Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos

II - Lados opostos, verdades veladas.

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4
Shiori
Imagem :
II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 EEEWL0c
Créditos :
67
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t363-shiori-miyamoto#1109 https://www.allbluerpg.com/
II - Lados opostos, verdades veladas. Seg Out 10, 2022 8:16 pm
Relembrando a primeira mensagem :



II - Lados opostos, verdades veladas.


Aegon E. Agaznog [Marinheiro]

Não possui narrador definido.
Fechada

_________________

II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 YHVeK1M

II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 VYrwji0

Mizzu
Imagem :
II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 SafXpH3
Créditos :
32
Localização :
Shellstown - East Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2133-aegon-e-agaznog#23197 https://www.allbluerpg.com/t2216-ii-lados-opostos-verdades-veladas#24603
Mizzu
Soldado
Lados opostos, verdades veladas.
Post 23
Aquele navio seguia o seu curso, eu sabia que já era hora de sentir novos ares, entrar mar a fundo para então iniciar meu caminho para ter a notoriedade e o respeito do mundo afora. “Minnions?” Era o que eu pensava ao ouvir dos outros marujos sobre estarmos indo para uma ilha diferente da que havia informado o superior. “Será que houve alguma mudança?!” Retruquei enquanto tentava imaginar que poderia ser alguma tática do superior para não vazar as informações, antes mesmo de zarparmos.

Ainda debilitado, eu tentava de alguma forma auxiliar no manejo daquele navio, com apoio físico, carregando ou puxando cordas, ou até mesmo com apoio moral incitando os outros marines, organizando os grupos para ter uma maior facilidade nas suas tarefas, mas nada tão rígido ou obstinado, apenas para não passar despercebido naquele lugar. “Preciso pesquisar mais!” Era o que eu pensava enquanto começava a observar aquela manopla que estava em meu punho direito, escorado a borda do convés enquanto observava o virtuoso mar, tentava de alguma forma ter mais informações sobre aquele objeto do século perdido, poderia ele ter alguma pista para outra caça aos tesouros? Não sei, entretanto eu tinha que me aprofundar mais naquilo.

Inicio Aprendizado Avaliação

Caso sobrasse algum tempo livre, eu tentaria agora me imergir profundamente nos livros que eu havia adquirido na biblioteca do quartel general, com o livro de avaliação em primeira situação, eu começava a lê o mesmo de maneira bem mais tranquila, enquanto se pudesse ficar próximo ao mar, ou em algum lugar onde eu estivesse mais solitário, seria o ponto ideal para assim começar a ler e adquirir mais conhecimentos daquele livro. Com o passar do tempo, eu sabia que não iria conseguir lê-lo por completo naquele momento, porém aos poucos que eu o lia, já aplicava seus conhecimentos naquela própria manopla, afim de ter maior proveito com aquele aprendizado.

~Então esse tecido não está em nenhum dos exemplares mostrado no livro, será ele raro?~ Pensei enquanto começava a tocar no tecido sentindo sua resistência e também a aderência do mesmo, e sim, eu chegava a conclusão que mesmo sendo antigo e sem catálogo, ele era impecável. “Não atrapalha nem um pouco, como também não fere, realmente é uma boa luva, se não fosse por essas ataduras!” Pensava enquanto abria e fechava o punho, tentando demonstrar para mim mesmo que o item era sim confortável, mesmo sabendo que aquilo não era uma luva e sim uma manopla, por ter o tamanho que apenas parava no meu antebraço, entretanto o que mais me incomodava não nem a parte interna, e sim a externa. Aquelas ataduras com uma aparência já velha, e também algumas com escrituras um tanto que peculiar para o mundo do mar debaixo, apenas fazia se criar a ideia que eu estava usando uma faixa sobre o punho e que não trocava a dias, e isso era o que me incomodava. “Essa luva em si tem um valor grande no mercado, porém pelo simples fato de poucos saberem entender e decifrar o que está escrito nela, ela pode acabar não valendo tanto para um leigo.” Aos poucos eu já ia dominando um pouco daquela habilidade de avaliação por si só, e quando menos percebesse, já havia passado horas enquanto eu aprendia e colocava em prática comigo mesmo aquele ensinamento. “Será que já é hora de comer?” Penso enquanto começo a observar o local.

Fim Aprendizado Avaliação

Procuraria a cozinha local, mesmo sem saber muito sobre o navio em si, tentaria antes de seguir a cozinha, caminhar por todo o mesmo saber a função de cada pedaço de espaço contido nele, para assim depois ir a cozinha e comer algo, pois minha vista aos poucos se fechava, talvez devesse ser por não ter dormido muito bem, então logo após comer seria quase que instantâneo que dormiria, com o intuito de acordar no outro dia com uma bela disposição para trabalho.



Formiga
Imagem :
II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 Teste
Créditos :
16
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor



A viagem teve seu início com certa velocidade e rapidamente Aegon estava no mar aberto, a princípio tudo ocorria com tranquilidade, o loiro até mesmo direcionada seu tempo para o traquejo necessário no navio, fazendo alguns serviços mais simples e braçais. Não demorou para que visse que não havia necessidade de continuar realizando tais ações, já que a viagem seguia seu fluxo com tranquilidade. Não tardou para que o sol desse suas caras e iluminasse toda aquela extensão azul, onde era possível avistar outros barcos navegando naqueles mares, porém, nenhum carregando bandeiras típicas de Piratas, tampouco navios que levantassem alguma suspeita.

Aegon tomou o tempo necessário para ficar imerso em um momento de aprendizado, devorando o livro relacionado a Avaliação e aprendendo mais uma nova habilidade, que por sua vez, seria necessário para conquistar objetivos futuros. O marinheiro gastou muito tempo naquele aprendizado? Sim, passou praticamente a manhã inteira lendo e relendo, absorvendo todo conteúdo com calma. Seus próximos passos? Ir até a cozinha para encher seu estômago, encontrando um lugar ligeiramente confortável, que tinha a disposição algumas mesas e cadeiras, assim como grandes bancos de madeira fixos ao chão, encostados na parede. A alimentação foi tranquila, tendo o marinheiro feito uma refeição que satisfazia seus desejos, assim como conseguia notar a presença de outros irmãos de farda fazendo o mesmo por ali.

O que aconteceu dali pra frente? Ele dormiu sem problema no alojamento, permanecendo nos braços de Morpheus durante toda a tarde e começo da noite. A partir desse ponto a viagem mudou, uma forma tempestade entrou no caminho dos defensores da lei, que tiveram um certo problema em navegar durante aquela força da natureza. O choque das ondas no casco do navio fazia a embarcação tremer por completo, alguns marinheiro se mostraram inexperientes e permitiram que o medo tomasse conta das suas respectivas mentes, que por sua vez, buscaram o isolamento em banheiros e no próprio alojamento, escondendo-se embaixo das suas cobertas. Outros – talvez como Aegon, aqui você pode narrar suas ações se quiser – enfrentaram a tormenta unidos, sendo guiados pelo navegador e superior, puxando e soltando as vê-las, prendendo a carga para que não fosse danificada no interior do navio e fazendo outras funções necessárias.

Quando tempo a tempestade durou? Alguns bons dias, por um momento ela deu a entender que nunca teria um fim. No entanto, após os dias necessários de viagem eles puderam avistar uma silhueta estranha - Tequila Wolf está próximo! - Gritou um dos marinheiros. A ilha como dita era estranha, parecia que tinha uma ponte que ia de ponta a ponta, no entanto, a embarcação da marinha foi em direção a terra firme -Iremos parar em Uglitch, cuidado com o frio! A carga que iremos pegar já está no ponto, subam as caixas o mais rápido possível para que possamos continuar a viagem! - A voz do superior era audível a todos os presentes. Quanto mais perto chegavam de Tequila Wolf, mais o frio se mostrava presente, assim como a neve típica do inverno na Ilha - Aqui infelizmente é um local estranho, temos algumas informações sobre revolucionários por aqui, com certeza é o próximo alvo do governo. - Comentava um outro marinheiro próximo a Aegon.

Por fim, ao chegar próximo ao porto – um local simples, relativamente bem equipado e com alguns estabelecimentos ao redor – bares, restaurantes e simples mercados. Um grupo – sem traje da marinha – estava parado no porto ao lado de incontáveis caixotes.


Histórico:
Legenda:
Mizzu
Imagem :
II - Lados opostos, verdades veladas. - Página 4 SafXpH3
Créditos :
32
Localização :
Shellstown - East Blue
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t2133-aegon-e-agaznog#23197 https://www.allbluerpg.com/t2216-ii-lados-opostos-verdades-veladas#24603
Mizzu
Soldado
Lados opostos, verdades veladas.
Post 24
O barco balançava, enquanto eu menos esperava uma grande tempestade nos apossar, e como já dizia o ditado “Mar calmo nunca fez bom marinheiro”, não era naquela hora que eu iria fraquejar, minha determinação e minha ambição não deixavam eu tremer mediante aquilo, assim, enquanto outros se afugentaram mediante aquela fúria maritima, eu seguia para obedecer as ordens do capitão, entrando em conjunto aquela luta contra o mar.

~Tequila?~ Pensei ficando novamente confuso quanto às informações que burburavam naquele navio. “Primeiro era tequila, depois minions, agora tequina novamente? Eles estão tentando o que com isso?” Entrava em certo desdém, após dias de tempestade e ainda um pouco cansado, aquela nova ilha era um tanto que ruim para mim, nunca fui fã das baixas temperaturas, porém eu não me importava muito, sabia que era uma passagem rápida, e assim apenas tentava me agasalhar ao máximo utilizando das minhas chamas, para aumentar a temperatura corpórea e assim não sofrer com o frio daquela ilha. ~Ok!~ Respondi ao superior enquanto via o navio passar por uma larga ponte que existia naquela ilha, porém não era lá onde atracamos.

Sem muita pergunta ou hesitação, eu seguiria para o local onde estavam os suprimentos, com o novo posto assim alçado, tentaria organizar da melhor forma aqueles outros subordinados para cumprir com a missão que tínhamos naquela ilha, claro, não me importando também de pôr a mão na massa, porém tentava não me esforçar muito, já havia forçado meu corpo com aquelas tempestades, e ainda com os curativos da última batalha, eu não poderia me dar ao luxo de acabar abrindo tais feridas. Após realizar a missão de recolher os suprimentos, eu tentava guarnecer aquele grupo, sempre olhando aos arredores para não sermos pegos desprevenidos por inimigos em si, e assim logo apos embarcando no navio para mais uma viagem.

~Senhor, tudo está embarcado.~ Responderia o superior ali, tentando dar um feedback da missão para o mesmo, mas não antes de averiguar se realmente estava tudo no navio. Tentaria depois seguir para o alojamento ou para cozinha, queria recuperar minhas energias e também dar uma leve descansada, pois nunca se sabe se a viagem seria ou não calma.