Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Registro de PhotoplayerHoje à(s) 9:58 ampor  FormigaOperação T.N.C.T.O.N.I.Hoje à(s) 2:25 ampor  PepeTerra em TranseHoje à(s) 2:10 ampor  AchilesAnjo CaídoHoje à(s) 1:25 ampor  KojiRelações Beni : )Hoje à(s) 1:19 ampor  BenisuzumeOs Monarcas - I Efeito BorboletaHoje à(s) 12:34 ampor  O TaverneiroSolomonOntem à(s) 11:43 pmpor  RangiAs Crônicas dos Scavenger: A Leoa, o Louco, e o MudoOntem à(s) 11:42 pmpor  KojiSharp Teeth and Hard Fists.Ontem à(s) 11:15 pmpor  KiraBenisuzume L. FlurioteOntem à(s) 11:03 pmpor  Benisuzume
Waka
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto ZG7PML5
Créditos : 00
[Tutorial] Otto Sab Maio 29, 2021 2:08 pm
Nome: "Kurokaki" Otto
Idade: 20 anos
Raça: Homem-peixe boi
Gênero: Masculino
Localização: Flevance
Estilo de Combate Básico: Espadachim (katana)
Mão Predominante: Direita
Qualidade: Mutação Aberrante
Defeito: Devasso
Photoplayer:
[Tutorial] Otto H7SVYQQ
TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [Tutorial] Otto Qui Jun 03, 2021 12:48 pm
TUTORIAL APROVADO

Bem vindo ao All Blue RPG, a partir de agora eu serei seu Instrutor, irei lhe ensinar o básico sobre o fórum. O primeiro post é seu e peço desde já que se atente a sua mini ficha para trabalhar bem suas qualidades e defeitos durante a narrativa. Qualquer dúvida que tiver pode mandar MP que irei responder o mais rápido possível. Segue abaixo algumas informações importantes:

● A ficha usada para o tutorial é exclusiva dele e não precisa ser reaproveitada na sua ficha oficial, que pode ser completamente diferente. Mas nada lhe impede de usar o mesmo personagem.

● O fórum parte da premissa de evitar ao máximo God Mode, ou seja, que o jogador, controle NPCs e cenários. Em resumo evite descrever coisas como “O sol estava forte”, “Era uma manhã fria”. Não é um problema você dizer que acordou ou que está em casa, porém evite criar coisas.

● Uma dica importante para todos é que apesar de não se poder narrar cenários, ou controlar NPCs você pode procurar coisas e interagir com elas colocando a possibilidade de encontrar tais coisas. Exemplo: “Iria levantar e ir até a geladeira da casa, procuraria dentro dela uma maçã e se encontrasse uma já metia aquela bela mordida”

● Recomendo que consulte o Guia de Narração, Guia do Novato e Guia de Combate. antes de realizar o primeiro post.

● Por fim, sempre atente-se ao post de seu Instrutor e as dicas que ele der com cuidado, elas podem ajudar muito você a se guiar no fórum.
Waka
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto ZG7PML5
Créditos : 00
Re: [Tutorial] Otto Qui Jun 03, 2021 3:00 pm












96OO/96OO

1OO/1OO

OOO/OOO

□ □ □ □

HEALTH

ENERGY





OTTO

GRUPO






TURNO 01

|||||||||||||||

B$ 00.000.000

criminal
--bounty



A:
200
R:
200
C:
360
A:
200
R:
5%




= TUTORIAL =

= TUTORIAL =


Otto acordara de dentro de sua enorme concha, na qual encontrava-se dormindo pelas últimas horas [Qualidade: Mutação Aberrante]. Colocando os braços, pernas e cabeça para fora, saudou o mundo à sua volta com um enorme bocejo. Um novo dia cheio de possibilidades, pensou. Chegara a Flevance há pouco tempo e ainda desconhecia muito da ilha — tinha interesse em perambular por aí e encontrar alguém disposto a pagar por seus serviços e cobrir suas despesas pela cidade.

Otto não era meramente um mercenário (palavra forte, talvez "trabalhador autônomo" o vestisse melhor). Não. Era um espadachim em busca de aprimoramento e conhecimento interior e exterior: características vitais para a formação de um samurai. O dinheiro que recebia em troca de suas habilidades não tinha como intuito enriquecê-lo, mas apenas mantê-lo vivo durante a jornada.

— yawn...

Novamente bocejou. Olhando em volta, não prestou atenção em nenhum elemento em específico; para ser sincero, Otto mal sabia onde estava.


OFF:
Olá, obrigado por ser meu Tutor. Neste primeiro post eu procurei não narrar muito o ambiente cercando a personagem ou sequer uma situação específica em que ele se e encontre. Apenas dei o pontapé inicial para que no próximo post comece a interagir com o mundo que o tutor criar.

TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [Tutorial] Otto Sex Jun 04, 2021 8:46 pm


[Tutorial] Otto DkI2H3
Narração

Era início de noite em Flevance e nem mesmo a temperatura por volta dos 12º graus inibia a juventude e aquelas pessoas mais animadas de lotarem os inúmeros bares, boates, casas de shows e bordel que a cidade branca oferecia. A maior parte do público era composta por casais, grupos de amigos e jovens solteiros, mas hora e outra crianças eram vistas andando de mãos dadas com seus pais, provavelmente retornando de algum passeio em família. Mas isso é apenas o povo de Flevance, a mercê de uma doença, vivendo como se fosse o último dia de suas vidas. Nesse meio você poderia observar uma minoria com olhares tortos e queixos empinados contrários a sua presença, mas também confirmar o respeito que elas demonstravam ao não ultrapassar esse limite.

Nosso protagonista já havia perdido boa parte do dia dormindo em sua concha, agora com a queda da lua algumas atividades se mostravam mais presente do que outras. Infinitos eram os horizontes que esperavam pelo peixe-boi, se optasse por diversão, o estabelecimento mais frequentado dos arredores era a casa de shows de nome Essência e logo do lado de fora daquele edifício de dois andares, construído com tijolos vermelhos e decorações de madeira, o cenário era de bastante animação, algumas dançarinas vestidas propositalmente de maneira provocante eram colocadas na porta da casa a fim de atrair o público masculino. Do seu interior, conversação, música e risadas poderiam soar como um convite. A dúvida é se a quantia de 250.000 ฿S que Otto carrega com ele seria o suficiente para bancar a sua visita em um estabelecimento como esse.

Todavia, caso fosse forte o suficiente para resistir aos desejos mundanos, rumores indicavam que o Tigre Vitorioso era um bar supostamente infame, o que se confirmava pelas figuras espreitando nas sombras, provavelmente um negócio sujo e propício para se conseguir informações. Sua localização ficava estrategicamente ao fundo de um beco e uma única porta era protegida por um homem na casa dos dois metros de altura e com centenas de quilos. Nada do que temer, afinal a cicatriz em sua cabeça poderia ser interpretado como um sinal da habilidade em combate e a espada em sua cintura mostravam que você não estava só.

Qual seria o melhor cenário escolhido por Otto?  


Considerações:

Olá! Primeiramente quero registrar as minhas boas-vindas, espero que você desfrute do fórum e se divirta em primeiro lugar. Também dizer que o seu template ficou muito bom, da de 10 a 0 no meu, parabéns.

Sobre o post, você se saiu bem inicialmente, passou pelo tão temido primeiro post de maneira segura, até demais, e sucinta. Superado esse primeiro post, o que eu espero de você é que você seja mais proativo e progrida por si mesmo, assuma o seu lugar de protagonista na sua história sem se tornar refém do narrador. Quanto mais imerso você se permitir estar, mais divertido ficará pra você, os jogadores ao seu redor, se for em grupo, e para o seu narrador.

Nesse sistema, se você tem um objetivo você corre atrás e conquista, se você quer uma informação você vai lá e arranca, seja na base do discurso no jutsu ou violência, você não espera que o narrador simplesmente lhe dê de mãos beijadas. É essa a mentalidade que eu espero que você tenha.

Eu fui bastante superficial nesse meu post, descrevi dois possíveis destinos próximos da sua localização, que é só você andar e entrar, caso assim queira, e que com essa mini-ficha você se sairia bem. No entanto, às vezes, você não concorde, acha que por ser um peixe-boi vai ser discriminado pelos humanos e enxerga outras formas de agir, se for o caso, qual será? Aqui você tem a liberdade de ir e vir e o narrador se adapta conforme o seu ritmo, não o contrário.

Minha dica é que você não tenha medo de se arriscar, explore situações hipotéticas, arrume uma confusão, o que achar necessário para acrescentar ao seu post. Estamos aqui é para errar mesmo e crescer com isso. Vamos nessa amigão, vamos ver como você interage com o cenário.

Qualquer dúvida, critica ou sugestão pode me contatar por MP ou discord leonardo.#1043

Waka
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto ZG7PML5
Créditos : 00
Re: [Tutorial] Otto Sab Jun 05, 2021 1:35 pm












96OO/96OO

1OO/1OO

OOO/OOO

□ □ □ □

HEALTH

ENERGY





OTTO

GRUPO






TURNO 02

|||||||||||||||

B$ 00.000.000

criminal
--bounty



A:
200
R:
200
C:
360
A:
200
R:
5%




= TUTORIAL =

= TUTORIAL =


A noite de Flevance brilhava em uma miríade de luzes urbanas, especialmente as de estabelecimentos de entretenimento — boates, bares e zonas de aglomeração. Otto não dava bola para isso, à priori — especialmente pois, mesmo nas horas em que este sentimento era menos evidente, ainda sentia os olhares pesados dos humanos sobre sua aparência horrenda, sob seu ponto de vista idiossincrático. Normalmente, buscava evitar regiões de extrema aglomeração humana, dado o famoso efeito de alcateia, em que um único idiota é suficiente para que se dê luz a um linchamento.

Algo naquele cenário, entretanto, o impedia de arrastar o pé dali: lindas mulheres convidando transeuntes a entrar em uma boate [Defeito: devasso]. O tritão suava frio ao ver aquela cena, sentindo um calor formigante nas parte inferiores de seu corpo e possivelmente expelindo um pouco de sangue pelo nariz. Ali permaneceria por um tempo, neurônios trabalhando na velocidade da luz para tentar convencer a si próprio de que era uma má ideia. Traçava ramificações temporais, tentando analisar as consequências de se aproximar; no fim das contas, entretanto, a ideia do prazer que poderia alcançar parecia suplantar todo o resto.

Deliberados os prós e contras, convenceu-se que não haveria problema algum. Afinal, o que poderia dar errado? Além do mais, estas boates costumavam abrigar todo tipo de gente; talvez encontrasse um contrato lá. Ao menos, era o que dizia a si mesmo...

Otto se aproximaria da entrada da boate com passos confiantes, portando sua lustrosa katana ao lado da cintura, braços abertos como se fosse mais muscular do que de fato era, cabeça erguida como se estivesse entre iguais. Checaria o hálito, colocando a mão em frente à boca. "Hálito de peixe, que cheiro maravilhoso!", pensaria. Ao abordar a primeira garota na recepção, apoiaria uma das mãos na parede, fazendo seu olhar mais sedutor possível.

— O que um cara precisa fazer para tomar um drink com você, hã?


OFF:

TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [Tutorial] Otto Dom Jun 06, 2021 4:35 pm


[Tutorial] Otto DkI2H3
Narração

Como o principiante na arte do beijo que treina em frente ao espelho com uma laranja, nosso protagonista reuniu a coragem que lhe era pertinente e resolveu abordar a dama na porta do estabelecimento. Tratava-se de uma mulher loira, de cabelos encaracolados pairando sobre um rosto delicado e franzino. Seus olhos azuis observavam cuidadosamente o peixe-boi e o vestido rosa sem mangas, com uma saia vestida por cima, junto com luvas brancas e sapatos de couro conferiam ainda mais charme à sua aparência. Na contramão, Otto sofria com uma represália por parte das outras mulheres e possíveis clientes.

— Essa casa agora aceita todo tipo de gente?! O nível realmente caiu. — Reclamou um possível cliente que se retirou com a chegada de Otto.
— Credo, Elizabeth, você tem dedo podre para homens mesmo, não é? — Disse uma de suas colegas de profissão.

No entanto, aquela mulher que Otto acabara de abordar se mostrava diferente das demais e enxergava Otto com naturalidade. — Por favor, ignore esses comentários maldosos, você é incrível. — Ela buscou assegurá-lo de sua posição e assim não afugentá-lo. — Mas respondendo a sua pergunta, primeiro ele precisa estar disposto a colocar a mão no bolso, segundo ele precisa saber conversar direito e me deixar entretida, com esses requisitos ele me faria a mulher mais completa da noite. — Ela então se aproximou e estendeu sua mão na altura do rosto para ser cortejada. — Eu sou Elizabeth, é um prazer conhecê-lo. — Apresentou-se.

Apoiando-se com a ponta dos dedos do pé direito e levantando o joelho esquerdo ligeiramente, Liz como era carinhosamente conhecida se aproximou do ouvido de Otto e sussurrou com um ar quente sobre o seu ombro. — A regra da casa me diz que eu sou obrigada a levá-lo para dentro e quanto mais você consumir, melhor será a minha comissão. — Após a sua fala, ela o puxou pelo braço direito e o levou a ultrapassar aquela cortina vermelha revelando um altíssimo padrão de design na dança do teto em camadas de luz cintilante, com um tapete vermelho correndo da entrada até as escadarias que levavam ao segundo andar.

A casa em si estava lotada. Marinheiros pareciam ser a clientela principal, o que muitas vezes é um bom sinal. Várias mesas longas eram ocupadas por grupos felizes e animados, algumas dançarinas dançavam sobre a mesa, enquanto os clientes aplaudiam com palmas e gritos. As outras mesas menores também estavam ocupadas por pessoas que provavelmente estavam começando a chegar ao ponto de ter bebido demais, embora ninguém parecesse se importar. Até a maioria dos bancos do bar estavam ocupadas. Por falar no bar, a prateleira exibia todo tipo de bebidas, caixas e taças, assim como diferentes recursos para se chegar ao máximo nível de satisfação.

Otto, inclusive, foi guiado pela sua bela companhia para um desses bancos próximos ao bar. — Chegamos. — Ela se debruçava sobre o balcão e passava a admirar a imagem do homem-peixe. — Desculpe-me por mais cedo. A ignorância torna as pessoas grossas. — Expressava a mulher quando um cano gelado foi posto sobre a nuca do nosso protagonista. — Vire-se com calma e saia por onde entrou. Você não é bem-vindo aqui. — Ordenou uma voz masculina. Ao se virar para ver de quem se tratava, Otto poderia confirmar se tratar de um marinheiro usando um uniforme padrão, camisa branca de manga curta estampada com o emblema da marinha, um lenço azul, calças azuis e um chapéu de cowboy. Em resposta a esse movimento a mulher abraçou o braço do homem e se colocou a frente. — NÃÃÃÃO! — Gritou Liz em desespero. — Ele é meu convidado, deixe-o em paz. — Alegou em sua defesa. — Fique tranquila, mademoiselle, você está à salva das garras dessa aberração. — Insistia o homem, chegando a puxar o gatilho para mostrar a sua superioridade.  
   

Considerações:

Muito bem, amigão, vamos às observações: a sua narração me agrada bastante, nota mil na interpretação e clareza do post, você respondeu bem ao meu post, descreveu os sentimentos e as sensações do personagem, quanto a isso eu estou muito tranquilo. O que eu ainda espero de você é que tenha mais proatividade, não que fique paranoico ou faça milhares de casos extensos e inúteis desconfiando de tudo e todos, mas que faça o simples e bem feito. Vou deixar a baixo um exemplo de como você poderia ter avançado mais, sem ter narrado nada referente ao cenário e me ajudado para o avanço da história, acompanhe por favor.

Exemplo escreveu:— O que um cara precisa fazer para tomar um drink com você, hã? — Otto fitaria a dama nos olhos para que ela tivesse a certeza que ela era o centro das suas atenções. Caso ela mostrasse abertura, ele observaria os acessórios como jóias e brincos que ela pudesse carregar e a teceria um elogio. — Essa cor combina muito bem com os seus olhos. — Diria mesmo sem ter a propriedade de um especialista, mas que com certeza seria bem-vinda.

Com uma resposta positiva, ele estenderia o seu braço dominante para que ela pudesse se apoiar e ingressaria ao ambiente interno do local com sua acompanhante. Honrando com a sua proposta inicial, ele a guiaria até o bar para que pudesse dar sequencia ao pedido. — Com licença, amigo. — Com alguma precaução, ele acenaria com a mão para que o(a) responsável pelo bar se aproximasse e diria de preferência ao pé do ouvido. — Qual o prato e a bebida mais sofisticada que vocês possuem dentro do meu orçamento de 250.000 BS?! Por favor, não a deixe saber que eu sou um homem duro.

Caso ela recuasse ante a sua proposta, Otto não faria nenhum drama literário, mas sim teria a certeza que o seu papel naquela ilha não seria a arte do flerte, mas sim a sua capacidade de capturar e prender criminosos. Sendo assim, o peixe-boi se dirigiria para a base militar mais próxima ou ao primeiro marinheiro que avistasse e se apresentaria como um mercenário. — Olá, estou em busca de uma cabeça para caçar e assim fazer dinheiro, poderia me indicar algum alvo? — Ele aguardaria que o seu pedido fosse atendido.

TheRealBlind1
Ver perfil do usuário
Imagem : [Tutorial] Otto OKuPL6l
Créditos : 05
Re: [Tutorial] Otto Qui Jun 24, 2021 7:32 pm
TUTORIAL INATIVO

* Caso queira reativar o seu Tutorial, entre em contato com um dos Instrutores ou da Staff. *