Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance
Página 16 de 20 Página 16 de 20 Anterior  1 ... 9 ... 15, 16, 17, 18, 19, 20  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 XqxMi0y
Créditos : 30
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Operação T.N.C.T.O.N.I. Qui Maio 13, 2021 1:08 am
Relembrando a primeira mensagem :

Operação T.N.C.T.O.N.I.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Agentes Aiko Saito, Chocho Kimiko e Sophia Mallwitz Steinberg. A qual não possui narrador definido.

_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 J09J2lK

Akuma Nikaido
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 18, 2021 2:30 pm

Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Chocho KimikoRelatório:
Localização:Flevance34
Missão: Folga
Após a ajuda de Frost, as coisas correram bem e pude extrair uma boa quantidade de chumbo branco. Mesmo um pouco sem graça por fazer uma pequena cena com Elizabeth vendo, não me importava o bastante para me incomodar. Principalmente porque havia conseguido meus objetivos. Lembrava, enquanto corria de volta para a pousada, da frase de meu superior. Precisava estar de volta ao QG até 18:30. Ainda possuía alguns minutos para poder tomar um banho rápido e ficar apresentável para a missão, mas não poderia gastar meu tempo indo atrás de Amis. Assim sendo, guardaria meus pertences e lavar-me-ia o mais rápido possível, parando para falar apenas com a governanta. Como ela havia nos atendido no dia anterior, ela saberia reconhecer Amis. Assim, deixaria o recado com ela: — Boa tarde! Por favor, se o moço que esteve comigo ontem aparecer me procurando, diga a ele que precisei sair mas que volto mais tarde e que o espero aqui, sim? Agradeceria a ela e então sairia correndo para o QG, tomando o cuidado de chegar em tempo.

Uma vez no quartel, se encontrasse com Aiko, a responderia: — Ora, Aiko-san, acho que já somos próximas o bastante para que me chame de Kimiko, certo? Diria à garota, sorrindo, antes de complementar: — Fiquei sabendo que tenho uma nova missão, mas ainda não me disseram nada sobre. O que sabe sobre a missão?


Perguntaria, de curiosidade, enquanto a seguia. Entretanto, caso não a encontrasse, procuraria por algum de meus superiores para obter a informação da missão, inclusive onde exatamente no quartel eu deveria me apresentar. Poderia ter perguntado isso a Frost mais cedo, mas estava tão absorta na atividade de ferreira que sequer havia pensado muito nisso até aquele momento. Uma vez que chegasse onde deveria, diria: — Agente Chocho Kimiko se apresentando para o dever. Como posso ser útil? Faria uma continência, enquanto aguardava para ouvir os detalhes da missão. Encontrava-me curiosa sobre qual seria nosso próximo passo e me perguntava se teria relação com Greta. Sentia minha garganta um pouco seca enquanto pensava mais uma vez no quanto precisava treinar e me fortalecer.


Ganhos:
Florete (clássico?)
Salário de agente-júnior (2 missões): 3.400.000 ฿S
Proficiência mineração  
Proficiência física
Ofício ferreira
Roupas de gala
Imunidade a chumbo branco (vacina)
1 kit forja  
1 kit mineração (temporário)
1 material forja
chumbo branco (uso para 5 forjas)
Perdas:
750.000 berries (roupas de gala)
1.000.000 berries (aluguel quarto) 1.000.000 berries (1 kit forja + 1 kit mineração + 1 material forja)
Relações: -
HP: 200
SP: 100
Força: Regular
Peso máximo suportado: 118 kg
Destreza: Regular
Acerto: Regular
Reflexo: Regular  
Constituição: Regular
Acrobacia
Anatomia
Engenharia mecânica
Estratégia
Forja
Mineralogia
Ofício: ferreira
N/A
Wesker
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Imagem_Icone
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qua Out 20, 2021 12:54 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Elizabeth SteinbergRelatório:
Localização:Flevance8
Missão:Reforço na padaria


Antes que começasse de fato a responder Frost, Kimiko, uma das agentes de ontem, aparecia na enfermaria com um pedido para fazer ao superior. O comportamento da garota ali de fato me parecia bem estranho, mas não mais que o seu pedido por uma autorização para minerar o conhecido chumbo branco.

Por mais que tenha me perguntado por um breve momento se ela realmente sabia dos riscos de lidar com aquele material, decidia que provavelmente seria avisada assim que fosse a mina, caso ainda não o soubesse. No fim, a única pergunta que surgia em minha mente era se Frost sabia que havia sido manipulado, algo que eu simplesmente achava graça. Depois, entretanto, gostaria de ver que tipo de coisa a ferreira faria com aquele material.

A conversa continuava como planejado e era impossível não perceber os líquidos saindo dos olhos e do nariz de Frost, dando ao superior um ar ainda mais infantil. A situação me deixava um tanto envergonhada, como se eu de fato fosse algum tipo de adulto malvado que fez uma criança chorar. Olhava para os lados com os braços cruzados e um leve rubor nas bochechas, sem jeito e esperando que ninguém mais estivesse vendo aquela cena até que tinha a ideia de finalmente mudar de assunto quando via o superior enxugar as lágrimas.

Fazia piada com o estranho nome de Calros, percebendo as risadas e a sugestão de Frost eu usava minhas habilidades dramatúrgicas para fazer a melhor sátira possível do vilão - Temam! Eu sou o grande Calros e vim dominar o mundo! - Dizia segurando algumas risadas que explodiam ao final da fala, fazendo com que eu me lembrasse do quanto era bom me divertir de vez em quando.

Levava um susto quando a risada de Frost dava lugar a uma expressão de dor, apenas para lembrar que ele de fato ainda estava numa cama de hospital - Meu nome é Elizabeth… - Respondia insatisfeita mais uma vez ao nome de “fofinha”. No fim, entretanto, não conseguia me estressar com ele naquele momento, principalmente devido a minha sensação de gratidão.

Decidia perguntar se meu superior não tinha algo que eu pudesse fazer, a fim de me ajudar a matar algum tempo até o horário da missão - Claro, mas… Tcholinho é um cachorro? - Questionava percebendo que ele nunca disse de que tipo de animal se tratava, mas pegava a chave de qualquer forma.

Continuando, perguntava a idade do sujeito e tinha uma resposta nada satisfatória que me fazia dizer em um tom desanimado - É… não ajudou muito… - O sorriso que surgia em meu rosto depois disso, entretanto, não combinava muito com o desânimo mostrado anteriormente. Finalmente recebia as ultimas instruções e decidia me despedir - Pois bem, te vejo seis e meia então! - Dizia me retirando do local logo depois de esfregar a mão direita no cabelo da criança.

Me dirigia na direção indicada em busca da casa de Frost. Por mais que ele tivesse dito que Tcholinho não mordia eu tinha minhas dúvidas visto que meu superior havia mostrado a tendência de achar qualquer coisa fofa, por isso imaginava que o cheiro do cabelo de Frost em minha mão direita pudesse ajudar a amansar o animal. De qualquer forma, chegando na casa eu entraria com cuidado e tentaria não fazer barulho. Caso fosse recebida pelo cachorro, tentaria não demonstrar animosidade e o acariciaria caso ele parecesse permitir.

Andaria até o local da comida e então faria todos os procedimentos normais. Caso fosse atacada pelo animal, sacaria minha espada e a bateria com força contra o chão a fim de espantá-lo ou pegaria algum brinquedo próximo e o jogaria longe para atrair o cachorro. Ao fim de tudo, percebia que aquela talvez fosse uma boa oportunidade para descobrir a idade real de Frost, que parecia morar sozinho. Se Tcholinho de fato não fosse agressivo andaria pela casa reparando em fotografias e possíveis documentos que pudesse encontrar, tudo em busca de matar a curiosidade sobre a idade do superior.

Ao fim de tudo, iria embora em direção a minha própria casa imaginando que o horário do almoço já se aproximava - Cheguei! - Diria ao entrar, indo diretamente lavar as mãos e em seguida iria até a mesa para o almoço.

- Como foi sua manhã? - Perguntaria a Madame Maxine, apenas para começar a jogar conversa fora enquanto almoçamos. Quando finalmente tivesse almoçado, iria para o meu quarto onde passaria o tempo até que as 18 horas se aproximassem, quando finalmente me despediria de Maxine - Fui colocada em uma missão de transporte que começa agora a noite então não sei quando volto, não precisa me esperar acordada, tá? - Diria sorridente para a mulher pouco antes de dar-lhe um abraço e ir embora.

Sairia de casa e me dirigiria até o QG, onde iria até a recepção perguntar por Frost ou Vincent para que pudesse me apresentar para a missão. Repararia com curiosidade em quem seriam meus companheiros ali e qual era o conteúdo de tudo aquilo, a fim de não ficar tão perdida quanto na última missão.




Nome: Elizabeth Steinberg
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Espadachim/Lutador
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos:
Espada [Qualidade Profissional] - POST 01
Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 04
Proficiência: História - POST 04
Proficiência: Sociologia - POST 05

Perdas: N/A
Relações com NPCs: (Depois faço, por hora só vou listando quando lembrar).

Nível: 1
Experiência: 400

PdV: 8000
STA: 100
Força: 200 + 80 (Racial) + 60 (Edc) = 340 (Regular)
Destreza: 0 (Inapto)
Acerto: 0 + 60 (EDC) = 60 (Regular)
Reflexo: 0 (Inapto)
Constituição: 200 + 80 (Racial) = 280 (Regular)

Agilidade: 30
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:
• Dramaturgia
• Etiqueta
• Lábia
• Ameaça
• Furtividade
A única coisa que tenho é coragem

_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Sign_Bismarck_V1_-_Tamanho_certo_borda_branca
Katsu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qua Out 20, 2021 4:45 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Zansa MinosRelatório:
Localização:Flevance4
Missão:-

Um conjunto de lhas, não podia deixar de acreditar que ilhas do céu era um arquipélago, o que com certeza chamava minha atenção e fazia responder: - Quem sabe um dia não vou dar uma passadinha nessas ilhas do céu, você pode ser minha guia :) - Falava contente com a possibilidade de conhecer um lugar novo.

Avistava o homem de antes e pela forma como ele falava mostrando a perna como tinha feito, podia já declarar que aquele sujeito não devia ter tido muitas aventuras e a que lhe causou o dano provavelmente foi a mais interessante que ele já participou, visto que continuava a repetir, todomundo ali devia conhecer essa história. Me aproximei quieta, deixando que o pobre homem falasse o que precisava dizer.

Enquanto descia não podia estranhar mais o caminho, pra onde diabos estavamos indo, afinal? Bom, no fim da surpresa uma sala imunda e a nossa função sendo declarada... Isso era culpa da asinhas de anjo, com certeza, mas pobre coitada com aquele milhão de armas achando que arrancaram o sangue de alguém, acho que não hoje.

Me adiantei pegando um esfregão, além de ser estrangeira, era uma mink e também acompanhava uma garota um pouco... Rude? Ela certamente arrumaria alguma confusão por conta disso, enquanto eu, preferia não me envolver, era típico que me dessem funções desse tipo por conta de minha raça.

- Acho que você não vai precisar desse monte de armas... - O homem não nos mandaria pegar armas se não fossemos utilizá-las em algum momento, então escolhia me comportar e obedecer as ordens, tendo fé que um bom serviço poderia me dar a carta para sair dali em aventuras. Comecei a esfregar o lugar, adotando uma estratégia comum passando de um lado daquela sala até o outro. Continuaria seguindo outra tarefa quando terminasse, mas de forma alguma faria tudo sozinha.




Nome: Zansa Minos
Cargo: Agente ---
EDC: Mink Ryu e Lanceiro
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: ---
Perdas: ---
Relações com NPCs:


Qualidades:
Voz melodiosa (1) Sua voz é agradável e imponente, você consegue se destacar pelo seu tom, seja cantando ou dando ordens.

Domínio da Forma Sulong (3) Se antes a lua era um terror para você viver em sociedade e para todos que o cercam, do momento em que você for capaz de dominar a besta interior que reside dentro de você a lua deixará de ser uma inimiga para ser uma poderosa aliada. É dito que a verdadeira força da tribo Mink se manifesta através de sua transformação e para aqueles capazes de dominar a si mesmos, esta mostra-se verdadeiramente assustadora. Ao olhar para o céu durante a noite e encontrar a lua, você poderá acessar ao seu potencial completo, mesmo que a lua não esteja cheia.

Do momento em que você tiver dominado sua forma Sulong, você não mais será acometido por uma grande fúria, mas receberá a mais ampla capacidade de controlar suas próprias características como Mink, melhorando fisicamente em todos os aspectos, onde esta melhoria é representada por um aumento em 10% em todos os seus atributos físicos, para além disso você torna-se capaz de utilizar de seu eletro de forma livre, podendo até mesmo disparar a energia eletrica pelo ar ou usar da eletricidade para tornar locomoções anteriormente impossíveis, como possíveis ao se propulsionar sem necessidade de contato. Por extrair o máximo potencial de seu corpo a exaustão mostra-se natural, onde após o término da transformação, o Status Exausto I estará ativo até que você faça algo para melhorar a condição. Você só é capaz de se manter na forma Sulong por no máximo três posts e só pode adquirir essa vantagem sendo mink com o estilo de combate Mink Ryu.

Afinidade com Haki (3) Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Idioma Silvestre (Racial) Você é capaz de se comunicar com criaturas mamíferas similares a sua subespécie através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Chifres (Racial) Minks bovinos possuem um par de chifres que podem ser utilizados como armas naturais.

Cabeça Dura (Racial) Minks bovinos possuem um crânio extremamente resistente, de forma que cabeçadas tornam-se uma arma eficaz em combate corpo a corpo.


Defeitos:
Heroico (2) Você tem o hábito de ajudar os indefesos, corrigir injustiças e sempre cumprir com as suas promessas.

Teimoso (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Inapto (3) Você libera um espaço para criar técnicas apenas em níveis impares.

Preconceito (Racial) Você tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e alguns podem lhe achar repugnante, assustador ou até mesmo uma aberração. Alguns humanos podem lhe destratar e serem hostis simplesmente pelo fato de você ser diferente deles, entretanto, é importante notar que nem todos pensam e agem desse jeito.

Atípico (Racial) Devido ao fato dos Minks não serem tão comuns e não se tratar de uma raça tão populosa, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

Sensíveis ao Calor (Racial) Devido a sua pelagem, os Minks são mais suscetíveis a sofrer efeitos adversos relacionados ao calor e altas temperaturas.

Forma Sulong (Racial) Como parte da tribo Mink seu corpo tem uma interação muito única com a lua que nenhuma outra raça tem, uma vez que você tenha contato visual com a lua, desperta-se em eu interior os instintos mais primitivos, selvagens e violentos fazendo com que você perca a sua razão agindo como uma besta furiosa que ataca tudo e todos ao seu redor com uma fúria sanguinária, suas características físicas selvagens mostram-se mais aparentes e justifica-se o medo e o preconceito que existem contra os minks, pois aqueles incapazes de dominar a besta anterior, dificilmente serão vistos como algo além disso.

Durante a transformação passada ao se ter o contato visual direto com a lua, você sentirá uma espécie de sede de sangue imensa, atacando a todos ao seu redor que não sejam Minks, sendo assim todas as noites você terá de ser cauteloso pois a sua razão pela noite estará sempre em cheque. Mecanicamente a fúria dura três turnos e após o término, do quarto turno até o momento em que você possa tratar da condição, você estará sobre o efeito de Exausto I.


PdV: 6.780
STA: 100

Força: +200 [+60][+60]
Destreza: 1
Acerto: +100 [+60]
Reflexo: [+60]
Constituição: +99 [+120]

Agilidade: 110
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:

• Discurso
• Psicologia
• Interrogatório
• Lábia
• Persuasão

N/A

_________________

Gregar
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qua Out 20, 2021 10:12 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Eleine WorzelRelatório:
Localização:Flevance4
Missão:-


- Pode ser, não garanto ser uma boa guia, afinal as coisas devem ter mudado desde que estive lá da última vez, mas seria um prazer rever as ilhas. - Concordava com Zanza, realmente fazia muito tempo desde a ultima vez que havia pisado nas ilhas do céu. Me perguntava sobre como estariam as coisas lá em cima agora. Será que meus pais ainda estariam vivos? Será que teriam me procurado, ou desistido completamente? Talvez um dia descobrisse sobre tudo isso.

Voltávamos até o pátio e facilmente encontrávamos o agente que havia nos encaminhado para buscarmos as armas. Por sorte, dessa vez ele não tentava mostrar novas partes de seu corpo, ou antigas cicatrizes de batalha. Ficava aliviada por conta disso. Dessa vez eles nos dizia que ainda não estávamos prontas para uma missão de verdade, ao invés disso ele nos guiava por intermináveis corredores estranhos.

Enfim chegávamos a uma sala que realmente parecia uma zona de guerra. A sala estava completamente bagunçada de modo que a arrumar seria uma tarefa hercúlea. Rapidamente faria uma continência para nosso superior e buscaria outro esfregão para começar a limpar a bagunça. Tinha uma missão em minhas mãos, faria todo o possível para realiza-la com maestria absoluta.

- Pelo contrário, armas são extremamente importantes. Quanto mais melhor - Responderia a minha companheira enquanto me colocaria a limpar minha metade da sala. Faria de forma similar a de Zanza, iria com o esfregão de um lado ao outro, com precisão e de forma meticulosa. Esfregaria com força para garantir que aquela sala ficasse mais limpa do que jamais havia ficado. Aquela era nossa missão, nossa primeira missão. Faria todo o possível para que ficasse na história como a melhor limpeza daquele quartel.



Teste básico
teste atributos
teste proficiências
teste inventário
Vincent
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Fce235abf356e340a772bbaaecb92d1c
Créditos : 00
VincentCP 2
https://www.allbluerpg.com/t723-huang-meifeng https://www.allbluerpg.com/
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qua Out 20, 2021 11:20 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Huang MeifengRelatório:
Localização:Flevance16
Missão: -
Podia ver os olhos da senhora brilhando ao ouvir a sua tão esperada fofoca como se fosse uma verdadeira criança. Agora, havia dado a ela muitas informações a serem repassadas as suas amigas - Bié kèqì, até uma outra hora acenaria ao me despedir da idosa. Apesar de tudo eu tinha me divertido com a velhinha, a primeiro momento ela não tinha tanta simpatia, mas logo resolveu ser mais alegre para saber a fofoca.

O grupo da qual me aproximava tinha uma reação contrária a que eu esperava, talvez tivessem notado que eu era do Governo e por isso não seriam tão amigáveis. Eles também poderia ser criminosos e bem, seria um tanto suspeito a aproximação de algum membro do Governo nessas circunstâncias - Que pena né, mas ainda bem que toda boa festa precisa de um penetra sorriria. As outras pessoas ali também debochavam da situação, os homens presentes cochichavam - Estão sabendo de algo que não querem me contar é? Pode falar, eu não mordo passaria a olhar para eles com um sorriso provocativo.

De toda forma, dividiria um pouco da minha atenção entre eles e o restante do ambiente para poder visualizar algum movimento suspeito. Não queria ser pega desprevenida até por conta da situação que me encontrava no momento, o clima no bar estava um tanto agradável e eu não queria estragar isso. Caso viesse algo que levantasse a minha desconfiança procuraria apenas sair dali - Já que eu não sou bem vinda então, foi um desprazer conhecê-los diria antes de sair dali - Ah, e não adianta ser bonita por fora se por dentro você é um poço de podridão essa parte seria específica para a loira. Se eles apenas quisessem me falar algo escutaria com atenção para que então pudesse responder em seguida, quem sabe assim descobrisse o motivo daquelas expressões estranhas.



Nome: Huang Meifeng
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Artista Marcial
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: Luvas, Botas
Perdas: N/A
Relações com NPCs:  
PdV: 3200
STA: 100

Força: 281  +60 +60 = 401 ~Hábil~
Destreza: 0
Acerto: 39 +40 +60 = 139 ~Regular~
Reflexo: 40 +60 = 100 ~Regular~
Constituição: 40 ~Regular~

Agilidade: 119
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
 • Anatomia
• Interrogatório
• Lábia
• Primeiros Socorros
• Psicologia
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 CsHkSDy
Créditos : 31
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qui Out 21, 2021 2:50 pm




OPERAÇÃO T.N.C.T.O.N.I

O Retorno do Calros.


Dia 02 || Flevance - North Blue || Clima: Fresco || Manhã
N° de Postagens do Narrador: 16


Aiko e Chocho

Aiko havia finalizado seu trabalho naquele lugar, assim como finalizou de vez dando uma resposta direta a oferta do homem – Entendido. – Disse o protetor da sala. Logo após a garota saiu daquele andar, descendo pelo quartel general tendo em mente a missão importante que seria dada naquele mesmo dia. Chocho por sua vez teve tempo de sobra para se preparar para aquele dia, após o banho e o recado para Amis, partiu em direção ao QG.

Sem mais delongas, a dupla se encontrou no hall principal do Quartel, próximo a recepção central da estrutura. Diferente de antes, o fluxo de agentes era bem menor, assim como a iluminação natural proporcionada pelo sol, sinal que a noite estava bem mais perto do que imaginavam. Após uma breve troca de palavras, as garotas caminhavam juntas em direção ao escritório de Vincent. Antes que tivessem tempo de bater na porta, ela se abriu de maneira rápida – Senhoritas, me acompanhem. – Falou Nikaido carregando um amontoado de papéis em suas mãos, eram documentos. O trio então caminhou mais alguns passos e chegaram até uma outra sala, relativamente mais ampla que o escritório do superior e também mais confortável.


Eleine e Zansa

A dupla estava agora responsável pela limpeza do lugar, sua missão inicial não era das mais agradáveis, contudo, era de baixo que todos começavam. As garotas rapidamente tomaram seus postos e iniciaram a limpeza, cada uma limpando a sua metade, para que nenhuma fizesse mais trabalho que a outra. De qualquer modo, aquela função era difícil de ser realizada e necessitava de um empenho maior por parte da dupla, já que a sujeira parecia impregnada em cada pedacinho do lugar.

Aos poucos o ambiente ia recebendo uma cara nova, o piso começava a aparecer, como uma flor desabrochando. As mesas e cadeiras passavam a ter um aspecto melhor, contudo, algo que chamava a atenção das duas garotas era a presença de três agentes, que observavam a limpeza da porta, cochichavam e riam entre si. Sem dar tempo para qualquer tipo de indagação por parte da dupla feminina, saíram dali em passos largos e acelerados, as únicas coisas que Zansa e Eliene puderem ouvir, eram as risadas ainda mais intensas que aquele trio deu.
De qualquer modo a passagem de tempo aconteceu, assim como o cansaço tomava conta das duas pouco a pouco. O suor escorria pelos seus rostos e suas vestes se encontravam ligeiramente úmidas, pela transpiração natural do corpo. Quando estavam prestes a finalizar toda limpeza, escutaram passos, alguém estava se aproximando dali – Senhoritas, o que pensam que estão fazendo? – Uma mulher de óculos, com curvas acentuadas e o cabelo preso em um rabo de cavalo, estava parada na entrada daquele antigo refeitório – Larguem isso e me acompanhem! – Disse a mulher virando e iniciando sua caminhada até o hall do QG – Quem mandou vocês limparem aquela área inutilizada? – Indagou novamente no meio do caminho.

Ao chegarem no térreo do QG, notaram a presença de um homem que mais parecia um armário, levando uma espécie de carrinho com algumas caixas devidamente organizadas e sinalizadas. Ele parecia estar esperando aquela mulher de óculos retornar. Se olhassem para fora, perceberam que perderam praticamente todo o dia naquela limpeza, já que o sol estava se pondo.


Elizabeth

A conversa com Frost foi reveladora, porém, ainda sim alguns mistérios sobre aquele  homem continuavam escondidos – Está mais para um gatinho. – Disse Frost com um sorriso em seu rosto. Enfim, logo após se despedir da jovem foi até a casa do homem, que como dito pelo mesmo, não era difícil de encontrar. O lugar era grande e se assemelhava bastante com uma mansão, mas, ligeiramente menor. A Agente tomava os devidos cuidados, afinal, ela não sabia o que realmente era Tcholinho – RAWR! – Pulou o pequeno filho de leão assim que ela entrou na casa.

O pequeno animal não representava perigo, na verdade, era bem dócil. Ao caminhar pelo interior da casa Elizabeth pode observar algumas fotos, o seu superior recebendo algumas condecorações, algumas fotos com Vincent visivelmente mais novo – já Frost, mantinha a mesma aparência -. O lugar como dito era ligeiramente menor que uma mansão por fora, contudo, seu interior era bem construído, tendo peças e a arquitetura em si decorada pelo mineral típico da ilha: O Chumbo Branco. Sem qualquer tipo de dificuldade, a mulher alimentou a pequena fera com facilidade, que voltava sua atenção à comida ofertada pela mulher.

Com o favor feito, partiu na direção da sua casa e por lá ficou – Tranquila, fiz algumas compras e dei uma geral no lugar. – Respondeu com um sorriso no rosto. A tarde de Elizabeth foi monótona, ficou em seu quarto enquanto esperava o tempo passar – Tome cuidado! – Disse a mulher se despedindo da Agente, que foi em direção ao QG. Lá foi guiada até a sala onde já estavam Vincent, Aiko e Chocho.


Mei

A sorte não estava a favor de Mei naquele dia, já que tinha sido tratada com grosseria e desdém pela senhora e agora havia escutado zombarias da mulher pertencente ao grupo – Está vendo coisa onde não tem, mocinha. – Disse um dos rapazes de olhar suspeito, eles esboçaram sorrisos largos em suas faces e tentavam aparentar tranquilidade, voltando suas atenções aos seus conhecidos. A desconfiança de Huang parecia apitar, já que aquela dupla estava bem estranha, contudo, ela não era uma marinheira que lutaria pela paz abertamente – Ah vai se fuder! – Gritou a loira com um olhar bravo em sua face, mostrando o dedo do meio para a mulher.

Suas amigas rapidamente tentavam acalmá-la, porém, sem muito sucesso. A mulher continuava resmungando em direção às suas companheiras e mantendo um olhar agressivo em direção a Mei – Essazinha vem pra cá roubar meu homem! Acha que tenho medo por ela trabalhar onde trabalha. – Bradou com ainda mais raiva. Os olhares do lugar voltaram-se para aquela situação, de um lado as mulheres tentavam acalmar sua amiga, enquanto os homens fingiam não estarem desconfortáveis com a presença de Huang.


Aiko - Chocho - Elizabeth


Sentem-se. – Disse Vincent em um tom sério – Pensei em aguardar a chegada de Mei, contudo, irei começar sem ela mesmo. – Falou andando em direção a uma lousa branca e retangular. O homem tirou dos documentos em suas mãos algumas imagens, contendo a face do velho da padaria, Edmundo, Antonelle, a dupla que eles enfrentaram na padaria, Summer e Calros – Vocês serão responsáveis por transportar os documentos que conseguimos sobre essas duas organizações, a Greta e a Hydra. – Caminhou alguns metros, colocando o restante dos documentos na cadeira e tirando do bolso um piloto – Nosso centro de inteligente acredita que esses homens estão ligados ao Exército Revolucionário e além disso… – Circulou as imagens da dupla, Summer e Calros – Irão atacar o nosso navio de transporte, não sabemos quando ou se realmente vão, por isso criamos uma estratégia para atrapalhar os seus planos. – Falou Nikaido.

O homem andou em direção a mesa novamente, retirando três papéis do meio dos documentos, entregando um a cada mulher – Esses são os nomes que vocês podem confiar nessa missão, suspeitamos que temos um agente duplo imerso no Governo, trabalhando para Calros. Além disso, como algumas de vocês presenciaram, Summer é capaz de se infiltrar no nosso Quartel, se passando por Frost, já que ele sabe todo o procedimento da nossa estrutura. – Voltou até o quadro em passos largos – Vocês vão até Lvneel, de lá essas informações serão levadas por um outro grupo, até nossos setores na Grand Line. Peço que tomem o maior cuidado possível nessa viagem, gravem os nomes que estão nesses papéis e não contem a ninguém que não confiem, já que se essas informações vazarem, nossos inimigos terão uma carta na manga contra nós. – Suas palavras eram ditas com firmeza – Vocês partirão às vinte horas, pontualmente. O navio está no Porto, como dito anteriormente, a estratégia elaborada para inibir as ações já estão em curso, ou seja, outras embarcações já estão saindo, nossos inimigos não sabem em qual navio as informações reais estão. – Parou por alguns segundos – Pelo menos eu espero que não. – Pelo jeito esse era o motivo do fluxo maior de agentes durante o dia, já que aparentemente a grande maioria partiu em direções diferentes.
Por fim, o homem sentou-se em uma das cadeiras, ficando alguns centímetros à frente da lousa – Alguma pergunta? – Indagou.


Nomes dos Agentes

Agentes Júnior:
Catherine Petrova
Helena Gilbert
Scott Mcall
Edward Cullen
Steve Rogers

Agente Pleno:
Amanda Waller





Histórico Geral:
Aiko:
Número de POST:34
Ganhos:

  1. Katana
  2. Uma missão feita - salário da missão (banco provavelmente)
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 29
  4. Confeitaria - POST 30
  5. Treino de Ambidestria - POST 32
  6. Missão Administrativa - Organização de Documentos - POST 33


Perdas:

  1. Nada por enquanto.


Kimiko:
Número de POST: 34
Ganhos:

  1. Florete (clássico?)
  2. 100.000 berries (temporário)
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 29
  4. Proficiências: Mineração - POST 30
  5. Proficiências: Física - POST 31
  6. Mapa da Mina feito por Amis
  7. Kit de Forja - POST 32
  8. Chumbo Branco - POST 33


Perdas:

  1. 1.000.000 B$ - Quarto de Luxo - POST 30
  2. 200.000 B$ - Quarto Simples - POST 30
  3. 150.000 B$ - Vinho - POST 30
  4. 220.000 B$ - Comida - POST 30
  5. 750.000 B$ - Roupas de Gala - POST 32
  6. 500.000 B$ - Material de Forja - POST 32
  7. 250.000 B$ - Material de Forja - POST 32


Huang:
Número de POST: 16
Ganhos:

  1. Luvas [Qualidade Profissional] - POST 02
  2. Botas [Qualidade Profissional] - POST 02
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 11
  4. Carta de Annerose


Perdas:

  1. 150.000 B$ - Comida - POST 11


Eliene:
Número de POST: 04
Ganhos:

  1. Lança Categoria Profissional - POST 03


Perdas:

  1. Nada por enquanto



Elizabeth:
Número de POST: 09
Ganhos:

  1. Espada  [Qualidade Profissional] - POST 01
  2. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 04
  3. Proficiência: História - POST 04
  4. Proficiência: Sociologia - POST 05


Perdas:

  1. Nada por enquanto


Zansa:
Número de POST: 04
Ganhos:

  1. Katana Categoria Profissional - POST 03
  2. Botas de Combate Categoria Profissional - POST 03
  3. Broquel Categoria Profissional - POST 03


Perdas:

  1. Nada por enquanto



Legendas:
NPC's Específicos
Frost
Amis
Summer


NPC's Aleatórios
Personagens Simples: Atendentes | Garçons | Pessoas encontradas nas Ruas | Vendedores | Moradores | Entre outros.

Antonelle, Edmundo e sua galera.
Marinheiros
Agentes
Sophia
Membros da Greta
Rachel

Aparência dos NPC's
Velhote de Padaria
Vincent Nikaido


Log de Combate:
Aiko:
HP ATUAL: 2.400
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Chocho:
HP ATUAL: 4.000
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Huang:
HP ATUAL: 3.200
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Elizabeth:
HP ATUAL: 7.000
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    1.000 - Chute nas Costas


_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 EBEAdF4X4AYyK13
Akuma Nikaido
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Sab Out 23, 2021 8:44 pm

Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Chocho KimikoRelatório:
Localização:Flevance35
Missão: Folga
Tão logo encontrava com Aiko, já íamos em direção à sala de nosso superior. Não demorava até que fôssemos recebidas e nossa nova missão fosse passada. A fala de Vincent a respeito do exército revolucionário não era novidade para mim, mas me fazia lembrar do que eu descobrira investigando por conta própria. Deveria compartilhar minhas informações? Cerrava os punhos ao redor de meus braços, tentando tomar essa decisão, enquanto ouvia o restante da fala do chefe.


"Não acredito que eu tenha descoberto nada de demais até agora, mas o local onde eles se encontraram pode ajudar na investigação do QG daqui... Além disso, isso eu consigo informar sem revelar o meu informante." Com essa decisão, terminava de ouvir Vincent e então dizia: — Senhor, eu tenho algumas considerações a fazer... Primeiramente, hoje mais cedo eu fiquei por conta de colher um bocado de chumbo branco. E, meio que sem querer, acabei descobrindo um local próximo à mina onde eu acredito que tenha sido o ponto de reunião de Summer mais cedo. Vou te passar as coordenadas, caso queiram investigar. Eu pretendia explorar isso no meu tempo livre, mas já que vamos sair da ilha, não terei como fazê-lo... Se alguém perguntasse como eu havia descoberto tal lugar, eu apenas frisaria que eles haviam deixado rastros e a proximidade de meu caminho fora uma fortuita coincidência.


Passada essa parte, era hora de tecer as ponderações a respeito do plano. — Vincent-san, senhor, nós tivemos muita dificuldade lutando em seis contra apenas três adversários. Frost, nosso superior, foi facilmente derrotado por Summer. Mesmo que estejamos nós quatro e mais esses outros seis nomes, não sei se conseguiríamos conter uma investida deles, caso realmente saibam onde estamos... Continuava falando, explicando como Calros deveria ser ainda mais forte que Summer e que não via como poderíamos enfrentá-los em combate sem termos tido tempo de aprimorarmos nossas habilidades.


— Isso leva ao meu primeiro pedido. Eu gostaria de utilizar a forja do quartel agora para poder criar uma nova espada para mim. Sei que isso sozinho não será o suficiente mas ao menos poderei ampliar um pouco o meu poder para o próximo embate. Mas isso não tem como ser feito em menos de duas horas... Mesmo comigo tendo aperfeiçoado meu entendimento nessa arte, uma forja levaria pelo menos quatro horas para ser feita adequadamente. Poderia parecer um absurdo uma novata como eu pedir para mudar o cronograma de uma missão para meu benefício próprio, mas eu possuía uma justificativa válida sobre isso.


— ... Sei que parece absurdo eu pedir para que atrasemos a missão, mas veja bem... Se temos mesmo um informante dentro do QG, é bem possível que eles já saibam nosso planejamento. Se, entretanto, atrasarmos deliberadamente para sairmos daqui a 4 horas, em vez de 1 hora e meia, isso poderá confundi-los e atrapalhá-los. E como somente nós saberemos desse atraso, caso nos encontrem poderemos deduzir que ou o informante possui informações muito privilegiadas... ou ele estará entre nós. Dava um tempo para que a sala processasse as informações que eu dizia e, então, complementava: — Além disso, o senhor comentou que Mei-san estará conosco na missão, mas ela ainda não chegou. Podemos pedir para Elizabeth-san buscá-la nesse meio-tempo, dando a ela também tempo de saber sobre a missão e se preparar. Do contrário poderemos estar ainda mais desfalcados.


Aguardaria até que todos ali presentes se manifestassem sobre o assunto e, caso meu plano fosse aprovado, pediria a Vincent uma carta de recomendação para utilizar a forja do QG e, enquanto ele escrevesse, faria também um bilhete de punho próprio para Amis, dizendo que teria de partir imediatamente para Lvneel e que ele deveria fazer o mesmo. O primeiro que chegasse deveria esperar pelo outro na taverna mais próxima do porto e, caso eu precisasse partir novamente antes dele, deixaria um recado com o taverneiro. Retiraria 500.000 berries e, então, falaria a Aiko: — Aiko-san, será que pode me fazer um favor? Lembra de Amis, o empregado da mansão que cobramos imposto? Preciso que entregue esse bilhete e esse dinheiro a ele. Por favor, não leia o recado e nem permita que ninguém o faça além do próprio bardo. É algo pessoal meu. Pode me ajudar?


Parava pra pensar que justamente por ser tão franca e literal, Aiko seria a pessoa mais confiável para fazer essa entrega. Além disso, fora Sophia, somente ela sabia quem era Amis e poderia localizá-lo facilmente. Passaria a ela a localização de onde estávamos hospedados, aceitaria o pedido dela para que eu pegasse as armas e suprimentos e, então, pegaria a autorização com Vincent e correria para a forja, prometendo estar pronta para partir em quatro horas.


Entretanto, caso meu plano não fosse aceito, aceitaria a ordem e já partiria para o porto, a fim de verificar o barco no qual íamos. Antes de fazê-lo pararia apenas no arsenal, a fim de pegar os pedidos de Aiko. Havia uma pequena possibilidade, embora remota, que o navio contasse com uma forja em seu interior. Se fosse esse o caso, poderia utilizá-la para iniciar meu trabalho. Fosse no próprio QG ou no barco, trataria de arregaçar minhas mangas e iniciar o mais rápido possível.


Início da criação: Aoi Koukai


Uma vez na forja, meu primeiro passo seria ligá-la e aquecê-la, deixando que ganhasse calor enquanto separava os materiais necessários para fundição e refinamento. Deixava o fogo do forno queimar livre inicialmente, pondo em minha mesa de trabalho as duas barras de ferro, sendo uma para o cabo e a outra para a lâmina. Separava um punhado de carvão, o qual seria acrescentado para fundir ao ferro e transformá-lo em aço, aumentando a durabilidade. Separava os martelos e cortadores, os quais seriam usados para condensar o aço produzido e afiá-lo, respectivamente. Por último, deixava a insígnia da bruma e alguns materiais extras que seriam utilizados para o acabamento da espada.


Jogava inicialmente um bocado de carvão mineral dentro do forno, a fim de elevar a temperatura da chama, queimando-o e criando a temperatura certa para, então, entrar com o ferro. Utilizando os equipamentos de proteção adequados, ia manuseando o ferro até que ele se liquefizesse, acrescentando, então, o carvão mineral ao ferro fundido, mantendo uma proporção de peso de 1 para 100. Com a fole, injetava quantidades massivas de oxigênio no local, fazendo com que o carbono reagisse e formasse gás carbônico, além de oxidar as impurezas e extraí-las para que o aço ficasse na composição o mais pura possível. Após isso, acrescentaria uma pequena quantidade de cobre à mistura, a fim de aumentar sua resistência e durabilidade, criando a liga perfeita para uma espada.


Uma vez terminada essa parte, precisava deixar algum tempo para que a mistura terminasse de eliminar todo o oxigênio possível. Isso impediria que a arma oxidasse com o tempo. Aproveitava para, então, começar a trabalhar nos detalhes da guarda e da bainha. Uma vez que tais partes não precisavam de passar pelo alto-forno, poderia já fazer os moldes para depois encaixar o cabo e a lâmina. Martelava e ajustava as folhas de aço, criando um aspecto de pétalas de flor. O aço agora utilizado continha uma porcentagem de hematita em sua composição, dando um aspecto avermelhado e que ressoava como uma rosa. Acrescentava folhas de bronze revestidas com pátina, criando um aspecto de folha esverdeada.


Quando terminava de manusear os detalhes da guarda, voltava-me para o aço, agora totalmente purificado. Jogava o minério líquido em água, solidificando-o. A partir daí dividia-o em dois pedaços e separava o primeiro. Iniciava, então, o processo de compactação, criando uma barra extremamente fina, porém dura e tenaz. Com o material ainda bastante quente, começava a amolá-lo, dando-lhe a forma de lâmina adequada para um florete. Em sua base, fazia uma furo por onde passaria a guarda, prendendo-a ao cabo.


A partir daí, começava a manipular a segunda parte, dando forma ao cabo. Revestia a parte interna, onde seguraria a lâmina, com um pouco de couro trançado, para melhorar a pegada, dando conforto e aderência. A parte externa, por sua vez, era feita de modo a deixar duas pontas externas. Se preciso fosse, poderia utilizá-la como soqueira. Terminava, então, conectando as duas partes e formando a guarda. Por último, acrescentava a bruma, criando seus aspecto final. Com o florete pronto, resfriava a lâmina uma última vez, amolando e deixando-a com o fio adequado.


— Minha primeira obra-prima! Os inimigos lamentarão seu encontro com a lâmina. A chamarei de Aoi Koukai!


Aoi Koukai:

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Chocho_kimiko_sword__1_ass_by_morleandro_desdro3-fullview.jpg?token=eyJ0eXAiOiJKV1QiLCJhbGciOiJIUzI1NiJ9.eyJzdWIiOiJ1cm46YXBwOjdlMGQxODg5ODIyNjQzNzNhNWYwZDQxNWVhMGQyNmUwIiwiaXNzIjoidXJuOmFwcDo3ZTBkMTg4OTgyMjY0MzczYTVmMGQ0MTVlYTBkMjZlMCIsIm9iaiI6W1t7ImhlaWdodCI6Ijw9MTI4MCIsInBhdGgiOiJcL2ZcLzQ2NmMyYTE5LTBiYTItNGJjNy05NzE4LTJiMmM4OTFlNjMxMVwvZGVzZHJvMy01Y2ExZWM2ZS1mMTg3LTQwNjItYTU0Yy01ZWU1MTc4MmUyMDYucG5nIiwid2lkdGgiOiI8PTEyODAifV1dLCJhdWQiOlsidXJuOnNlcnZpY2U6aW1hZ2Uub3BlcmF0aW9ucyJdfQ

Arma: Aoi Koukai
Descrição: Um florete criado por Chocho Kimiko, carrega consigo a marca da família-real em sua guarda (uma borboleta azul). O material é feito de uma liga de aço inoxidável com cobre, dando a cor azul-esverdeada à lâmina e ao cabo. Folhas de aço-hemático dá a cor vermelha à guarda, enquanto que o adorno verde se dá por folhas de bronze revestidos por pátina. Para completar, couro trançado é envolto na parte interna do cabo, dando conforto e aderência à pegada. A parte externa do cabo é feita com duas pontas, permitindo que ferimentos corto-contusos possam ser feitos ao bater-se com tal parte, uma vez que a lâmina, fina como o necessário para um florete, seria imprópria para golpes concussivos. Uma bainha simples mantém a espada presa facilmente à cintura do usuário.
Tipo da Arma: Acuidade
Qualidade: Formidável
Durabilidade: Alta
Dano: +100 em destreza por nível (40 base + 20 bônus física + 40 bônus ferreiro)

Estado:


Fim da criação: Aoi Koukai


Com o término de minha nova criação, correria para o barco para partirmos, caso tivesse no QG, parando antes apenas para pegar a encomenda que Aiko havia feito. Se, no entanto, não tivesse conseguido tempo hábil para realizar minha criação, aceitaria esperar o tempo propício para fazê-la, ainda que com certa impaciência e insatisfação visivelmente estampadas em meu rosto.



Ganhos:
Florete (clássico?)
Salário de agente-júnior (2 missões): 3.400.000 ฿S
Proficiência mineração  
Proficiência física
Ofício ferreira
Roupas de gala
Imunidade a chumbo branco (vacina)
1 kit forja  
1 kit mineração (temporário)
1 material forja
chumbo branco (uso para 5 forjas)
Perdas:
750.000 berries (roupas de gala)
1.000.000 berries (aluguel quarto) 1.000.000 berries (1 kit forja + 1 kit mineração + 1 material forja)
Relações: -
HP: 200
SP: 100
Força: Regular
Peso máximo suportado: 118 kg
Destreza: Regular
Acerto: Regular
Reflexo: Regular  
Constituição: Regular
Acrobacia
Anatomia
Engenharia mecânica
Estratégia
Forja
Mineralogia
Ofício: ferreira
N/A


Última edição por Akuma Nikaido em Seg Out 25, 2021 5:22 pm, editado 3 vez(es)
Pepe
Ver perfil do usuário
Imagem : Teje preso!
Créditos : 10
Localização : Flevance - North Blue
PepeEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t321-aiko-saito#935 https://www.allbluerpg.com/t384-operacao-t-n-c-t-o-n-i
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 25, 2021 5:02 am
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Aiko SaitoRelatório:
Localização:Flevance – North Blue35
Missão:Recebendo ordens ainda...
O meu superior explicava diversas coisas sobre a nossa próxima missão, sobre ela ser secreta, sobre não poder falar sobre isso com pessoas fora de uma lista de pessoas desconhecidas, mas que eram confiáveis... Quando Vincent acabava, a princesa falava várias e várias coisas, Chocho pedia não só para ele adiar a viagem, como pedia ainda mais tempo para até forjar sua própria espada e até mais reforços. Não podia discordar que reforços seriam interessantes.

Quando a princesa terminasse, mas antes do nosso superior comentasse suas decisões, levantaria a mão para perguntar também. — O senhor havia me dito mais cedo que iriamos conhecer o nosso superior que viajaria com a gente, mas... — olharia para o papel e veria o nome da Amanda, porém lembraria que não poderia falar o nome dela. — Bem, não está aqui — falaria, afinal, era meio óbvio isso. — Tem algum motivo para ela não estar aqui? — finalmente perguntaria, porém já emendaria outra pergunta. — Você sabe quanto tempo leva até Lvneel? Para termos alguma noção se tem alguém sabotando a viagem enquanto estivermos no navio — e antes de receber a resposta já começaria a imaginar se precisaria cozinhar para gente já que ninguém era confiável.

Após as respostas do nosso superior, a princesa ia até mim e perguntava se poderia fazer um favor para ela indo em busca do Amis, o moço que conhecemos naquela mansão. — Claro Cho... Kimiko-chan, mas vou pedir um favor também — comentaria com ela lembrando do que ela havia me pedido. — Já que está indo no homem da forja, poderia pegar mais duas katanas para mim? Essa minha provavelmente vai quebrar se lutar mais alguma vez... — comentaria. Kimiko havia comentado que não achava essa arma a melhor para a minha forma de lutar, mas isso não importava, era a que eu queria. — Além disso, pegue algumas algemas. Já que não sabemos se vamos encarar traidores ou não, é bom nos precavermos, não sabemos o que teremos acesso no navio.

Com aquilo resolvido, pegaria a carta dela e o dinheiro e partiria. Finalmente entendia por que não achava a princesa no quartel general, a nobreza pelo visto não podia dormir no Quartel General. Ou será que ela dividia o quarto com alguém no QG e queria mais intimidade com Amis? Teria que perguntar depois.

Quando chegasse no local que Chocho estivesse hospedada procuraria por Amis e quando o encontrasse chegaria bem perto para cumprimenta-lo. — Olá Amis, não sei se lembra de mim — falaria para chamar-lhe a atenção. — Kimiko-chan pediu para lhe entregar isso e isso — comentaria entregando a carta e o dinheiro que a princesa havia me passado. — E ela frisou para só você ler, então tenha certeza de estar sozinho quando o fizer — complementaria. — Ok? — se estivesse tudo certo com ele, concordaria com a cabeça. — Ótimo — falaria sorrindo e me despedindo dele partiria.

Antes de ir para o navio faria algumas compras. Compraria uma mochila, um canivete, fósforos, 10 metros de corda e um kit de cozinha completo, não sei como era a cozinha no navio, mas se fosse mais apertado a quantidade de objetos, seria bom ter meu próprio kit e para finalizar, algo que não sei se seria fácil de achar, massinha de modelar. Enquanto fosse na direção do navio gastaria o tempo brincando de abrir e fechar o canivete com a mão esquerda, para me acostumar minimamente a manter a mão esquerda com movimentos mais minimamente complexos.

Nome: Aiko Saito
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Espadachim
Profissão: Cozinheira
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos:
• Katana
• Três missões feitas (cobra de impostos, investigação liderada pelo superior e organizar documentos)
• Salário da primeira missão (banco provavelmente) + 1000 berries (post 24) + 1.7kk de berries (post 29/30) do salário da segunda missão + Salário da terceira missão (banco provavelmente)
• Proficiência Confeitaria – post 30
• Começo de treinamento ambidestria – post 32
Caso as compras sejam feitas:
• Canivete – post 35
• 10 metros de corda – post 35
• Mochila – post 35
• Fósforos – post 35
• Kit de cozinha – post 35
• Massinha de modelar (?)

Perdas:
Caso as compras sejam feitas:
• 1150k de berries (100k do canivete, 500k da corda, 250k da mochila, 100k dos fósforos, 200k do kit de cozinha + X Massinha de modelar (?))

Relações com NPCs: N/A
Informações que julguei importante: Agente Senior – Nicolai – Pescotapa
Tom Flay – Criminoso – Apaixonado na princesa
Frost – Agente (qual patente?)
Investigando dois safados - Antonelle e Edmundo.
HP: 2400
SP: 100

Força: 160 + 80 = 240 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Reflexo: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Constituição: 0 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
Peso que aguenta carregar: 340 kg
CulináriaVocê é capaz de preparar pratos e refeições simples ou complexos, seguindo receitas ou a sua própria criatividade.

DegustaçãoVocê consegue identificar alguns ingredientes e preparos dos pratos que experimentar por meio de paladar, olfato ou observação visual.

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

MixologiaVocê é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.

NutriçãoVocê sabe encontrar o meio-termo entre alimentação e saúde, sabendo criar pratos e cardápios bem equilibrados quando se trata de nutrientes, escolhendo os melhores ingredientes.
•1 katana
•1.701.000 berries


_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 OOvf4T4
Vincent
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 Fce235abf356e340a772bbaaecb92d1c
Créditos : 00
VincentCP 2
https://www.allbluerpg.com/t723-huang-meifeng https://www.allbluerpg.com/
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 25, 2021 11:43 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Huang MeifengRelatório:
Localização:Flevance17
Missão: -
Os ânimos prosseguiam exaltados, me aproximar desses malucos havia sido uma péssima escolha, mas talvez conseguisse alguma diversão. A atenção de todos estava voltada para nós - Tem certeza meu bem? Não precisa esconder nada, tá? manteria o sorriso em meus lábios. Estaria esbanjando tranquilidade nesse momento de maluca já bastava a outra que havia mostrado o dedo para mim - Eita que boca suja, stress faz mal pra pele sabia? É melhor você ouvir suas amigas e ficar um pouquinho mais calma provocava com um tom de deboche.

Isso provavelmente não acabaria bem, mas quem se importa? Não havia feito nada para ela anteriormente - Roubar? Você tem que confiar mais em si mesma queridinha continuaria usando o mesmo tom - Corajosa hein? Pena que a última pessoa que disse isso não está mais entre nós riria em seguida. Me manteria atenta em suas reações a cada palavra proferida por mim, talvez ela até mesmo quisesse partir para brigar - Sejamos civilizadas não é mesmo? Além do mais, você não vai querer sai daqui presa né? obviamente estava blefando, afinal haviam pessoas bem mais importantes a serem presas. Apenas por precaução observaria sua movimentação  e se houvesse realmente algo projetaria parcialmente a parte direita do meu corpo para agarrá-la ou interceptá-la.

As coisas haviam chegado nesse ponto desnecessariamente e o meu objetivo inicial que era apenas ter uma conversa agradável descia por água abaixo. Primeiro a velha fofoqueira e agora a maluca que se irritou quando chamei todos os presentes de bonitos - Perdi o total interesse, eu também mereço um momento de diversão, não acha? diria minhas últimas palavras antes de deixar o estabelecimento - Beijos senhorita estressadinha acenaria em sua direção. Depois disso falaria com o restante das pessoas que haviam colocado sua atenção em nós - O barraco acabou seus fofoqueiros com isso, poderia ir embora.


Nome: Huang Meifeng
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Artista Marcial
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: Luvas, Botas
Perdas: N/A
Relações com NPCs:  
PdV: 3200
STA: 100

Força: 281  +60 +60 = 401 ~Hábil~
Destreza: 0
Acerto: 39 +40 +60 = 139 ~Regular~
Reflexo: 40 +60 = 100 ~Regular~
Constituição: 40 ~Regular~

Agilidade: 119
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
 • Anatomia
• Interrogatório
• Lábia
• Primeiros Socorros
• Psicologia
Gregar
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 16 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Ter Out 26, 2021 6:01 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Eleine WorzelRelatório:
Localização:Flevance5
Missão:-


Apesar dos pesares, sentia-me extremamente satisfeita enquanto a sala retomava sua forma. Cada movimento do esfregão, contra aquele chão imundo, trazia o mesmo senso de dever cumprido que sempre sentia, quando lutava nas arenas. Não sabia o que Zanza pensava, mas era bom poder trocar as espadas por vassouras e baldes d’água. Além do que, era muito mais fácil tirar manchas de mesas encardidas do que manchas de sangue de minhas asas.

Era um tanto quanto cansativo e demorava mais do que esperávamos. Mas mantinha-me focada, apreciando a dor dos músculos se cansando enquanto faziam algo que não se acostumavam. Certa hora, alguns agentes se aproximavam para ver o que fazíamos. Eles gargalhavam do momento que nos observavam até quando se afastavam de nós. Provavelmente felizes e espantados com a qualidade de nosso trabalho que era executado.

Estava suada e me sentia melecada quando finalmente concluíamos nossa missão, sendo brevemente interrompidas por uma mulher de rabo de cavalo que chegava. Ela nos questionava com autoridade, uma supervisora provavelmente. Giraria nos calcanhares e receberia sua pergunta com uma continência formal.

- Eleine Worzel e Zanza Minos se apresentando. Acabamos de finalizar a limpeza da sala como instruído, senhora. Diria, pronta para acompanhar a mulher quando ela nos direcionasse. A seguiria de perto respondendo suas dúvidas. - Outro agente mais velho, um homem estranho e que tentou nos assediar mostrando seu joelho, desconheço seu nome, porém, o adverti que tais atitudes colocam mulheres em uma situação desagradável e pedi que parasse.

Continuaria a seguir a mulher, sempre disposta a responder suas dúvidas e aguardando um novo direcionamento por parte da mesma.



Teste básico
teste atributos
teste proficiências
teste inventário