All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» Criação de Técnicas
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Jean Fraga Hoje à(s) 2:56 am

» Criação de Habilidades Passivas
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Às Hoje à(s) 2:03 am

» Nero Warcry
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Kira Hoje à(s) 1:33 am

» Nozda Okupora (FICHA)
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Jupges Hoje à(s) 1:22 am

» [Ficha] Crisbella Rhode (Em construção)
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Tomita Hoje à(s) 1:19 am

» Crie seu Estilo de Combate Único
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Kira Hoje à(s) 1:03 am

» Apollonia D. Lupertazzi
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Terry Ontem à(s) 11:35 pm

» [RP Player] - Tidus Belmont (Em Construção)
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Tidus Ontem à(s) 8:10 pm

» Crie sua Forma Zoan
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Blindao Ontem à(s) 1:07 pm

» Crie seus mecanismos
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Às Ontem à(s) 1:11 am

» [RP Player] Elsa Volkerbäll
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Gal-Sal Sex Fev 23, 2024 11:45 pm

» Elsa Volkerbäll
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Gal-Sal Sex Fev 23, 2024 11:44 pm

» Shang Zayang & Xia Ziyin
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Gal-Sal Sex Fev 23, 2024 9:55 pm

» Yuno
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Jean Fraga Sex Fev 23, 2024 7:35 pm

» Criação de Profissão Personalizada
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Kenshin Sex Fev 23, 2024 5:31 pm

» RP Player - Doodles
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Kenshin Sex Fev 23, 2024 3:40 pm

» [Ficha] Koko
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Blind1 Sex Fev 23, 2024 12:17 pm

» Ficha de Chocho Kimiko
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Akuma Nikaido Sex Fev 23, 2024 11:19 am

» Drak Skarhall
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Blindao Qui Fev 22, 2024 6:58 pm

» RP Player - [Ficha] Apollonia D. Lupertazzi
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Emptypor Kenshin Qui Fev 22, 2024 1:30 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina

Ir para baixo 
+4
Chloe Kaminari
Diego Kaminari
Saru
Shiori
8 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7
AutorMensagem
Shiori

Shiori


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EEEWL0c
Créditos : 28

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySex Out 28, 2022 5:08 pm

Relembrando a primeira mensagem :



3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina


Diego Kaminari [Pirata], Chloe Kaminari [Pirata], Silver 'D Saru [Pirata], Eren Von Kruger [Civil]

Não possui narrador definido.
Fechada

_________________

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 YHVeK1M

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 VYrwji0
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/

AutorMensagem
Saru
Pirata
Saru


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 350x120
Créditos : 33

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySeg Mar 13, 2023 11:36 am



Abria meu olho e logo em seguida eu abria o outro tinha uma dorzinha como se tivesse um pouco dorido, olharia em volta para tentar entender onde estaria, eu estaria num colçhao e via os outros todos em colçhoes tambem, parecia uma tenda grande ou acampamento, eu tinha algumas faixas no meu corpo e todos os outros tambem.
“Hm o que houve?” Me questionava para mim mesmo.

Erwin falava meio em choro, ele contava que não teria sido ele que nos tratou que foi outra pessoa que ele parecia não saber quem era, mas na verdade eu prestava mais atençao em ele chorar porque mais um poquinho e eu não entenderia nada do que ele falou.

-Para de chorar, ou ninguem vai entender nada do que tu estas a falar.
Eu me sentaria ficando de pernas cruzadas e pensaria sobre o ocorrido, entretanto a Chloe teria acordado e logo depois Diego.

Cruzava os braços e fechava os olhos por momento “ Aquele maldito me chutou mas ele estava longe, o que tera sido aquilo, aquele chute foi rapido e parecia forte, acho que em teoria ao chutar rapido pode deslocar o ar mas acho que nunca vi algo assim.” Ficava pensando enquanto o Erwin falava sobre o falso Ivan.

Ouvia ele a falar de facto, na verdade eu ouvia tudo que Erwin estaria a falar e talvez ate se Chloe e Diego falavam, eu ouvia tudo mas ao mesmo tempo era como se meus ouvidos prestassem atençao mas minha mente não.
“ São movimentos estranhos e rapidos, muitos estranhos, eu não conheço, mas de algum jeito me deu um feeling estranho.. quase familar, mas eu não consigo entender porque, nunca vi ou encontrei alguem do Governo, os 3 pareciam ter movimentos similares, eu nunca nem lutei ou troquei golpes com ninguem do Governo, entao porque sinto um deja vu, não gosto disto”


-AAAAAAAAAHHHHHHHH DROOOGAAAAAAAA.
Dava um Gritoo tao grande de repente que eu literalmente ate tremi de tanto gritar.
Se todos olhassem para mim -Que foi?, estou mais leve agora, alguem tem bebida?
Passado um pouco Erwin e Gaston estariam bebendo e claro que eu não ficaria so olhando e ia beber um pouco também.


Embora tivesse passado eu lembraria do que Gaston falou para Erwin quando se tentou matar e eu metia o pe na cara dele empurrando a cara dele -Seu lama maldito quem disse que não posso perdoar ou julgar o tio, eu julgo se eu quizer e se quizer eu perdoo ele, não é tu que diz o que posso ou não.
Olharia para Erwin -Vou te perdoar por agora, mas se tentares fazer algo igual a pouco eu mesmo te chuto.


Se Erwin ou Gaston falassem algo do tipo “-So agora que tas a reagir a isso” eu dava um gole de bebida plenamente – Lembrei so agora, tava distraido pensando em outras coisas, não sabia que tinha tempo limite pra reagir.

“Bah, que delícia!! Não tem nada melhor do que a bebida produzida pelo rouxinol!” Gaston falava isso e eu ficaria olhando estranho -Quem raios é rouxinol, primeiro uma é raposa, agora um é rouxinol, já ninguem usa nomes normal quem raios tem nome de animal.

Erwin seguia falando sobre não termos tempo e sobre a Cp3 que se tinham separado -Pff abalado tomara que ele caia de um penhasco. Dizia sobre o Espadachim.

“Bem, Chloe e Saru, vão atrás daqueles dois, interceptem o mensageiro ou sei lá o que... Do jeito que estou não posso fazer muito coisa”  

Eu olharia para Chloe – Tas pronta? Assim que ela respondesse eu me levantaria, se notasse um galho no chao eu pegaria e daria para diego.
-Toma usa como espada, podes sempre espetar o inimigo.

Eu fazia uns pequenos exercicios de alongamento enquanto Diego falava com Chloe -Hmm acho que tenho tudo no lugar, estou pronto pra irmos.


Antes de eu ir junto com Chloe eu olharia para Erwin -Bom não se preocupa, Ivan ficara por minha conta, alias alguma chance de tu conhecer algum atalho ate Chellbinks que nos faça chegar la antes deles, ou melhor sera que os ursos podem ajudar? Me questionava nesta ultima.
Independentemente se Erwin contaria algum atalho ou não, nós seguiriamos caminho, se eu visse algum/s urso fora do acampamento eu pedia para vir junto, ou senao tentaria fazer o assopio de chamar eles pra ver se eles apareciam so pra testar vai que resultaria.




Histórico:
Ficha Resumida:
Objetivos:

_________________

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t396-silver-d-saru#1193 https://www.allbluerpg.com/
Hannibal

Hannibal


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Pppp
Créditos : 00

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptyTer Mar 14, 2023 8:20 pm




POST

13


3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina
Hannibal




A execução




Quando a impaciência do gigante chegou ao limite ele agiu mesmo contra a vontade do seu companheiro que tentou segura-lo em vão, o gigante era uma jamanta e dificilmente seria parado por alguém sem força suficiente. O guarda caçoou do meio gigante e esse foi o ultimo erro que cometeu, Hannibal arrombou a grande fazendo ela ir contra o guarda que desorientado tentou fugir, mas o meio gigante o agarrou pela cabeça e a esmagou espalhando seus miolos.

- Pronto. Agora podemos ir.-

Entretanto o companheiro do meio gigante não esconde sua insatisfação coma a atitude do mesmo o xingando bastante.

- Eu não iria ficar naquela cela pra sempre, agora já foi leve todos pra fora.

Nesse momento o meio gigante começa a escutar sons de passos e gritos pelos corredores, os guardas se aproximavam, mas Hannibal não aprece nem um pouco nervoso, Hannibal então pega a grade que havia arrombado e vai em direção ao som dos guardas com um sorriso macabro no rosto.

- Finalmente a diversão vai começar.

Assim que entra no corredor coloca a grade a frende do corpo e sai correndo contra os guardas arrastando todos eles até o final onde os esmagaria contra a parede.

- VAAAAAAAAAAAAAAAAMOS HAHAHAHAHAHAH!

Após isso começaria a soca-los sem se preocupar com mais nada, só em descer a porrada em marinheiro.




------------


ADICIONAIS :

PROFICIÊNCIAS:

Briga, Estratégia, Interrogatório, Sobrevivência, Ameaça

Qualidades:

Vigor, Corpulento, Força Titânica, Duro de matar, Prodígio, Mestre em Haki.

Defeitos

Exótico, Sob medida, Infame(Por ser uma pessoa violenta), Sadista, Cabeça quente, Obcecado(Brigar).

Histórico:







CRÉDITOS Roevs
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/
Chloe Kaminari
Estagiário
Chloe Kaminari


Imagem : Chloe Kaminari
Créditos : 63

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptyTer Mar 14, 2023 10:19 pm

Reagrupando
Novo código: interceptar
 O corpo havia adormecido pelo cansaço, a dor daqueles tiros havia deixado de ser tão latente, os sonhos eram uma mistura de visões ruins e lembranças do momento que se passou. Principalmente o fato de Olga ter sido levada… tudo aquilo acabou fazendo com que meu corpo levantasse em um impulso junto as lágrimas — OLGA! — a mão esticada como se tivesse tentando buscar algo invisível naquele momento. Meu corpo estava quente, e mesmo sobre o pedido de um médico, não pude deixar de notar o corpo de todos tratados… além disso a arma de Olga havia sumido e a pistola do caçador de recompensas havia voltado ao normal, não era mais de Cupcake.

Primeiramente verifiquei toda a arma e local antes de voltar para junto dos outros, mas nada mais havia ali, precisávamos voltar e reagrupar.

Mais tarde, aproveitado do Barril, escutei o que todos falavam, mas ainda sim não havia falado muito. A simples menção do nome de Bison fez meu sangue ferver e o Ódio se mostrou tão fluido quanto o sangue em minhas veias — Eu vou atrás do Mensageiro… — deixei claro após as ordens de meu irmão — Mesmo com esses três, ainda teremos melhores chances se Bison não aparecer agora. — o nome saia com repúdio completo de meus lábios — Eu lembro bem pouco da ilha, então se puderem me indicar um caminho… ou alguém que possa me levar até lá — comentava dando de ombro enquanto pegava a Vingadora e a limpando levemente com um pedaço da minha própria blusa — Se esse maldito aparecer aqui ou sequer tocar na Raposa…. Eu vou fazer questão que ele sofra odiando o dia em que nasceu.


Diego, mesmo em tom de Ordem, pedia que me cuidasse. Um sorriso maroto surgia nos lábios enquanto o mesmo saia — Vê se não vai se engraçar com nenhuma piranha na floresta. Se é o mesmo Fernand… trás ele de volta! — gritei logo me virando para Saru — Seu objetivo é só atrasar eles. Se por algum motivo você for visto, fuja o mais rápido que puder. A gente tem o elemento surpresa nesse momento

Logo olhei para Gaston — Da pra arrumar uma carona pra Ulgich?



legendas:

Objetivos:

Ficha Resumida:

Histórico:

Tag: Somewhere + Words: ... + Outfit: here

_________________

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Bc5w0lykuse71

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140 https://www.allbluerpg.com/t1362-2-de-dawn-a-shells-uma-viagem-para-conhecimento#14003
Subaé
Criador de Conteúdo
Subaé


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Cantinho_foto
Créditos : 8
Localização : Nos bares de então

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySex Mar 17, 2023 9:27 pm



A liberdade que atravessa a Ponte Lupina - 17

Lembranças de pura dor

A escuridão era absoluta, não era possível enxergar nada naquele lugar, mas o cheiro de carne queimada denunciava a tragédia. Rochas e madeiras amontoavam-se sobre o seu corpo, fazendo suas pernas e braços em cacos, assim como muitos outros ossos. Fernand sabia que iria morrer, então fechou os olhos e esperou o fim.

Um flash de luz brotou fazendo sua visão das pálpebras ficar avermelhada, e ,ao abrir os olhos, pôde ver homens do governo trajados de ternos e capas, salvando-o. Lembrou de ser levado para uma tenda improvisada que servia de enfermaria para aqueles que foram resgatados.

As lembranças eram confusas. Imagens dos corpos de seus companheiros carbonizados sendo amontoados em valas comunitárias passavam como fragmentos em sua mente.Outra lembrança que sempre ofuscava as outras era a gaiola cheia de garotos… e os choques… Mas por algum motivo, as lembranças do orfanato estavam mais fortes do que nunca…

Lembrou-se de olhar os corpos as valas e chorar de joelhos - … Me perdoem amigos… Me perdoem… Chloe… Diego…

As lágrimas escorriam.

-Diego

-Diego!!!

-Anh? O que? - Quando Fernand abriu os olhos notou que estava de pé, ofegante ao lado de um grande pinheiro, no qual ele se apoiava com uma das mãos. O suor frio escorria por seu rosto - O que foi isso? - perguntou para si mesmo ao observar sua mão trêmula - o que foi esse apagão… O que esses sonhos significam?

E então ele ouviu mais uma vez um grito que vinha de perto, com a voz de um rapaz afeminado em desespero. - Dieguinho!!! Que bom que eu te encontrei - Jacob gritou enquanto corria para perto de Fernand - Nós entregamos a sua mensagem! Mas agora tem um batalhão atrás d….

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Cdf1a0c73bc272a0aee1161d3c0e5927

Movido por um instinto assassino, e por uma raiva que nem mesmo ele sabia explicar, o Espadachim saltou contra o loiro e cortou o seu corpo com tremenda brutalidade.

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Images?q=tbn:ANd9GcRYCmdLyCU5yDBZmn1d_5m8ubJjx0XQP8CwPfGdvDFZ52AndKKOj2DEuataZaVeYhlkISw&usqp=CAU

-Desgraçado…Como ousa me chamar por esse nome?


Reunião

Enquanto bebiam, Saru fez uma pergunta muito interessante. Erwin sorriu e explicou para todos.

-Esses não são nomes, são codinomes secretos!! Vou explicar. Depois que os nossos companheiros do 178º comando foram derrotados e vendidos para Gargomir, nós que conseguimos fugir precisávamos nos ocultar, então nós nos escondemos e criamos codinomes com nomes de animais… Ao todo somos… Urso, Raposa, Coruja, Rouxinol e Peixe… Mas o peixe sumiu e parou de nos contactar, então não podemos contar com ele… Nós fingimos as nossas mortes com ajuda dos moradores de Sóchil. É por isso que eu estava vivendo no meio da floresta, e é por isso que os nossos verdadeiros nomes estão no monumento de pedra…

Nesse momento olhou para Chloe, e ficou corado.

-Por sinal, Eu sou o Urso - Erwin falou - Isso significa que você é minha veterana. Eu também era da C.A.B.UM, mas entrei depois que você partiu de Tequila! Ouvi muitas histórias sobre você, mas nunca tinha te visto então não notei que você era você! Me perdoe por isso, mas é um prazer enfim te conhecer!

Feito isso, o grupo decidiu partir em busca de seus alvos. Não existia nem carona e nem atalhos. Erwin apenas explicou o caminho para os três, e deu o seu facão para Diego.

Infelizmente os ursos correram por causa da luta… Eles são muito medrosos e assustados… Então, não tinha nenhum urso para fazer companhia aos viajantes.

Tendo tudo em ordem, Eles partiram.


Rebelião!!

O sangue escorria pela cabeça estourada, sujando a mão do gigante, que sequer se importava com a nojeira de toda a situação.

O coruja olhou para Hannibal com um pouco de raiva, mas abaixou a cabeça e suspirou aflito - Que seja - falou ou estralar o pescoço - Parece que o plano A já era… Vamos lá!

Como se fosse uma máquina de destruição, Hannibal ergueu a grade e avançou pelo corredor atropelando todos os guardas no caminho. Amontoando-os na sua frente conforme eram varridos até o portão frontal do complexo, que era feita de aço. E então, com tremenda brutalidade, o gigante foi com tudo! Apertando e amassando os guardas contra o portão, quebrando os seus ossos e partindo os seus corpos, Fazendo -os quebrar contra a estrutura que sequer amassava.

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Eren-transformation-eren-transform

-SE PREPARA PRO ESTRONDO!!!

Logo atrás de Hannibal, Coruja vinha correndo. De seu corpo saíam faíscas, que faziam seus músculos crescerem de maneira desproporcional, moldando-o em uma criatura um pouco maior que Hannibal. Ele avançou e se jogou com força contra o portão de aço, que se espatifou.

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Tumblr_nmwha4iUmP1tpri36o1_500

Quando a poeira baixou, os dois gigantes estavam cercados por um batalhão de aproximadamente cinquenta guardas.


Surpresa no caminho

Conforme corria na direção de Chellbinsk, Saru tentou assobiar repetidas vezes na tentativa de chamar um urso. O que por consequência, atraiu sim um urso!

O animal saiu de dentro do bosque e parou bem na frente de Saru, interceptando o seu caminho até a cidade-prisão.

-Tá louco é parceiro? - ele falou - Tá assobiando nas minhas áreas porque? Tá querendo levar porrada, é?

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Monokuma

Bearnardo, O Urso de poucos amigos


Bem vindo à Selva

Diego decidiu avançar na direção da floresta ao norte para ir atrás da jovem donzela.. quer dizer… Ir atrás de Fernand!!

Com o facão em mãos o espadachim avançou cada vez mais fundo na floresta, mas o que ele viu não seria nem um pouco de seu agrado.

Jacob estava caído no chão. Ensanguentado. E rodeado por três lobos brancos que já estavam salivando de tanta fome.


Ulglich, outra vez

Quando chegou na entrada da cidade capital, Chloe pôde notar que haviam grades feitas de alambrado cercando a mesma e impedindo todo o caminho. Mas a pior parte não era essa.

Havia um posto de militares bem no portão de entrada, e estava acontecendo alguma confusão por lá. Ainda de longe, graças a sua visão apurada, Chloe poderia ver muitos militares derrubados… Tudo era culpa de uma mulher de cabelos roxos!! Mas pelo visto a mulher foi derrotada para um homem alto com bigode e agora ela estava sendo rendida e algemada pelos demais… Ao olhar com mais atenção Chloe poderia notar que aquela era Terra!




...................................................................................................................................................

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Map_9

Historico:


_________________

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Trio3
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t354-subae?highlight=subaé https://www.allbluerpg.com/t2151-cabras-da-peste-vol-5-a-face-da-desordem
Saru
Pirata
Saru


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 350x120
Créditos : 33

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySáb Mar 18, 2023 10:21 am



Logo apos ter reclamado e me questionado sobre os nomes de animais, Erwin respondia explicando sobre o porque dos nomes, ouvia o Erwin para tentar não me perder na explicação.

Ele falava sobre o Peixe estar sumido e olhava para a Chloe, eu olhava para a Chloe e depois para Erwin -Peixe? O tiozao era o Urso que era meio obvio a este ponto pra mim, ele tambem falava para Chloe e seu passado.

Apos a explicação eu tinha que me fazer ao caminho, aparentemente a Chloe não vinha comigo, entao eu estaria sozinho
“Seu objetivo é só atrasar eles. Se por algum motivo você for visto, fuja o mais rápido que puder. A gente tem o elemento surpresa nesse momento” Chloe falava para mim antes de eu sair do acampamento e eu acenava a cabeça -Certo não ser visto.

E saia correndo -Ve se não se perdem. Dizia enquanto corria
Os ursos teriam corrido e não pareciam estar no acampamento, eu dava por mim caminhando pela floresta, tendo a ideia de assobiar vai que algum dos Ursos aparecia.

Apos uns quantos assobios, já meio que assobiando fazendo mais melodia do que assobiar para chamar, por minha supresa eu sentia movimento, e já ficava em alerta.
Para minha supresa um Urso realmente apareceu ficando bem a minha frente, mas a minha supresa não era ele ter aparecido, minha maior supresa foi ele ter falado.

O cara não so falava como me ameaçava e eu ficava olhando para ele de supresa.
Sacudia a minha cabeça como se acha se que estava alucinando – A pancada de a pouco deve ter sido bem forte mesmo, porque eu acho que tu acabou de falar.
Dava uns pequenos tapas na minha popria cara -Queee legalllllll tu fala. Falava animado
-Um urso que fala, bem mais facil agora de comunicar.

Dava uns passos mas não o suficiente para ficar muito perto talvez ficaria uns 3 metros ou 4.
-Po foi mal, não queria peturbar, eu estava a tentar chamar uns ursos bebados que conheci, me desculpa. Dizia fazendo quase como uma venia de perdao.
E eu entao umas das palavras dele me fazia ter uma ideia.
-Isto é seu territorio certo, eu estou rastreando 2 bandidos, que atacaram um urso amigo meu, se este é teu territorio me ajuda, se eles chegarem na cidade com certeza mais amigos vao voltar e caminhar pelo seu territorio e possivelmente fazer um barulho enorme creio que seria ruim para ti, mas eu sei que pode ser perigoso entao eu entendo que não queiras ajudar.
Fazia outra venia -Mais uma vez me perdoa, Ursao irei seguir meu caminho com o menor barulho possivel. Dizia começando a caminhar para passar por ele, caso ele tentasse algo eu rapidamente pularia para tras para evitar qualquer ataque dele.

-Tou sem tempo para brincar, me deixa passar preciso de pegar os caras que bateram no Tio Urso.
Rapidamente avançaria contra o Urso caso ele ainda quizesse me atacar, mas meu avanço seria uma simulaçao para a verdadeira intençao que seria rodar para o lado e chutar a nuca dele e chutar contra o chao.
Sendo assim ele rebolaria contra o chao e poderia ter o caminho livre.
- Se não quizeres ajudar tudo bem, mas eu vou seguir meu caminho, se vieres atras para ajudar sera bem vindo, se for para brigar eu não pegarei tao leve, e eu realmente não quero brigar contigo porque quero dar o troco no cara que estou atras.


Dito isso eu seguia meu caminho mas em alerta nele, se ele viesse atras ficava em total alerta no que ele pudesse fazer, se viesse junto, eu ia deixa ele, se eu sentisse qualquer intençao ou movimentaçao suspeita, eu me afastaria de novo e tentava defender dos ataques ao pular de um lado para o outro para evitar aproximação e caso ele conseguisse aproximar alguma vez e tentasse me dar uma patada ou algo assim eu chutaria a mao dele para o lado oposto ou para cima so para evitar de me atacar e mantinha distancia -Para com isso, nao quero gastar minha energia e tempo contigo.

Em caso de seguirmos os dois caminho sem briga e chegassemos em Chellbinks eu olharia para a cidade de longe -Esta cidade é perto do teu territorio, tens alguma dica de onde os bandidos possam estar, precisamos de ser o maximo discretos possivel, embora um urso não seja bem discreto, mas eu já vi tanto urso que acho que deve ser normal para a populaçao.





Histórico:
Ficha Resumida:
Objetivos:

_________________

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t396-silver-d-saru#1193 https://www.allbluerpg.com/
Diego Kaminari
Estagiário
Diego Kaminari


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 U512dzI
Créditos : 29
Localização : Rio de Janeiro

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySeg Mar 27, 2023 8:16 pm





Ódio das Profundezas







Tudo o que eu tinha em mãos era um facão... Está certo que ele cortava e tal, mas sentia falta do peso e da letalidade de minha espada. Mas a busca não podia parar, a jovem... Digo, Fernand estava naquela floresta e precisa encontrá-lo. Algum tempo de caminhada, minha visão desperta um ódio que me percorreu a espinha novamente e jogando todo pingo de calma que eu poderia ter na vala mais profunda e obscura de minha mente. Diante de mim estava Jacobi ensanguentado e rodeado de lobos famintos... – Quem... Fez... Isso com ELE???!!!! – Gritei e me coloquei em direção aos lobos, se os mesmos viessem para cima de mim em ataque iria usar da minha velocidade e deslizar pelo chão cortando a parte de baixo do animal caso o mesmo pulasse, caso contraria visaria cortar a lateral do lupino. Se conseguisse desviar do ataque do segundo, no caso de existir, com um salto, giraria no ar e tentaria agarrar o lobo pelo pescoço e matá-lo quebrando o pescoço do mesmo.


Se o terceiro lobo resolvesse pagar para ver, iria esperar ele se aproximar e tentar como minha velocidade fincar a faca em sua cabeça. Apesar de todos esses planos, vale lembrar que minha prioridade seria espantar os animais e não os matar, por isso antes gritaria. – Saiam de perto dele, agora. – Minha fala carregava toda a raiva numa tentativa de intimidar os animais e os fazerem afastar.



3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 3555bf9a969c0afc182443198467d0181aa2b6ear1-217-233v2_uhq



Por fim, em caso de sucesso em qualquer umas das circunstâncias iria então verificar se Jacobi estava vivo, caso estivesse eu precisaria dar um tratamento a ele, mas eu não tinha aquele conhecimento, Chloe já devia ter saído, não daria para voltar... Mas dai algo me veio a mente, se aquela garota misteriosa que estou buscando foi quem fez todos aqueles curativos, ela poderia salvar Jacobi. Iria então colocar a faca em minha cintura e, com muito cuidado, colocar o tal em meus braços. Após isso iria tentar sair em busca da jovem, mas agora, com motivos bem mais nobres. – Aguenta firme, Jacobi. Vou te tirar dessa!





Histórico:


Resumo da Ficha:




Objetivos
● Pregar a Verdadeira Liberdade ( )

● Proficiência Briga ( )

● Proficiência Acrobacia ( )

● Tornar oficialmente um pirata (x)







_________________


3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Z0gvBYZ
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t332-diego-kaminari https://www.allbluerpg.com/t2256-3-a-liberdade-que-atravessa-a-ponte-lupina#25154
Chloe Kaminari
Estagiário
Chloe Kaminari


Imagem : Chloe Kaminari
Créditos : 63

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptySeg Mar 27, 2023 8:34 pm

Descobertas
Ulglich, outra vez
 O problema era grande, sem carona e sem muita perspectiva, teria que caminhar sozinha até a porra da cidade, mas aquela não foi a informação mais assustadora do dia… ou noite… quem sabe que porra de horário é… o importante e que eu era a porra de uma veterana!?

Tipo, ok, eu tinha entrado para o 178 ainda pequena junto com a Olga, mas aquele fato era chocante demais. — Não precisa se preocupar. Como eu disse a Olga, todos mudamos muito… — comecei tentando tranquilizar o homem com um sorriso caloroso — Mas agora temos muito o que fazer e uma das coisas e resgatar a Raposa. — falei com convicção, precisava tentar passar aquele sentimento para as pessoas e se realmente fosse seguir junto a meu irmão, não aceitaria ser nada menos que sua imadietada.

Se mais algum deles aparecer… dos novatos — brinquei com o homem mesmo ele aparentando ter mais idade — Pode falar que o Lobo voltou — sorri buscando uma caneca de tequila e lobo bebendo de seu conteúdo para aquecer o sangue da melhor forma possível.

Pouco antes de sair, enquanto ouvia as especificações do caminho dado pelo Urso, fazia questão de olhar ambas as armas para averiguar se alguma delas estava em condição para um possível combate. A arma que pertenceu ao caçador de recompensas antes tinha virado cupcake, mas agora parecia intacta. Iria passar o dedo mindinho pelo interior do cano para ter certeza que não havia a presença de nada que entupice o cano e caso houvesse, buscaria um pano e uma vareta fina o suficiente para que pudesse limpar a mesma.

O mesmo processo seria repetido na vingadora, mesmo que esta não tivesse virado doce, poderia haver neve ou até mesmo terra dentro da arma.  Após isso, mesmo ainda com ódio de tudo que havia acontecido desde nosso encontro com o porco do Theodor e a ridícula Cammy. Céus lembrar isso deixava tudo mais complicado — Bem… até mais senhores… e tomem cuidado — falei com um sorriso buscando a mochila de lobo que havia sido coletada antes de irmos para aquela cabana.

O caminho até a cidade não foi muito difícil, mas o que chamou a atenção foi o som do tumulto. Aquele som não era perturbador, mas ver que alguém lutava contra os militares me deixava muito feliz. Com os ouvidos atentos, vozes me chamavam a atenção — Pera, conheço você — até que por fim o click de algemas foi ouvido. Tentei aguçar um pouco mais para melhor ouvir a voz de quem era preso — Terra!? — achei estranho pois a mulher estava sozinha e haviam muitos homens perto dela.

Eu tinha duas opções, esperar e entrar na cidade ou me aventurar e tentar derrubar mais homens que pudesse e com alguma possibilidade de salvar a mesma ou ser presa…. Seria melhor esperar um pouco…. Caso conseguisse, iria tentar entrar na cidade e caso fosse parada por algum dos militares, iria dar um sorriso e usar de toda a sensualidade que tinha — Senhor eu só quero desfrutar das belezas e das delícias de sua cidade, seria pedir demais?








legendas:

Objetivos:

Ficha Resumida:

Histórico:

Tag: Somewhere + Words: ... + Outfit: here

_________________

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Bc5w0lykuse71

Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t374-chloe-kaminari#1140 https://www.allbluerpg.com/t1362-2-de-dawn-a-shells-uma-viagem-para-conhecimento#14003
Hannibal

Hannibal


Imagem : 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Pppp
Créditos : 00

3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: 3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina   3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina - Página 7 EmptyTer Mar 28, 2023 10:48 pm




POST

14


3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina
Hannibal




A execução




Hannibal avança usando o portal e esmaga os guardas contra uma grade de aço, o meio-gigante faz tudo com um largo sorriso no rosto e sentido prazer diante dos gritos de dor e dos sons de ossos sendo partidos e órgãos sendo esmagados por sua tremenda força bruta.

- HAHAHAHAHA. – Gargalhava o meio gigante.

Mais atras dele vinha outra maquina desposta a destruir tudo pelo caminho, o Coruja se transforma em uma criatura imensa e isso surpreende bastante o meio gigante que fica impressionado com a habilidade do pequeno fazendo ele abrir ainda mais seu grotesco sorriso.

- ISSOOOOOOOOO!!! HAHAHAHA VAMOS!!

Mas ao perceber que o mesmo vinha em sua direção em alta velocidade o meio gigante meio que tenta sair do meio d caminho para não ser atropelado pelo mesmo enquanto ele destrói as grades de aço com seu corpo.

A destruição do portão faz uma imensa nuvem de poeira subir e Hannibal então caminha calmamente em direção ao pátio ainda arrastando a grade.

- HEY, cuidado na próxima.

Quando a poeira baixa o meio gigante percebe então que estava cercado por uns 50 guardas, qualquer um naquela situação poderia ficar meio nervoso, mas não o meio-gigante, ele volta sorrir de forma sinistra enquanto encara os guardas.

- Bom, parece que tem mais gente aqui para morrer, isso é muito bom estava começando a ficar entediado.

O meio gigante olha para os lados analisando os guardas a sua volta e de repente arremessa o portão contra um grupo deles e depois avança contra os mesmos começando a distribuir socos.

- HAHAHAHA VAMOS HAHAHAHA.

Ele tente pegar um dos guardas pelos pés e então começa a usá-lo como porrete usando-o para bater em seus companheiros marinheiros balançando o guarda de um lado a outro como um brinquedo





------------


ADICIONAIS :

PROFICIÊNCIAS:

Briga, Estratégia, Interrogatório, Sobrevivência, Ameaça

Qualidades:

Vigor, Corpulento, Força Titânica, Duro de matar, Prodígio, Mestre em Haki.

Defeitos

Exótico, Sob medida, Infame(Por ser uma pessoa violenta), Sadista, Cabeça quente, Obcecado(Brigar).

Histórico:







CRÉDITOS Roevs
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/
 
3º - A Liberdade Que Atravessa a Ponte Lupina
Ir para o topo 
Página 7 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: East Blue :: Tequila Wolf-
Ir para: