Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Página 1 de 1
Silver
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Silver 120x120
Créditos : 00
[TUTORIAL] Silver Qua Jun 02, 2021 1:27 pm
Nome: Son Goku
Idade: 24 anos
Raça: Mink - Primata
Gênero: Macho
Localização: Derlund, West Blue
Estilo de Combate Básico: Bojutsu
Mão Predominante: Destra
Qualidade: Prontidão
Defeito: Dependência em Nicotina (+1)
Photoplayer:
[TUTORIAL] Silver 2edba6f87e43baae5bcb14173cf8480e


Última edição por Silver em Seg Jun 14, 2021 4:33 pm, editado 1 vez(es)
Admin
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Silver GRh51xf
Créditos : 15
Localização : Sirarossa
AdminAdministrador
https://www.allbluerpg.com/t270-bjarke-hallet-flamesguard https://www.allbluerpg.com/t299-i-juros-simples#870
Re: [TUTORIAL] Silver Sex Jun 11, 2021 3:03 pm
TUTORIAL APROVADO

Bem vindo ao All Blue RPG, a partir de agora eu serei seu Instrutor, irei lhe ensinar o básico sobre o fórum. O primeiro post é seu e peço desde já que se atente a sua mini ficha para trabalhar bem suas qualidades e defeitos durante a narrativa. Qualquer dúvida que tiver pode mandar MP que irei responder o mais rápido possível. Segue abaixo algumas informações importantes:

● A ficha usada para o tutorial é exclusiva dele e não precisa ser reaproveitada na sua ficha oficial, que pode ser completamente diferente. Mas nada lhe impede de usar o mesmo personagem.

● O fórum parte da premissa de evitar ao máximo God Mode, ou seja, que o jogador, controle NPCs e cenários. Em resumo evite descrever coisas como “O sol estava forte”, “Era uma manhã fria”. Não é um problema você dizer que acordou ou que está em casa, porém evite criar coisas.

● Uma dica importante para todos é que apesar de não se poder narrar cenários, ou controlar NPCs você pode procurar coisas e interagir com elas colocando a possibilidade de encontrar tais coisas. Exemplo: “Iria levantar e ir até a geladeira da casa, procuraria dentro dela uma maçã e se encontrasse uma já metia aquela bela mordida”

● Recomendo que consulte o Guia de Narração, Guia do Novato e Guia de Combate. antes de realizar o primeiro post.

● Por fim, sempre atente-se ao post de seu Instrutor e as dicas que ele der com cuidado, elas podem ajudar muito você a se guiar no fórum.
Considerações:
Primeiramente peço perdão pela demora do fórum em pegar seu tutorial, dito isso eu gostaria que você alterasse esse seu primeiro post trocando bojutsu por lanceiro e macho por masculino. É só questão de padronização, os termos não estão corretos mas não ia negar por conta disso depois de você ter esperado por tanto tempo.

_________________

[TUTORIAL] Silver WcCcIuX
Silver
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Silver 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] Silver Seg Jun 14, 2021 5:27 pm
Romance Dawn

Calmaria. Serenidade. Lucidez. Assim amanhecia meu espírito de volta do limbo ao meu corpo material, esvaindo por entre a postura de lótus que com esmero de monge conservou-se a noite passada. O mantra 'Om Mani Padme Hum' ainda ressoava em minha mente e eu apenas desejava um dia bom para iniciar minha jornada, como se o possível orvalho que molhasse a relva verdejante da floresta pairasse sobre a minha pelagem carmim aos raios de sol, brilhando feito diamantes no céu de Buda. - Eu preciso fumar. - Era a primeira palavra após o devaneio nirvanesco de um monge buscando iluminação. Sacudiria e alongaria meu corpo e com a cauda apanharia meus pertences e meu sobretudo, onde com a destra apalparia o seu bolso procurando o paipu (cachimbo), para ver se ainda restava ainda algum trago. Se encontrasse, buscaria em meus bolsos algo de acender, fósforos, isqueiro ou pederneira. Se acaso encontrasse o que precisasse para saciar minha pequena vontade, se assim posso chamar o meu vício, o faria com animação, tragando a fumaça enquanto caminhava por entre as árvores, rumo à civilização da ilha. Se não encontrasse o que fumar, o que seria um saco, era mais um motivo para ir à cidade. Um motivo bem justo aliás. Durante o trajeto, colocaria meus sentidos em encontrar alguma vara de bambu verde que eu pudesse colher e usar eventualmente como bastão. Seria magnífico, não acha? Se houvessem frutos nas árvores tentaria escalar para colher alguns e tirar a barriga do jejum matinal. Na cidade buscaria alguma taverna ou o mínimo aglomerado de gente onde eu pudesse me informar sobre qual era a dessa ilha e o que eu poderia fazer para ganhar alguns trocados para o próximo rango. "Um pouco de diversão não faria mal para esse asceta! Kyakyakya!" Pensava animado.
Admin
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Silver GRh51xf
Créditos : 15
Localização : Sirarossa
AdminAdministrador
https://www.allbluerpg.com/t270-bjarke-hallet-flamesguard https://www.allbluerpg.com/t299-i-juros-simples#870
Re: [TUTORIAL] Silver Qua Jun 16, 2021 11:37 am
Interação


Derlund era uma ilha de fauna e flora riquíssima, de forma que, ao encerrar seus rituais, Son Goku se encontrava em uma clareira, cercado por árvores altas de copas extensas. Do local onde se encontrava, o mink podia ter uma visão clara do céu, que se encontrava límpido, demonstrando um azul extremamente agradável, sem nenhuma nuvem ou qualquer outro sinal de precipitação que atrapalhasse essa bela visão.

O clima estava ameno, podendo até mesmo ser deleitante dependendo das preferências pessoais de Son e, ao seu redor, podia escutar o canto de diversos pássaros que vagueavam nas cercanias em busca de alimento. Alimento, inclusive, que era algo essencial para todos, inclusive para Goku, mas, antes de tentar sanar tais necessidades mundanas, o Mink sentia uma urgência de saciar seu vício. Tateava seu sobretudo, encontrando seu estimado cachimbo, com um resto de fumo e uma caixa de fósforos contendo um único fósforo, parecia que havia acordado com o pé direito.

Após aproveitar seu fumo, Son abandonava a clareira e partia em busca de uma parte mais civilizada da ilha, por assim dizer. Enquanto caminhava, olhava para as copas das árvores, visando encontrar algo que servisse para realizar seu desjejum. Após cinco ou dez minutos de caminhada viu uma jabuticabeira que se destacava das demais árvores, sendo ligeiramente maior que as outras e apresentando belos frutos, que no momento pareciam ideais para saciar sua fome, já que seu estômago começava a roncar.

O jovem mink conseguiu escalar a árvore para alcançar seu topo sem muitas dificuldades, a atividade lhe parecia extremamente natural, de forma que poderia se saciar, comendo e até mesmo levando consigo quantas jabuticabas quisesse. Devido a altura da árvore, após a escalada, Goku podia ver com mais clareza a área ao seu redor, assim sendo, depois de uma breve observação foi capaz de notar uma outra clareira, ao oeste de onde se encontrava. A área da clareira era relativamente grande, o suficiente para abrigar um belo jardim que continha uma ponte, um lago, algumas esculturas de pedra e um bambuzal, além disso, existia, no mesmo local, uma construção simples, mas elegante, feita de madeira e apresentando apenas um andar.

Se resolvesse se aproximar para tentar apanhar a vara de bambu que desejava, Goku notaria, quando se aproximasse, uma figura estranha vagando pelo jardim do local. Na hipótese de resolver observar a figura, notaria que tratava-se de um mink guaxinim, mas a única coisa que entregava esse fato era seu rabo, afinal, a criatura em questão estava coberta dos pés à cabeça com um traje preto.

Não era difícil notar que a figura se movia de forma suspeita, olhando para todos os lados enquanto avançava, aparentando estar bastante nervosa. Após alguns instantes se esgueirando pelo jardim, a figura arrombou uma janela e adentrou na construção, alguns instantes se passaram, mas rapidamente Son pode ouvir o som de um objeto de vidro ou porcelana quebrando e um grito estridente, aparentemente feminino. Se envolver no que quer que estivesse acontecendo ou ignorar esse acontecimento e simplesmente prosseguir buscando encontrar uma área mais populosa da ilha era uma escolha que estava completamente em suas mãos.

Feedback:
● Foi um bom post inicial, deu pra pegar bem a essência do seu personagem com essa vibe meio budista, além disso não teve nenhum problema com essa "criação" de itens, já que, apesar de citá-los, você o fez com incerteza, deixando uma margem para seu narrador, ou instrutor nesse caso, deixar tais itens disponíveis ou não. Você também fez ações para progredir na história, indo atrás de comida e se dirigindo até a cidade, foi um post simples, mas bom e dentro dos padrões.

● A única ressalva que eu posso fazer não toca no conteúdo em si, mas na parte estética, fazer um separação de parágrafos ou até mesmo utilizar um template deixa o post mais fluido e agradável de se ler, mas isso é algo totalmente opcional.

_________________

[TUTORIAL] Silver WcCcIuX
Silver
Ver perfil do usuário
Imagem : [TUTORIAL] Silver 120x120
Créditos : 00
Re: [TUTORIAL] Silver Seg Jun 21, 2021 5:30 pm


Romance Dawn

Son Goku
Derlund - West Blue
Céu Limpo, Manhã Amena



No seio da floresta de Derlund, da clareira luminosa onde me encontrava, as árvores extensas que afagavam o céu, límpido e azul, me faziam, vislumbrar mais uma vez, as paragens de Zou. na extensa Floresta da Baleia, ou as portentosas matas ao redor do mosteiro da ilha Genbu, nas costas de uma dantesca Tartaruga-Leão, que nada a esmo ao sabor dos mares, de onde inclusive parti há uma semana, "Sim, eu fugi para o mar para trilhar meu próprio caminho e aventura. Não que isso seja da conta de ninguém. Tsc!"
quando no último solstício esteve próxima o suficiente do desta mesma ilha que me acolheu com um meio tão familiar, quem diria. Tragava mais um pouco da fumaça em meio aos devaneios. As aves anunciavam a manhã, e a vida na floresta já fervilhava desde os primeiros raios de sol, com os animais diurnos. Aquele clima ameno era aconchegante, me agradava, embora pudesse estar ainda mais frio para estar perfeito. Seguia em frente após apagar o cachimbo e guardá-lo de volta no bolso do sobretudo, deixando uma réstia de fumo para depois, não sou otário.

Alguns minutos após levantar acampamento, meus olhos escarlates brilhavam como um par de sóis ao vislumbrar aquela bela árvore aos borbotões de jabuticabas pretinhas e suculentas, onde eu podia comer à vontade e levar mais um punhado comigo pra mais tarde, kyakyakya. Escalar não era um problema pra mim, nunca foi. Do topo da árvore, com a boca cheia de frutos e os lábios melados de néctar e sumo, a vista se fazia mais ampla e a oeste dali eu podia vislumbrar a cidade em uma outra clareira, bem maior que a que me encontrava. Um belo jardim podia ser captado por meus olhos, e uma pequena e distinta construção me chamava a atenção, certamente. Seguiria para além dali, rumo ao bambuzal, saltando de árvore em árvore com minhas capacidades simiescas, acelerando o tanto quanto minhas aptidões físicas me permitissem mover sem chamar atenção.

Assim que chegasse ao pequeno jardim, iria direto ao bambuzal, e escolheria para colher o mais propício a virar um bom e resistente bastão. Com o auxílio da cauda e meus braços fortes faria uma leve alavanca, mas segura o suficiente para arrancar a vara pela sapata. sem prejudicar o restante do bambu. Contudo, e não obstante a alegria de finalmente não andar mais desarmado, algo de estranho se assomava aos meus olhos, tragando completamente minha atenção, um ser trajado de preto dos pés à cabeça, feito um ninja de Wano Kuni, mas com um longo rabo de Guaxinim à mostra. "Hmm, deve ser um Mink como eu. Existem outros de minha espécie nesta ilha distante? Mas olha como se move suspeito, se esgueirando, tá com cara de quem vai fazer coisa errada."

A figura enigmática arrombava a janela daquela pequena casa, adentrando-a sem pudor, feito um ladrão. De repente, o som de algo estilhaçando ao chão e o grito de uma dama indefesa. Não podia me segurar. Precisava verificar, alguém inocente e indefeso poderia estar em perigo. Então seguia em máxima aceleração pelo trajeto do guaxinim observando meticulosamente com meus sentidos, qualquer ataque ou armadilha, para que agisse instantaneamente, com uma esquiva rápida ou bloqueio com o bastão. Se conseguisse chegar até a cena, bradaria para chamar atenção;

- HEY! O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?! -
Bradava com o bastão em mãos, posto em minha destra em pé ao meu lado, pronto para agir a qualquer instante. Se fosse atacado, reagiria com um bloqueio rápido e saltaria alguns metros atrás, observando sempre o ambiente para traçar a melhor estratégia para agir e usá-lo a meu favor.