Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
 :: Oceanos :: Blues :: North Blue :: Flevance
Página 14 de 16 Página 14 de 16 Anterior  1 ... 8 ... 13, 14, 15, 16  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 XqxMi0y
Créditos : 25
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
Operação T.N.C.T.O.N.I. Qui Maio 13, 2021 1:08 am
Relembrando a primeira mensagem :

Operação T.N.C.T.O.N.I.

Aqui ocorrerá a aventura dos(as) Agentes Aiko Saito, Chocho Kimiko e Sophia Mallwitz Steinberg. A qual não possui narrador definido.

_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 J09J2lK

Katsu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Qui Out 07, 2021 9:16 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Zansa MinosRelatório:
Localização:Flevance1
Missão:-

Acordava cedo, como era de costume, não que meu sono fosse o mais leve, mas quando se tinha um serviço a fazer precisava ter essa disposição e devia admitir que gostava bastante da ideia de minhas funções no governo, mesmo que já estivesse cansada e morrendo de vontade de sair daquela ilha, local cujo com bastante esforço e tempo, claro que alistar para servir como uma agente da lei ajudou, consegui um pouco do respeito dos moradores locais. Podia ainda me lembrar dos anos difíceis que passei ali sofrendo constante preconceito, claro que, nem todos tinham simpatia por mim, mas ao menos o seu desgosto era calado graças a minha preciosa farda, mesmo que tivesse a adquirido há muito pouco tempo.

Me levantei esticando os braços e espreguiçando, quase como se desse bom dia aos raios de sol que invadiam a brecha de minha janela, como de costume fiz todo o ritual rotineiro da matina e vesti meu uniforme para seguir em direção a central da marinha, precisava verificar se teriam algum serviço para mim. Caminhei pelas ruas com o mesmo olhar de sempre, seriedade esbanjada em meu rosto, boa postura e temerária, cumprimentaria quem estivesse disposto a me dar bom dia, mas buscava apenas seguir em frente caminhando ao meu destino atual, apesar da cara fechada, por dentro cruzava meus dedos e sonhava com um possível envio para outro lugar, assim quem sabe finalmente poderia iniciar a minha jornada rumo ao mundo.




Nome: Zansa Minos
Cargo: Agente ---
EDC: Mink Ryu e Lanceiro
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: ---
Perdas: ---
Relações com NPCs:


Qualidades:
Voz melodiosa (1) Sua voz é agradável e imponente, você consegue se destacar pelo seu tom, seja cantando ou dando ordens.

Domínio da Forma Sulong (3) Se antes a lua era um terror para você viver em sociedade e para todos que o cercam, do momento em que você for capaz de dominar a besta interior que reside dentro de você a lua deixará de ser uma inimiga para ser uma poderosa aliada. É dito que a verdadeira força da tribo Mink se manifesta através de sua transformação e para aqueles capazes de dominar a si mesmos, esta mostra-se verdadeiramente assustadora. Ao olhar para o céu durante a noite e encontrar a lua, você poderá acessar ao seu potencial completo, mesmo que a lua não esteja cheia.

Do momento em que você tiver dominado sua forma Sulong, você não mais será acometido por uma grande fúria, mas receberá a mais ampla capacidade de controlar suas próprias características como Mink, melhorando fisicamente em todos os aspectos, onde esta melhoria é representada por um aumento em 10% em todos os seus atributos físicos, para além disso você torna-se capaz de utilizar de seu eletro de forma livre, podendo até mesmo disparar a energia eletrica pelo ar ou usar da eletricidade para tornar locomoções anteriormente impossíveis, como possíveis ao se propulsionar sem necessidade de contato. Por extrair o máximo potencial de seu corpo a exaustão mostra-se natural, onde após o término da transformação, o Status Exausto I estará ativo até que você faça algo para melhorar a condição. Você só é capaz de se manter na forma Sulong por no máximo três posts e só pode adquirir essa vantagem sendo mink com o estilo de combate Mink Ryu.

Afinidade com Haki (3) Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Idioma Silvestre (Racial) Você é capaz de se comunicar com criaturas mamíferas similares a sua subespécie através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Chifres (Racial) Minks bovinos possuem um par de chifres que podem ser utilizados como armas naturais.

Cabeça Dura (Racial) Minks bovinos possuem um crânio extremamente resistente, de forma que cabeçadas tornam-se uma arma eficaz em combate corpo a corpo.


Defeitos:
Heroico (2) Você tem o hábito de ajudar os indefesos, corrigir injustiças e sempre cumprir com as suas promessas.

Teimoso (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Inapto (3) Você libera um espaço para criar técnicas apenas em níveis impares.

Preconceito (Racial) Você tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e alguns podem lhe achar repugnante, assustador ou até mesmo uma aberração. Alguns humanos podem lhe destratar e serem hostis simplesmente pelo fato de você ser diferente deles, entretanto, é importante notar que nem todos pensam e agem desse jeito.

Atípico (Racial) Devido ao fato dos Minks não serem tão comuns e não se tratar de uma raça tão populosa, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

Sensíveis ao Calor (Racial) Devido a sua pelagem, os Minks são mais suscetíveis a sofrer efeitos adversos relacionados ao calor e altas temperaturas.

Forma Sulong (Racial) Como parte da tribo Mink seu corpo tem uma interação muito única com a lua que nenhuma outra raça tem, uma vez que você tenha contato visual com a lua, desperta-se em eu interior os instintos mais primitivos, selvagens e violentos fazendo com que você perca a sua razão agindo como uma besta furiosa que ataca tudo e todos ao seu redor com uma fúria sanguinária, suas características físicas selvagens mostram-se mais aparentes e justifica-se o medo e o preconceito que existem contra os minks, pois aqueles incapazes de dominar a besta anterior, dificilmente serão vistos como algo além disso.

Durante a transformação passada ao se ter o contato visual direto com a lua, você sentirá uma espécie de sede de sangue imensa, atacando a todos ao seu redor que não sejam Minks, sendo assim todas as noites você terá de ser cauteloso pois a sua razão pela noite estará sempre em cheque. Mecanicamente a fúria dura três turnos e após o término, do quarto turno até o momento em que você possa tratar da condição, você estará sobre o efeito de Exausto I.



PdV: 6.780
STA: 100

Força: +200 [+60][+60]
Destreza: 1
Acerto: +100 [+60]
Reflexo: [+60]
Constituição: +99 [+120]

Agilidade: 110
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:


• Discurso
• Psicologia
• Interrogatório
• Lábia
• Persuasão


N/A
Pepe
Ver perfil do usuário
Imagem : Teje preso!
Créditos : 03
Localização : Flevance - North Blue
PepeEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t321-aiko-saito#935 https://www.allbluerpg.com/t384-operacao-t-n-c-t-o-n-i
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Sab Out 09, 2021 6:04 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Aiko SaitoRelatório:
Localização:Flevance – North Blue31
Missão:Descanso
Recebia a chave de um quarto, chegar nele não fora difícil e lá vi que estava vazio. Uma forma interessante de acabar aquele dia, tendo paz para pensar na confusão toda. Olharia se havia outro uniforme por ali ou se precisaria buscar um antes, o que havia usado no dia com certeza precisava ir para a lavanderia.

Com a situação do uniforme vista, e sem precisar me preocupar com outras coisas, me restava trancar a porta e ir tomar um bom banho. Nele, apesar de me limpar como sempre, focaria um tempo extra para limpara bem a minha testa, retirar qualquer resquício que poderia haver da caneta de Nicolai.

Quando acabasse de me banhar, escovaria meus dentes enquanto pensava no que faria no dia seguinte. O dia atual fora interessante, a parte das missões pareceram demorar muito mais quando em comparação com a simples diversão de fazer um bolo. Mas foram o primeiro passo para a subida que precisava. Subir de patente e ficar mais forte, para não precisar fugir de missões igual fizera no dia de hoje.

Iria dormir tranquilamente no uniforme limpo que houvesse pegado e acordaria naturalmente alguma hora, provavelmente de manhã bem cedo, que era o que meu corpo se acostumara com os anos no quartel general.

Após acordar, escovaria meus dentes e me arrumaria, colocando direitinho a faixa em meu cabelo e não na testa como no dia anterior. Partiria para a cozinha onde tomaria um bom café da manhã enquanto olhava a minha volta a procura de qualquer um dos meus superiores. Ontem comecei o dia a mando de Nicolai, passei para realizar uma missão com Frost e acabei me reportando para uma moça que nem sabia o nome. Também havia aquele outro desconhecido que chegou na padaria e que falou algumas coisas com o Frost... Se visse qualquer um dos quatro por ali, esperaria algum momento que eles já houvessem acabado de comer para me aproximar. — Com licença... — começaria para chamar a atenção um pouco. — Estou as ordens — comentaria. — Não sei se é a você ou a outro superior que preciso me reportar. Ontem ficou meio vaga a situação... — concluiria para situar melhor o superior.

Se, no entanto, não houvesse nenhuma dessas quatro pessoas no refeitório, me dirigiria até o secretário e perguntaria qual deles estava sobre o meu comando. Me direcionaria para o escritório desta pessoa a busca de ordens.


Nome: Aiko Saito
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Espadachim
Profissão: Cozinheira
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: Katana, duas missões feitas (cobra de impostos e investigação liderada pelo superior), salário da primeira missão (banco provavelmente), 1000 berries (post 24), 1.7kk de berries (post 29/30) do salário da segunda missão, proficiência Confeitaria
Perdas: N/A
Relações com NPCs: N/A
Informações que julguei importante: Agente Senior – Nicolai – Pescotapa
Tom Flay – Criminoso – Apaixonado na princesa
Frost – Agente (qual patente?)
Investigando dois safados - Antonelle e Edmundo.
HP: 2400
SP: 100

Força: 160 + 80 = 240 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Reflexo: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Constituição: 0 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
Peso que aguenta carregar: 340 kg
CulináriaVocê é capaz de preparar pratos e refeições simples ou complexos, seguindo receitas ou a sua própria criatividade.

DegustaçãoVocê consegue identificar alguns ingredientes e preparos dos pratos que experimentar por meio de paladar, olfato ou observação visual.

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

MixologiaVocê é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.

NutriçãoVocê sabe encontrar o meio-termo entre alimentação e saúde, sabendo criar pratos e cardápios bem equilibrados quando se trata de nutrientes, escolhendo os melhores ingredientes.
•1 katana
•1.701.000 berries


_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 OOvf4T4
Gregar
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Sab Out 09, 2021 8:10 pm
[20:08, 09/10/2021] Victor Chaves:
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Eleine WorzelRelatório:
Localização:Flevance1
Missão:-

Em meio às incertezas que davam origem a meus novos dias, tinha plena convicção apenas de uma coisa. Sentia saudades da vida na arena. Sim, sabia que podia parecer ingrata ao pensar isso. Afinal, não fazia mais do que algumas semanas desde que havia sido resgatada. Acontece que as coisas lá dentro eram muito mais simples. Era isso que almejava, a simplicidade.

Não me sentia nada nostálgica quando pensava na gritaria, no suor e nem no fedor que infestava a arena. Sentia falta apenas de ter certeza de como seriam todos os dias. Tinha dias bons, onde éramos avisados que seríamos obrigados a lutar na manhã seguinte. E dias nem tão bons, onde éramos avisados contra quem lutariamos. De toda forma, havia sempre duas possibilidades. Ou teria de lutar pela minha vida, ou iria respirar em paz por mais um dia.

Era nessa simplicidade que havia vivido por anos! Por mais incrível que pudesse parecer, acostumar-me com todas as aulas e tutores era ainda mais difícil do que saber que teria de enfrentar um amigo querido na arena.

Todos os dias, desde que havia aceitado a posição como recruta daquele grupo, era obrigada a treinar com eles, a estudar assuntos sem o menor sentido em livros grandes e velhos. Como se isso não bastasse, ainda tinham todos os outros recrutas e tutores. Ambos os grupos igualmente irritantes e sem qualquer apreço pela simplicidade da vida.

Tinha verdadeira sorte de meu destino tortuoso estar se aproximando ao fim. Havia sido julgada pronta. Pronta para finalmente ir a minha primeira missão e a deixar o navio em que habitava por tempo demais. O destino seria a ilha de Flevance, notória pelo clima gelado segundo o qual tinha sido instruída. Aparentemente teriam outras pessoas na mesma missão a qual estava caminhando, porém tudo que sabia era que deveria ir até o Quartel General da ilha, para receber novas instruções.

Como odiava não saber no que estava me metendo. De toda forma, era assim que chegava  à ilha. Caminharia tranquilamente, com a certeza de que havia sido instruída para onde ir. Me colocaria em prontidão ao avistar algum soldado, ou qualquer outro que parecesse ser capaz de me dar mais informações. Por estar vestida com o uniforme cedido a mim pelos agentes, acredito que seria fácil me classificar como um deles. De toda forma, prestaria continência e falariam em alto e bom som.

- Eleine Worzel se apresentando ao serviço! - Apresentava-me para o primeiro soldado que visse, de modo que conseguisse maiores informações. - Fui orientada a ir ao QG para receber maiores instruções sobre minha missão, pode me falar para onde devo ir? Questionava, pronta para seguir o destino que me fosse indicado.

Teste básico
teste atributos
teste proficiências
teste inventário
Vincent
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 Fce235abf356e340a772bbaaecb92d1c
Créditos : 00
VincentCP 2
https://www.allbluerpg.com/t723-huang-meifeng https://www.allbluerpg.com/
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Dom Out 10, 2021 12:02 am
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Huang MeifengRelatório:
Localização:Flevance13
Missão: -
 O dia se encerrava de maneira tranquila, sem mais nenhuma preocupação poderia retornar até minha casa para descansar. No fim das contas, havia sido um dia relativamente produtivo onde consegui ajudar no que fora possível e segundo o que haviam me ordenado. Se continuasse me esforçando nas missões, brevemente poderia estar novamente com Annerose e quem sabe não ajudaria ela também.

Pela manhã, repetiria o mesmo processo de sempre com o bom e rápido banho matinal para pode espantar a sonolência do corpo. Escovaria os dentes e em seguida pegaria um novo uniforme em uma das gavetas da cômoda do quarto. Com tudo isso feito eu então estaria pronta para mais um dia no meu dever como agente - Yuàn wǒ de zǔxiān qǐdí wǒ queria ser guiada por aqueles que já haviam passado por aqui. Ainda quando criança meu pai me ensinou que os nossos ancestrais sempre estariam nos ajudando para que tivéssemos êxito na caminhada. Não que acreditasse totalmente nisso, mas ao menos ficava mais tranquila sabendo que alguém estava ali me ajudando de alguma forma.

Se ainda estivesse com tempo quando saísse de casa procuraria por um local onde pudesse tomar o café da manhã. É claro que também aproveitaria esse momento para conhecer alguma pessoa nova que estivesse sozinha, talvez até mesmo encontrasse outro(a) agente que não vi no QG no dia anterior. Pararia em algum bar ou em algum outro estabelecimento - Bom dia, O que temos para o café da manhã hoje me aproximaria do balcão sorridente falando com o atendente que estivesse ali. Pedira o que havia sido dito em sua resposta e colocaria o dinheiro necessário sobre o balcão para ir me sentar em algum lugar vago em seguida. A partir daí apenas observaria o fluxo de pessoas antes de tentar puxar assunto com alguém - Oi, desculpa incomodar mas… começaria a falar - Eu acabei me perdendo no brilho do seus olhos, poderia me ajudar? questionaria mantendo o sorriso nos lábios.

Spoiler:
Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 13982

Caso não tivesse com muito tempo livre iria diretamente para o QG onde tomaria o café da manhã no refeitório - Bom dia! Tudo bem? questionaria se encontrasse alguma pessoa familiar. Em ambas as situações eu pegaria uma fruta depois que terminasse de comer e após isso iria atrás de Vincent para saber as ordens do dia - Bom dia, estou me apresentando novamente para o meu dever prestaria uma rápida continência. Será que hoje o carrancudo estaria mais amigável ou esse era o jeito dele sempre? No fundo eu tecnicamente já sabia a resposta, mas torcia imensamente para estar errada dessa vez - Olha, hoje acordou mais feliz faria um comentário.

Yuàn wǒ de zǔxiān qǐdí wǒ= Que meus ancestrais me iluminem



Nome: Huang Meifeng
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Artista Marcial
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: Luvas, Botas
Perdas: N/A
Relações com NPCs:  
PdV: 3200
STA: 100

Força: 281  +60 +60 = 401 ~Hábil~
Destreza: 0
Acerto: 39 +40 +60 = 139 ~Regular~
Reflexo: 40 +60 = 100 ~Regular~
Constituição: 40 ~Regular~

Agilidade: 119
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
 • Anatomia
• Interrogatório
• Lábia
• Primeiros Socorros
• Psicologia
Formiga
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 CsHkSDy
Créditos : 19
FormigaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t766-takeshi-isamune https://www.allbluerpg.com/t768-capitulo-i-o-espetacular-takeshi-isamune
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 1:13 am




OPERAÇÃO T.N.C.T.O.N.I

O Retorno do Calros.


Dia 02 || Flevance - North Blue || Clima: Fresco || Manhã
N° de Postagens do Narrador: 13


Aiko

Não restava muito para garota além de se aprontar para dormir, uma coisa interessante a se notar, era que a jovem Agente se mostrava bastante higiênica. Os acontecimentos narrados pela jovem aconteceram de maneira tranquila, uma bela noite de sono e um descanso digno, finalizaram aquele dia corrido e um tanto quanto atípico.

Ao acordar logo buscou realizar os mesmos procedimentos da noite anterior, finalizando vestindo o uniforme limpo. Seus passos pelo quartel general eram calmos, a garota ia em direção ao refeitório, onde faria sua alimentação matinal. No caminho pode notar a presença de um número acima da média de agentes, até mesmo um pequeno grupo composto por cinco membros, usando vestes que indicavam ser da marinha, passavam por ela em passos rápidos. Enfim, de qualquer forma, não cabia a Saito buscar informações sobre aqueles homens. Talvez outrora conseguisse informações que a fizesse entender o motivo daquelas figuras inusitadas estarem por ali.

Já no refeitório, a primeira coisa que invadia sua mente era a visão do alto fluxo de homens e mulheres ali. Era notável que algo não estava certo, havia muito mais pessoas que o comum – Ei! Bom dia. – Bradou Rachel com um sorriso no rosto, oferecendo a jovem um café da manhã balanceado e gostoso. Contava com algumas frutas, pães, ovos fritos, cozidos e finalizava com um toque especial dado pela cozinheira, um pedaço de pudim. Aiko percebia que a mulher queria falar mais com ela, porém, a demanda era alta e não tinha tempo hábil para isso. Por fim, a jovem comia ali mesmo, em uma das mesas ainda com vaga.

Logo após o término da sua alimentação, ela colocava seu pequeno plano em ação: Falar com o primeiro superior que aparecesse em sua frente. Claro, ela não era louca o suficiente de abordar aquelas figuras no meio do café da manhã, por isso, esperou pelo momento certo – Agente Saito, é comigo mesmo. – Bradou Vincent com um olhar tranquilo no rosto, diferente da aura que o circulava no dia anterior – Estava a sua procura e da outra agente, Kimiko, sabe onde ela está? – Indagou o rapaz ficando de pé – Venha comigo, falamos disso no caminho. – Tomou o rumo da saída em passos lentos e retilíneos.

Então, preciso de vocês duas hoje. – Bradou em um tom mais sério – Precisaremos enviar em sigilo os documentos encontrados ontem na Padaria, junto com Edmundo e Antonelle. Você e Kimiko foram designadas para essa missão, contudo, será  necessário organizar o restante da papelada que irá junto. – Suas palavras eram sérias e diretas – Iria pedir para que outra agente fizesse isso, mas como você se prontificou, deixo em suas mãos essa organização. E claro, assim que encontrar sua colega, avise-a das informações que lhe passei agora. – O homem enfiou as mãos em um dos bolsos com velocidade, tirando um pequeno papel de cor cinza do mesmo – Este é o seu passe até a área dos documentos, último andar, entregue ao rapaz que estará na frente da porta. – Deu alguns passos se distanciando da garota – E um último aviso, ao anoitecer venha até minha sala, apresentarei o superior que irá com vocês no transporte. Na verdade, esse é o último, você não precisa necessariamente fazer esse serviço junto da Kimiko, se quiser, pode fazer tudo sozinha também. – Adiantou seus passos em seguida, sumindo da visão de Aiko.

A garota então conseguia aquilo que almejava, um par de missões a serem realizadas. Uma coisa importante era notada, Vincent não havia estipulado um tempo para a primeira missão, então, ela não precisava fazer todo aquele trabalho logo pela manhã. Por último, Aiko se encontrava nas proximidades do refeitório.


Chocho

Kimiko havia tido – assim como as outras – um dia movimentado. Embates e uma série de informações foram digeridas pela garota naquele extenso tempo, contudo, uma das principais e quiçá a de maior importância, tinha sido dada por seu fiel escudeiro Amis: a presença de revolucionários em Flevance.

Ao acordar para aquele novo dia, a menina aproveitou o tempo na cama, relaxando ainda mais seu corpo e fazendo todas suas necessidades em seguida. Estando pronta para sair, avistou Amis alguns metros ao lado da sua porta, ele estava sentado e aguardava a mulh – Bom dia Senhora! – Disse animadamente o rapaz com um sorriso largo no rosto – Vamos, não é muito longe daqui. – Bradou enquanto caminhava pelos corredores do hotel. Não demorou para que a dupla já estivesse na rua e notasse o alto fluxo de gente, alguns iam aos seus respectivos trabalhos e outros estavam “mais de boa”, vagabundeando em plena manhã – Não é o laboratório Stairs, mas aqui a senhora consegue se vacinar também. – A voz de Amis viajava até os ouvidos da agente, mesmo que o som ao redor atrapalhasse um pouco.

Em sua frente era possível ver uma estrutura de proporções medianas, o tom branco era algo chamativo, assim como uma espécie de logomarca cravada na fachada do lugar – UPA de Flevance. – Leu Amis. Ao lado da logomarca, o símbolo do laboratório também era visto, indicando uma possível parceria entre o governo e a empresa em questão. Aliás, os achismos de Chocho estavam certos, ao se identificar como uma Agente do Governo, era recebeu a vacina de graça e cortou até mesmo a fila que existia no interior do lugar, incomodando algumas pessoas que aguardavam a algum tempo – Alfaiate? dale Vamos lá! – Bradou Amis de maneira ainda mais animada que antes.

Flevance era um lugar organizado e Amis também parecia conhecer como a palma da sua mão, já que caminhava com certeza do seu destino, quebrando algumas esquinas e cortando caminho por ruas largas e movimentadas. Sem mais delongas, ao chegarem no estabelecimento, Chocho tomava a frente da situação, detalhando o pedido de maneira clara e direta. O senhor observava e ouvia com atenção, entendo tudo o que lhe foi pedido e tirando as medidas da mulher. O valor pelo produto ficou em 750.000B$ e o horário marcado era para noite, logo no comecinho dela, cerca de seis e meia.

Kimiko estava fazendo um tour por Flevance, já havia ido tomar vacina – falando dela, sentia um pequeno incômodo na região da aplicação pode escolher -, ao alfaiate e agora partia em direção ao QG – Certo! Até o almoço, minha senhora. – Falou A mis antes de partir saltitando na direção das minas, enquanto a mulher continuava rumo ao seu destino. No Quartel a mulher buscou pela área onde as armas eram criadas, não demorou para encontrar – no subsolo do lugar – a tal da área. Enfim, uma série de perguntas, respostas e aprendizado acontecia com eficiência, dando a Chocho um novo leque de possibilidades. No QG notou o alto fluxo de pessoas, algumas andavam com pressa, enquanto outras pareciam bem mais relaxadas.


Eleine e Zansa


Naquela bela manhã em Flevance, mais uma agente iniciava. Começando pela Mink, a jovem rapidamente se colocou na rua indo até a central da marinha. Alguns pensamentos e lembranças de vivências passadas atormentavam sua mente, mas, aquele era o início de algo diferente... ou pelo menos era isso que deveria ser – Os agentes ficam para lá. – Apontou um marinheiro logo após a mulher chegar até a central – É novo para mim que aceitem seu “tipo” de gente. – Riu em seguida, dando as costas após liberar aquela rajada de preconceito de graça. Ao olhar para o lado, a garota notava a presença de um edifício grande, acinzentado e com uma garota falando com um simples agente que estava de passagem.

Eleine brotava em Flevance naquela manhã linda e ensolarada. Instruída da devida maneira, não teve dificuldades para encontrar o quartel general, avisando no seu caminho uma jovem estranha indo para o edifício errado – EITA! – Bradou o agente assustado com as palavras da mulher – Que susto! De onde você surgiu? É uma das novatas? – Indagou e nem deixou a mulher respondeu, voltando sua atenção para Zansa – EI! É AQUI. – Gritou o homem, acenando de forma que parecesse chamar a outra agente para perto.

Quando ambas estivessem juntas, ele então começaria o falatório – Vejo que estão loucas para sua primeira missão, talvez você nem tanto, ta chateada garota? – Perguntou a menina de cabelos vermelhos – Bom, missão ainda não. Entendo que esse é um momento de euforia, onde vocês querem abraçar o mundo, porém, vão com calma! – Ele era estranho para um agente, seu modo de falar não parecia ser compatível com o Governo – Veja, assim como vocês eu também era assim. Infelizmente, uma flechada no joelho tirou toda minha glória. – Levou a calça até o ponto de quase rasgá-la, só para mostrar a cicatriz em seu joelho – Enfim, como vocês querem fazer missão se nem armas tem ainda? Tá vendo aí onde eu quero chegar? Vão, entrem, peguem a direita, subam dois andares e falem com uma moça de cabelos loiros. – Bradou deixando ambas ali, ignorando possíveis perguntas.


Elizabeth

Elizabeth dormiu tranquilamente, mesmo que o dia anterior tenha sido repleto de confusões. Ainda sim, estava de certa forma animada para o dia atual, o que será que aguardava a jovem? Algumas reflexões e curiosidades vagavam pela sua mente, inclusive, o desejo de não encontrar sua prima por aí, algo que provavelmente seria difícil de não acontecer.

Levantou após alguns minutos acordada olhando para o nada, a mansão vazia despertava alguns incômodos na jovem, porém, ela não estava totalmente sozinha naquele ambiente – Senhorita Elizabeth! Acabei não lhe vendo muito ontem, como foi seu dia? – Indagou a mulher com um sorriso no rosto – Ops! Acredito que não possa compartilhar informações do governo com uma civil. – Gargalhou por breves segundos – Comida? Está achando que eu sou o que? Claro que temos! – Na mesa a garota podia notar a fartura, todo tipo de alimento que sua imaginação pudesse criar, estava ofertado na mesa – Já está indo? Cuidado! Vê se volta pro almoço. – Disse Maxine em um tom audível a garota.

Saindo de casa seu único rumo era o Quartel General, afinal, como uma agente deveria estar a disposição dos seus superiores, para realizar missões, se assim fosse necessário. Ainda no café, decidiu que iria procurar por Vincent Nikaido, o superior de ontem. Enfim, antes que pudesse bater na porta, Elizabeth era surpreendida com a voz do homem atrás de ti – Bom dia, está me procurando? – Perguntou com um sorriso no rosto, o que poderia ser estranho para garota, já que ontem ele parecia tomado por grosseria e rispidez em suas palavras. Após ouvir as palavras da garota, o homem abriu a porta  e pediu para que ela entrasse – Fiquei sabendo que lutou com aqueles caras ontem, inclusive com Summer. Como foi?– Falou em um primeiro momento, sentado na cadeira atrás da mesa de madeira maciça – Infelizmente não posso lhe contar muito, devo seguir algumas regras, você deve me entender. – Enquanto falava o homem parecia esconder alguns documentos que estavam em sua mesa, porém, a jovem conseguia ver algumas caras conhecidas espalhadas pela mesa: O mink e o careca.

Posso apenas dizer que o envolvimento daquelas duas figuras de ontem, digo, das três. Está atrelada a um grupo criminoso grande, temos poucas informações no momento. – Parou por um momento, criando uma expressão pensativa em seu rosto – Aliás, você acabou de ser colocada na missão de transporte de algumas informações. Retorne aqui no começo da noite, não esqueça disso. – Frisou a última parte da sua frase – Ah! E Frost não está muito longe daqui, ele está na ala médica do nosso departamento, pode falar diretamente com ele se quiser. Acredito que ele possa lhe informar um pouco mais. – Finalizou o homem.


Mei

Mei acordava e assim como suas companheiras, era também muito higiênica. Fazendo suas necessidades e se arrumando e partindo dali sem mais delongas. O fluxo intenso de gente naquela manhã era algo interessante, alguns iam trabalhar, outros pareciam ir às compras e ela podia ver de relance Chocho passando acompanhada de um rapaz, contudo, eles estavam muito à frente para que pudessem ser acompanhados.

Resolveu entrar em um bar, o interior do recinto não contava com muitas pessoas, mas, ainda sim tinha um número considerável, cerca de oito pessoas – Ovo com bacon, pão e café. – Disse o homem gordo atrás do balcão de madeira, alguns entalhes eram vistos em sua extensão, nomes de alguns clientes ou marcas que eles deixavam por ali – 150.000 Berris. Bom apetite! – Disse o homem entregando a comida para Huang. Esta última partiu em busca de um lugar vago, sentando-se ao lado de uma senhora bem velhinha, que devora o pão com ovo com selvageria – Tá me achando com cara de palhaça? Ai, ai... esses jovens de hoje. – Falou de maneira ríspida, encarando com fúria a agente.

Por fim, mais algumas pessoas entraram no lugar, mais ou menos um grupo de sete figuras. O bar não era um dos mais luxuosos, porém, não era nada largado as traças. Contava com cadeiras confortáveis e um salão com espaço amplo, inclusive, tinha até mesmo garçonetes.



Histórico Geral:
Aiko:
Número de POST:31
Ganhos:

  1. Katana
  2. Uma missão feita - salário da missão (banco provavelmente)
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 29


Perdas:

  1. Nada por enquanto.


Kimiko:
Número de POST: 31
Ganhos:

  1. Florete (clássico?)
  2. 100.000 berries (temporário)
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 29
  4. Proficiências: Mineração - POST 30
  5. Proficiências: Física - POST 31


Perdas:

  1. 1.000.000 B$ - Quarto de Luxo - POST 12
  2. 200.000 B$ - Quarto Simples - POST 12
  3. 150.000 B$ - Vinho - POST 12
  4. 220.000 B$ - Comida - POST 12


Huang:
Número de POST: 13
Ganhos:

  1. Luvas [Qualidade Profissional] - POST 02
  2. Botas [Qualidade Profissional] - POST 02
  3. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 11
  4. Carta de Annerose


Perdas:

  1. Nada por enquanto


Huang:
Número de POST: 01
Ganhos:

  1. Nada


Perdas:

  1. Nada por enquanto



Elizabeth:
Número de POST: 06
Ganhos:

  1. Espada  [Qualidade Profissional] - POST 01
  2. Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 04
  3. Proficiência: História - POST 04
  4. Proficiência: Sociologia - POST 05


Perdas:

  1. Nada por enquanto


Zansa:
Número de POST: 01
Ganhos:

  1. Nada


Perdas:

  1. Nada por enquanto



Legendas:
NPC's Específicos
Frost
Amis
Summer


NPC's Aleatórios
Personagens Simples: Atendentes | Garçons | Pessoas encontradas nas Ruas | Vendedores | Moradores | Entre outros.

Antonelle, Edmundo e sua galera.
Marinheiros
Agentes
Sophia
Membros da Greta
Rachel

Aparência dos NPC's
Velhote de Padaria
Vincent Nikaido


Log de Combate:
Aiko:
HP ATUAL: 2.400
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Chocho:
HP ATUAL: 4.000
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Huang:
HP ATUAL: 3.200
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    Nada por enquanto


Elizabeth:
HP ATUAL: 7.000
STAMINA: 100

Ferimentos:

    Nada por enquanto


Danos:

    1.000 - Chute nas Costas


_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 Fi6WMX7


Certificurso:
Curso Narrador AB, 2021
Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 EBEAdF4X4AYyK13
Katsu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 4:37 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Zansa MinosRelatório:
Localização:Flevance2
Missão:-


Segurei um pouco o meu olhar de desprezo quanto à tentativa estúpida naquele ser pouco evoluído contra mim, não me valeria a pena a bronca por deitá-lo no soco, nunca valia, preferi então apenas continuar quieta e sem responder caminhei para a direção que me fora ordenado. Assim que minha atenção era chamada não pude deixar de exibir um curto sorriso, talvez de animosidade pela espontaneidade do homem que me chamava, nem todos os humanos era preconceituosos, alguns pareciam nem se importar e isso era agradável, mas logo o sorriso foi embora dando lugar a minha comum cara fechada, continuei até me aproximar.

- Não, senhor!

Respondi confiante, como se tentasse passar uma imagem de responsabilidade, respeito, sei lá. Enquanto o homem falava, lembrei dos conflitos que já tinha visto ocorrer em Zou, a guerra contra o mal era interminável, algumas pessoas acabavam por ter seus sonhos brecados por pequenas coisas, como uma flecha atingida bem nas juntas.

Tão rápido quanto explicava, ele nos deixou, agora me fazendo prestar um pouco de atenção na outra garota que estava ali. - Olá, sou Zansa Minos, e você? - Tentava alguma simpatia enquanto subia pelo caminho indicado.




Nome: Zansa Minos
Cargo: Agente ---
EDC: Mink Ryu e Lanceiro
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: ---
Perdas: ---
Relações com NPCs:


Qualidades:
Voz melodiosa (1) Sua voz é agradável e imponente, você consegue se destacar pelo seu tom, seja cantando ou dando ordens.

Domínio da Forma Sulong (3) Se antes a lua era um terror para você viver em sociedade e para todos que o cercam, do momento em que você for capaz de dominar a besta interior que reside dentro de você a lua deixará de ser uma inimiga para ser uma poderosa aliada. É dito que a verdadeira força da tribo Mink se manifesta através de sua transformação e para aqueles capazes de dominar a si mesmos, esta mostra-se verdadeiramente assustadora. Ao olhar para o céu durante a noite e encontrar a lua, você poderá acessar ao seu potencial completo, mesmo que a lua não esteja cheia.

Do momento em que você tiver dominado sua forma Sulong, você não mais será acometido por uma grande fúria, mas receberá a mais ampla capacidade de controlar suas próprias características como Mink, melhorando fisicamente em todos os aspectos, onde esta melhoria é representada por um aumento em 10% em todos os seus atributos físicos, para além disso você torna-se capaz de utilizar de seu eletro de forma livre, podendo até mesmo disparar a energia eletrica pelo ar ou usar da eletricidade para tornar locomoções anteriormente impossíveis, como possíveis ao se propulsionar sem necessidade de contato. Por extrair o máximo potencial de seu corpo a exaustão mostra-se natural, onde após o término da transformação, o Status Exausto I estará ativo até que você faça algo para melhorar a condição. Você só é capaz de se manter na forma Sulong por no máximo três posts e só pode adquirir essa vantagem sendo mink com o estilo de combate Mink Ryu.

Afinidade com Haki (3) Por algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Idioma Silvestre (Racial) Você é capaz de se comunicar com criaturas mamíferas similares a sua subespécie através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Chifres (Racial) Minks bovinos possuem um par de chifres que podem ser utilizados como armas naturais.

Cabeça Dura (Racial) Minks bovinos possuem um crânio extremamente resistente, de forma que cabeçadas tornam-se uma arma eficaz em combate corpo a corpo.


Defeitos:
Heroico (2) Você tem o hábito de ajudar os indefesos, corrigir injustiças e sempre cumprir com as suas promessas.

Teimoso (2) Quando você acredita em algo, nada e nem ninguém pode convencê-lo do contrário, mesmo que provas e evidências sejam mostradas, você se recusa a mudar sua opinião.

Inapto (3) Você libera um espaço para criar técnicas apenas em níveis impares.

Preconceito (Racial) Você tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e alguns podem lhe achar repugnante, assustador ou até mesmo uma aberração. Alguns humanos podem lhe destratar e serem hostis simplesmente pelo fato de você ser diferente deles, entretanto, é importante notar que nem todos pensam e agem desse jeito.

Atípico (Racial) Devido ao fato dos Minks não serem tão comuns e não se tratar de uma raça tão populosa, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

Sensíveis ao Calor (Racial) Devido a sua pelagem, os Minks são mais suscetíveis a sofrer efeitos adversos relacionados ao calor e altas temperaturas.

Forma Sulong (Racial) Como parte da tribo Mink seu corpo tem uma interação muito única com a lua que nenhuma outra raça tem, uma vez que você tenha contato visual com a lua, desperta-se em eu interior os instintos mais primitivos, selvagens e violentos fazendo com que você perca a sua razão agindo como uma besta furiosa que ataca tudo e todos ao seu redor com uma fúria sanguinária, suas características físicas selvagens mostram-se mais aparentes e justifica-se o medo e o preconceito que existem contra os minks, pois aqueles incapazes de dominar a besta anterior, dificilmente serão vistos como algo além disso.

Durante a transformação passada ao se ter o contato visual direto com a lua, você sentirá uma espécie de sede de sangue imensa, atacando a todos ao seu redor que não sejam Minks, sendo assim todas as noites você terá de ser cauteloso pois a sua razão pela noite estará sempre em cheque. Mecanicamente a fúria dura três turnos e após o término, do quarto turno até o momento em que você possa tratar da condição, você estará sobre o efeito de Exausto I.


PdV: 6.780
STA: 100

Força: +200 [+60][+60]
Destreza: 1
Acerto: +100 [+60]
Reflexo: [+60]
Constituição: +99 [+120]

Agilidade: 110
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:

• Discurso
• Psicologia
• Interrogatório
• Lábia
• Persuasão

N/A

_________________

Akuma Nikaido
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 120x120
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 4:57 pm

Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Chocho KimikoRelatório:
Localização:Flevance32
Missão: Folga
A manhã encaminhava-se rapidamente. O fato de não ter recebido nenhuma missão até então fazia com que tivesse tempo para resolver minhas coisas pessoais. Vacinada e com meu novo quimono encomendado, partia para o QG e acabava aprendendo sobre física. Agora, próximo da hora do almoço, aguardava pelo retorno de Amis para que pudesse minerar o minério. Aproveitava o tempo livre para buscar equipamentos próprios para o ofício e também para fazer mais alguns rascunhos. Projetava um florete, utilizando meus novos conhecimentos para detalhar e caracterizar bem o processo. Como um cozinheiro preparando uma receita, deixava todas as instruções e o passo-a-passo escritos. À medida que ia relendo, revisava o modo de fazer e ia fazendo pequenas correções e aperfeiçoamentos.


Quando Amis finalmente chegasse, o cumprimentaria e pegaria o kit de mineração. Seguiria-o, então, para a mina. Se, no entanto, não conseguisse kit emprestado para minerar, pararia antes no caminho para comprar um. Quando chegássemos à mina, diria a Amis: — A partir daqui é melhor eu manusear sozinha, Amis-kun. O minério é tóxico e não quero te expor à toa. Pode ficar o resto do dia livre, ficarei ocupada agora à tarde. Encontre-me em nossa pousada ao crepúsculo, ok? E não se esqueça de pegar o quimono. Dispensado! Despedia-me de meu servo e então entraria na mina, onde passaria as próximas horas picaretando e retirando porções do chumbo branco. Sempre que pegasse um pouco do item, limparia-o para deixá-lo o mais puro possível e então armazenaria dentro de recipientes de chumbo, trazidos no kit de mineração. O chumbo, se bem vedado, era capaz de impedir a disseminação tóxica de sua versão alva.


Quando, por fim, houvesse obtido uma quantidade o suficiente de chumbo branco para poder criar armas com ele, retornaria ao QG. Suando, com o braço doendo — tanto pela vacina quanto pelo exercício da mineração — e cansada, nem parecia a mesma Kimiko que saíra pela manhã da pousada. Muito em breve poderia retornar para ela e descansar, mas iria antes garantir de não deixar de cumprir meu dever.


De volta ao QG, procuraria por meus superiores e perguntaria se havia sido designada para alguma missão. Ouviria as instruções e pediria pelos detalhes dessa, inclusive com relação a prazos. Se fosse algo urgente, pediria para algum soldado comunicar a Amis sobre minha ausência. Do contrário, eu mesma o faria ao chegar na pousada. Mas se não recebesse nenhuma missão em específico, apenas agradeceria e retornaria para o meu recinto de descanso, ansiosa para que o próximo dia chegasse e eu já pudesse utilizar a forja do quartel. Aproveitaria os momentos de relaxamento na banheira para rabiscar mais algumas ideias e criar novos detalhes e desenhos sobre a lâmina que pretendia fazer amanhã. Quando terminasse minha higiene, aproveitaria para experimentar meu novo quimono, feliz pelo bom trabalho e por voltar a utilizar o robe padrão de minha linhagem.


Caso, no entanto, não conseguisse obter o chumbo branco, fosse por Amis não descobrir onde eu pudesse extraí-lo, fosse por eu não ter autorização para fazê-lo ou mesmo por me faltar habilidade nisso, procuraria por meus superiores ferreiros, a fim de solicitar por ajuda, fosse na forma de dicas, fosse como algo mais palpável. A partir daí, seguiria na mesma rotina inicialmente planejada, extraindo o minério e guardando-o comigo.


Ganhos:
Florete (clássico?)
Salário de agente-júnior (2 missões): 3.400.000 ฿S
Proficiência mineração  
Proficiência física
Ofício ferreira
Roupas de gala
Imunidade a chumbo branco (vacina)
1 kit forja ?
1 kit mineração?
1 material forja?
chumbo branco?
Perdas:
750.000 berries (roupas de gala)
1.000.000 berries (aluguel quarto) 1.000.000 berries (1 kit forja + 1 kit mineração + 1 material forja) ?
Relações: -
HP: 200
SP: 100
Força: Regular
Peso máximo suportado: 118 kg
Destreza: Regular
Acerto: Regular
Reflexo: Regular  
Constituição: Regular
Acrobacia
Anatomia
Engenharia mecânica
Estratégia
Forja
Mineralogia
Ofício: ferreira
N/A
Pepe
Ver perfil do usuário
Imagem : Teje preso!
Créditos : 03
Localização : Flevance - North Blue
PepeEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t321-aiko-saito#935 https://www.allbluerpg.com/t384-operacao-t-n-c-t-o-n-i
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 7:36 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Aiko SaitoRelatório:
Localização:Flevance – North Blue32
Missão:Missão ou não missão, eis a questão
O quartel general se provava muito mais cheio do que no dia anterior. Claramente alguma coisa importante estava acontecendo/iria acontecer hoje. Ou seja, hoje era um ótimo dia para me destacar e subir um degrau que seja na longa jornada de patentes do governo. E não havia forma melhor de fazer isso do que com um belíssimo café da manhã que Rachel fez.

Quando terminei de comer, vi que a cozinheira queria falar comigo, mas antes iria aproveitar para falar com o superior que havia avistado... e claro que era o que eu não sabia o nome. Ele me guiava enquanto respondia que não sabia onde estava a princesa. O superior ia explicando tudo que precisaria fazer e que ficava a meu critério chamar ou não Chocho para organizar a papelada. Nós carregamos tudo ontem com certa tranquilidade... então com certeza não seria uma tarefa que tomaria o dia inteiro em dupla.

Por isso, quando o superior terminava de explicar as ordens, fazia uma reverência e comentava. — Com licença senhor. Eu sei que você é meu superior por ontem, mas para ir para o seu escritório mais tarde eu preciso saber... qual o seu nome? — perguntaria e com a resposta voltava para o refeitório.

Queria saber o que Rachel queria falar comigo. Imagino que ela desejasse a minha ajuda na cozinha, principalmente vendo o tanto de pessoas que havia no quartel general naquela manhã, se fosse o caso sorriria e aceitaria a tarefa de bom grado.

Sendo este caso, ao entrar na cozinha colocaria o avental e já prenderia o meu cabelo com a touca. — Como posso ajudar? — perguntaria animada. Não fazia muito tempo que estava cozinhado para um grupo grande no quartel general de Rubeck. Esperava não ter perdido a prática.

Porém, não só ajudaria, como aproveitaria a oportunidade para tentar utilizar mais a minha mão esquerda. Era algo que já ponderava tem um tempo em Rubeck, gastava mais tempo do que o necessário em algumas coisas e se fosse uma cozinheira que conseguisse trabalhar com as duas mãos melhoraria um pouco o meu tempo e manejo dos utensílios. Não havia mais habilidades culinárias que desejasse dominar no momento, precisava de mais habilidade manuais ou de fora do ramo para começar a melhorar como um todo.

Por isso, por mais que as ações que necessitassem de mais destreza, como por exemplo cortar alimentos ou temperar a comida fosse utilizar a mão direita como de praxe. Não era porque desejava treinar que poderia entregar um alimento mal temperado ou mal cortado para os outros. Com a mão esquerda faria outras coisas mais básicas para começar a me acostumar mais, desde o próprio manuseio de panelas, qualquer objeto que fosse necessário pegar ou trato com o alimento que não alterasse o sabor em si, como simplesmente ralar queijo caso fosse necessário.


Caso fosse para outra coisa... precisaria ouvir o que Rachel desejava para falar algo.

Após provavelmente ajudar, pouco depois da hora do almoço, começaria a minha busca pela princesa. Primeiro veria se a própria já não estava por ali no refeitório, ou será que alguém da realeza não poderia se alimentar com pessoas normais? Se ela estivesse por ali, me aproximaria e comentaria. — Princesa, não sei se já ouviu. Mas tenho as nossas ordens para hoje à noite, e caso esteja livre e queira, temos trabalho para hoje à tarde também — comentaria, sinalizando para que ela me seguisse para sairmos de perto do refeitório. O superior queria privacidade mais cedo, então provavelmente havia algum motivo para tal.

Caso Chocho não estivesse por ali, começaria a procurar no quartel general. Iria até o secretário e perguntaria se ele havia visto a agente Kimiko por aí. Se não a houvesse visto, iria perguntar qual quarto ela dormira para procurá-la por lá. Porém, se não houvesse forma alguma de localizá-la, comentaria. — Se a avistar, pode informá-la para ir até a área de documentos no último andar, por favor? — numa afirmativa agradeceria e partiria para lá.

Na hipótese de achar a princesa em algum lugar, seja no refeitório ou por ajuda do secretário, aos estarmos sozinhas comentaria. — O nosso superior Vincent comentou que estaremos responsáveis por levar os documentos, e escoltar Edmundo e Antonelle. Vamos ter um superior com a gente, precisamos nos apresentar no escritório dele esta noite para conhecermos este superior que viajará com a gente — comentava. — Agora estou com a missão de organizar os papéis que pegamos ontem. Vincent deixou como opcional se você quer fazer isso ou não — concluiria deixando claro que ela poderia escolher fazer isso comigo ou não.

Chegando no último andar, com ou sem princesa, mostraria o passe para quem quer que fosse e pediria para a pessoa me mostrar onde estavam os documentos que trouxemos no dia anterior.

Nome: Aiko Saito
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Espadachim
Profissão: Cozinheira
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos:
• Katana
• Duas missões feitas (cobra de impostos e investigação liderada pelo superior)
• Salário da primeira missão (banco provavelmente) + 1000 berries (post 24) + 1.7kk de berries (post 29/30) do salário da segunda missão
• Proficiência Confeitaria
Perdas: N/A
Relações com NPCs: N/A
Informações que julguei importante: Agente Senior – Nicolai – Pescotapa
Tom Flay – Criminoso – Apaixonado na princesa
Frost – Agente (qual patente?)
Investigando dois safados - Antonelle e Edmundo.
HP: 2400
SP: 100

Força: 160 + 80 = 240 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Reflexo: 120 + 40 + 60 = 220 [Regular]
Constituição: 0 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
Peso que aguenta carregar: 340 kg
CulináriaVocê é capaz de preparar pratos e refeições simples ou complexos, seguindo receitas ou a sua própria criatividade.

DegustaçãoVocê consegue identificar alguns ingredientes e preparos dos pratos que experimentar por meio de paladar, olfato ou observação visual.

HerbalismoVocê conhece plantas, ervas e suas propriedades. Sabe onde encontrar a planta ou erva que deseja, como cultivá-la, se elas têm propriedades venenosas, características curativas ou alucinógenas. Você pode utilizar as propriedades in natura das plantas e ervas que encontrar, mas essa proficiência não permite a manipulação das mesmas.

MixologiaVocê é um especialista em bebidas, sendo elas alcoólicas ou não, inovadoras ou extremamente tradicionais. Você é capaz de criar e reproduzir bebidas.

NutriçãoVocê sabe encontrar o meio-termo entre alimentação e saúde, sabendo criar pratos e cardápios bem equilibrados quando se trata de nutrientes, escolhendo os melhores ingredientes.
•1 katana
•1.701.000 berries

_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 OOvf4T4
Wesker
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 Imagem_Icone
Créditos : 00
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 8:50 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Elizabeth SteinbergRelatório:
Localização:Flevance7
Missão:Nenhuma


Maxine era realmente uma das poucas figuras que me trazia alegria ao ver naquela nova etapa da minha vida - Realmente não posso contar, mas a verdade é que nem eu sei direito. Aquele povo é tããão misterioso - Dizia fingindo um bocejo, tentando mostrar que estava entediada por todo aquele mistério que eu ainda tinha alguma esperança de conseguir esclarecer hoje.

A comida estava tão boa como sempre, o que me fazia pensar que essa era uma das razões de eu ter crescido gostando tanto de comer. Após devorar a maior parte daquele café da manhã, finalmente me arrumava e anunciava que estava na hora de partir, sendo logo respondida pela governanta - Vou tentar! Se eu não voltar, guarde alguma coisa que eu como no jantar! - Dizia pouco antes de fechar a porta de casa.

Quando chegava ao QG, ia diretamente até a sala de Vincent apenas para ser surpreendida por sua chegada enquanto eu ainda batia na porta. O sujeito parecia bem mais cordial do que no dia anterior, me convidando para entrar e até mesmo perguntando sobre a minha luta de ontem enquanto se dirigia a sua cadeira.

- Pra ser sincera, ele era muito forte. Me arremessou longe com um socão e tinha uma velocidade assustadora, mas eu bolei um plano muito bom e consegui acertá-lo, sabe? Aí percebi que a pele dele era dura como metal e minha espada nem causou dano. Achei até que ia morrer quando ele apontou um dedo para minha cabeça e falou… - Parava de falar um pouco para tentar lembrar, havia realmente ficado empolgada só de lembrar daquele confronto - ShiShialguma coisa. O Frost chegou antes e jogou ele longe, aí ele nunca terminou a palavra - Dizia demonstrando estar estranhamente empolgada com aquilo.

A conversa continuava e eu perguntava ao superior sobre os detalhes da missão de ontem que eu desconhecia, apenas para ouvir uma resposta que quebrava totalmente a minha empolgação - É… Eu entendo… Tudo bem… - Apesar das minhas palavras, ele com certeza conseguia ver que eu estava emburrada com aquilo. Os papéis em sua mesa tinham os rostos dos homens que estavam com Summer, mas eu decidi que era mais prudente não continuar fazendo perguntas.

Talvez comovido pela minha decepção, o homem se permitiu dizer que se tratava de um grande grupo criminoso existente na ilha, mas logo mudava o assunto para uma nova missão que na verdade não me era uma notícia tão ruim quanto foi no dia anterior - Sim senhor, voltarei no cair da noite! - Respondia prontamente.

Por fim, o homem informava sobre a localização de Frost e dizia que eu poderia falar com ele se quisesse. Sabendo que havia recolhido toda a informação que pedia ali, decidia me retirar - Muito obrigada pela atenção, senhor. Vou me retirar agora! - Mostrava um sorriso agradecido em meu rosto e logo começava a sair dali.

Partiria em direção a ala médica, onde procuraria por Frost e diria logo que o encontrasse - Senhor Frost, se lembra de mim? Sou Elizabeth, você me salvou ontem. Vim agradecê-lo por isso - Dizia a ele com um sorriso de sincera gratidão em meu rosto. Deixaria que ele respondesse, para verificar se parecia receptivo ou não, caso a primeira alternativa se confirmasse eu continuaria dizendo:

- Se não for incomodar, pode me contar alguma coisa sobre ontem? Fui colocada no meio da missão então acabei não entendendo nada mas parecia muito pessoal pra você. Como me salvou, eu gostaria de ajudar se puder… - Dizia ficando um pouco sem jeito mas ainda assim sem deixar de expressar a determinação em meu olhar.



Nome: Elizabeth Steinberg
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Espadachim/Lutador
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos:
Espada [Qualidade Profissional] - POST 01
Missão - Investigação liderada por um superior - 1.700.000 B$ - POST 04
Proficiência: História - POST 04
Proficiência: Sociologia - POST 05

Perdas: N/A
Relações com NPCs: (Depois faço, por hora só vou listando quando lembrar).

Nível: 1
Experiência: 400

PdV: 8000
STA: 100
Força: 200 +  80 (Racial) + 60 (Edc) = 340 (Regular)
Destreza: 0 (Inapto)
Acerto: 0 + 60 (EDC) = 60 (Regular)
Reflexo: 0 (Inapto)
Constituição: 200 +  80 (Racial) = 280 (Regular)

Agilidade: 30
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano:
• Dramaturgia
• Etiqueta
• Lábia
• Ameaça
• Furtividade
A única coisa que tenho é coragem

_________________

Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 Sign_Bismarck_V1_-_Tamanho_certo_borda_branca
Vincent
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação T.N.C.T.O.N.I. - Página 14 Fce235abf356e340a772bbaaecb92d1c
Créditos : 00
VincentCP 2
https://www.allbluerpg.com/t723-huang-meifeng https://www.allbluerpg.com/
Re: Operação T.N.C.T.O.N.I. Seg Out 11, 2021 11:54 pm
Operação T.N.C.T.O.N.I.
Agente:Huang MeifengRelatório:
Localização:Flevance14
Missão: -
 Havia um número relativamente grande de pessoas na rua e eu até mesmo conseguia ver Chocho acompanhada de um rapaz ao longe. Pela distância em que estávamos não conseguiria alcançá-los, mas poderia imaginar que eles também não estavam indo diretamente para o QG. Será que aquele era o namorado dela? Não que isso fosse exatamente um problema, mas seria interessante se não fosse.

Eu entrava em uma situação no mínimo engraçada pouco tempo depois quando entrava no bar para tomar café da manhã. Acabava cantando uma idosa que não pareceu nada contente com minhas palavras - Qual o problema? A senhora não gosta de receber elogios? tentava apaziguar os ânimos com um sorriso - Mas, de toda forma, me desculpa por isso manteria minha expressão. Começaria a comer juntamente da velha - Mas vem cá, a senhora mora a bastante tempo aqui? Aliás, qual é o seu nome? puxaria um assunto qualquer apenas para que o silêncio não reinasse entre nós - E o que a senhora acha da segurança na ilha? Tem visto ou ouvido sobre criminosos? continuaria fazendo questionamentos para ouvi-la falar.

Enquanto escutava suas respostas ou até mesmo reclamações sobre estar lhe incomodando, observaria o grupo de pessoas que havia entrado no estabelecimento. Talvez houvesse alguém mais interessante por ali na qual eu realmente pudesse fazer uma investida minimamente decente - Entendo, muito obrigado por suas respostas agradeceria enquanto terminava de comer. Em seguida me levantaria e acenaria na direção da idosa, que provavelmente estaria agradecendo por eu ter saído da mesa e consequentemente a deixando sozinha. Com isso, me aproximava do grupo que havia chegado recentemente do bar já com uma nova forma de abordagem na mente - A festa dos bonitos é aqui? perguntaria a quem estivesse mais perto.



Nome: Huang Meifeng
Cargo: Agente Junior – CP2
EDC: Artista Marcial
Profissão: N/A
Operação de Treinamento Naval de Combate a Trapaceiros, Ordinários, Narcotraficantes e Infames

Ganhos: Luvas, Botas
Perdas: N/A
Relações com NPCs:  
PdV: 3200
STA: 100

Força: 281  +60 +60 = 401 ~Hábil~
Destreza: 0
Acerto: 39 +40 +60 = 139 ~Regular~
Reflexo: 40 +60 = 100 ~Regular~
Constituição: 40 ~Regular~

Agilidade: 119
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0
 • Anatomia
• Interrogatório
• Lábia
• Primeiros Socorros
• Psicologia