Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
I - The Rebel PathHoje à(s) 10:49 ampor  2Miaus[Pedido de Instrutor] - ShawHoje à(s) 12:03 ampor  Shaw[TUTORIAL] - SHAWOntem à(s) 11:59 pmpor  ShawOperação T.N.C.T.O.N.I.Ontem à(s) 10:47 pmpor  Wesker1º Capítulo: Alvorada dos Monstrorines!Ontem à(s) 9:22 pmpor  Blindao[FICHA] Nina SpadesOntem à(s) 8:51 pmpor  Shiro[Ficha] WolfgangOntem à(s) 7:03 pmpor  Wolfgang[Ficha] JaeggarOntem à(s) 4:39 pmpor  JaeggarAgnis CyrielleOntem à(s) 4:01 pmpor  Ryoma[TUTORIAL] JaeggarOntem à(s) 9:31 ampor  Maka
 :: Eventos e PvP :: Eventos :: Pequeno
Página 2 de 2 Página 2 de 2 Anterior  1, 2
Narrador De Eventos
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Akhl8LC
Créditos : 00
Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 Seg Maio 31, 2021 12:16 pm
Relembrando a primeira mensagem :


Desventura na Terra dos Sonhos



Grupo 9

“Um soar que lembrava uma flauta, aos poucos entoava uma melodia melancólica, algo que parecia até mesmo como um pedido de socorro. Ela ecoava pelos ouvidos e estremecia até os ossos.” - Durotan Almarc, Guerra no mundo dos sonhos.

Era uma sensação agonizante para aqueles que ali chegavam até abrir os olhos, o mundo havia mudado, seus ouvidos se preenchiam agora com um barulho de água corrente, mas à sua volta haviam paredes de metal. Sim, era uma pequena sala vazia, o chão era reto e liso e parecia regular. Um lugar aterrador e sombrio, uma sensação de alguém estar os observando era inquietante, mas não parecia existir ninguém além dos 3. De primeiro momento, não era possível escutar nada além das suas respirações e palpitar do coração, mas assim que se focassem seriam capazes de escutar diversos sons vindos das portas, como se fossem sussurros ou chamados.

A sua frente haviam 3 portas numeradas em algarismos romanos I,II,III, e uma incógnita se deve ou não ser aberta e se vão... qual delas abrir? Algumas pessoas estão agora ali reunidas nesse claustrofóbico ambiente, dado que o espaço é curto, medindo apenas 4 metros de largura e 10 de altura. O grupo está preso nesse local, em um clima frio. Tão frio que conseguiam ver o "fumo" saindo da sua respiração e até mesmo sentir cada parte de si começar a tremer. Era um frio tão agonizante que parecia ser impossível de se replicar.

A sensação é de que a qualquer momento podem desenvolver algum problema, talvez hipotermia, talvez alguma outra coisa. Cada porta transmitia uma sensação única: a primeira porta parecia transmitir um calor único, como se por de trás dela os aguarda-se o tão desejado calor que almejavam; a segunda porta, não sentiam nenhuma alteração de temperatura, no entanto pareciam escutar água corrente e sons de folhas abanando; por fim, a terceira porta, tinha uma aura tão fria quanto aquela sala, parecia até mesmo que estava sendo congelada nas suas extremidades. - Achem a saída... - escutavam uma voz sussurrar dentro da cabeça de cada um deles, uma voz tenebrosa e cheia de intensões malignas - Ou aceitem o vosso destino...

Regras Gerais

1- Só será usado um único atributo de suas fichas que é a Agilidade, essa com a finalidade de definir qual dos personagens agirá primeiro, tirando isso os atributos da ficha são irrelevantes para os combates e ações gerais.

2- Deve-se considerar também que os personagens possuem armas básicas de seus respectivos estilos de combate, mas todos possuem também a perícia briga, e podem utilizar suas habilidades de “Classe” que vão lhe conceder pequenos poderes/melhorias que independem de seus estilos de combate padrão.

3- Os posts devem ser realizados em um total de 48 horas após o post do narrador, caso um jogador não poste esse será pulado, e sofrerá consequências narrativas por ficar paralizado lá durante aquele post. A reincidência disso o levará a ser desqualificado do evento.

4- Se um jogador for desqualificado do evento sem uma justificativa plausível para tal, este ficará banido do próximo evento, por prejudicar seu grupo com um membro a menos dentro dos desafios.

5- O limite dos posts é de 4000 caracteres sem contar espaços, para evitar posts muito volumosos, e dificultar muito o trabalho do narrador. Caso passe desse número, tudo que passar daqui será desconsiderado.

6- A abertura das portas será definida de uma maneira aleatória. Independente da porta que os jogadores escolherem a sua frente será rolado 1d3, esse definirá qual é o destino por trás da porta que eles abriram.

7- Caso por motivos de roleplay os jogadores discutam e discordem na hora de abrir a porta a Agilidade define quem tomou a iniciativa de abrir.

8- Não podem, de maneira alguma, editar o post após ele ser postado.




Chloe Kaminari
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 F29b2a4ab51d43b15553ae13727e9e87
Créditos : 00
Chloe KaminariEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140


3º - Vermes...joia flutuante

Chloe Kaminari




— Mas que porra de ambiente é esse hem—

Odiava calor extremo... odiava o frio extremo.... odiava qualquer clima que fosse levado ao extremo. Os rapazes pareciam tão curiosos quanto eu, como havíamos parado ali? E porque um trio? Respirei fu do conforme caminhava pelo caminho da esfinge.

Entretanto até mesmo um ambiente ancestral parece ter sua beleza. Pouco a pouco o lugar ia mudando de um clima completamente cheio de areia para um corredor reto de pedra, sem nenhuma entrada adjassente ou passagem estreita e por fim, para mibha surpreza, um salão imponente e com tantas informações e estátuas belíssimas que talvez um arqueólogo pudesse se perder naquele lugar. Com admiração e curiosidade fui observando as informações que podia, mas tão logo quanto o silêncio, a voz voltava a ser ouvida pelo local, mas dessa vez saída de uma esfera que havia se soltado da coroa central em meio às estátuas. Tremores pareciam balançar o salão, um dos garotos gritava sobre a joia ser importante, mas aquilo era um tanto óbvio demais porra.

— Legal... justo quando não tô com roupa de ginástica — pronunciei com um sorriso debochado enquanto retirava a corrente presa em minha cintura. Sim uma corrente, larga mas não muito grande. Meus olhos estavam voltados para a jóia, mas também tinha atenção em qualquer movimentação por parte das criaturas.

— Se mais ninguém tiver uma arma longa como a minha eu peço uma coisa.... ME PROTEJAM NESSE CARALHO E EU AJUDO A PEGAR A JOIA!— Gritaria para os garotos de forma melodiosa.

Caso houvesse um ataque de alguma delas, iria me abaixar caso fosse um ataque direto ou pularia para os lados ou para tras caso uma das criaturas viesse por baixo ou pelas laterais.

Com força tentaria agarrar a joia com o auxílio do chicote, mas caso ela estivesse acima de dois metros , que seria uma média da minha altura mais o comprimento da corrente, buscaria o mais rápido possível uma superfície a qual pudesse saltar e usar da corrente como uma corda para tal engenhosidade.

Caso nenhuma das opções fosse viável, buscaria algum lugar alto o suficiente para que pudesse observar melhor as criaturas antes de atacar.


Histórico:
● Postagens: 002
● Pagina:001
● Ganhos: N/A
● Perdas:N/A
● NPC: N/A
● Player Conhecido: N/A
Ficha Resumida:


PdV: 200
STA: 100

Força: 2  (Regular)
Destreza: 15 (Regular )
Acerto: 13  (Regular )
Reflexo: 2 (Regular)
Constituição: 4 (Regular)

Agilidade: 7
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0


● Qualidades:
* Versátil ( Racial )
* Ambidestro
* Voz Melodiosa
* Mestre em Haki
* Prodígio
* Atraente

● Defeitos

* Apegado -Chloe nutre um profundo amor pelo irmão, ao qual tem ciência de ser correspondido pelo mesmo. Além de ser sua única família, Chloe não consegue mais enxergar o mundo sem o irmão, e ainda tem esperanças de o ver vivo pelo mundo mesmo que com outra mulher.  
* Teimoso
* LEAL - Sendo este sua única família e irmão, Chloe acabou por se tornar totalmente leal a ele. Sempre buscando defender o irmão quando eram mais novos e isso ainda perdura até hoje, por vezes até se colocando em perigo para proteger a vida dele
* Bisbilhoteiro
* Heroico

• EDC : chicoteador
Legendas:
— Fala —
- Pensamento
Código:
[b][color=#ff6699]— Fala —[/color][/b]
[b][color=#ff66ff]Pensamento[/color][/b]



_________________

Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 U8TTd9b

Ficha
Moonchild
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 JwJyx37
Créditos : 02
MoonchildCivil
https://www.allbluerpg.com/t460-kawazakana-mikazuki https://www.allbluerpg.com/t348p20-cabras-da-peste-vol-1-amanhecer-do-sul
I will take the dive
This small bathtub feels deep today
Singing na na na na na
I’m thinking of you
Then I’m diving

I wanna know you
From your surface
To the other side of the ocean, oh I

Take the dive
I’m dreaming with my eyes open
Breathing in your air
Desventura na Terra dos SonhosI spend my whole life following the night time Can't see the stop sign what you gonna say
A descida foi silenciosa... ao menos de minha parte. De braços cruzados, dei cada passo em frente desconfiado de quem eram aqueles dois ao meu lado e refletindo sobre o significado daquilo tudo. Àquela altura eu já tinha entendido que não se tratava mesmo de um sonho, mas em um mundo fantástico em que pessoas se esticam e transformam seu corpo em magma puro talvez existisse algum poder divino que poderia criar aquele tipo de coisa. Se esse fosse o caso, teríamos caído em uma armadilha? Estávamos a mercê de algum inimigo mais astuto e aparentemente mais poderoso do que nós?

Simplesmente seguir em frente sem fazer tais questionamentos não me parecia certo. Depois de alguns poucos passos, eu dou uma parada e olho para trás. Ainda dava tempo de voltar, mas para onde eu iria? Vagar no deserto sem rumo? Olhando novamente para frente, considerei apenas ficar ali sentado na sombra esperando que algo acontecesse. Mas e se sentisse fome? Sede? Estar em território desconhecido não parecia mesmo a melhor situação do mundo, mas optei por me apressar e acompanhar o ritmo dos demais. Considerei que teria mais chances de sobreviver àquilo se não estivesse sozinho (embora trabalho em equipe não fizesse muito o meu estilo).

Apesar da arquitetura do local parecer bem distante do que estou acostumado, a tensão de estar naquele lugar ofuscou qualquer elogio ou maiores detalhes que meus olhos pudessem perceber. Focado apenas em seguir em frente e não tropeçar na escadaria, me mantive calculando quantos dias conseguiríamos nos manter ali sem nos alimentar até que nosso corpo começasse a protestar. Seria como nas histórias de terror que eu ouvia quando criança em que desconhecidos desesperados matavam uns aos outros para ter com o que se alimentar até que o resgate chegasse? "Mas duvido que existirá algum resgate", conclui. Soltei um longo suspiro de frustração em seguida pensando em como os outros pareciam calmos com aquilo tudo.

Já no grande salão, uma nova voz soou. Uma joia flutuante estava mais à frente e aparentemente parar escapar precisávamos apenas pegá-la. Eu não gostava da ideia de seguir uma voz vinda do além, mas infelizmente aquela era a única pista que tínhamos de como sair daquele lugar. Sem muito mais o que fazer, comecei a andar até a frente dos outros. Olhando a rapieira embainhada de relance, eu estava pronto para tomar a linha de frente quando senti que... algo não estava certo. E não, não estou falando daqueles vermes que surgiram brotando do solo. Algo dentro de mim parecia não concordar em me colocar na linha principal de ataque. Talvez eu devesse apenas... ajudar? O outro rapaz foi quem se dispôs a chamar a atenção de dois dos vermes. Ainda assim, sobrava um. Virei-me na direção da garota e tracei um plano de apoio.

— Tenho a sensação de que posso te ajudar a não ser atingida. Toma a atenção do verme que sobrou. Vou tentar pegar a joia.

Uma vez por turno eles podem escolher melhorar uma característica do time narrativamente, velocidade, força ou destreza. O buff dura o turno inteiro mas só pode ser usado uma vez a cada turno, e em apenas um aliado.

Atributo melhorado: Destreza
Alvo: Chloe Kaminari

Minha intenção ao melhorar a Destreza dela era que ele fosse capaz de se manter desviado (ou até atacando, quem sabe) para além de suas capacidades normais. O plano era distrair para conquistar, então foi isso que eu fiz. Corri dando a volta naqueles vermes torcendo para que estivesse ocupados demais com os outros para então tentar escalar a estátua astutamente e pegar a joia. Se avançassem na minha direção, eu teria que desviar. Com a rapieira em mãos, tentaria cortar qualquer um que entrasse no meu alcance. Se me pressionassem demais, apenas recuaria e deixaria para tentar depois.
ATRIBUTOS
PdV: 140
STA: 100

Força: 0 (Incompetente)
Destreza: 9 (+4) (+3) = 16 (Regular)
Acerto: 5 (+2) (+3) = 10 (Regular)
Reflexo: 5 (+2) = 7 (Regular)
Constituição: 1 (Regular)

Agilidade: 8
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

QUALIDADES
Nadador Nato (Racial)
Você é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Cuspe Potente (Racial)
Você possui a capacidade de ingerir líquidos e, enquanto armazená-los em sua boca, será capaz de cuspi-los com grande força e velocidade, fazendo com que causem impactos similares aos causados por munições de pistolas.

Senso de Direção (1)
Você nunca se perde e sempre é capaz de se orientar, as vezes até parece que você tem uma bússola dentro da cabeça.

Prontidão (2)
Você está sempre pronto para agir ou reagir, alcançando o ápice da sua velocidade ou força em questão de poucos instantes. Mecanicamente, reduz a condição lento em uma categoria, se a condição aplicada for categoria III ou inferior.

Mestre em Haki (4)
Assim que você desbloquear a especialização do Haki da Observação ou do Haki do Armamento, você pode escolher seguir dois caminhos de especialização simultaneamente. Nesse caso, os efeitos narrativos se acumulam, mas os bônus de atributo concedidos não. Nessa hipótese, o melhor atributo entre os dois será considerado sempre.

DEFEITOS
Atípico (Racial)
Devido ao fato dos Meio Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

Segregação (Racial)
Pelo fato de ser um meio homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Compulsivo (1)
Você tem uma mania, hábito ou ritual simples que precisa executar ao menos uma vez a cada duas páginas, como, por exemplo, roer as unhas.
Compulsão: enrolar o cabelo em algum dedo

Perfeccionista (1)
Você não pode ver nada fora de seu devido lugar, qualquer coisa que pareça afetar a harmonia ou a ordem lhe causam um profundo incômodo.

Vaidoso (2)
Você sente a necessidade de estar sempre limpo e bem arrumado, não suportando ficar sujo ou desgrenhado.

Improdutivo (3)
Você tem problemas de inspiração e criativade ao planejar qualquer obra, além disso, libera um espaço para projetar criações apenas em níveis impares.

PROFICIÊNCIAS
Cartografia: Você pode ler, criar e reproduzir mapas com precisão.

Condução: Você sabe conduzir, pilotar, manobrar e manejar veículos com apenas um pouco de treino. Para navegar, é necessário que alguém com condução assuma o timão do navio.

Geografia: Você é capaz de compreender as características geográficas de um lugar, paisagem, território ou região, sabendo identificar coisas como o tipo de solo e bioma.

Navegação: Você sabe se localizar e que direção deve seguir para chegar no ponto que almeja, além disso, sabe ler e interpretar mapas. Sabe coordenar o manejo de um navio, dizendo quando subir ou baixar velas e quando ficar a favor ou contra o vento.

Atletismo: Você tem um corpo atlético e conhece bem os seus próprios limites, consegue correr, saltar e escalar com as mãos nuas, desde que os feitos sejam coerentes com seus atributos físicos.
Nome: Mikazuki
Posts: 3
Ganhos: Nada por enquanto
Perdas: Nada por enquanto
Players Conhecidos: Ninguém por enquanto
NPC's: Ninguém por enquanto
Extras: Nada por enquanto

_________________


Narrador De Eventos
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Akhl8LC
Créditos : 00

Desventura na Terra dos Sonhos



Grupo 9

O trio havia finalmente chegado em algum lugar: um grande salão circular com várias estatuas, incluindo a de um rei com uma joia brilhante flutuando acima de sua coroa. A voz no fundo deixava clara o que precisavam fazer ali para poderem fugir, mas a aparição de 3 grandes vermes mostrava que a tarefa que lhes havia sido dada não seria um passeio no parque. E o pior, elas não estavam os atacando diretamente, parecia mais que estavam ali para proteger a joia. O primeiro a avançar contra as criaturas foi Ryuu, que queria fazer com que avançassem contra ele, e de fato conseguiu fazer com que elas prestassem atenção em si, mas apenas uma delas avançou em sua direção, pulando para o abocanhar com sua mandíbula cheia de dentes, mas foi interceptado pelo braço duro como ferro do homem, recebendo em sequencia um soco com outro membro enrijecido que a jogou alguns metros para o lado. Estranhamente, o golpe não parecia ter feito tanto estrago quanto deveria, e uma rápida observação seria o suficiente para perceberem que elas possuíam uma rígida casca acima da pele, e o lugar onde Ryuu havia golpeado apresentava apenas algumas rachaduras. E aqueles vermes não pareciam burros, pois por mais que apenas um tivesse pulado no tanque que avançou na frente, quando estava concentrado no verme que o atacava, um segundo cuspiu uma baba verde nas pernas do homem, que tinha uma consistência bastante viscosa. Não grudenta o bastante para o prender ali por muito tempo, precisando de apenas alguns segundos fazendo força para conseguir se libertar, mas aquilo seria um claro problema, dando tempo o suficiente para serem atacados e para impedir os avanços.

Mais atrás Chloe avançou também com os olhos fixos na joia, puxando sua corrente, enquanto Mikazuki usou um estranho poder que a fez se sentir mais ágil. Assim, enquanto a garota correu direto na direção da joia, o suporte fez uma volta maior, na expectativa de dividirem os vermes, mas ambos os que sobraram avançaram na direção de Chloe, pulando vorazmente várias vezes em sua direção, que desviava habilmente de cada ataque. Os movimentos que fazia para isso eram bem mais ágeis do que qualquer coisa que ela conseguia fazer normalmente, como se seu corpo estivesse mais leve, certamente graças à ajudinha do ruivo. Vendo que estava próximo o suficiente, ela lança a corrente, na expectativa de agarrar a joia, mas a baba grossa de um dos vermes que a atacavam voa, acertando a corrente e a prendendo em uma das estátuas menos de meio metro antes de encostar na joia, forçando-a a subir em uma estatua para evitar mais ataques dos vermes. Talvez se não estivesse sendo focada por dois daqueles vermes, tivesse sido capaz de realizar a façanha, mas Ryuu mais atrás terminava de se desvencilhar da baba nos poucos segundos que tudo aquilo se desenrolava, e o verme com a carapaça rachada avançava contra o ruivo que corria mais na frente.

Quando percebeu a criatura e pulou para se afastar, girou sua arma para a atacar, mas a lâmina apenas fez faísca na carapaça do verme, sem causar nenhum dano real. Agora ele ficava em sua frente, cuspindo duas vezes sua baba viscosa, mas que erraram seu alvo, mas forçaram o ruivo a se afastar para ficar em uma posição segura. Haviam conseguido avançar por quase 2/3 do salão, em especial Chloe, que era a mais próxima da estátua do trono pelo lado direito, mas encurralada contra uma parede por dois vermes que pareciam a ver como a maior ameaça, enquanto sua corrente se via presa em uma estatua. Ryuu finalmente alcançava os outros após ter aberto o flanco para que os dois pudessem avançar, e Mikazuki, mais próximo do homem de cabelos brancos lidava com o outro verme. Mais um pouco e conseguiriam alcançar a tal joia para retornarem, mas para isso precisariam usar suas capacidades ao máximo para abrir caminho pelos vermes, trabalhando em equipe.



Chloe Kaminari
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 F29b2a4ab51d43b15553ae13727e9e87
Créditos : 00
Chloe KaminariEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140


4º - Velocidade...rapidez....precisão

Chloe Kaminari




Aquela joia parecia ser bem importante, três criaturas enormes e muito feias estavam lá para nos impedir de pegar aquilo, mas não poderia pensar naquilo agora. Conforme os olhos eram voltados para o prêmio, meu corpo saltava de forma instintiva enquanto as criaturas atacavam de forma impetuosa. Para os lados, para trás... tudo parecia mais leve? Olhei ao redor de forma rápida buscando quem havia feito tal coisa, mas todos pareciam preocupados demais com seus possíveis alvos. Por minha vez tentei sem sucesso agarrar o cristal flutuante. Motivo? A porra da baba de uma das criaturas fez meu chicote grudar em uma das estátuas do lugar — Ah filha da puta. OH do cabelo branco! Tu acha que dá conta desse verme aí? — gritei enquanto soltava a corrente apenas a deixando presa na parede.

Duas criaturas estavam a minha frente, um instinto de raiva o ódio acabou por gerar uma energia diferente. Seu tom verde começava a envolver meus punhos e pernas. Com um suave respirar me abaixaria no chão, parecendo um pequeno gato a se espreguiçar, de forma que pudesse tomar um maior impulso para a direção das criaturas com o auxílio agora das mãos e das pernas energizadas. Caso o impulso fosse bem sucedido, iria usar a força do impulso, mesmo que fosse curto, para girar de forma a acertar a perna esquerda na criatura do mesmo lado a chutando com toda a força que pudesse reunir naquele momento.  A joia ficaria para outro momento, mas não tiraria o foco de sua captura.

Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Tumblr_nfqut5dozK1tyak95o1_r1_500

Caso uma das criaturas viesse a meu encontro antes ou depois, até mesmo durante o impulso, mudaria a direção do mesmo com o auxilio das mãos e até mesmo da criatura que estivesse mais próxima, caso de boca fechada, iria servir como uma espécie de trampolim para que pudesse alçar voo em direção a joia, mas naquele momento sem tocar a mesma. Como tudo que sobe uma hora precisaria descer, fecharia então as pernas de forma a aumentar a potencia da queda caso uma das criaturas estivesse abaixo de mim, ou mesmo que não estivesse tentaria minimizar o estrago da queda caindo no chão de forma a flexionar os joelhos e correr para um campo mais aberto possível dentro daquele salão.

— Alguém está precisando de ajuda? Oh ruivo, se foi você que me ajudou antes, rola fazer aquilo de novo?  — não tentava gritar ordens para os garotos, mas se precisávamos trabalhar juntos, precisaríamos de alguma forma de sair daquele lugar ajudando um ao outro.

Se por algum motivo um dos garotos chamasse a atenção dos vermes, usaria de todo o impulso ganho com aquela estranha energia para então saltar em direção a joia e dar um fim aquilo tudo.

Sobre Duelista escreveu:Aqueles com a capacidade de causar mais dano, são poderosos, e conseguem desferir os ataques mais mortais. Eles têm a capacidade de envolver os punhos em uma energia verde, que se estende também para suas armas ou qualquer coisa que ele segure e queira usar ofensivamente. A energia funciona de forma destrutiva, podendo além de ser usada em combate corpo a corpo, ser disparada contra os inimigos, fazendo raios, esferas KamehameHAAAAAAAAA, tendo a melhor capacidade ofensiva do time, porém são também mais frágeis de certo modo e devem ser protegidos pelos tanker. Independente de seu EDC eles são capazes de realizar disparos como se fossem atiradores.


Histórico:
● Postagens: 004
● Pagina:001
● Ganhos: N/A
● Perdas:N/A
● NPC: N/A
● Player Conhecido: N/A
Ficha Resumida:


PdV: 200
STA: 100

Força: 2  (Regular)
Destreza: 15 (Regular )
Acerto: 13  (Regular )
Reflexo: 2 (Regular)
Constituição: 4 (Regular)

Agilidade: 7
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0


● Qualidades:
* Versátil ( Racial )
* Ambidestro
* Voz Melodiosa
* Mestre em Haki
* Prodígio
* Atraente

● Defeitos

* Apegado -Chloe nutre um profundo amor pelo irmão, ao qual tem ciência de ser correspondido pelo mesmo. Além de ser sua única família, Chloe não consegue mais enxergar o mundo sem o irmão, e ainda tem esperanças de o ver vivo pelo mundo mesmo que com outra mulher.  
* Teimoso
* LEAL - Sendo este sua única família e irmão, Chloe acabou por se tornar totalmente leal a ele. Sempre buscando defender o irmão quando eram mais novos e isso ainda perdura até hoje, por vezes até se colocando em perigo para proteger a vida dele
* Bisbilhoteiro
* Heroico

• EDC : chicoteador
Legendas:
— Fala —
- Pensamento
Código:
[b][color=#ff6699]— Fala —[/color][/b]
[b][color=#ff66ff]Pensamento[/color][/b]



_________________

Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 U8TTd9b

Ficha
Joker
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 GryyLGx
Créditos : 07
JokerCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t356-ryuu-l-baruboa#1066 https://www.allbluerpg.com/t301-os-monarcas-i-efeito-borboleta#1273

Mas ein?!



Aquele verme maldito além de resistente, parecia ter algum cérebro também. Eles não se dividiam, realmente tinham a função de proteção da joia e não seria um plano simples que obteria sucesso.

Correria para ajudar a garota mantendo contato visual com a criatura, já que a carapaça lhe protegeria, meu objetivo seria lhe retardar o máximo possível. Novamente fiz um avanço contra o animal em forma de zigue-zague de modo a confundi-lo, meu objetivo era claro, acertar novamente na rachadura do verme para ter uma janela de oportunidade para ajudar a garota que parecia estar em apuros.

Caso o verme usasse sua cauda para um ataque, tentaria um desvio saltando e então usando a gravidade e meu braço transformado em ferro para acertar a rachadura. Se por ventura ele visse com os dentes, transformaria meu tronco para me defender do golpe e em seguida contra atacar na rachadura.

Obtendo sucesso ou não, avançaria para ajudar a ruiva, me lançando com o tronco e os braços transformados entre os ataques dos vermes.

—Vamos avançando aos poucos, quando chegarmos próximos o suficiente, quero que use meu corpo como trampolim para alcançar o amuleto!




Informações:
Histórico:
Posts: 04
Ganhos:
Perdas:
Ferimentos: N/A



Emme
Narrador De Eventos
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Akhl8LC
Créditos : 00

Desventura na Terra dos Sonhos



Grupo 9

Separados, os três combatentes se viam em cantos opostos do salão, com dois dos vermes virados na direção de Chloe, enquanto um terceiro se via focado em Ryuu e Mikazuki. Tentando impedir sozinho o avanço da dupla, o verme girou sua cauda, dando um poderoso golpe chicote contra o corpo do ruivo, que era lançado longe até se chocar com a parede, quebrando duas estatuas, que caiam como destroços por sob seu corpo. Com Mikazuki longe e sem previsão de se levantar, o verme cuspiu mais uma vez sua baba sobre Ryuu, dessa vez em seus braços, impedindo que ele se defendesse, recebendo de forma direta a mordida da criatura, que o abocanhou com força no ombro esquerdo, fincando seus dentes profundamente na carne, fazendo sangue escorrer e o corpo do homem de cabeços brancos cair no chão sob o peso do verme, enquanto ele o mordia cada vez mais.

Mais afastada, Chloe lidava com duas daquelas criaturas de uma vez só, mas parecia ser bem mais ágil que seus companheiros, evitando os golpes de dois vermes ao mesmo tempo. Pulando da estátua onde se refugiava, caia no chão já executando um chute contra o verme mais próximo envolvendo seu pé com a energia, que parecia aumentar muito o dano causado ao verme, não só rachado sua carca, mas efetivamente quebrando-a, criando uma região exposta na carne mole por baixo, logo do lado da cabeça. Irritado, o verme com o buraco na carapaça pulou em sua direção, mas ela rapidamente pulou, sua cabeça como plataforma para saltar na direção do outro verme, caindo com tudo sobre seu corpo com seus dois pés juntos, aumentando a força do impacto como se fosse uma lança, e novamente quebrando parte da carapaça do verme. Daquela posição, entretanto, lutar contra os dois simultaneamente seria complicado, então Chloe recuou mais para o meio do salão, mais perto do homem de cabelos brancos, buscando apoio para que conseguissem avançar até a joia.

AVISO:
Joker e Moonchild não postaram no prazo. Fui informado sobre a saída do Moonchild do fórum, mas assim como está nas regras, ele foi surrado como punição. No caso de você, Joker, tive que ignorar seu post, e também recebeu golpes de punição. Caso isso se repita, será desqualificado do evento.


Chloe Kaminari
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 F29b2a4ab51d43b15553ae13727e9e87
Créditos : 00
Chloe KaminariEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140


5° - De saco cheio de minhocas

Chloe Kaminari


Diferente do que o imaginado no início de tudo aquilo, aquelas criaturas eram tão duras que poderiam ser comparadas as rochas daquele lugar. Os golpes iniciais, energizados de forma estranha, parecia ser muito mais efetivos naqueles vermes do que antes ou talvez tivesse apenas achado o ponto exato onde bater em tais coisas.

Ambos os garotos haviam apanhado para aquelas…coisas. E aquilo poderia ser um puta problema, pois agora seriam três contra uma. Uma puta sacanagem, eu sei.

Aquelas armaduras parecia quebrar com cada chute e antes que obtivesse a resposta do ruivo, ou do outro que jazia abatido em algum canto da sala, corri uma segunda vez focando agora de forma mais específica cada um dos golpes que iria realizar. Tentaria agora concentrar a energia na ponta dos dedos, já que nos pés e pernas haviam sido bem eficazes para potencializar o chute dado nas grandíssimas minhocas do deserto.

Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Tumblr_ntariesth31udszv6o1_500

— Oh seu protótipo de piroca mole, engole essa aqui!— A voz poderia ecoar dentro do salão, mas a todo o momento tentaria manter o foco nas três criaturas que poderiam vir de qualquer direção. Caso fosse preciso, desviaria com o máximo de rapidez para que pudesse ajeitar o corpo no campo de batalha a fim de disparar a energia com a ponta do dedo, ou sabe lá o que poderia fazer naquela merda de lugar.

Meu foco era acertar pelo menos dois tiros em cada criatura, talvez mais se precisasse. O primeiro era uma tentativa de quebrar a distância a carapaça do animal, a segunda era para de fato eliminar a criatura.

Se conseguiria? Não saberia de fato, mas ali era matar ou ser morto, ou por algum milagre segurar em pleno ar  a jóia… pera… a jóia!

Caso o projétil de energia acertasse ou não as minhocas, iria carregar o máximo de energia nas pernas para aumentar assim a potência do salto. Quem sabe dez ...vinte metros de altura… aquilo tudo era tão estranho que minha mente girava apenas por pensar naquelas estratégias estranhas.

Se por algum motivo não conseguisse usar a energia verde para benefício próprio, usaria aquelas minhocas de trampolim até que pudesse, por sorte, chegar próximo de uma das estátuas que tivesse próxima a jóia.

Sobre Duelista escreveu:Aqueles com a capacidade de causar mais dano, são poderosos, e conseguem desferir os ataques mais mortais. Eles têm a capacidade de envolver os punhos em uma energia verde, que se estende também para suas armas ou qualquer coisa que ele segure e queira usar ofensivamente. A energia funciona de forma destrutiva, podendo além de ser usada em combate corpo a corpo, ser disparada contra os inimigos, fazendo raios, esferas KamehameHAAAAAAAAA, tendo a melhor capacidade ofensiva do time, porém são também mais frágeis de certo modo e devem ser protegidos pelos tanker. Independente de seu EDC eles são capazes de realizar disparos como se fossem atiradores.


Histórico:
● Postagens: 005
● Pagina:001
● Ganhos: N/A
● Perdas:N/A
● NPC: N/A
● Player Conhecido: N/A
Ficha Resumida:


PdV: 200
STA: 100

Força: 2  (Regular)
Destreza: 15 (Regular )
Acerto: 13  (Regular )
Reflexo: 2 (Regular)
Constituição: 4 (Regular)

Agilidade: 7
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0


● Qualidades:
* Versátil ( Racial )
* Ambidestro
* Voz Melodiosa
* Mestre em Haki
* Prodígio
* Atraente

● Defeitos

* Apegado -Chloe nutre um profundo amor pelo irmão, ao qual tem ciência de ser correspondido pelo mesmo. Além de ser sua única família, Chloe não consegue mais enxergar o mundo sem o irmão, e ainda tem esperanças de o ver vivo pelo mundo mesmo que com outra mulher.  
* Teimoso
* LEAL - Sendo este sua única família e irmão, Chloe acabou por se tornar totalmente leal a ele. Sempre buscando defender o irmão quando eram mais novos e isso ainda perdura até hoje, por vezes até se colocando em perigo para proteger a vida dele
* Bisbilhoteiro
* Heroico

• EDC : chicoteador
Legendas:
— Fala —
- Pensamento
Código:
[b][color=#ff6699]— Fala —[/color][/b]
[b][color=#ff66ff]Pensamento[/color][/b]



_________________

Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 U8TTd9b

Ficha
Narrador De Eventos
Ver perfil do usuário
Imagem : Desventura na Terra dos Sonhos - Grupo 9 - Página 2 Akhl8LC
Créditos : 00

Desventura na Terra dos Sonhos



Grupo 9

Com seus aliados presos e sem conseguirem se libertar da baba grudenta dos vermes, Chloe se via sozinha naquela situação, sendo cercada pelos três vermes que ainda estavam de pé e que vinham ferozmente em sua direção. Felizmente havia percebido o quanto aquele seu poder era eficaz em destruir a carapaça das criaturas, pensando então em como abrir caminho para finalmente alcançar a joia. Prontamente um dos vermes pulou em sua direção, com a bocarra aberta para lhe morder com força, mas Chloe concentrou a energia na ponta do seu dedo, apontando bem para a boca do verme e disparando duas vezes, acertando em cheio e fazendo a metade de trás do verme explodir com violência enquanto a energia estourava dentro de si, caindo morto no chão.

Os outros dois vermes avançavam também, forçando-a a saltar para o lado para não ser atingida pelos dentes das criaturas, disparando logo em sequencia mais rajadas de energia após se reposicionar, destruindo boa parte das carapaças e causando feridas feias nos vermes que sobravam, com uma fumaça fétida subindo pelo ar com a carne enrugada e mole queimada. Entretanto, Chloe tinha outra prioridades, e naquela situação se virou novamente para o que era seu objetivo naquele lugar: a joia na cabeça da estátua do rei. Antes que os vermes conseguissem se recuperar dos disparos que receberam e saltassem nela novamente, Chloe concentrou a energia que conseguia disparar em seus pés e saltou, disparando-as em direção ao chão logo em seguida para agirem como propulsores e multiplicarem a distancia do seu pulo, fazendo-a cruzar a sala de uma vez só, acelerando na direção da joia, cada vez mais perto, até finalmente estender a mão, pronta para tocar a relíquia. Sem a ajuda dos seus dois companheiros e com os vermos saltando logo atrás, a palma da sua mão enfim encostou na joia, segurando-a com toda a força. E de forma quase instantânea, tudo ficou escuro.

Aviso:
Após muitos problemas e imprevistos, finalmente encerramos. Sua participação no evento termina aqui, e logo os prêmios serão anunciados.