All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Zulkras
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Takamoto Lisandro Ter Abr 16, 2024 1:40 pm

» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Oni Ter Abr 16, 2024 9:27 am

» [TUTORIAL] - MAURICE
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Maurice Seg Abr 15, 2024 12:06 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor mestrej Sáb Abr 13, 2024 6:07 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
Vida Longa Ao Marinheiro Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Vida Longa Ao Marinheiro

Ir para baixo 
3 participantes
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Shiori

Shiori


Créditos : 93

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyTer Jan 31, 2023 9:13 pm



Vida Longa Ao Marinheiro


Akira Sato [Marinheiro]

não possui narrador definido.
Aberta

_________________

Vida Longa Ao Marinheiro TdL7Dnm

Vida Longa Ao Marinheiro Cu3VnKr
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 04, 2023 8:50 pm

“plim” Akira abre os olhos e se vê em um beco “plim” algumas gotas começam a cair indicando que começaria a chover “plim” Akira sabia bem onde estava era aquele maldito beco onde seu amigo morreu “plim” Akira começa a ouvir sons de paços ele tenta se virar para ver quem era, mas não consegua seu corpo estava paralisado “plim” outro paço “plim” outra gota “plim” outro paço a pessoa parecia estar se movendo no momento em que as gotas caiam “plim” alguém coloca a mão no ombro de Akira quando isso acontece seu corpo finalmente responde e ele vira quando ele vira ele vê por um  
segundo seu amigo Hiroki com o seu sorriso carismático, mas quando Akira pisca Hiroki se transformou em um cadáver sendo comido por baratas.

Akira acorda assustado e molhado por suor, ele senta na ponta da cama e começa a conter 1 a 100 pulando sempre o número 7 após se acalmar ele se e vai trocar suas roupas, depois ele vai escovar os dentes, pegar sua caneta e seu bloco de notas e vai tentar ir em direção ao refeitório do quartel para seu cafe da manhã.

Histórico:

Objetivos:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyQua Mar 08, 2023 2:37 pm



Akira acordou encharcado em sua cama após um terrível pesadelo. Ele estava sozinho em seu quarto localizado no interior do QG G-06 da Marinha de Las Camp, era um cômodo pequeno com apenas uma cama, um armarinho para guardar suas roupas, uma pequena escrivaninha e uma cadeira. O cheiro de mofo era predominante no ambiente que só tinha uma pequena janela circular para fazer a circulação de ar. Ainda sofrendo da ansiedade provocada pelo seu sonho, Akira sentou na ponta da cama e começou uma contagem até que voltasse a se acalmar e estabilizar sua respiração ofegante.

Agora tranquilo, Sato pode dar prosseguimento ao seu dia, foi até o banheiro do navio fazer sua higiene pessoal, trocou as roupas suadas e depois retornou ao quarto para buscar sua caneta e bloco de notas. Feito tudo isso ele estava pronto para o café da manhã, e já sabendo o caminho até o refeitório, seguiu tranquilamente até o enorme salão do navio onde este se localizava. Por ter chegado relativamente mais cedo que a maioria, o lugar ainda não tinha mais do que uma dúzia de pessoas, mas em poucos minutos seria possível ver muitos marinheiros chegando para fazer a primeira refeição do dia.

O refeitório era bem arejado por conta de suas várias janelas e o ambiente era em maioria ocupado por diversas mesas de madeira bem compridas e cercadas por bancos do mesmo material. Ao final do refeitório havia uma mesa com açúcar, copos, jarras e garrafas térmicas onde era possível se servir à vontade de água, leite, café ou suco, que é sempre de manga ou abacaxi. Atrás da mesa de bebidas estava a cozinha, uma área restrita, mas que era integrada ao ambiente por um passa-pratos, e através dele funcionários da cozinha entregavam a bandeja padrão para os marinheiros que faziam fila no refeitório. No café da manhã de hoje eles serviram uma geleia de goiaba, duas torradas de pão de forma, duas barras de cereal caseiras e uma fruta tropical a sua escolha: duas bananas, metade de um mamão, fatias de abacaxi, uma manga ou uma goiaba.

Por não ainda não ter fila, Akira poderia facilmente pegar aquilo que desejasse e em seguida sentar na mesa que quisesse, pois a maioria encontrava-se vazia. Durante a sua refeição, nada de interessante aconteceria para fixar a sua atenção ou atrapalhá-lo, portanto o espadachim poderia comer com calma toda a sua comida enquanto observava as pessoas chegando no local e enchendo as outras mesas. Após bons minutos, Akira sabia que o horário do café da manhã já estava chegando ao fim e em breve algum superior iria aparecer ali para chamar os marinheiros para os trabalhos do dia. Que tipo de trabalho será que o espadachim receberá hoje?

Histórico:

OFF e Dicas:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyQua Mar 08, 2023 9:13 pm

Após comer seu cafe da manhã se certificando de não ter desperdiçado nada, Akira começa a pensar em como sera sua primeira missão, ele não esperava nada muito grandioso como prender um grupo de piratas, na verdade, ele pensava em coisas mais simples como recolher o lixo da cidade ou varrer a rua, mas independente da sua missão ele queria apenas uma coisa "Deus por favor que eu não encontre os homens do Coronel Dylan" Akira não gostava muitos dos métodos que Dylan usava para manter a ordem em Las camp e isso também se aplicava aos seus subordinados e Akira não tinha muita paciência para aguentar esse tipo de gente e ele não queria arrumar uma briga no seu primeiro dia na marinha.

Histórico:

Objetivos:

off:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyQua Mar 08, 2023 10:11 pm



Como chegou mais cedo e pode comer primeiro que a maioria, Akira teve o luxo de após terminar a sua refeição ainda poder passar alguns minutos viajando em seus próprios pensamentos. De fato, como ele pensava, o Coronel Dylan não era a favor de marinheiros patrulhando pelas ruas de Las Camp e seus métodos para impedir isso na maioria das vezes não eram muito gentis, então as missões dadas para soldados do QG G-06 costumam de fato ser pouco atrativas para evitar o contato deles com os militares de Las Camp. Akira teria seus pensamentos interrompidos com a chegada de alguém que ele havia visto antes.

Atenção, marinheiros! — gritou um homem imponente assim que entrou no salão carregando uma prancheta. Seu uniforme indicava que era um marinheiro, robusto, tinha uma pequena cicatriz na boca, pele bronzeada e cabelo escuro raspado bem curto. Aqueles que já estão há mais dias no QG sabem que este é o Cabo Domer, geralmente o responsável por anunciar os grupos de soldados para as missões do dia. — Os soldados que eu chamar devem imediatamente ir até o escritório designado. — Ele então começou a ler os nomes no papel de sua prancheta e o salão foi gradativamente se esvaziando. — Soldado Akira Sato e Soldado Rony Teller, escritório 1! Aguardem na porta a saída do grupo anterior — informou o cabo se referindo ao fato de que eles já eram a terceira equipe designada ao escritório 1.

O espadachim sabia onde ficavam os escritórios, então ele não teria dificuldade em chegar lá, podendo fazer isso imediatamente após ser chamado. Ele não fazia ideia de quem era o soldado junto com ele, mas descobriria isso logo que chegasse na frente da porta do escritório 1 junto com um rapaz loiro usando o uniforme da Marinha. Além do cabelo característico, outro fator marcante em sua aparência era a enorme mochila que ele carregava em suas costas. Rony gentilmente sorriu para Akira e estendeu a mão para cumprimentá-lo. (OBS: Apesar da imagem linkada ser um homem fumando, no momento ele não está com um cigarro)

Você deve ser o Akira, não é? Prazer, eu sou o Rony. Acho que faremos essa missão juntos — disse ele com a mão direita estendida esperando receber um aperto da mão do espadachim.

A dupla poderia interagir durante o tempo que precisavam ficar ali esperando o grupo anterior sair do escritório 1 para dar espaço para eles entrarem. Rony parecia ser uma pessoa bastante sociável, então se a intenção de Akira fosse ficar mais reservado na sua, talvez isso não fosse possível pelos próximos minutos.

Você parece ser do tipo mais quietinho, haha, mas espero que a gente consiga se dar bem — completou ele de maneira simpática esperando algum tipo de sucesso na interação com seu parceiro de missão.

Histórico:

OFF e Dicas:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyQui Mar 09, 2023 3:02 pm

Apos a Akira ser designado ao escritório 1 ele partiu o mais rápido que ele pode para o local, vendo aquela corrida como uma espécie de treinamento já que ele achava que a missão duraria até o anoitecer, ele não teria tempo para seu treino diário enquanto ele corria ele começava a sentir um pouco de falta da sua antiga Katana que tinha quebrado alguns dias antes de se alista.

ao chegar no escritório 1 ele se deparou com um jovem loiro com um uniforme da Marinha carregando uma enorme mochila pensando que aquele seria seu parceiro na missão o jovem espadachim se dirigiu até ele, ao chegar perto do rapaz de cabelos loiros Akira e recebido com um sorriso gentil  ”Você deve ser o Akira, não é? Prazer, eu sou o Rony. Acho que faremos essa missão juntos” diz o rapaz loiro, estendo a mão para cumprimentar seu parceiro, Akira aperta a mão de Rony com certa força apos o cumprimento Rony fala "Você parece ser do tipo mais quietinho, haha, mas espero que a gente consiga se dar bem" com um leve sorriso no rosto Akira pega seu bloco de notas e escreve "eu sou mudo então realmente agradeceria se você fizesse perguntas que conseguem ser respondidas com sim ou não" .

Histórico:

Objetivos:


Última edição por jose em Qui Mar 09, 2023 9:25 pm, editado 6 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptyQui Mar 09, 2023 5:48 pm



Importante:

Ah, você é mudo? Entendi. Espero que a gente se dê bem mesmo assim — falou Rony assim que leu o que Akira disse através da escrita em seu bloquinho. Era de certa forma evidente que ele ficou um pouco desconfortável com essa situação, então sem saber interagir com uma pessoa muda, o loiro permaneceu em silêncio até que a porta do escritório fosse aberta.

Próximos! — gritou uma voz feminina lá de dentro enquanto um trio de marinheiros saía da sala para o corredor e dava espaço para a dupla passar.

A proprietária do escritório 1 era a sargento Mirah, nome que poderia ser lido numa plaquinha que havia na mesa dela. Mirah era uma mulher jovem, tinha cabelos loiros em um corte chanel e um par de olhos azuis capaz de fazer qualquer soldado tremer por conta da intimidação que eles provocavam. Quando Rony e Akira entraram em seu escritório, era como se fossem uma dupla de coelhos entrando na toca de uma leoa faminta. Depois de encará-los por apenas um segundo, a sargento puxou da mesa um conjunto de papéis e começou a passar os olhos por eles.

Ok, soldados, o trabalho de vocês é bem simples. Um dos nossos navios sofreu um acidente durante o retorno de uma missão e teve o casco danificado, isso obrigou os tripulantes a se abrigarem em uma pequena ilha deserta não muito distante daqui para evitar que o navio pudesse afundar por completo. Infelizmente a tripulação não contava com um carpinteiro, então eles conseguiram entrar em contato conosco e requisitaram o envio de um que pudesse consertar o dano na embarcação. — Mirah apontou para Rony, que rapidamente prestou continência. — Soldado Teller, você cuidará do conserto, já você, soldado Sato, pode auxiliá-lo com suas habilidades de ferreiro se necessário, mas sua real função aqui vai ser ajudar a remar. — Por conta da expressão confusa de Rony, Mirah logo completou: — Como falei, a ilha não é longe, e eu não vou fornecer um navio da Marinha só para vocês dois. Vocês vão usar um bote e remar até lá.

Ela esticou pela mesa um papel e um objeto que poderia ser facilmente identificado como uma bússola. O papel entregue por ela era uma autorização assinada pela sargento que permitia a eles retirar das docas da Marinha de Las Camp, um pequeno bote e um par de remos. O atual parceiro de Akira parecia um pouco preocupado com a situação, então sequer se movimentou para pegar os itens colocados na mesa.

Mas como vamos chegar lá só com uma bússola? Eu nunca usei isso, não sou um navegador — perguntou Rony com nervosismo identificado em sua voz.

Sigam para o oeste a partir do porto. Boa sorte — respondeu a sargento já deixando se se importar com a presença deles e começando a checar os papeis de outros marinheiros. Ao ver que eles ainda estavam ali, encarou-os por trás das folhas e disse: — Anda, peguem essas coisas e saiam logo daqui, tenho muitos marinheiros para ver ainda hoje.

Fazendo às pressas mais uma continência, Rony deu meia volta e saiu com passos rápidos para fora do escritório 1. A voz de Mirah gritou para a próxima equipe entrar na sala.

Você sabe onde eles guardam esses botes para pegarmos? — perguntou Rony completamente perdido e assustado com a ideia de encarar o mar do West Blue de bote sem a ajuda de um navegador.

Mas sim, Akira sabia onde ficavam as docas do QG, portanto bastaria ele indicar o caminho e a dupla poderia chegar lá.

Histórico:

OFF e Dicas:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySex Mar 10, 2023 12:47 pm

Teve poucos momentos na vida que Akira agradeceu por não poder falar, esse foi um deles o olhar dá sargento Mirah parecia um peso nas costas de Akira como se cada movimento em falso resultaria em uma punição e quando ele teve que se aproximar dela para pegar a bússola e autorização parecia que ele era um simples coelho indo para boca de um urso
Vida Longa Ao Marinheiro 327ad6b290bf9fdd860221781f3cac5543328798_hq
após sair do escritório 1 tentando tranquilizar o seu parceiro Akira escreve no bloco de notas“ veja pelo lado bom nos poderíamos ter que enfrentar o mar da grand line sem um navegador, além disso, segundo as informações dá sargento a ilha não deve ser tão longe” e mostra para Rony logo em seguida ele tenta fazer o possível para fazer um mapa mostrando como chegar no porto e escreve em baixo "eu vou passar no arsenal para pegar uma espada se quiser alguma coisa do arsenal e so pedir" arranca a folha e entrega para Rony, independente de Rony querer ou não algo do arsenal Akira vai correr o mais rápido possível para o arsenal para pegar uma katana se não tiver ele vai pegar uma espada com uma lâmina fina e se Rony pediu uma arma ele também vai pegar a arma que ele pediu.

Histórico:

Objetivos:


Última edição por jose em Sáb Mar 11, 2023 12:54 pm, editado 2 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 2:15 am



Era inevitável o sentimento opressor que a sargento passava para todos aqueles que adentravam o seu escritório. A missão dada por ela à dupla não era tão empolgante, mas eles como meros soldados não podiam exigir mais do que isso, na verdade era ainda mais interessante do que apenas rondar a região portuária de Las Camp na esperança de que algo fora do normal acontecesse para que eles pudessem agir. Com certeza encarar o mar aberto em um dia nebuloso seria assustador, mas não era o caso de hoje que fazia um sol escaldante como de costume na região tropical da ilha em que estavam.

Akira recolheu os itens fornecidos por Mirah — uma autorização e uma bússola —, e ao sair do escritório passou um mapa improvisado para Rony chegar às docas, anunciando também que iria antes até o arsenal do QG para buscar uma katana. O loiro leu o papel que o espadachim escreveu o que queria dizer e logo em seguida negou com a cabeça indicando que não precisava de nada além do que ele já tinha.

Tudo bem, já tenho tudo que preciso aqui na mochila. Te encontro nas docas então, irei preparar o bote para a gente — disse ele pegando também a autorização para poder retirar o meio de transporte para a missão.

Saindo dali, Akira foi até o arsenal do navio e encontrou Thales, um dos rapazes que cuidava do local e fornecia armas aos marinheiros. Ele era um marinheiro rechonchudo de pele bronzeada e bastante peludo, por conta de sua simpatia era difícil encontrar alguém que tivesse alguma reclamação a seu respeito. Quando o espadachim se aproximou do arsenal, Thales já prontamente adiantou uma katana para entregar ao jovem, imaginando que seria isso que ele pediria ao chegar ao balcão.

Imagino que seja isso, certo? — disse ele colocando a espada embainhada a sua frente. — Não é a melhor das lâminas, mas devido a sua patente é a melhor que posso oferecer por agora — explicou, mas Akira já sabia disso. Assim que o espadachim levasse a arma consigo, Thales anotaria nos registros o item retirado pelo marinheiro. — Boa sorte na missão.

Podendo agora ir de encontro ao seu novo parceiro, Rony, Akira fazendo o caminho até as docas encontraria o carpinteiro já com o bote pronto para partir. Nesse bote cabiam exatamente duas pessoas, talvez uma a mais, mas esse espaço já estaria sendo ocupado pela enorme mochila de ferramentas do loiro. Os remos também já estariam em posição para serem usados, bastaria apenas que ambos sentassem na pequena embarcação e remassem com auxílio da bússola na direção oeste como a sargento lhes dissera.

Espero realmente que não comesse uma tempestade do nada. Está pronto? — perguntou Rony ainda demonstrando um pouco de preocupação com a ideia de navegar em um bote a remo.

Assim que Akira estivesse preparado para partir, bastaria sentar no bote, pegar o seu remo, e começar a fazer os movimentos circulares que levariam o bote a se movimentar pelas águas. O sol estava forte, portanto encarar essa aventura sem um protetor solar poderia trazer consequências, mas o calor por si só, somado ao esforço das remadas, já seriam suficientes para tornar a atividade bastante desgastante.

Akira, acho que estamos perdidos. Não vejo ilha em lugar nenhum, é melhor voltarmos! — diria o loiro parecendo muito mais assustado agora do que alguns minutos atrás.

Será que os dois marinheiros completamente inexperientes em navegação seriam capazes de chegar na tal ilha deserta sem dificuldades? Rony parecia completamente perdido no que estava fazendo, então o sucesso dessa primeira parte da missão parecia estar completamente nas mãos de Akira. O que o espadachim faria para aumentar a eficiência da dupla e como ele poderia manter seu parceiro calmo o bastante para não desistir da missão agora que estavam em alto mar?

Histórico:

OFF e Dicas:

_________________


Vida Longa Ao Marinheiro Assido10


Não é ele...:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 1:51 pm

Akira pega a katana e faz um aceno com a cabeça agradecendo Thales e sai do arsenal enquanto ia em direção as docas Akira começa a pensar sobre a sua missão, tem algo que me incomoda nessa missão, pode ser paranoia, mas supondo que o navio que teve o casco danificado fosse um Gaivota que se minha memória não me falha pode suportar 40 tripulantes como e possível que entre 40 marinheiros não tem ao menos 1 carpinteiro? seus pensamentos são interrompidos quando ele percebe que havia chegado nas docas ele avista Rony sentado em um bote indicando que ele ja tinha feito a retirada do mesmo, quando Akira se sentou no bote percebeu o nervosismo do parceiro decidindo guarda o questionamento de como um navio da marinha não tinha um carpinteiro para si mesmo e antes de começar a remar ele escreveu no bloco de notas se você quiser pode me contar do porquê entrou na marinha? Talvez isso te acalme. mostra o bloco de notas para Rony e começa a remar em direção ao oeste deves em quando olhando a bússola para confirmar que estava na direção certa.

Histórico:

Objetivos:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 3:36 pm




Fazia mais de 30ºC nessa região do West Blue nesse início da tarde. O poderoso sol de meio dia gastava ainda mais energia dos marinheiros que suavam não apenas pelo calor, mas também pelo esforço físico das remadas. Ao menos o mar estava tranquilo e não havia indícios de animais ou monstros marinhos nessa área que pudessem atacá-los durante essa viagem. Vendo que o parceiro estava bastante nervoso, Akira perguntou para ele através do seu bloco de notas o que o motivou a entrar na Marinha, então antes de responder, o loiro parou de remar, abriu sua mochila e retirou um cantil de água, dando boas goladas nele e oferecendo para o espadachim poder fazer o mesmo.

Não foi nada demais, na realidade, foi uma recomendação da minha avó. Meu avô era marinheiro, mas eu nunca cheguei a conhecê-lo, não é uma daquelas histórias de “quero ser como ele”, eu só aceitei me alistar porque não tinha nada melhor em mente e achei que poderia ser um trabalho fácil de se ter aqui em Las Camp onde não precisamos nos esforçar demais para proteger a ilha — explicou Rony mostrando um pouco mais de sua personalidade. — Minha mãe adoeceu depois que meu pai morreu e minha avó não tem mais idade para conseguir trabalhar, então eu acabei me tornando o cara que precisa sustentar a família. Sei lá, a Marinha me pareceu ser a forma mais eficiente de conseguir isso já que eu poderia me destacar um pouco mais por ter talento na carpintaria.

Depois da conversa, os dois continuariam remando em direção ao oeste, sendo Akira o responsável por olhar a bússola e indicar a direção correta. Como ele não era um navegador, fazer uso do objeto seria mais difícil do que ele imaginava, a bússola precisava ser posicionada sem inclinações para a agulha se manter estável e qualquer mexidinha do bote balançava ela de um lado para o outro. Ele não sabia dizer se isso era normal, mas julgando pela qualidade do material em sua mão, a bússola dada pela sargento não parecia ser das melhores, era um pouco enferrujada e velha, e pelo menos de metais ele entendia bem. Mesmo com a margem de erro de seguir a agulha dançando como um pêndulo, se essa ilha era realmente próxima de Las Camp, então em algum momento a visão deles já seria suficiente para enxergar a direção que deveriam ir. E foi exatamente o que aconteceu.

Oh, olha a ilha ali! — Rony apontou para o conjunto de terra no horizonte.

A ilha aparentemente não estava perfeitamente a oeste da direção que eles vieram, pela rosa dos ventos na bússola, sua posição era mais próxima de ser noroeste, mas isso não faz diferença já que foram capazes de encontrá-la mesmo assim. Seguindo mais alguns minutos de remada, a dupla também poderia avistar o navio dos marinheiros ancorado bem próximo da areia da praia. A embarcação estava longe de ser grande como Akira pensou que seria, não era um enorme e imponente navio da Marinha, e sim apenas uma escuna que deve ter sido usada para transportar um pequeno grupo de no máximo dez marinheiros.

Quando chegaram na areia da praia, Rony pediu ajuda de Akira para puxar o bote para longe da água, já que não poderiam amarrá-lo em nenhum lugar, e depois disso poderiam ir até a embarcação maior para se encontrar com o restante dos marinheiros. A ilha em questão era uma típica ilha tropical, não apresentando nenhum indício de civilização e tendo apenas mata, pedras, areia e água para todo lugar que olhassem, mas não se engane, ela não era uma ilha pequena. Era possível ver algumas pegadas na areia, o que indicava que ao menos alguns deles haviam chegado a sair do navio para explorar a ilha, mas a escada posicionada na lateral da escuna já deixaria isso muito mais óbvio.

Oi!! Tem alguém aí? — gritou Rony esperando que alguém aparecesse para recebê-los. Não houve resultado. Ele olhou para Akira e sacudiu os ombros. — Eles devem estar explorando a região, deve ter sido bem tedioso ficar parado no navio esperando esse tempo todo. Quer subir para ver? Alguém pode estar dormindo nas cabines ou algo do tipo.

Histórico:

OFF e Dicas:

_________________


Vida Longa Ao Marinheiro Assido10


Não é ele...:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 4:29 pm

Akira aceita a oferta do cantil de água bebendo dois goles, devolvendo logo e seguida o cantil e escutando atenciosamente o que o seu companheiro tinha a dizer, quando chegaram na ilha Akira ficou aliviado ao saber que o navio era apenas uma escuna descartando quase completamente a sua desconfiança sobre a missão, mas ainda mantendo um pouco de suspeita afinal como seu pai dizia "nunca abaixe a guarda" e quando entrou na marinha ele levou esse conselho mais a sério ainda, ele vai subir no navio e escrever no bloco de notas ” quando tempo vai demorar para consertar o casco?” e mostrar a Rony depois vai procurar por alguma pessoa na parte interna do navio começando pelos cômodos e se ele não encontrar ninguém ele vai tentar subir no mastro do navio para tentar avistar os tripulantes.

Histórico:

Objetivos:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 8:08 pm




Parece que o buraco é maior do que eu pensei. Se a madeira que eu tenho aqui for suficiente, acredito que apenas algumas horas serão necessárias. Espero que tenha mais madeira no navio deles, senão, acho que teremos que fazer o trabalho de lenhador pela ilha — respondeu Rony quando Akira lhe mostrou o papel com a pergunta.

O carpinteiro havia optado por ficar analisando o dano da embarcação ao invés de subir as escadas como Akira, portanto ele olharia sozinho o navio. Logo de cara já era possível perceber que o convés estava vazio, porém o interior também não seria muito diferente disso, não havendo nenhum sinal de algum marinheiro por ali, ainda que existissem evidências claras de que não era um lugar abandonado há muito tempo. Ao todo o navio contava com três cômodos — dois quartos e um banheiro —, e um deck inferior que servia como uma cozinha, sala de jantar e depósito.

Como a intenção de Akira foi apenas procurar por pessoas nos cômodos, ele não olhou bem o bastante os ambientes para conseguir encontrar qualquer outra coisa que não fosse um tripulante. O banheiro estava vazio, mas relativamente limpo; os quartos tinham ambos uma escrivaninha com quatro gavetas e duas beliches, sendo que eram poucas as camas que se encontravam arrumadas, era possível notar alguns pertences jogados pelos quartos ou sobre as camas; a cozinha estava cheia de pratos e panelas ainda por lavar, enquanto que mais ao canto era possível ver o que seria o estoque da tripulação, mas pela falta de iluminação o espadachim não saberia dizer o que tem lá a menos que chegasse bem mais perto.

A essa altura, Akira poderia criar teorias do porque o navio estava totalmente desocupado, mas a verdade é que por enquanto reuniu muito pouca informação para conseguir chegar perto de uma resposta exata. Mas sim, ele não conseguiria evitar os pensamentos de que parecia haver algo muito estranho nessa história. Saindo do interior da escuna, o espadachim escolheu escalar o mastro para ter uma visão mais ampla da ilha e talvez encontrar sinal de alguém ou alguma coisa suspeita, mas não conseguiu ver nada que já não tivesse visto antes: mato, areia, pedras e mar.

Agora Akira teria algumas opções do que poderia fazer a seguir. Ele poderia descer e passar as suas descobertas para Rony, poderia sair do navio e adiantar uma busca na ilha pelos outros marinheiros que ainda sequer sabe quantos são ou quem são, ou poderia voltar a explorar o navio e tentar descobrir mais sobre o que pode estar acontecendo nesse lugar.

Histórico:

OFF e Dicas:
Ir para o topo Ir para baixo
jose

jose


Imagem : Vida Longa Ao Marinheiro Hyakkimaru-dororo
Créditos : 00
Localização : LAS CAMP-west blue

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 9:13 pm

Enquanto Akira andava pelo navio procurando por pessoas, ele não prestou muita atenção nos detalhes, apenas deu uma olhada rápida nos cômodos, vendo que alguns cômodos estavam um pouco bagunçados, ele deduziu que as pessoas tinham saído as presas ao chegar na ilha, mas o porquê ainda era desconhecido quando chegou na cozinha ele viu a alguns pratos e panelas sujas e pensou ” se o sistema de encanamento parou de funcionar da par supor que essa louça suja e de antes da tripulação chegar nessa ilha, mas se o problema foi apenas o casco eles teriam que lavar pelo menos os pratos exceto se abandonaram o navio se esse foi o caso a despensa deve estar vazia” com isso em mente o jovem marinheiro foi em direção a dispensa, mas percebendo estar muito escuro e ele não veria nada teve a ideia de voltar para o convés e subir em um mastro para tentar encontrar os tripulantes ou algum resquício deles porem essa ideia também não deu certo então ele desceu com cuidado do mastro e do navio para encontrar com Rony pegando seu bloco de notas e escrevendo ”não tem ninguém dentro do navio e aparentemente as pessoas saíram com pressa dele, eu subi no mastro para tentar encontrar alguém, mas também sem sucesso, eu vou dar mais uma volta la dentro para ver se acho algo útil, mas antes disso você tem alguma coisa na mochila que sirva para iluminação para me emprestar?” e mostra a Rony, caso Rony tenha algum objeto que sirva para iluminação Akira vai direto para despensa ver se os suprimentos tinham sido deixados para trás, mas se o Rony não tiver ele vai apenas ir de novo para os cômodos e olhar mais atentamente.

Histórico:

Objetivos:


Última edição por jose em Dom Mar 12, 2023 1:24 pm, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2475-akira-sato https://www.allbluerpg.com/
Doodles
Almirante de Frota
Doodles


Créditos : 35

Vida Longa Ao Marinheiro Empty
MensagemAssunto: Re: Vida Longa Ao Marinheiro   Vida Longa Ao Marinheiro EmptySáb Mar 11, 2023 11:10 pm




Depois dessa primeira busca de informações, Akira decidiu escrever no papel as suas poucas descobertas e depois o entregou para Rony poder ler. Além de dizer que o navio estava vazio, o espadachim também pediu por alguma coisa que pudesse ajudá-lo a iluminar o deck inferior que atualmente estava sendo iluminado apenas pela luz natural que entrava pelas pequenas janelas. Quando Akira entregou o papel, o carpinteiro já estava vasculhando o interior da sua mochila, então ele pode retirar lá de dentro com mais rapidez um pequeno lampião.

Não tem ninguém lá dentro? Que estranho. Realmente devem ter saído pra gastar um tempo na mata da ilha então — comentou ainda parecendo otimista a respeito do paradeiro dos companheiros de trabalho. Ele entregou o lampião para Akira e completou: — Acabei esquecendo de trazer os fósforos, olha pra ver se não tem nenhuma caixa na cozinha deles. Acho que tem fluído o suficiente para deixá-lo aceso por algumas horas, mas economiza, nunca se sabe, né?

Com o objeto de iluminação agora em mãos, Akira pode retornar ao interior da escuna, indo direto para o salão inferior onde ficava a cozinha, a mesa para refeições e a dispensa da embarcação. Como sugerido por Rony, Akira só conseguiria utilizar o lampião se achasse algo para acendê-lo, então na sua volta para a cozinha, agora já atento para procurar isso, o espadachim conseguiria encontrar uma pequena caixa de fósforos sobre a bancada ao lado do fogão. Dos quarenta palitos que costuma vir nessas caixinhas, restavam apenas seis e pelo visto não havia nenhum sinal de ter outra caixa por perto. Como era intenção de Akira acender o lampião, quando ele fosse tentar fazer isso, o primeiro palito riscado acabaria se apagando antes dele conseguir uma chama acesa no lampião, mas ao menos isso serviria para tomar mais cuidado na segunda vez, onde aí sim teria sucesso. Restariam agora quatro palitos caso o soldado resolvesse levá-los consigo.

Com a chama do lampião ajudando na iluminação, agora o rapaz seria capaz de ver alguns detalhes que antes não teria sido possível de maneira tão fácil. Por exemplo, a louça suja na pia indicava que na noite anterior a tripulação havia comido algum tipo de ensopado, enquanto que na cestinha de lixo no chão dava para ver restos da casca alaranjada de algum tubérculo, talvez cenoura, também tinha restos de alho, cebola e tomate, além de alguns ossos, víceras e gorduras que provavelmente foram retiradas da limpeza da carne de um animal usado na refeição. Mesmo sem a iluminação, o cheiro característico do início de matéria orgânica em decomposição acabaria indicando para Akira que havia algo apodrecendo na cesta de lixo.

Enfim, o que o rapaz de fato precisava olhar era o estoque do navio, que nada mais era do que uma pequena salinha reservada no canto desse salão inferior. Indo até lá com o lampião aceso, o marinheiro encontraria bancadas de madeira instaladas na parede, a maioria delas vazia, tendo apenas alguns potes com especiarias. No chão era possível ver alguns sacos de tamanho variados, o maior era o de arroz e estava na metade, havia também sacos menores, um de alho e um de cebola, ambos praticamente vazios. Além disso havia ali quatro barris, um deles era de rum e os outros de água, e em cima de um desses barris o espadachim conseguiria ver uma prancheta e uma caneta. Por fim, mais ao fundo seria possível encontrar munição para o canhão da escuna.

Caso pegasse a prancheta, no papel acoplado a ela algumas informações poderiam ser lidas, como por exemplo a lista do que tinha no estoque no início da missão e a data de quando eles partiram de Las Camp, que seria duas semanas atrás.

Registro de Estoque
Embarcação: Escuna-3
Quartel General: G-06
Data de Saída: 27 de Fevereiro
Data de Chegada:

Comandante da Missão: Sargento Xamasu Delfire
Gerente de Estoque: Cabo Franzisca Bucatini

Arroz -> 1 saco grande cheio
Cebola -> 1 saco médio cheio
Alho -> 1 saco pequeno cheio
Especiarias -> 1 conjunto completo
Batata -> 1 saco médio cheio
Batata doce -> 1 saco médio cheio
Tomate -> 1 saco grande cheio
Abóbora -> 3 unidades
Carne seca -> 16 peças (8kg)
Bacon -> 8 peças (2,5kg)
Queijo parmesão -> 2 peças
Manteiga -> 5kg
Banana -> 10 cachos
Laranja -> 1 saco médio cheio
Barril de água -> 10 unidades
Barril de rum -> 4 unidades
Munição para canhão -> 10 unidades
(OFF: simplesmente fiz a quantidade imaginando de cabeça, se não fizer sentido infelizmente finge que é menos ou mais kkkk)



Histórico:

OFF e Dicas:


Última edição por Gal-Sal em Ter Mar 21, 2023 4:01 am, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : Percebi relendo esse post que mais pra frente eu usei nomes completamente diferentes pros NPCs citados, dai eu corrigi)
Ir para o topo Ir para baixo
 
Vida Longa Ao Marinheiro
Ir para o topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Las Camp-
Ir para: