Tópicos Recentes
Destaques
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Agnis CyrielleHoje à(s) 4:01 pmpor  Ryoma1º Capítulo: Alvorada dos Monstrorines!Hoje à(s) 11:01 ampor  Pippos[TUTORIAL] JaeggarHoje à(s) 9:31 ampor  MakaI - Desventuras em SirarossaHoje à(s) 3:18 ampor  PepeVirando a casacaHoje à(s) 2:28 ampor  Terry[P.N.D] MARINES&AGIOTAS, NÃO SÃO O MESMO?Hoje à(s) 12:38 ampor  GyathoLivro I - A CaminhadaHoje à(s) 12:37 ampor  YamiP.D.N. - Caçadores BacanosOntem à(s) 11:41 pmpor  KenshinChocho KimikoOntem à(s) 10:19 pmpor  RyomaMaka JabamiOntem à(s) 9:54 pmpor  Ryoma
 :: Oceanos :: Blues :: South Blue :: Reino Sorbet
Página 11 de 14 Página 11 de 14 Anterior  1 ... 7 ... 10, 11, 12, 13, 14  Seguinte
Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 XqxMi0y
Créditos : 15
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t386-prologo-frenesi-da-raposa#1165
1º Chapter - Wild Hunt Seg Maio 10, 2021 9:56 pm
Relembrando a primeira mensagem :

1º Chapter - Wild Hunt

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Civil Às Volkerbäll . A qual não possui narrador definido.

_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 J09J2lK

Às
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 PqslDr4
Créditos : 05
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt#894
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Seg Jul 05, 2021 8:46 pm




»» Wild Hunt ««

- Às Volkerbäll -


Ж

Um gole refrescante de cerveja bastava para sentir-me plenamente disposta outra vez, o sabor embora não fosse tão marcante quanto antes não era um problema, ainda era uma boa bebida e seu objetivo havia sido plenamente alcançado. Com o auxílio do Mizuki, havia conseguido um mapa da região portuária e com auxílio da mesma o abríamos no balcão. - Obrigada! - agradeceria, colocando o caneco de cerveja já vazio no balcão enquanto explicava brevemente a Akira o que tinha em mente, enquanto aguardava o tritão opinar a respeito do que havia descoberto à medida que observava o mapa, em busca de mais informações. - Posso imaginar algumas variações, mas é difícil saber qual seria nossa melhor abordagem. Mas acho que podemos concordar em lidar com ambos os alvos em momentos diferentes. - levava a mão ao queixo, observando Mizuki de soslaio antes de questioná-la. - A carga do navio, seria bom não danificá-la eu presumo?

Uma resposta seria crucial para nossa elaboração, lutar no navio tinha seu valor pelo fato surpresa, mas os danos que poderiam ser causados por um conflito poderiam danificar não apenas a embarcação que serviria posteriormente aos nossos interesses, como também a possibilidade de danificar a carga, algo de interesse do contratante. - Como não temos a certeza da chegada do navio também, acho que lidar com a receptora pode ser mais interessante, a enfrentamos e depois lidamos com o outro procurado, mas se formos por esse caminho...temos que impedir uma fuga. - olharia para Akira. - Mas pegá-la no porto me soa tantas coisas, ao mesmo tempo que é bom pela objetividade, é ruim porque não saberemos de onde ela veio e em qual lugar da ilha se escondem. - tocava o mapa, esperando uma resposta do ruivo para colocar-me em pensamentos e análises.

Ouviria o que o tritão teria a dizer com máxima atenção, além de sua versão do plano a qual analisaria um tempo até perceber que de fato nenhuma opção talvez me agradasse totalmente muito pelo fato de ser uma péssima estrategista. - Quer saber? Vamos até o porto, analisamos a situação e decidimos na hora. Pensamento estratégico é uma bela bosta, ainda mais quando tudo se resume em socos e chutes. - colocaria minha jaqueta, enrolando o mapa e o devolvendo para Mizuki se o tritão não quisesse discutir mais coisas a respeito. - Obrigada pelo mapa! - agradeceria mais uma vez, saindo da guilda e seguindo caminho até o porto, onde procuraria junto do tritão nos aproximarmos do ponto de encontro, onde permaneceria atenta a presença de outras pessoas ou ameaças. - Vamos esperar um pouco e acima de tudo, vamos evitar confrontos desnecessários enquanto não virmos pelo menos um dos alvos. - diria em tom baixo, atenta enquanto procurava um local onde me permitisse ter visão de todo o local.






Histórico:
Post: 27
Nome: Às Volkerbäll
Profissão: Navegadora.
Proficiências: Acrobacia | Astronomia | Condução | Navegação | Meteorologia.
Qualidades: Versátil | Destemida | Prontidão | Mestre em Haki | Duro de Matar.
Defeitos: Altruísta | Heróica | Sincera | Leal | Gulosa.
Ganhos : Proficiência Briga de Rua (Post 23 e 24)
Perdas: -x-
Localização: Guilda dos Caçadores - Reino Sorbet - South Blue






_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 1z5ndHk

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 D4ektrF
Créditos : 8
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Ter Jul 06, 2021 4:28 pm

Wild Hunt
- Falas | ~ Pensamentos



Eu havia escutado festa? Eu tenho certeza que ouvi muito bem. Ignorava por completo minha irmã se agarrando com uma mulher que era pelo menos o dobro de seu tamanho no instante em que ela havia se convidado para uma boa festança. — Às pelo jeito tá se empenhando em fazer os convites da minha festa, GHYAHAHAHAHAHA! — Dizia, rindo de um jeito muito semelhante à giganta que ia se afastando logo após. Olharia para ela indo, dando uns tapinhas no ombro de minha irmã como uma parabenização. Ela saberia pelo que. — A cada dia que passa, sinto que está cada vez mais animada com a grande festa. GHYAHAHAHAHAHA! — Ficava contente em perceber que meus sonhos estavam contagiando outras pessoas ao meu redor, afinal uma boa festa só seria possível com todos em sintonia.

Caminharia juntamente com Às até a senhorita Mizuki, que nos apresentava uma versão simplificada de tudo o que eu já havia visualizado. — É, parece fiel com o que eu vi. Notei que só há um caminho por terra aqui. — Apontaria no mapa, indicando o trajeto que seria necessário para escapar com as mercadorias. Ouvindo um pouco da ideia de minha irmã, notava que estávamos bem perto da linha de raciocínio um do outro. — Com toda a certeza Maya chegará com antecedência e ficará rondando o lugar. Precisamos concluir rápido a caçada dela antes que o navio se aproxime do porto. E então… — Apontaria para a água, fazendo um grande círculo na grande mancha azul do oceano enquanto esboçava um sorriso. — O mar é lugar dos homens-peixe, GHYAHAHAHAHAHA! Podemos interceptar o navio e as encomendas antes mesmo de gritar “terra à vista”. — Tinha total confiança em minhas habilidades na água e, graças ao meu treino com Às de surf-tritão, seria possível alcançarmos juntos o navio ainda em alto mar.

Entretanto, Às pontuava algo que seria necessário realmente uma atenção. Se derrotarmos primeiro Maya, como poderíamos mantê-la presa até que terminássemos com Leon? E mesmo que conseguíssemos restringí-la, como iria garantir que ela não seria capturada por outro oportunista? — Eu até poderia produzir um sonífero potente para tirá-la de jogo por umas boas horas… Mas é arriscado caso ela acorde antes ou alguém apareça e encontre a oportunidade perfeita para fazer dinheiro com uma procurada inconsciente... — Coçava o queixo, concluindo que talvez seria necessário algumas mudanças de planos. — Talvez nossa maior aposta seria inverter os papéis. Talvez interceptar o navio ainda em mar e já capturar Leon e as encomendas seja o plano inicial. Nesse caso, nem precisaremos ficar de olho em Maya, afinal ela vai aparecer no momento que notar o navio chegando. Ela nem vai saber que são caçadores chegando. Um verdadeiro cavalo de Tróia! — Seja lá o que Tróia significasse. Em seguida, olharia para Mizuki, que tinha mais informações do que nós. — Apenas precisamos saber do navio correto, e talvez de qual ilha eles estão vindo. Sabe um pouco mais sobre nosso futuro navio, Mizuki-kun? — Com àquelas essenciais informações, sorriria e agradeceria de maneira energética, guardando o mapa junto a nós enquanto sairia dali junto de minha irmã.

No caminho, tentaria me atualizar um pouco do que havia sido feito nas últimas horas, ainda mais para saber um pouco mais da gigante que iria comparecer em nossa festa. — Aliás, aprendi muito sobre medicamentos. Creio ser capaz de preparar algo eficiente contra a doença de Íris. — Sorriria largamente, demonstrando otimismo e energia para tentar quantas vezes fossem necessárias. — Apenas não comecei os preparativos pois seria necessário muitas horas de execução. Creio que teremos tempo de sobra quando tudo isso acabar. Vamos! Eu te mostro o que eu já vi. — Correndo um pouco mais ágil, tentaria alcançar o porto sem muita demora, indicando para Às com o olhar os locais importantes que eu havia observado.

Evitaria chamar atenção demais, apesar de ser uma tarefa árdua para mim. Ainda assim, tentaria passar como um morador das redondezas, no máximo um curioso pela região e, falando em tom baixo, diria enquanto olharia para cada trecho. — Só há um caminho de saída do Porto H, que é por aquela estrada de terra. — Com o nariz, indicava a direção das estradinhas que ficavam pela parte de trás dos hangares, que acabavam se conectando à única trilha que levaria até o centro da cidade. — Não há muitas opções. É fácil de patrulhar. Mas se fizermos o que eu sugeri… Conseguimos pegar os dois sem deixá-los com muita escapatória. — Riria baixinho, energético pela ação que teríamos durante a noite.

Entretanto, seria necessário aguardarmos devidamente por ali até o momento de nos jogarmos na água e partirmos em busca do navio de Leon. Assim, me apoiaria em um dos casebres de madeira abandonado que pudessem haver pelo porto e, sentando num local onde seríamos capaz de observar tudo com atenção, atentaria-me sempre a qualquer pessoa que fosse semelhante à Maya ou até mesmo ao Leon, sabendo que seria hora de agir antes da hora. Entretanto, não sendo o caso, nos primeiros sinais de ocultação dos raios solares eu já me ajeitava, pronto para mais uma sessão de surf até nosso objetivo entre as ondas.



  • Posts: 27
  • Ganhos:
    Cargo: Caçador de Recompensas Rank E;
    B$ 1.000.000;
    Cartazes de Serviços da Guilda (Maya e Leon, 1 milhão cada);
    Carta de Contrato para ser lido à Maya;
    Maleta com utensílios médicos:
    Conteúdo na Maleta:

    Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
    Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
    Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
    Usos: 10 usos.
    Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
    Usos: 20 usos.
    Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
    Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
    Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
    Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
    Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
    Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
    Usos: 5 usos
    Matéria Prima para Criação de Remédios:
    Itens diversos para a produção de fármacos.
    Usos: 10 usos.

    Treino para adquirir de Ambidestria
    Perícia Farmácia -> Post 25
  • Perdas: B$ 2.000.000
  • Contagem Caçador: B$ 3.000.000
  • Posts Desvantagem: 3/20
  • Players/NPCs:
    Às (irmã)
    Hollyday (irmão)
    Sophie (mãe/NPC)
    Teodor (pai/NPC)
    Mizuki (Caçadora)
    Íris (Órfã)
  • Localização: South Blue - Reino Sorbet



PdV: 4600
STA: 100

Força: 89 +80 +40 +40 = 249 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 281 +80 +40 = 401 [Hábil] +5%
Reflexo: 0 +40 = 40 [Regular]
Constituição: 30 +80 = 110 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Afinidade com HakiPor algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Duro de matarVocê continua consciente mesmo ao atingir uma porcentagem negativa de PdV, entretanto, ainda morrerá normalmente ao alcançar -21% de seus PdV.

CarismáticoVocê tem uma espécie de magnetismo natural que faz com que algumas pessoas gostem de você sem motivo aparente.

Idioma MarítimoVocê é capaz de se comunicar com criaturas marítimas através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Nadador NatoVocê é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Arcada RemovívelVocê possui dentes extremamente afiados e resistentes. Sua arcada dentária pode ser removida da sua boca e crescerá instantaneamente de forma automática. A regeneração de arcada dentária pode ocorrer uma vez a cada duas páginas.

Defeitos:

GulosoSeu estômago parece um poço sem fundo, você sempre come mais do que necessita e precisa se alimentar ao menos uma vez a cada duas páginas. Além disso, em termos mecânicos, todas as condições de faminto aplicadas em você sobem uma categoria.

AltruístaVocê constantemente coloca a vontade, os desejos e a segurança das outras pessoas sobre a sua.

ImpulsivoVocê não pensa antes de agir, comprando brigas e assumindo riscos que podem ser mortais, além de frequentemente ignorar o bom-senso padrão.

Ambição [Fazer a maior festa que o mundo já viu]Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. [Akira tem como maior objetivo de vida se tornar conhecido pelo mundo inteiro e, um dia, ser capaz de reunir pessoas de todos os cantos do mundo para uma grande festa, onde poderá compartilhar copos de sakê com grandes amigos.]

AtípicoDevido ao fato dos Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

DiscriminaçãoVocê tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e muitos podem lhe perceber como uma criatura grotesca e monstruosa. Vários humanos podem lhe tratar como uma criatura inferior e desumana pelo fato de você ser diferente deles e pelo histórico das relações entre homens-peixe e os humanos. É válido notar que nem todos partilham desse pensamento e agem dessa forma.

SegregaçãoPelo fato de ser um homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: Faixas de MãoDescrição: Um par de faixas de um tecido maleável e resistente, que serve para ser enroscado ao redor dos punhos para dar maior firmeza e capacidade de impacto.
Tipo da Arma: N/A
Qualidade: Clássica
Durabilidade: Baixa
Dano: +40 em Força/LVL
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré-esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com envolcrus as separando...  
Usos: 10 usos.
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 20 usos.
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 5 usos
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 10 usos.


_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 V8upj2D

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 YDNzcDa
HollydayRango
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 120x120
Créditos : 00
HollydayRangoCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Qui Jul 08, 2021 12:43 am
Uma refeição de amor!

O descanso de um homem que aprendeu demais!





Quando as palavras daquele velho ranzinza tocaram os meus ouvidos eu pude compreender a sua forma peculiar de amar, meu velho pai era um homem de conselhos, observação e sabedoria, ensinou desde cedo Que cada disparo tinha que ter um objetivo por isso cada palavra sua era direcionada ao ponto certo. Mas me diga como lidar com um homem que demonstra seus sentimentos tão pouco, bem, eu aprendi como lidar aos poucos. Quando chegamos no pasto próximo a casa pude me deparar com bela mulher que chamava de mãe esperando a gente com pão de queijo fresco, café acabado de ser torrado e um leite quentinho, éramos humildes mas felizes, pode passar pelo passa e ver as vacas e touros, cavalos e éguas, patos e marrecos , galinhas e galos, escutar suas conversas foi a primeira coisa que aconteceu, mas a saudade deles vem sequência.

Fazer parte da família Rango sempre era uma experiência curiosa, restaura saber onde está o restante dos meus irmãos, mas algo me dizia que eu ia descobrir logo entre uma explosão, um tiroteio, ou alguém dizendo pegar eles.

Sentado na mesa comeria um belo de um grude vou tentar ia relaxar, eu tive um dia intenso basicamente treinando e estudando, temos alguns dias antes de começar a fazer a nossa maior peleja, ela seria grande demais e não dava para fazer sozinho e nem cansado.

Porém por desencargo de consciência perguntei a minha mãe de forma breve como tão amistoso e inquisitivo:


-- Onde os "cabeça de vento" se meteram ?!

Esperava escutar a resposta para poder me preparar para meus próximos passos, se eles não estivessem ali eu teria que ir na direção deles ou aquelas previsões sobre a confusão poderiam ser só previsões supositivas.


bichaelson




- Falando com animais.
- Pensamento
- Técnica
- Fala Normal

Comentários OFF:



Histórico Rango:


Nome do Player: Hollyday Rango
Nº de Posts: 22
Perícias: Zoologia, Briga, Sobrevivência, Doma e Adestramento
Ofício: Cozinheiro
Vantagens: Ambidestra, Liderança, Prontidão, Precisão Temporal, Garras e Alpha
Desvantagens: Inimigo, Dívida ( 25 Milhões - Pagos 0 Milhões ), Extravagante e Altruista.

● Ganhos Rango:
1 Milhão de Verdinhas
Aprendizado de Veterinária


● Perdas Rango:
500 mil verdinhas

● Ferimentos Rango:
Ferimentos de Queimadura ( 6/5 ) - Curado



_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 XHHUTWQ
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 Giphy
Créditos : 26
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Qui Jul 08, 2021 6:58 pm


Turma da
Pesada





Akira E Às
Akira e Ás discutiam as diversas e possíveis aproximações que lá haviam para o que eles desejavam fazer, entre as opções discutidas, era possível ver que Mitsuki apesar de sim ser a maior interessada no sucesso de ambos, ainda assim se mostrou bem “ tímida” quando o sentido era de se pronunciar antes que a perguntassem algo diretamente, dando liberdade para que escolhessem o que fazer.

- Uma escuna, um barco com uma proporção respeitável mas, rápido para o transporte de pequenas e médias cargas, o navio principal de Leon tem um grande leão cravado na proa mas, não é certo que ele esteja usando o próprio navio em uma rota perigosa.- Ela nesse momento mostrou-se até muito bem informada, sendo infeliz o fato de que não haveria algo maior do que o tipo de barco para que identificassem, visto que o mais icônico não teria sido utilizado pelo mink naquele momento.

Mitsuki até então, não mais iria interferir até que fosse chamada novamente e dando uma boa olhada do momento em que fossem já partir, ela recolheria e guardaria o mapa afinal, outros aventureiros poderiam precisar. A morena então teria dito a eles - Boa sorte.- Com um sorriso e voz simpáticos e acolhedores ao mesmo tempo.

Partindo até o porto, com moderado tempo antes da chegada, Ás teria tomado uma posição próxima de uma barraquinha que havia sido montada pouco tempo antes da chegada deles, onde haviam majoriariamente tecidos ao qual um homem de idade mais avançada, que tinha olhos que indicavam sinais de cegueira, havia lhe oferecido o assento, com um gesto de mãos.

Com isso de onde estava a garota poderia ter visto a movimentação das pessoas com moderado conforto e sem que chamasse muita atenção, já que dada a diferença de idade e a sua falta de notoriedade, mais parecia ser filha do vendedor do que outra coisa, ou talvez até mesmo a neta.

Enquanto isso, Akira havia começado a esperar em um lugar menos movimentado, atraindo inevitavelmente alguma atenção levando a bochichos, pelo fato de cabelos ruivos não serem comuns de se ver no dia a dia mas, nada que fosse realmente preocupante.

O sol teria começado a se despedir e o clima começara a esfriar bastante, a ideia de entrar na água não era a mais convidativa mesmo para um tritão mas, nada que fosse adoecer ninguém, neste momento, Ás teria visto o senhor apoiar as costas contra a parede atrás dos dois devido ao cansaço, não lhe pedindo o banquinho em momento algum, como um verdadeiro cavalheiro, enquanto contava o dinheiro que havia conseguido da venda de suas mercadorias onde seria visível que logo ele começaria a desmontar a sua barraca.

Quando anoiteceu, a movimentação diminuiu do ponto que mesmo com algumas iluminações que começaram a ser acesas ali existindo, ainda não era um campo perfeito de visão. Ás de seu ponto de vista, poderia notar que havia alguém com vestes muito similares a de uma freira, acompanhada de pelo menos oito rapazes mais fortes, corpulentos que carregavam consigo uma espécie de carrinho de mão grande que normalmente é puxado por cavalos.



Rango





Após um dia exaustivo, o corpo pedia por um descanso maior, o silêncio que havia naquela casa no entanto, poderia ser nostálgico talvez, ao lembrar Rango de dias mais tranquilos mas, talvez também mais solitários, antes de sua família aumentar do modo como aumentou isso havia talvez guiado o mink a pensar sobre onde estariam seus irmãos naquele momento afinal, estavam quietos a algum tempo.

- As meninas até então não deram noticia mas, como elas se cuidam, tenho certeza de que arrumaram algum teto sobre a cabeça...- Ela começou a pensar a respeito das informações que ela tinha sobre o paradeiro de todos ali, de modo que pudesse atualizar Rango de forma apropriada - Akira e Às, pareciam ter um trabalho para resolver ou algo do tipo na guilda… Mas, eu não entendi muito bem, eles trouxeram consigo uma mocinha que esta dormindo lá no quarto, parecia bem fraquinha… - Sophie comentou um pouco do que viu de modo a dar peças o suficiente para que Rango montasse o quebra cabeça em sua cabeça e soubesse como seguir pelos demais ou não, havia tempo a ele o suficiente para que procurasse saber mais.

Histórico:


Número de posts: 14

Ganhos/Perdas na minha gerência: Ás Pericia briga de rua
Akira Perícia farmacia

_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 HGWnxh1
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 D4ektrF
Créditos : 8
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Sex Jul 09, 2021 3:22 pm

Wild Hunt
- Falas | ~ Pensamentos



Olhava com tamanha determinação para a face da senhorita Mizuki que ela até poderia imaginar que eu sabia o que era uma escuna. Como tritão, já havia visto centenas de embarcações flutuando por cima de minha cabeça, mas não fazia a menor ideia de suas classificações. Ao menos, a descrição apontava para uma embarcação humilde e menor do que os padrões, podendo filtrar um pouco o que encontraríamos naquela noite. — Você é a melhor, Mizuki-kun! — Após um abraço apertado de despedida, partiria em direção ao porto junto de Às, discutindo no caminho as etapas do plano que havíamos imaginado.

Seria necessário um bom esforço para me manter longe dos holofotes, mas conseguia ficar longe o bastante para ser capaz de enxergar tudo e ainda manter o anonimato. O estômago talvez não fosse tão colaborativo quanto ao plano de furtividade, uma vez que se passariam algumas horas desde a última refeição. Entretanto, antes mesmo de cogitar dar uma volta para buscar algum lanche rápido, acabava por notar o sinal de minha irmã, indicando a presença de uma pessoa de vestes familiares. — Que lugar estranho pra vir rezar… —  E então lembrava o motivo dela ser familiar, me fazendo erguer os olhos. — Aaah, é ela?! — Falava em um sussurro perto do ouvido de Às, ficando um pouco animado pela proximidade com nosso alvo.

Entretanto, o plano ia totalmente por água abaixo com a sua presença tão antecipada ali no porto. Imaginando que iriam demorar ao menos um pouco para que ela aparecesse, nossa ideia era de buscar a escuna pelo mar para então retornar com Leon rendido e interceptar Maya antes que escapasse, mas com ela dando as caras primeiro, precisávamos agir logo... — Bem… Temos duas opções. Ou você vai até lá e vê se é ela mesmo. Se for, você já parte pra ignorância. — E então olharia para a água, tentando visualizar as navegações por perto. — Ou deixamos ela por aqui esperando, vamos até onde está o barco do Leon, capturamos ele e voltamos pra cá. Ela vai nos ver chegando e vai achar que é seu contato. E ao menos ela vai ficar por aqui perto esperando, né? — Cruzaria os braços, pensativo, mas deixando que Às tomasse a decisão naquele instante.

Acabaria acatando a ideia dela, pois apesar de ter uma mente que trabalha bem sob pressão, minha fome deixava meus pensamentos mais instáveis. Caso o plano fosse interceptar a freira naquele instante, iria indicar que ela fosse na frente, enquanto eu ficaria apenas por perto para agir no instante certo. — Primeiro confere se é ela. Não to afim de bater numa freira de verdade. — Nisso, me separaria de Às, contornando o grupo que estava andando juntos com a mulher misteriosa. Numa tentativa furtiva, acabaria por me manter distante deles enquanto seguia por suas costas ao mesmo tempo em que Às poderia intercepta-los de frente.

E no instante em que o primeiro soco fosse deferido, eu dispararia com toda a velocidade nas costas do primeiro que tivesse na minha frente. Usando o carrinho como apoio, pularia por ele num movimento acrobático para já cair com o pé na cara de dois, buscando afundar seus narizes até o interior de seus crânios. — A festa acabou, Maya-chan!! — Diria com um sorriso, pronto para derrubar quantos fossem necessários para que a caçada fosse concluída. Sabendo que não deveríamos machucá-la na face, estaria pronto para revidar da maneira que fosse necessária para incapacitar todos por ali antes mesmo de terem uma boa chance de reação.

Entretanto, se a freira não fosse Maya ou Às acabasse por cogitar de irmos ao mar antes de enfrentarmos a freira, sinalizaria positivamente e me afastaria com cautela de onde estávamos até a beira-mar mais próxima. Dali, iria desabotoar minha camisa para deixar minhas escamas mais expostas, fazendo um sinal convidativo para que Às pulasse em minhas costas. — Chegaremos lá antes que perca o fôlego. Pronta pro mergulho, magrela? ghyahahahaha! — Até mesmo a risada era quase um sussurro em demonstração dos meus esforços em me manter discreto em meio a toda aquela situação.

E, sendo assim, partiria pelo mar junto de Às com o tradicional surf de tritão, cruzando inicialmente submerso até nos afastarmos o bastante da costa, onde não chamaríamos atenção de quem estivesse em terra. E só aí, acabaria por me erguer sentindo o frio travar meus músculos, mas como um bom tubarão branco não iria parar de nadar em momento algum. — Vendo alguma coisa? — Perguntaria com ela em minhas costas, me aproximando de qualquer uma das embarcações que eu julgasse se encaixar nas descrições que nos haviam sido passadas.



  • Posts: 28
  • Ganhos:
    Cargo: Caçador de Recompensas Rank E;
    B$ 1.000.000;
    Cartazes de Serviços da Guilda (Maya e Leon, 1 milhão cada);
    Carta de Contrato para ser lido à Maya;
    Maleta com utensílios médicos:
    Conteúdo na Maleta:

    Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
    Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
    Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
    Usos: 10 usos.
    Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
    Usos: 20 usos.
    Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
    Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
    Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
    Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
    Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
    Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
    Usos: 5 usos
    Matéria Prima para Criação de Remédios:
    Itens diversos para a produção de fármacos.
    Usos: 10 usos.

    Treino para adquirir de Ambidestria
    Perícia Farmácia -> Post 25
  • Perdas: B$ 2.000.000
  • Contagem Caçador: B$ 3.000.000
  • Posts Desvantagem: 4/20
  • Players/NPCs:
    Às (irmã)
    Hollyday (irmão)
    Sophie (mãe/NPC)
    Teodor (pai/NPC)
    Mizuki (Caçadora)
    Íris (Órfã)
  • Localização: South Blue - Reino Sorbet



PdV: 4600
STA: 100

Força: 89 +80 +40 +40 = 249 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 281 +80 +40 = 401 [Hábil] +5%
Reflexo: 0 +40 = 40 [Regular]
Constituição: 30 +80 = 110 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Afinidade com HakiPor algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Duro de matarVocê continua consciente mesmo ao atingir uma porcentagem negativa de PdV, entretanto, ainda morrerá normalmente ao alcançar -21% de seus PdV.

CarismáticoVocê tem uma espécie de magnetismo natural que faz com que algumas pessoas gostem de você sem motivo aparente.

Idioma MarítimoVocê é capaz de se comunicar com criaturas marítimas através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Nadador NatoVocê é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Arcada RemovívelVocê possui dentes extremamente afiados e resistentes. Sua arcada dentária pode ser removida da sua boca e crescerá instantaneamente de forma automática. A regeneração de arcada dentária pode ocorrer uma vez a cada duas páginas.

Defeitos:

GulosoSeu estômago parece um poço sem fundo, você sempre come mais do que necessita e precisa se alimentar ao menos uma vez a cada duas páginas. Além disso, em termos mecânicos, todas as condições de faminto aplicadas em você sobem uma categoria.

AltruístaVocê constantemente coloca a vontade, os desejos e a segurança das outras pessoas sobre a sua.

ImpulsivoVocê não pensa antes de agir, comprando brigas e assumindo riscos que podem ser mortais, além de frequentemente ignorar o bom-senso padrão.

Ambição [Fazer a maior festa que o mundo já viu]Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. [Akira tem como maior objetivo de vida se tornar conhecido pelo mundo inteiro e, um dia, ser capaz de reunir pessoas de todos os cantos do mundo para uma grande festa, onde poderá compartilhar copos de sakê com grandes amigos.]

AtípicoDevido ao fato dos Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

DiscriminaçãoVocê tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e muitos podem lhe perceber como uma criatura grotesca e monstruosa. Vários humanos podem lhe tratar como uma criatura inferior e desumana pelo fato de você ser diferente deles e pelo histórico das relações entre homens-peixe e os humanos. É válido notar que nem todos partilham desse pensamento e agem dessa forma.

SegregaçãoPelo fato de ser um homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: Faixas de MãoDescrição: Um par de faixas de um tecido maleável e resistente, que serve para ser enroscado ao redor dos punhos para dar maior firmeza e capacidade de impacto.
Tipo da Arma: N/A
Qualidade: Clássica
Durabilidade: Baixa
Dano: +40 em Força/LVL
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré-esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com envolcrus as separando...  
Usos: 10 usos.
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 20 usos.
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 5 usos
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 10 usos.


_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 V8upj2D

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 YDNzcDa
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 PqslDr4
Créditos : 05
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt#894
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Sex Jul 09, 2021 5:32 pm




»» Wild Hunt ««

- Às Volkerbäll -


Ж

O mesmo tipo de embarcação que eu costumava praticar. - o comentário pontual vinha com a informação precisa de Mizuki, o olhar confiante de Akira podia enganar a mulher mas não a mim, ele pouco havia entendido a informação, mas o pouco que entendia das capacidades médicas do tritão pelo menos poderia ser compensado com meu conhecimento de embarcações. - Um navio mais longo, de baixa altura com um leão na frente, se concentre somente nessas descrições e estaremos no caminho certo. - comentava de maneira direta com o ruivo, antes de sairmos da guilda rumo ao porto. O dia ainda se mantinha firme, mas não demoraria muito para a noite começar a cair. Nos separamos assim que chegamos ao local, mas fazia questão de, na medida do possível, sempre ter uma visão clara da localização do rapaz enquanto encontrava próximo uma barraca, um bom local para aguardar e permanecer atenta aos arredores. - Obrigada, mas não precisa se preocupar, estou bem. Espero que não se importe se eu ficar aqui por um tempo! - gentilmente agradecia o gesto cortês, mas recusava sentar-me na cadeira, permanecendo próxima da barraca até a barra da noite, enfim superar o dia e escuridão começar a cair.

Aos primeiros sinais de cansaço do velho, prontamente me ofereci para ajudá-lo no desmonte da barraca, enquanto usaria daquilo para continuar a observar meus arredores até enfim perceber a aproximação de figuras suspeitas no local. - Com licença! - diria, terminando de arrumar os últimos tecidos caso estivesse com algum em mãos, buscando avançar longe da visão daquelas figuras até um ponto onde pudesse chamar Akira com um gesto manual. - Não acho que tenha vindo pra isso… - respondia de bate pronto, com a velocidade e sutileza necessária para denotar não apenas minha cautela como também para lembrar Akira que um dos alvos era também uma ‘freira’. - Vou até ela, lidamos com eles primeiro. Se a Escuna aparecer durante uma luta, ela ainda será mais lenta do que você, então não deverá ser um problema segui-la. O que já é diferente se eles fugirem. - indicava o grupo que seguia a freira, calmamente dando os primeiros passos em direção a eles. - Fique esperto! - diria.

Noite fria não é mesmo? - falaria em um tom suave e calmo, tentando colocar-me na frente do caminho deles, como se fosse alguém que tivesse acabado de desembarcar. - Vim me certificar de que não haveria intrusos para a entrega! - colocava as mãos nos bolsos, observando todos e especialmente a freira. - Você é a cliente do Leon? Maya?! - a questionaria de maneira direta e não me intimidaria ou esboçaria receio caso fosse questionada a respeito da veracidade de minhas palavras. - Ora, mas estou falando a verdade. Vim me certificar de que nada saia errado na entrega… - as palavras sairiam sinceras, especialmente se confirmasse que era Maya. - ...até porque, não é sempre que se consegue uma escuna de graça! - sorriria, entregando obviamente meu conhecimento sobre o encontro. - Poderia se entregar por gentileza? - não esperava ser capaz de falar tranquilamente a partir de tal momento, mas o olhar atento se mantinha fixo nas ameaças e no alvo em questão, em prontidão não perderia tempo em responder a um ataque, na mesma moeda ou mesmo iniciando o conflito caso as figuras se mostrassem cautelosas.

A passos rápidos iniciaria um investida, acompanhando o movimento daqueles homens e atenta aos primeiros sinais de Akira na luta, diferente do dia anterior não havia porque economizar meus braços, com um gingado característico, balançaria o corpo em esquivas precisas, aproveitando de minha velocidade e jogo de pés, junto aos braços sempre próximos do corpo em uma guarda alta, posicionar-me de maneira efetiva a fim de encaixar socos no exato momento em que conseguisse uma boa esquiva, priorizando um nocaute poderoso com o máximo de força em cruzados por cima da linha de soco inimiga ou ganchos vindo de um posição lateral dando um uso efetivo a minha velocidade e força. Mas se engana quem pensar que usaria apenas o estilo de esquiva natural de pugilistas, com receio de golpes abaixo da linha de minha cintura, usaria de minha acrobacia para executar movimentos mais complexos, onde usaria do fluxo natural de meus movimento para encaixar chutes visando atingir sempre o rosto ou joelho de meus oponentes para uma incapacitação rápida. Se Maya fosse direto para a luta, priorizaria socos na altura de seu abdômen e chutes rasteiros e na altura das costelas, a fim de preservar sua face. Abriria distância somente se fosse necessário, do ponto que assim que conseguisse um espaço significativo, passaria a me mover ao redor dos alvos, usando de acrobacias para evitar seus ataques, enquanto atenta, esperaria um momento oportuno para explorar suas brechas.










Histórico:
Post: 28
Nome: Às Volkerbäll
Profissão: Navegadora.
Proficiências: Acrobacia | Astronomia | Condução | Navegação | Meteorologia.
Qualidades: Versátil | Destemida | Prontidão | Mestre em Haki | Duro de Matar.
Defeitos: Altruísta | Heróica | Sincera | Leal | Gulosa.
Ganhos : Proficiência Briga de Rua (Post 23 e 24)
Perdas: -x-
Localização: Porto - Reino Sorbet - South Blue






_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 1z5ndHk

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 ZaT0xpq
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 Giphy
Créditos : 26
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Sab Jul 10, 2021 5:39 pm


Turma da
Pesada




[size=16]
[color=#ff3333]Akira E Às Tendo ambos a exploração de seus próprios sentidos e também de suas percepções, haviam ali  reunido-se para discutirem qual seria o próximo passo, haviam visto que havia alguém que se encaixou no perfil de Maya e antes de tudo, questionar se realmente era o seu alvo se fazia extremamente importante, do contrário quem seria o real vilão seriam os dois.

A abordagem direta havia sido a escolha e do momento em que Ás se aproximou, não restou dúvidas de que tratava-se da própria o mesmo ocorreu também a Akira  que se havia algum plano para uma abordagem sutil, ela havia sumido antes mesmo que pudesse ter um efeito, a freira levantou uma das mãos de modo que dois dos brutamontes avançariam contra a dupla e o avanço da morena acompanhou a do tritão,  enquanto um soco fora dado de um lado, um bom chute  levou o outro a lona de modo que o botão de desligar dos dois brutamontes rapidamente fora pressionado de modo que o chão  foi aquilo que eles encontraram de maneira tão rápida que se abria o questionamento, esses caras realmente sabiam lutar?

No entanto, havia ali recuado mais uns passos enquanto comentou - Ara Ara… Não se fazem mais bons burros de carga…-  A freira comentou, enquanto era possível a ver colocando a mão na cintura de modo que ali ela teria colocado duas tonfas, que  era possível de se ver que não eram normais, pois haviam colorações diferentes no lado exterior e também na ponta, descobrir não parecia ser lá a melhor das opções naquele momento, então um avanço simples sem levar isso em consideração, não seria tão sábio assim e mesmo Ás, teria uma expertise no momento para pensar em suas próximas ações baseadas nessa informação.

- Vocês dois, levem os caídos e avisem que a informação vazou.- Ela então jogou um caramujo para um deles que partiu correndo, enquanto o outro mais lento, levou um tempo a mais para correr, Maya parecia muito segura de enfrentar os dois.
Histórico:


Número de posts: 15

Ganhos/Perdas na minha gerência: Ás Pericia briga de rua
Akira Perícia farmacia

_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 HGWnxh1
Às
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 PqslDr4
Créditos : 05
ÀsDesigner
https://www.allbluerpg.com/t271-as-e-volkerball#780 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt#894
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Sab Jul 10, 2021 9:41 pm




»» Wild Hunt ««

- Às Volkerbäll -


Ж

De fato, talvez não fizessem mais capangas como antigamente, mas considerando a posição de Maya como mais uma capanga de um peixe ainda maior, seria bom ela pelo menos não se encaixar dentro de suas próprias percepções. - Ok, isso foi ridiculamente fácil! -  reclamava com Akira assim que derrubamos os primeiros dois oponentes, observando os demais como se os provocasse para que viessem ao conflito, no entanto Maya não poupou tempo em colocar-se na linha de frente, coordenando seus homens para que recuassem com o intuito de comunicar que o encontro havia sido descoberto. - Consegue parar aqueles idiotas? -  questionava imediatamente o ruivo, com olhos fixos nas tonfas agora claramente evidentes nos braços da freira, a simples visão delas ligava-me um alerta de perigo e pude sentir enfim o tremor de preocupação e nisso preciso ser sincera, sentir tal inquietação de certa maneira me fazia ainda mais motivada para lutar. - Começou...finalmente começou! -  pensava em um instante de puro silêncio que precederam o evidente ataque.

As preocupações que me cercavam eram prioritariamente garantir que Akira conseguisse empreender uma perseguição contra os demais alvos e além disso, o evidente aumento de alcance por parte da mulher com o uso das tonfas. Assim, partiria ao ataque no mesmo instante em que o ruivo decidisse agir, o objetivo era impedir qualquer oportunidade da mulher atrapalhar o tritão e para isso me colocaria a sua frente levando-me em velocidade em posição de combate cessando o avanço quando estivesse bem próxima dela a fim de instigar seu ataque o qual estaria preparada para retaliar com um chute frontal, buscando superar seu alcance neste instante. - Vamos manter isso só entre nós, pode ser? -  diria, caso conseguisse interceptar seu ataque ou ter êxito numa primeira investida.

Com o olhar atento, permaneceria observando suas tonfas e a maneira com a qual ela se movia, mantendo-me alerta especialmente pelo espaço entre nós. - Não poder atacar o rosto é um pé no saco! -  resmungava em pensamento, preparando-me para uma segunda investida. Avançaria em uma explosão de velocidade mantendo a guarda baixa até chegar a próximo dela e girar o corpo em um movimento de baixa altura, executando assim uma forte e rápida rasteira a qual usaria do fluxo do movimento para executar um chute de baixo para cima com a outra perna, neste momento usaria da reação da mulher para definir o fim do ataque, atingindo-a na barriga caso houvesse a brecha ou seguindo com a perna em um movimento de pinça, dobrando-a para segurar seu braço de ataque e puxá-la em minha direção enquanto usaria a outra perna para tomar impulso com o intuito de encaixar uma joelhada em seu torso enquanto mantinha as mãos livres para evitar a ação de seus outros membros caso fosse necessário.

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 Giphy

Se não conseguisse um efetivo êxito em meus golpes, me concentraria em evitar se atingida pelas tonfas, gingando o corpo de forma veloz e efetiva até encontrar um momento oportuno de contra ataque, o qual moveria meu corpo para o lado e realizaria um súbito movimento lateral de forma a reduzir drasticamente a distância entre nós duas antes de levar meus punhos em um golpe simultâneo em seu abdômen e peito. Não teria intenções de recuar mais que o necessário, mas se a mulher se mostrasse demasiadamente rápida, usaria de minhas acrobacias para evitar o movimento inesperado das tonfas, rodeando-a, atiçando suas investidas a fim de cansá-la. - Você trabalha para o Cartel não é mesmo? -  diria a ela, em dado momento. - O que acha de compartilhar comigo o que sabe? Assim todos saem ganhando! -  mantinha a altivez na fala, ainda que talvez não estivesse em condições para tal, sem perder é claro o foco na mulher.





Histórico:
Post: 29
Nome: Às Volkerbäll
Profissão: Navegadora.
Proficiências: Acrobacia | Astronomia | Condução | Navegação | Meteorologia.
Qualidades: Versátil | Destemida | Prontidão | Mestre em Haki | Duro de Matar.
Defeitos: Altruísta | Heróica | Sincera | Leal | Gulosa.
Ganhos : Proficiência Briga de Rua (Post 23 e 24)
Perdas: -x-
Localização: Porto - Reino Sorbet - South Blue





_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 1z5ndHk

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 ZaT0xpq
Yami
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 D4ektrF
Créditos : 8
Localização : Reino Sorbet
YamiEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t343-shimizu-d-akira#1013 https://www.allbluerpg.com/t297-1-chapter-wild-hunt
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Sab Jul 10, 2021 11:55 pm

Wild Hunt
- Falas | ~ Pensamentos



Por um momento, olhava para os céus em busca de misericórdia divina por estar cogitando encher uma freira de sopapo, mas por sorte ela era realmente quem estávamos procurando. Um belo chute e um soco bem encaixado foram o bastante para nocautear dois dos guardas, que demonstravam ter uma aparência intimidadora, mas corpos fracos para combate. — É HORA DE ESMAGAR TUDO!!! — Minhas narinas bufavam enquanto eu batia no peito igual a um gorila, cheio de energia e achando que eu era capaz de partir o mundo em dois com um golpe se quisesse.

Mas parecia que a freira era quem tinha planos de nos enfrentar, deixando os capangas saírem disparados para dar um aviso de que o encontro estava frustrado. Imaginando que o aviso acabaria alertando Leon, meus olhos imediatamente travavam no caramujo que era entregue ao homem que saía em disparada, me fazendo dar o primeiro passo em sua direção no mesmo instante. — Segura a onda aí! Já volto!! — E, mesmo que preferisse que a corrida estivesse sendo feita no mar, começaria uma corrida em direção ao brutamontes que tentava escapar impune, deixando minha irmã lidando com a caçadora em um primeiro momento.

Ignoraria por completo o brutamontes que havia se atrapalhado e demorado para correr, talvez dando apenas uma rasteira rápida nele caso teimasse em me atrapalhar. O outro, entretanto, seria uma linha de chegada no qual eu estava totalmente disposto a alcançar. O enxergava quase como uma festa me aguardando de tanta energia que eu daria em meus pés para avançar em sua direção. — Eeei, me espera, moço! — Diria inocentemente, me esquecendo por um instante de que eu iria quebrar ele no soco caso o alcançasse.

E, caso os brutamontes tivessem acatado as ordens de Maya de maneira correta, eles deveriam estar carregando os corpos dos dois que haviam desmaiado, o que me daria uma vantagem por não estar carregando peso algum. Além disso, por mais que eu não fosse crescido naturalmente em terra firme, ainda assim havia aperfeiçoado minha velocidade a ponto de ser até mesmo melhor do que Ás em uma disparada, contando ainda com meu meu vigor e músculos que me colocavam a um patamar superior a de humanos comuns. Aquele cara não tinha chance alguma!

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 Samurai-champloo-bomb-gif-6

E independentemente de como seria feita a perseguição, me adaptaria a todos os obstáculos que fossem postos entre nós. Se o homem estivesse jogando objetos no caminho, seria melhor ainda pois os utilizaria como suporte para fazer saltos acrobáticos, tentando me impulsionar para ainda mais perto dele ainda durante a corrida. Se ele resolvesse parar para me enfrentar, o interceptaria antes mesmo que ele pudesse recuperar o fôlego perdido pela corrida e resolvesse falar algo rápido naquele comunicador. Avançaria com tudo, como um tubarão diante de um cardume de sardinhas, partindo em um movimento de ziguezague de modo a me tornar imprevisível.

Ao alcançá-lo, o avanço seria o mesmo para o caso de interceptá-lo em meio a corrida ou de enfrentá-lo frente a frente. Com um salto, faria com que minha mão assumisse uma forma de garra, disparando como um bote de serpente em seu pescoço para levá-lo ao chão com todo o impacto. Se me fosse deferido algum golpe, utilizaria de meu braço esquerdo para redirecionar seu ataque para outra direção, deixando a brecha aberta para minha investida relâmpago.

Se houvesse uma breve abertura em suas defesas e o caramujo estivesse à vista, direcionaria meu ataque para agarrar a criatura, roubando-a para mim para torná-lo um alvo de menor periculosidade. A maior ameaça que ele representava era de avisar ao Leon sobre o que havia acontecido, portanto se eu removesse suas comunicações, seria um alvo que não me preocuparia caso fugisse, mas isso também não estava em meus planos. E assim, assumindo a postura clássica do Ryusui Gansai-ken, aplicaria dezenas de golpes pelo tórax de meu oponente, enfiando a ponta de meus dedos entre as fibras de seu músculos como agulhas de acupuntura, explorando aplicar todo o impacto de meus golpes em seu interior.

Não pararia de correr atrás dele em nenhuma circunstância, mesmo que isso me levasse ao outro lado da ilha. Se eu estivesse perdendo terreno em um momento próximo da água, saltaria para o mar para me dar um impulso de velocidade para então encontrá-lo por terra. E, assim, com o alvo eliminado e o comunicador em minha posse, suspiraria para recuperar o fôlego. — Aguente firme, Às. Já tô voltando!!



  • Posts: 29
  • Ganhos:
    Cargo: Caçador de Recompensas Rank E;
    B$ 1.000.000;
    Cartazes de Serviços da Guilda (Maya e Leon, 1 milhão cada);
    Carta de Contrato para ser lido à Maya;
    Maleta com utensílios médicos:
    Conteúdo na Maleta:

    Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
    Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
    Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com invólucros as separando...  
    Usos: 10 usos.
    Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
    Usos: 20 usos.
    Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
    Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
    Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
    Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
    Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
    Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
    Usos: 5 usos
    Matéria Prima para Criação de Remédios:
    Itens diversos para a produção de fármacos.
    Usos: 10 usos.

    Treino para adquirir de Ambidestria
    Perícia Farmácia -> Post 25
  • Perdas: B$ 2.000.000
  • Contagem Caçador: B$ 3.000.000
  • Posts Desvantagem: 4/20
  • Players/NPCs:
    Às (irmã)
    Hollyday (irmão)
    Sophie (mãe/NPC)
    Teodor (pai/NPC)
    Mizuki (Caçadora)
    Íris (Órfã)
  • Localização: South Blue - Reino Sorbet



PdV: 4600
STA: 100

Força: 89 +80 +40 +40 = 249 [Regular]
Destreza: 0 [Incompetente]
Acerto: 281 +80 +40 = 401 [Hábil] +5%
Reflexo: 0 +40 = 40 [Regular]
Constituição: 30 +80 = 110 [Regular]

Agilidade: 220
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: 0

Qualidades:

Afinidade com HakiPor algum razão, você tem uma facilidade natural para compreender a manipulação e o conceito de Haki, por conta disso, você pode escolher aprender o Haki do Armamento ou Haki da Observação no nível oito, aprendendo o Haki seguinte normalmente no nível dez.

Duro de matarVocê continua consciente mesmo ao atingir uma porcentagem negativa de PdV, entretanto, ainda morrerá normalmente ao alcançar -21% de seus PdV.

CarismáticoVocê tem uma espécie de magnetismo natural que faz com que algumas pessoas gostem de você sem motivo aparente.

Idioma MarítimoVocê é capaz de se comunicar com criaturas marítimas através de certo esforço. É importante frisar que essa qualidade garante apenas a capacidade de comunicar-se com as criaturas, não controlá-las.

Nadador NatoVocê é capaz de respirar debaixo d’água e ganha 10% de agilidade ao se locomover dentro d’água.

Arcada RemovívelVocê possui dentes extremamente afiados e resistentes. Sua arcada dentária pode ser removida da sua boca e crescerá instantaneamente de forma automática. A regeneração de arcada dentária pode ocorrer uma vez a cada duas páginas.

Defeitos:

GulosoSeu estômago parece um poço sem fundo, você sempre come mais do que necessita e precisa se alimentar ao menos uma vez a cada duas páginas. Além disso, em termos mecânicos, todas as condições de faminto aplicadas em você sobem uma categoria.

AltruístaVocê constantemente coloca a vontade, os desejos e a segurança das outras pessoas sobre a sua.

ImpulsivoVocê não pensa antes de agir, comprando brigas e assumindo riscos que podem ser mortais, além de frequentemente ignorar o bom-senso padrão.

Ambição [Fazer a maior festa que o mundo já viu]Você tem uma meta ou objetivo de vida claro e não mede esforços para alcançá-lo. Pode-se tratar de alcançar um posto, adquirir um objeto ou realizar uma mudança no mundo, você aproveitará toda oportunidade que tiver para se aproximar de seu objetivo. [Akira tem como maior objetivo de vida se tornar conhecido pelo mundo inteiro e, um dia, ser capaz de reunir pessoas de todos os cantos do mundo para uma grande festa, onde poderá compartilhar copos de sakê com grandes amigos.]

AtípicoDevido ao fato dos Homens-Peixe não serem tão comuns e não se tratarem de uma raça tão populosa quanto os humanos, eles têm um alto preço no mercado de escravos, o que sempre pode vir a ser um problema.

DiscriminaçãoVocê tem uma aparência incomum quando comparado aos humanos e muitos podem lhe perceber como uma criatura grotesca e monstruosa. Vários humanos podem lhe tratar como uma criatura inferior e desumana pelo fato de você ser diferente deles e pelo histórico das relações entre homens-peixe e os humanos. É válido notar que nem todos partilham desse pensamento e agem dessa forma.

SegregaçãoPelo fato de ser um homem-peixe, você é proibido de ingressar na Marinha ou no Governo Mundial (contudo ainda pode fazer a vida como um Caçador de Recompensas).

Primeiros SocorrosVocê sabe tratar ferimentos externos, de gravidade simples ou moderada, além de ser capaz de ministrar o tratamento inicial de qualquer tipo de ferimento. A proficiência primeiros socorros contempla ações como: parar sangramentos, fazer curativos, mitigar danos e similares.

CirurgiaVocê é capaz de tratar ferimentos graves e internos, desde que esteja em posse dos instrumentos apropriados.

AnatomiaVocê conhece o funcionamento e estrutura do corpo dos humanóides, sabendo identificar órgãos, artérias, veias, músculos e todo o resto.

DiagnoseVocê conhece diversas doenças, sabendo identificar seus sintomas e quadro de evolução, além disso, sabe ministrar os tratamentos para frear ou erradicar a doença, se existentes.

AcrobaciaVocê possui um corpo flexível e é capaz de dar saltos elaborados e piruetas, além disso, consegue equilibrar-se em várias superfícies, fazer malabarismo e sabe como amortecer suas quedas.


Profissão:
MédicoOs médicos são especialistas em saúde humana e/ou animal, sabendo preservar a saúde de seus companheiros e sendo capaz de tratar os mais diversos ferimentos.

Bônus: Jogadores médicos são extremos conhecedores do corpo humano, assim sendo, são capazes de aplicar e encerrar condições por meio de tratamentos, criações e técnicas, além disso, podem tratar qualquer ferimento.


Arma: Faixas de MãoDescrição: Um par de faixas de um tecido maleável e resistente, que serve para ser enroscado ao redor dos punhos para dar maior firmeza e capacidade de impacto.
Tipo da Arma: N/A
Qualidade: Clássica
Durabilidade: Baixa
Dano: +40 em Força/LVL
Estado: Nova


Maleta Médica
Kit de Bandagens: Contém 30 bandagens para tratamento de feridos e 10 talas junto deles para caso haja necessidade.  
Bisturi: Extremamente afiado e fino, feito para uso cirúrgico.
Kit de Agulha Esterilizada: 10 agulhas pré-esterilizadas para facilitar tratamentos rápidos, são vendidas num pacote lacrado e com envolcrus as separando...  
Usos: 10 usos.
Álcool: Uma garrafa de 2l de álcool para fins diversos.
Usos: 20 usos.
Estetoscópio: Um instrumento usado por médicos para ouvir as batidas do coração entre outros barulhos internos.
Medidor de Pressão: Um medidor de pressão arterial para fins médicos.
Remédios: Remédios de uso comum,  antigripal, antiinflamatório, remédio para tosse e Soro fisiológico.
Usos: 5 usos. (um uso para cada um)
Espaço no inventário: 0.5 por unidade.
Sedativos: Aqui se encontram sedativos, como morfina e afins. Especifique qual o sedativo na hora da compra. (Morfina)
Usos: 5 usos
Matéria Prima para Criação de Remédios:
Itens diversos para a produção de fármacos.
Usos: 10 usos.


_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 V8upj2D

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 YDNzcDa
Sasha
Ver perfil do usuário
Imagem : 1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 Giphy
Créditos : 26
SashaCriador de Conteúdo
https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Re: 1º Chapter - Wild Hunt Dom Jul 11, 2021 11:00 pm


Turma da
Pesada





Às e  Akira



De certo modo tornou-se claro como deveria ser a divisão dentro da batalha, era tão importante capturar Maya como também era perseguir os homens que fugiam pois eles poderiam por tudo a perder e com isso ambos departiram em suas próprias missões.

Às, com sua inimiga já escolhida partiu para o ataque,  de modo a encurralar Maya, uma vez que ela não poderia ir atrás de Akira desde que ela cumprisse bem o seu papel de pressioná-la, e isso veio através de um posicionamento que parou o avanço da freira antes mesmo dele começar, era como se tivessem sintonia de maneira incrivelmente conveniente pro momento.

Neste momento, um movimento similar a um cruzado usando a tonfa chocou-se contra o chute de Às de modo que isso formentou o seu plano de segurá-la já que ambas disputavam forças naquele momento de modo que qualquer minima variação de seu máximo, culminaria em um golpe poderoso da adversária que poderi aculminar em um fim precoce da batalha.

- Não é bem o tipo de batalha que eu gostaria de ter… Isso é problemático.- Maya também resmungou, demonstrando algum rabujo, onde cedendo a força enquanto movimentava o seu corpo de maneira circular avançando para dentro da bolha de Ás, isso geraria uma posição que no momento era mais confortável para a freira que pareceu avançar em direção ao seu rosto com uma velocidade e intensidade incríveis, o que forçaria a cabeça de Ás a recuar, fazendo o golpe passar extremamente perto de modo que sentiu o vento do ataque muito próximo de seu nariz.

Abaixou então sua postura para uma segunda investida que na explosão de velocidade de  Às, a possibilitou  abaixar a sua guarda para uma rasteira ao qual, como resposta o recuo de Maya fora o modo como ela evitou a primeira ofensiva, permitindo assim uma brecha surgiu para que um poderoso soco fosse realizado jogando Maya ainda mais para trás, sendo visível o desconforto respiratório da mesma antes que pudesse se reestabelecer.

Enquanto isso, Akira correu atrás  dos homens que corriam dele  de modo que derrubar o primeiro que hesitou foi um trabalho rápido, no entanto o outro mesmo carregando peso pareceu ter uma resistência muito impar para manter-se veloz mesmo carregando o peso que    ele estava carregando e no inevitável alcançar do ruivo, ele se jogou primeiramente ao chão de modo a amortecer a queda do companheiro que ele levava, de modo que ele colocou o caramujo mais próximo do centro do corpo e curvou-se protegendo o caramujo como se aquilo lhe fosse o bem mais precioso, ele não parecia ter intenção de lutar naquele momento mas, estava disposto a proteger aquilo com uma determinação tão grande que se fazia válido talvez uma outra abordagem?

Histórico:


Número de posts: 16

Ganhos/Perdas na minha gerência: Ás Pericia briga de rua
Akira Perícia farmacia

_________________

1º Chapter - Wild Hunt - Página 11 HGWnxh1