelas 3 mesas. Enquanto isso o Mink Coelho começava a cantar um pouco mais calmo para trazer um ambiente mais tranquilo para o local, enquanto o mesmo começava a dançar de modo sensual encima de um pequeno palco.

Agora tudo que faltava era continuar de modo resumidamente monótono o vai e vem de pegar pedidos e cumpri os mesmos, tirando o fato dos olhares, comentários e raramente mãos que teriam de ser enfrentadas aquela noite.

Mika
Agora separada de Kou e Kani novamente, Shachi e Mika iam até o terceiro andar por um longo e extensivo caminhada por escadas de detalhes de mármore e ouro, o corrimão sendo de uma madeira de provável alta qualidade, mas depois de andar um tempo com o Shachi calado dando a entender que estava formulando alguma coisa em mente para te falar, mas para a felicidade de Mika a dupla já se encontravam no gigantesco e extenso salão de jogos aonde o numero de pessoas que se encontravam ali mostrava ser muito mais requintado e numeroso do que o salão de dança do primeiro andar.

O Salão de jogos tinham dezenas de mesas para jogos de azar, uma forma de perder ou ganhar dinheiro com facilidade, sendo tais mesas de azar aonde se encontravam as pessoas mais ricas e também a maioria das pessoas, nos cantos da Sala por outro lado tinham objetos tanto quanto diferentes, bancadas numerosas e muito bem construídas aonde cada uma era uma modalidade diferente para crianças, famílias e amigos jogarem juntos. Todavia voltando mais a questão do salão, o local era claramente muito caro, lustres e colunas eram detalhadas com cristais e partes de ouro,o piso sendo um mármore polido que mesmo sem nenhum detalhe em sua superfície tinha o seu valor, quadros e decorações chegavam ao mesmo nível do que já foi dito antes.

- Caramba, eles não pegam leve no orçamento ein, mas então Mika, vamos fazer oque?- Shachi perguntava enquanto ficava na sua frente olhando tudo aquilo com muita admiração, mas uma coisa além de se notar era as pessoas. Todos ali encaravam Shachi e Mika, além do mais era raro ver a raças de vocês num local como aquele, muitos sussurrando e alguns sussurros que chegavam aos ouvidos de Mika mesmo estando na entrada - São empregados da boate escondida daqui? Por que saíram de lá? Tão de folga e tão passeando por aqui?- os outros comentários não eram muitos amigáveis e sim um pouco preconceituosos diga-se de passagem, Shachi que até aquele momento parecia já ter percebido os sussurros mas não entendido oque estavam sussurrando tanto.

Thanks, Lollipop @ Sugaravatars

_________________

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 UvhbRwr
Onigami
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 483939c4b2902d706cfeb1b9d2ca66609d85f3b31a271b56af638a664f00a5a2
Créditos : 00
Localização : Sirarossa - West Blue
Re: Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Ter Jul 20, 2021 11:50 am
SONETO A QUATRO MÃOS

- Oof! – Diria ao bater a cabeça contra a de Kou, sentindo um pouco de dor e passando minha mão na parte acertada. – Você tá bem? – Perguntaria para ela e depois daria uma risadinha. Nós claramente não éramos muito bons nisso, mas era divertido me movimentar de forma desajeitada com minha antiga companheira de orfanato. Continuaria com minha curiosa dança decápode por mais alguns minutos para tentar fazer minha irmãzinha rir. Logo notaria os olhares dos casais no salão e ficaria com um pouco de vergonha.

- Oh, acho que estamos atraindo atenção de novo. Vou sair de fininho... – Eu diria, aproveitando os meus movimentos siritásticos para sair de ladinho da pista de dança, esperando que Kou viesse junto. – Foi divertido, mas acho que ainda tenho que aprender a me mover melhor, haha! – Riria baixo, coçando a cabeça uma vez que estivéssemos longe o suficiente dos outros. – Bom, ainda temos muitas coisas para explorar nesse hotel! Quer ir ver a senhorita Mika e o senhor Shachi ou ir para outro lugar? Podemos invadir a cozinha e libertar os caranguejos e lagostas!

Embora eu quisesse ver os meus dois novos companheiros do mar, ainda queria passar um tempo com minha relação de longa data, então apenas esperaria uma resposta e concordaria com que a pequena artista decidisse. Tínhamos um tempo antes de ficar muito tarde, e embora eu ainda estivesse um pouco cansado, tinha energia o suficiente para mais um pouco de aventura.




Objetivos:

[ ] – Conhecer mais Shachi e Mika;
[x] – Falar com Kou e me atualizar sobre os últimos anos;
[ ] – Tentar conseguir um emprego, eventualmente.

Histórico:

Nº de Posts: 04
Ganhos: -X-
Perdas: -X-
Relações: -x-
Ferimentos: -X-
Menções a caranguejo: 4

Personagem:


PdV: 4320
STA: 100

Força: 0 [Incompetente]
Destreza: 100 (+40 EdC) = 140 [Regular]
Acerto: 250 (+160 racial) (+40 EdC) = 450 [Hábil]
Reflexo: 370 (+40 EdC) = 410 [Hábil]
Constituição: 0 [Incompetente]

Agilidade: 430
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Estilo de Combate: Pugilista/Atirador

Proficiências:
• Mecânica
• Mecatrônica
• Herbalismo
• Zoologia
• Natação

Profissão: N/A

Qualidades:
• Versátil
• Voz melodiosa
• Criativo
• Prodígio
• Experiência em combate
• Impassível

Defeitos:
• Bisbilhoteiro
• Ambicioso
• Misericordioso
• Obcecado
• Leal


_________________

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 PSOJ2CV
Blossom
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 JDtjoSC
Créditos : 05
Localização : Sirarossa
BlossomCivil
https://www.allbluerpg.com/t510-kou-chiharu#2057 https://www.allbluerpg.com/t582-take-1-soneto-a-quatro-maos#2990
Re: Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Qua Jul 21, 2021 10:27 pm


 
Post 04

 

 
Soneto a Quatro Mãos

 
Gostaria de ter respondido Mika antes mas acredito que teríamos um bom tempo para papear sobre diversos tipos de arte, inclusive a pintura. Afinal nosso grupo tem muita diversidade nessa área. Ao chegar perto de Kani para uma dança, acabaríamos nos trombando e batendo nossas cabeças. Deve ter sido bem engraçado para alguém mas para nós, dois cabeçudos, foi um pouco dolorido... e talvez um pouco cômico também. - "Aiê!" - Colocaria a mão na cabeça no local que foi acertado também por instinto. - "Estou bem, obrigada."

Afasto-me um pouco e pararia a minha tentativa de dança para observar os movimentos de Kani, que seriam bem imprevisíveis. - Sinto que o Kani nasceu caranguejo e virou humano sem querer. Além de não falar sobre outra coisa, sua dança era muito parecida com os passos de um. - "KWAHAHAHAHA! Irmãozinho você é hilário!" - Responderia ele depois de dar uma gargalhada com sua dança. Estava tão entretida com aquilo que demoraria para perceber os olhares reprováveis. - "Certo... vamos indo." - Seguiria Kani esperando que nós ficássemos longe do salão de dança.

Após manter uma distância consideravelmente boa para não chamar tanta atenção, começaria a responder Kani. - "Realmente foi bem divertido, mesmo não sendo nenhuma loucura parece que muita gente não gostou." - Diria flexionando o meu braço para repousar uma mão em meu próprio ombro, sentindo um pouco de desconforto na cabeça. - "Bom, acho que deveríamos dar uma beliscada em alguma comida antes de continuarmos. Nem lembro qual foi a última vez que comi. Vamos ver eles uma outra hora ou até depois de nos alimentar." - Afirmaria dando um sorriso envergonhado. - "Podemos ver se aqui tem algum espaço para nós dois matarmos a fome, mas não garanto que vamos conseguir libertar seus amigos, KWAHAHA!" - Daria uma risada pela ideia ser um pouco inusitada, não querendo caçoar dos gostos de meu irmão.

Seguiria com ele até um local que mostraria um mapa ou até uma localização de onde estava pontos importantes do hotel, procurando pelo espaço de alimentação. Se não conseguisse achar nada ou se o local não estivesse por perto, iria até a recepção perguntar ao atendente. - "Boa noite, aqui possui um restaurante para hóspedes ou um local parecido? Onde fica?" - Perguntaria calmamente apesar de estar com um pouco de pressa. - "Muito obrigada, tenha um bom expediente." - Agradeceria de forma carismática se me respondessem. Caso tivesse sucesso em encontrar o local, entraria prontamente junto com Kani e procuraria por uma mesa para nós dois com um leve receio de não cumprir mais ainda as etiquetas do ambiente. Se não tivesse nenhum lugar para saciarmos a fome, ficaria um pouco confusa e iria até o bar pedir por um petisco. Tinha até um salão de jogos e não tinha um lugar para comer?
   


Histórico:

N° de posts: 04
Ganhos: -
Perdas: -
Ferimentos: -



Personagem:

Estilo de Combate:
Ladino: Ladinos são especialistas em combates de curta distância, fazem uso de lâminas curtas e escusas para pegar seus oponentes desprevenidos e realizar movimentos letais. Utilizam adagas, punhais e similares.

Lanceiro: Lanceiros são especialistas em combates de média distância, fazem uso de armas de haste para explorar a distância entre eles e seus oponentes. Utilizam lanças, bastões, naginatas e similares.

Proficiências:

• Acrobacia
• Estratégia
• Furtividade
• Pintura
• Persuasão

Qualidades:

Versátil (Racial) Versátil: Você pode somar até 9 pontos de defeito, conseguindo dessa forma gastar 9 pontos de qualidade em vez de 7.

Atraente (1) Você é considerado belo pelos outros, seja pela sua aparência, porte físico ou estilo, você é capaz de despertar interesses românticos ou ser tratado mais favoravelmente por conta disso.

Criativa (2) Você é mais criativo do que a média e tem facilidade para pensar fora da caixa, em termos mecânicos, é capaz de desbloquear um espaço para projetar uma criação extra a cada nível ímpar.

Intuitiva (2) Você possui uma intuição forte e quase sobrenatural, praticamente um sexto sentido que pode lhe salvar de algumas enrascadas.

Prodígio (2) Você é mais inteligente do que a média e tem facilidade em adquirir novos conhecimentos, em termos mecânicos, é capaz de aprender uma proficiência extra a cada nível ímpar, além de ter termos menos rígidos para tal aprendizado.

Talentosa (2) Você ganha um espaço de criação de técnica extra em cada nível ímpar.


Defeitos:
Fobia (1) Você tem um medo extremo e irracional de algo ou de alguma situação específica. Varia de um até quatro pontos dependendo do objeto de sua fobia.
Fobia de Robôs:
Sente estranheza, desconforto, incômodo muito grande por robôs. Foi descoberto depois de ver e ler sobre robôs em um livro de seu amigo no orfanato.

Sincera (2) Você é incapaz de mentir, simplesmente não faz parte da sua natureza. Mesmo que seja prejudicial para você, você sempre diz a verdade.

Teimosa (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Pacifista (2) Você abomina a violência e sempre que possível prefere não fazer uso desse artifício.
Dois pontos:
Você só ataca um adversário depois de sofrer dano do mesmo.

Leal (2) Existe algo ou alguém, uma pessoa ou organização, que você coloca acima de si mesmo, não se importando com o fato de ignorar seus valores ou se sacrificar para proteger essa relação.
Lealdade a Arthur Lancaster:
Por Arthur ter sido a primeira pessoa a inspirar e incentivar Kou no caminho artístico, ela desenvolveu um sentimento de lealdade a ele pela sua confiança.


 
  Code by Arthur Lancaster



_________________

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 Fofa210

FalasPensamentos ㅤ Ações
Madrinck
Ver perfil do usuário
Imagem : Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 NYcylhF
Créditos : 06
MadrinckEstagiário
https://www.allbluerpg.com/
Re: Take 1 – Soneto a Quatro Mãos Qua Jul 28, 2021 8:49 pm
Sirarossa
19:10 com chuva fraca




A Dupla naquele momento já afastada o suficiente do salão de dança, tal que em meio ao trajeto no lugar de ouvirem comentários de reprovação eram pequenas risadas e maioria dos comentários que envolviam o tema de juventude criativa. Muitas das pessoas que não tinham medo de falar em tom de voz alto ainda comentavam que queriam ter tal energia que a dupla de irmãos tinha. Todavia aquilo já não era tão importante e os mesmo já estavam muito longe para continuar ouvindo as dezenas de comentários e conversas que tinham sido criadas somente com a dança de vocês.  

Passeando ainda pelo primeiro andar enquanto trocavam palavras era possível perceber pelas janelas que a chuva começava a diminuir, talvez em pouco tempo as nuvens de chuva já iriam ter passado pela ilha e as ruas da cidade por fim estariam livres para andar normalmente, mas aquilo não era o objetivo dos irmãos, achando o mapa do primeiro andar do Hotel, que logo ao lado tinha um maior ainda que mostrava aonde pontos de interesse do edifício de cada andar se encontrava, o que os dois mais queriam se encontrava no segundo andar, que pelo mapa parecia ser quase que completamente dedicado a esse restaurante, sendo que o resto do andar era simplesmente corredores.

E Agora sabendo aonde tinham que ir os irmãos subiam poucas escadas para a sorte deles, por que subir dezenas de escadarias não seria muito bom para as pernas de ninguém, todavia dando maior atenção ao restaurante em si, o local era tão bonito quanto qualquer outro local do Hotel, mesas de madeira de alta qualidade com panos brancos e vermelhos encima para dar um ar que se olhado por cima todas as mesas formariam um tabuleiro de xadrez, mas não era só isso. Todas as mesas tinham jarros com belas flores indo de belas rosas a lindas orquídeas, candelabros tinham ornamentos de ouro e os lustres eram tão brilhantes naquele momento por causa da iluminação que era difícil enxergar os mesmos.

A Movimentação lá estava certamente boa, garçons iam e viam com bandejas em mãos recheadas de deliciosas comidas chiques e com cara de caro, mas para a felicidade de Kani e Kou tinha mesa o suficiente para os dois se acomodarem e aproveitarem um encontro, quero dizer, um jantar no melhor hotel da ilha, agora os dois acomodados em uma mesa e em cadeiras claramente confortáveis, em poucos instantes um garçom ia até vocês e perguntavam - Oque vão querer meus jovens? Talvez eu possa recomendar alguns pratos do cardápio que são bons para encontros- o Garçom falava de modo calmo e gentil, mesmo que seu vocabulário não fosse tão chique quanto as roupas que ele usava, todavia ele entregava dois cardápios para vocês dois e esperava pacientemente a resposta sobre a pergunta anterior dele.






Thanks, Lollipop @ Sugaravatars

_________________

Take 1 – Soneto a Quatro Mãos - Página 3 UvhbRwr