Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Yagami Yami *Hoje à(s) 3:21 pmporZoro7º Capítulo: Um Titã em LótdäHoje à(s) 3:12 pmporBlindao[FP] Valentine DécèsHoje à(s) 12:19 pmporYamiAventura dois: trabalhando até desmaiar.Hoje à(s) 12:19 pmporDiego Kaminari2 - Fat Bottomed GirlsHoje à(s) 12:16 pmporRyanletonySpear & Shield - 01Hoje à(s) 10:45 amporNoskireVoice of the SoulHoje à(s) 7:32 amporAntestorCriação de TécnicasHoje à(s) 5:31 amporAntestorJungle D. PalomeroHoje à(s) 5:04 amporsubaúmaCrie seu Estilo de Combate ÚnicoHoje à(s) 4:58 amporAntestor

Noites em Hoxter

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte
Sasha
Imagem :
Berserker
Créditos :
45
Localização :
Rota 6 - 4ª Ilha Vedde
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t340-sasha-sparks#1002 https://www.allbluerpg.com/
Sasha
Rank B
Noites em Hoxter Ter Ago 02, 2022 6:44 pm


Noites em Hoxter


[Civil]Ren

não possui narrador definido.
Aberta

_________________



Noites em Hoxter 9g2joTh

Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Qua Ago 03, 2022 8:06 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 1



A promoção pra capodecina com certeza foi um passo muito importante na minha carreira dentro do submundo, mais especificamente no distrito da luz vermelha. Agora, eu poderia acumular ainda mais atribuições e responsabilidades dentro da organização, sem falar no aumento da minha influência. Naturalmente, por saber que Hoxter perfeita para fazer dinheiro, eu já planejava me estabelecer aqui e expandir meus negócios ao máximo. Esse seria o próximo importante passo na minha trajetória para finalmente ter poder e influência o suficiente para me livrar naquela gigantesca pedra no sapato que era o meu ex-noivo.

Pois bem, eu já sabia o que queria conquistar, agora só faltava pensar em como fazer pra chegar lá. Eu queria tomar o controle direto de um território do submundo aqui na ilha, mas pra isso eu precisava de muito dinheiro, e eu duvidava muito que a quantia que eu tinha atualmente seria suficiente para isso. Ter territórios era algo que, apesar de lucrativo, era bem caro, afinal, era preciso arrumar uma base de operações e colocar várias pessoas na folha de pagamento, desde funcionários, a guardas e até autoridades pra que façam aquela vista grossa. E caso eu quisesse fazer qualquer expansão, seria necessário dominar primeiramente nem que fosse uma pequena rua ou bairro. Os crimes cometidos por membros do submundo em geral precisam ficar por debaixo dos panos, afinal, caso algum de nós receba uma recompensa, automaticamente somos considerados piratas pela marinha e o governo.

Recentemente eu havia tido alguns pequenos desentendimentos com Agatha Kuroda, uma capodecina do distrito do contrabando aqui na ilha. Ela havia me manipulado para fazer um trabalho sujo em nome dela, mas no fim das contas deu tudo certo, afinal, foi aparentemente graças a esse trabalho que eu consegui minha mais recente promoção para esse carguinho. Por isso, atualmente não tenho nenhuma raiva da minha colega capodecina, afinal, o saldo de tudo aquilo acabou sendo positivo e, além de tudo, dá até pra eu enxergar essa situação com um belo aprendizado.

Eu já tinha algumas coisinhas em mente que poderiam me fazer ganhar uma boa quantidade de berries, mas antes de tomar qualquer decisão, decidi ouvir qual era a opinião das minhas companheiras e subordinadas mais próximas. Embora eu fosse de longe a mais experiente entre todas nessa área de negócios escusos, era sempre importante ter perspectivas de pessoas com a mente mais aberta. Caso estivesse no meu quarto do hotel Belucci junto com Izzy, Bell e Anzu, sentaria em uma das cadeiras de madeira, cruzaria os braços e perguntaria em um tom casual: - Bom, agora que a minha pequena desavença com a Agatha Kuroda já foi resolvida, tá na hora da gente voltar a focar em fazer dinheiro. - Faria um sorrisinho amigável para elas. - E então meninas? Alguma sugestão sobre como a gente pode fazer uma graninha aqui em Hoxter? - Então, eu esperaria para escutar qual seriam as respostas das garotas.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Sab Ago 06, 2022 11:31 am



epública de Hoxter era um lugar interessante para aqueles que queriam fazer dinheiro e a jovem Ren era uma delas. Após grandes aventuras, missões e situações complicadas, a felina estava finalmente em um nível diferente, agora que era uma capodecina. A própria figura do submundo estava com tal objetivo em mente, precisava adquirir a quantia monetária necessária para finalmente ter um negócio em seu nome, na verdade, um pequeno território. Claro que aquilo não seria fácil, já que lidar com algo tão grande assim precisava de toda uma rede de apoio ou simplesmente dinheiro o bastante para comprar o silêncio e vista grossa dos “homens da lei”.

De qualquer forma, ela não estava sozinha e contava com duas figuras apoiadoras Maria e Izzy, suas cúmplices e confidentes - Hum… não sei ao certo. - Bradou I\zzy com uma expressão pensativa em sua face - O que acha que podemos fazer para ganhar dinheiro? Trabalhos? Poderíamos já ser aqueles que dão missões, ao invés de cumpri-las. - Disse Maria com um certo descontentamento em suas palavras - Uma capodecina não era pra ter funcionários? - Indagou dando uma brecha para a resposta - E se a gente tentasse capturar algum criminoso? Certo, isso talvez nos colocasse em risco e talvez criasse algum inimigo, mas, o que acham? Normalmente os clientes do distrito vermelho são pessoas de todos os tipos, precisa ter cautela nesse caso. - Bradou Iris dando uma ideia - É uma boa ideia… - Completou Maria.

Naquela manhã simplória Hoxter provavelmente veria o primeiro passo definitivo da nova figura de destaque do submundo, mas, ainda falta uma peça importante naquele grupo! Não demorou para que a porta do quarto no hotel belucci fosse aberto e Anzu desse suas caras por ali, com um belo café da manhã simples, mas visivelmente saboroso. Ela puxava um pequeno carrinho com algumas guloseimas, café, ovo, pão e algumas frutas, algo bem diversificado - Estão com fome? - Falou a mulher.


Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Sab Ago 06, 2022 11:34 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 2



- Brigada, Anzu. - Responderia, pegando uma maçã do carrinho caso tenha uma. As respostas que as outras duas haviam dado foram bem interessantes, e eu com certeza tinha o que falar a respeito delas. Primeiramente, Mariabell sugeriu passar missões para outras pessoas e ganhar dinheiro assim, mas no momento, pra gente isso era impossível por alguns motivos. - Bell, mesmo que eu tenha o cargo de capodecina na organização, não vai brotar do nada um pessoal disposto a trabalhar de graça pra gente. - Responderia com paciência, depois de terminar de comer a fruta. - Precisamos de dinheiro pra comprarmos um território, e aí sim teremos como pagar associados e mercenários pra fazer nossos servicinhos sujos. - Depois disso, voltaria minha atenção pra Izzy, que tinha dado a sugestão de ir atrás de capturar um pirata e receber sua recompensa ao entregá-lo para a marinha.

Ela também levantou a questão de que isso poderia acabar causando problemas, já que a natureza do nosso trabalho no submundo era contrária a fazer coisas espalhafatosas como sair comprando briga com piratas só pra pegar a recompensa deles. Isso traria atenção demais pros nossos negócios, especialmente se eu acabasse aparecendo em algum jornal. Parecia que realmente não era uma boa ideia seguir por esse caminho, mas foi aí que eu tive uma certa epifania. Eu já dominava muito bem as artes do disfarce e da dramaturgia, então, isso significava que eu poderia me disfarçar e ir atrás dessas recompensas com uma identidade falsa! Assim, eu não traria atenção para o submundo mesmo que acabasse saindo em alguma publicação ou fosse vista por um grande número de pessoas. E além de tudo isso, eu ainda por cima poderia satisfazer meus impulsos sádicos durante a luta contra o meu alvo.

Era uma ótima ideia, e eu tava beem ansiosa pra colocá-la em prática. Por sinal, foi uma ideia tão boa que eu até deixei de lado os meus planos anteriores para perseguir apenas ela. - Eu gostei da ideia da Izzy, com certeza tem piratas com recompensas bem grandes aqui na Grand Line. - Ficaria de pé antes de continuar a falar. - Acho que não vai ter problema se eu me disfarçar antes de ir à caça.

Andaria até a porta do quarto de hotel, uma expressão de pura satisfação em meu rosto. - Tô indo atrás da fantasia, vocês três fiquem aqui e me esperem. - Voltaria meu olhar para a mercenária kuja de cabelos loiros. - Anzu, você tem o maior cargo, então vou te deixar no comando enquanto tô fora. Tentem não sair do hotel até eu voltar. - Faria uma piscadela para as minhas três companheiras, e então sairia do quarto. Agora, precisava arrumar um disfarce e criar uma identidade falsa para poder iniciar a procura por algum alvo interessante. Iria até a saída do hotel, e uma vez nas ruas de Sira, procuraria uma loja de fantasias, como sempre, ficaria bastante atenta e tentaria verificar se estava sendo seguida ou não.

Caso achasse uma loja de fantasias, compraria um longa peruca ruiva e uma touca preta para esconder meu cabelo e orelhas. Também adquiriria um óculos escuro e, caso possível, uma roupa de ninja que me possibilitasse esconder tanto meu rabo quanto a marca nas minhas costas. Uma vez compradas as roupas, eu me trocaria no vestiário da loja e pagaria o valor total no caixa. Tendo concluído tudo isso, iria na banca de jornal mais próxima e compraria a edição mais recente do jornal para verificar quais eram os cartazes de procurado que estavam disponíveis.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Sab Ago 06, 2022 6:08 pm



Ren se encontrava de certa forma pensativa sobre como iria arrecadar todo aquele montante monetário, explicando um pouco sobre a situação que ela se encontrava e realmente, ninguém iria aceitar trabalhar de graça assim. De qualquer forma, em meio a interação entre as companheiras uma ideia interessante surgiu e bem, aquilo poderia realmente funcionar se fosse bem feito, afinal, civis podem atuar na captura e entrega de procurados, assim como os caçadores de recompensa - Pode deixar, iremos esperar aqui então. - Bradou Anzu enquanto comia aquela refeição matinal. Não ocorreu conversa ou objeção após as ordens de Ren, pelo jeito, todas confiavam plenamente nas decisões da felina, que rapidamente saiu do Hotel Belucci indo em busca dos seus objetivos, uma loja de fantasias ou roupas exóticas.

As ruas de Hoxter estavam ligeiramente calmas naquela manhã, as lojas pareciam terem sido recém abertas e poucos clientes estavam no interior dos estabelecimentos, exceto em um dos restaurantes por qual Ren passou, que se mostrava bem cheio. A garota andou por alguns minutos passando por algumas lojas, como mercearias, farmácias, lojas de armas, roupas e até finalmente achar uma pequena loja de fantasia, que estava bem escondida ao lado de duas grandes construções chamativas - um “barzinho chique” e uma loja de produtos marítimos e pesca. Como dito anteriormente, a loja era pequena e feita de madeira e cimento, mas ainda sim era dotada pelo seu charme simplório.

O interior do lugar contava com uma quantidade de fantasia bem variada e não foi difícil para garota encontrar uma peruca ruiva, uma touca preta e uma roupa - da mesma cor da touca - que se assemelhava com vestimentas ninjas, algo ligeiramente folgada que não mostrava tanto suas curvas e que também não impedia a flexibilidade. O pequeno senhor e provavelmente dono do lugar, ficou animado com a presença de uma cliente, que gastou exatamente 950 mil Berries por tudo, um valor bem acessível e que também mostrava que as roupas não tinham uma qualidade considerável, mas, que provavelmente supririam as necessidades da felina. Por fim, ela saiu em busca de uma banca de jornais e não demorou de encontrar, gastando exatos 250 mil berries para adquiri-lo, porém, não encontrando o que necessitava. O jornal era contava sim com alguns nomes, porém, nenhum deles ficava em Hoxter ou sequer na rota onde a Ilha estava localizada, pelo jeito, ela teria que pensar em outra abordagem para encontrar os benditos cartazes.


Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Sab Ago 06, 2022 6:18 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 3



Eu já havia conseguido uma boa fantasia, agora, só faltava encontrar um cartaz com um procurado viável que eu possa caçar. Também tinha comprado o jornal em busca de tais cartazes, mas infelizmente não encontrei nenhum de piratas que estavam ao meu alcance já que só apareceram alvos em outras rotas. Bom, pelo visto, eu teria que ir atrás daqueles cartazes do jeito antigo. Vestindo meu disfarce de ninja, eu iria até o bar ou taverna mais próximos na intenção de procurar cartazes de procurado que estivessem expostos nas paredes.

Enquanto andaria pelas ruas de Hoxter, tava na hora de pensar em um alter-ego ou identidade falsa mais concreta pra eu interpretar. Da última vez que tive que me passar por outra pessoa, o fato de eu já ter uma personagem construída ajudou bastante, e como agora eu já era uma especialista em dramaturgia, tinha certeza que tudo isso tudo ia funcionar perfeitamente. “Já sei, vou ser uma ninja misteriosa que odeia piratas.” Decidiria, fazendo um sorrisinho. “Meu nome vai ser Kris, a Ninja Escarlate.” Escolheria essa alcunha por causa da cor da peruca, me divertindo enquanto continuava tentando desenvolver os maneirismos dessa nova persona que eu estava criando.

Ao chegar em um bar ou taverna, procuraria por cartazes de procurados de piratas que estariam em Hoxter. Caso encontrasse algum com essa descrição, removeria o cartaz e daria uma boa olhada em todos os detalhes escritos nele. Se por acaso eu não ache o que estava procurando naquele lugar, iria até o quartel da marinha local, e como eu não sabia exatamente como chegar lá, perguntaria aos civis nas ruas qual era o caminho. Feito isso, andaria até o quartel da marinha sem perder muito tempo.

Chegando no quartel, andaria até os guardas no portão e me apresentaria, em um tom super sério, já interpretando minha nova personagem. - Sou Kris, a Ninja Escarlate. - Faria uma pequena reverência antes de continuar. - Estou em busca de piratas para caçar e gostaria de dar uma olhada em alguns cartazes. - Cruzaria os braços, tentando passar um ar de valentona. Se recebesse os cartazes, daria uma olhada neles e colocaria nos bolsos aqueles que se encontrassem em Hoxter caso haja algum assim. Se nenhum cartaz tivesse essa descrição, não levaria nenhum. De qualquer forma, ao final de tudo, agradeceria ao marinheiro e voltaria até as ruas da cidade próximas do Hotel Belucci.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Dom Ago 07, 2022 10:25 pm



A cada pequeno minuto que passava Ren criava ainda mais seu alter ego, criando até mesmo um nome falso, afinal, aquela não era a primeira vez que a garota fazia um trabalho daqueles. De qualquer forma, caminhar por Hoxter era algo bem tranquilo, pessoas iam e vinham por ali carregando sacolas de mercados, lojas ou simplesmente se tratavam de trabalhadores comuns, indo para seus respectivos destinos. A felina agora buscava por uma forma de encontrar cartazes das figuras que tinham algum valor por sua cabeça, visando encontrar em alguns bares da região.

De qualquer forma, após alguns minutos andando pelas ruas frias de Hoxter, ela encontrar uma pequena taberna aberta, feita de madeira e com uma arquitetura bem rebuscada e um tanto quanto arcaica. O interior do lugar contava com um punhado de homens bêbados e por ali nada foi encontrado pela felina, pelo jeito, ela não estava com muita sorte naquele dia, podia até mesmo ser um sinal para que ela pudesse repensar seus planos? Bem, algo que só cabia a ela. Kris (Ren) retornou às ruas e não tardou a indagar aos civis que passavam por ali encontrando sem muita dificuldade o bendito do quartel, que ficava logo nos portões de entrada de Hoxter, bem na região portuária. A grande fortaleza litorânea se mostrava imponente no distrito sul, cercada por armamentos pesados e com muitos guardas fazendo a segurança da Ilha.

A entrada de Ren não foi barrada, no entanto, alguns guardas ficavam observando a jovem ninja caminhar pelo chão de pedra que levava até a recepção principal do Quartel, que era formada por um grande balcão de madeira com duas pessoas atrás dele, uma mulher e um homem de feições bem comuns - Uma caçadora nova por aqui? Ou fica tão escondida quanto uma ninja mesmo? - Brincou o rapaz de cabelos amarelos enquanto mexia em algumas coisas atrás do balcão - Temos esses pelas bandas, mas acredito que você precise se apressar, alguns caçadores vieram aqui nas últimas semanas e provavelmente já estão bem adiantados. - Continuou o homem colocando no balcão alguns cartazes. O mais forte estava na casa dos cem milhões, o segundo estava na casa dos oitenta e existiam algumas pessoas na casa dos trinta, quarenta e cinquenta - Está buscando algum valor específico? - Concluiu o rapaz.


Cartazes:

Yukimoto
Alduin
Milena
Carl



Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Seg Ago 08, 2022 10:36 am




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 4



As opções de piratas para caçar eram muitas, e de início eu havia ficado bem indecisa. Muito provavelmente, quanto maior a recompensa mais difícil seria a captura, e quanto menor a recompensa, mais tranquilo seria. Eu tinha três escolhas naquela situação. A primeira era ir atrás dos dois piratas com as menores recompensas, e com a soma delas eu possivelmente atingiria a casa dos 100 milhões junto com o dinheiro que eu já tinha comigo. O problema disso é que caçar dois alvos com certeza seria bem mais demorado do que caçar um só.

A segunda opção era ir atrás do pirata de 100 milhões, assim, mesmo que eu acabasse matando ele acidentalmente na luta, garantiria que meu montante no fim de tudo fosse suficiente para comprar o território que tanto queria. Mas nesse caso, eu imaginei que seria de tanto arriscado ir atrás de um pirata com uma recompensa tão alta, e além de tudo, na minha primeira caçada da vida. Me parecia um tanto imprudente.

A última escolha seria caçar a pirata na casa dos 80 milhões, e essa era a que eu estava mais inclinada a perseguir. 80 milhões era um ótimo meio termo entre as duas primeiras opções, eu apenas teria que tomar cuidado para não acabar matando ela e assim desvalorizando o valor da recompensa, que era sempre menor quando o pirata era trazido morto. Por fim, depois de pensar por mais alguns instantes, decidi ir pela terceira opção mesmo.

- Irei atrás dessa tal Milena, duquesa de Toroa. - Eu responderia, em um tom ríspido. - Tem alguma informação que vocês possam me dar a respeito dela? - Questionaria, colocando o cartaz da pirata no bolso. Caso eles tenham informações, escutaria tudo, daria as costas e sairia dali sem nem mesmo agradecer ou me despedir, afinal, Kris era uma ninja bem séria e anti social. Se eles não tiverem informação nenhuma, apenas daria de ombros e sairia da mesma forma.

Se tivesse recebido alguma pista dos marinheiros, seguiria ela. Se por acaso não tivesse nada pra começar a caça, decidir por começar a investigação em algum dos bares mais “suspeitos” da cidade. Funcionários de bares ouviam todo tipo de conversa de fregueses bêbados, era possível que tivessem ouvido falar alguma coisa sobre a tal duquesa. Se estivesse de dia, esperaria o cair da noite antes de continuar a caça, e faria minhas refeições em alguma barraquinha de macarrão ou restaurante barato pra economizar dinheiro. Ao chegar no bar ou taberna, entraria lá e andaria super séria até o balcão, e então perguntaria ao responsável pelo lugar: - Você por acaso ouviu alguma coisa sobre Milena, a duquesa de Toroa?





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Seg Ago 08, 2022 3:53 pm



A garota inicialmente ficava pensativa sobre qual caminho pegar, afinal, ela necessitava de uma determinada quantia e tinha algumas opções. Enquanto observava os cartazes a garota ponderou qual seria a melhor opção, pegar os peixes pequenos ou ir diretamente atrás do grandalhão? Bom, talvez a maioria das pessoas escolhesse ir pelo caminho mais seguro, já que normalmente os criminosos com recompensas mais baixas eram mais fracos, porém, Ren não era uma pessoa comum! Rapidamente ela escolheu alguém com um valor considerável, alguém que teoricamente podia ser um problema para a felina, mas, que ela estava disposta a dobrar em prol do seu objetivo - Ahn, vejamos… - Falou o marinheiro olhando alguns papéis - Temos pouca informação sobre ela, mas, pelo que encontraram ela está no distrito leste, mas não é uma certeza. - Concluiu o homem bem direto e reto.

Com as informações em mãos - e o cartaz também - Ren seguiria sem mais delongas, continuando com todo arquétipo criado para aquela ninja, que se mostrava bem antissocial. Com o destino em mente ela partiu pelas ruas da cidade, passando por todo aquele ambiente “padrão” da cidade, que era bem cuidado. Claro que aquilo não durou muito, já que não tardou para chegar no tal distrito leste, um lugar que em suma carregava incontáveis minas e também uma pobre sociedade a par, afinal, a população existente ali era basicamente ignorada pelo resto da cidade e também bem marginalizada.

Diferente da área “normal” de Hoxter, as casas do Leste da Ilha eram feitas de maneira, com esgoto a céu aberto e também - como dito - incontáveis minas existentes por ali, diversas entradas entre as casas. As pessoas olhavam com expressões “estranhas” para Ren, já que uma figura toda trajada como uma ninja não era comum na região. O odor fétido poderia ser algo incômodo, assim como andar naquela pequena lama que carregava uma tonalidade acinzentada, motivada pela mistura do solo com os incontáveis desejos espalhados por ali. Enquanto caminhava era possível para a garota ver algumas casas e também estabelecimentos, principalmente bares que pareciam recheados de criminosos, já que dava para ver claramente em suas expressões e trejeitos. Brigas aconteciam em todo momento, assim como sons estranhos que vinham das minas, pareciam que coisas estavam desabando em seu interior.

Pelo jeito não seria fácil encontrar a mulher, qual seria o primeiro passo de Ren? Para onde ela iria? A garota podia sentir que ela não estava segura ali, ela precisava ser rápida em suas ações, isso é, se não quisesse entrar em uma enrascada.

Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Seg Ago 08, 2022 4:03 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 5



Minha busca por Milena, a duquesa de Toroa, havia me levado até o distrito Leste da República de Hoxter. Aquele era um lugar extremamente desagradável, fétido, sujo e eu mal podia esperar para poder dar o fora de lá. Infelizmente, eu era obrigada a vasculhar aquela área na caça pelo meu alvo, a tal da pirata Milena, que segundo os marinheiros lá do quartel havia sido avistada por estas bandas. Eu também sentia que não estava exatamente segura naquele lugar, mas se eu me importasse tanto assim com minha própria segurança jamais teria chegado onde cheguei nessa organização. E eu já estava acostumada a lidar com qualquer tipo de bandidinho de quinta por causa de tantos anos na minha profissão. Taparia um pouco o nariz e seguiria em frente, não demonstrando qualquer fraqueza ou medo na frente de ninguém.

Entraria em um dos bares cheios de criminosos, usando minhas habilidades de dramaturgia para demonstrar que Kris, a Ninja Escarlate, não tinha medo de nada e de ninguém. Como tinha a profissão de ladra, sabia muito bem como lidar com esses negócios escusos de compra de informações no submundo, então por enquanto nada daquilo era novo pra mim. A única diferença é que normalmente eu tentaria convencer os outros na base da sedução, mas como agora estava em um disfarce que me cobria toda, teria que me virar com outros métodos. Andaria até o balcão de um desses bares com a cabeça erguida e com uma postura de autoridade. - Preciso de informações sobre Milena, a duquesa de Toroa. Sei que ela foi vista nesta área. - Requisitaria, colocando o cartaz em cima do balcão, em seguida dando continuidade antes mesmo do meu interlocutor responder, para demonstrar minha autoridade.

- Posso pagar, e garanto que ninguém saberá que recebi a informação de você. - Usaria minhas habilidades sociais e minha língua de prata para fazer aquela oferta de forma que soasse convincente, proferindo cada palavra com extrema confiança e colocando um punhado com o total de um milhão de berries em cima do balcão. Caso receba as informações, recolheria o cartaz e novamente sairia sem nem mesmo agradecer, para então começar a andar na direção apontada. Se por acaso ele me cobrasse pela informação, pagaria o valor pedido. Caso ele não tenha a informação que eu havia requisitado, iria em outros bares e faria a mesma coisa até conseguir alguma coisa ou não terem mais bares disponíveis.

Se por acaso visse que estava sendo seguida por algum grupo de criminosos, ou que alguém estava tentando me roubar, eu instantaneamente criaria uma redoma de eletricidade ao meu redor, tanto no intuito de me proteger quanto de mostrar minha força. Em seguida começaria a carregar eletricidade nas palmas de ambas as minhas mãos. - Vão mesmo tentar a sorte contra a Ninja Escarlate? - Questionaria, tentando persuadi-los a irem embora. Não é que eu não quisesse lutar, afinal infligir dor nos outros era uma das coisas que eu mais gostava de fazer na vida, o problema é que no momento não seria inteligente atrair muita atenção pra mim e arriscar alertar minha presa. Caso mesmo assim tentem me atacar, não teria outro jeito e eu teria que lutar. Imediatamente responderia disparando um raio de eletricidade bem no peito do primeiro que avançasse contra mim, e contra atacaria da mesma forma qualquer outro que tentasse o mesmo, bloqueando possíveis golpes tentando colocar minha nekote na frente de suas trajetórias.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Ter Ago 09, 2022 12:52 pm



A felina não ficava muito surpresa com aquele ambiente, afinal, ela tinha tamanha experiência no submundo e aquilo era comum, locais recheados de criminosos e com uma segurança duvidosa. De qualquer forma, ela estava completamente imersa na nova faceta criada para aquele trabalho, agindo de maneira diferente com Kris, optando por uma abordagem que ia totalmente contra a que ela tinha como Ren, talvez, fosse mais uma das suas estratégias para não revelar sua verdadeira identidade - Um ninja? - Questionou o homem com uma expressão estranha - Tem doido pra tudo, bem, se eu soubesse eu… - Falou logo após Ren, mas pausou sua fala ao observar a garota colocando uma quantidade considerável de dinheiro na mesa - Bem, não sou dedo duro… mas tem uma coelha não muito longe daqui… - Disse um pouco sem jeito e bem baixinho, enquanto pegava a grana.

O rapaz logo falava onde a tal coelha estava, em uma espécie de galpão abandonado, que agora obviamente contava com algumas pessoas, afinal, A Duquesa não estava sozinha. Isso mesmo, o alvo de Ren contava com um pequeno bando formado por oito pessoas e pelo que foi dito pelo homem, a criminosa buscava aumentar seus números em Hoxter, pelo menos foi isso que ele ouviu. Com as informações em mãos a figura do submundo partiu dali, tendo novamente alguns olhares em sua direção, principalmente por conta das vestimentas que ele utilizava. De qualquer maneira, Ren não demorou para confirmar as informações passadas pelo homem, já que poucos minutos depois ela pode encontrar um grande galpão que contava com três janelas em cada lado, tendo uma única entrada pela parte frontal - uma porta metálica. O lugar não estava tão bem cuidado assim, era possível ver que era construído de metal e maneira, com alguns espaços destruídos por toda extensão do lugar, inclusive no teto. Os fundos do lugar davam em uma das minas espalhadas naquela região, mas, contava com um pequeno beco - tanto nas laterais, quantos nos fundos - que dava para uma ou duas pessoas passarem com facilidade em alguns pontos, em outros, estava bloqueado por alguns sacos de lixo, pedra e afins.

Caso Ren chegasse perto, ouviria algumas vozes vindas do interior do lugar, parecia que tinha cerca de quatro pessoas ali dentro, pelo menos eram as vozes distintas que ela escutava - todos homens. Como ela iria agir naquele momento? Existia a possibilidade de dar mais uma olhada no galpão, visando encontrar alguma brecha de maior utilidade. Ao lado do galpão existiam duas casas simples de madeira, o esgoto a céu aberto passava logo em frente às três construções e existiam algumas figuras pela rua, algumas crianças e adultos.

Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Ter Ago 09, 2022 1:58 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 6



Eu havia recebido informações bem úteis. Além de já saber a localização aproximada de onde a duquesa se encontrava, também sabia que aparentemente Milena estava acompanhada de vários subordinados. Imaginei que seria fácil assim subornar aquele homem, afinal, esse tipo de pessoa faria qualquer coisa por um pouquinho de dinheiro. Pensei em esperar até a noite para atacar na intenção de usar minha forma Sulong, mas decidi fazer esse trabalho durante o dia pra testar uns truquezinhos novos que eu tinha aprendido recentemente.

Andaria até próximo do galpão abandonado de onde eu ouvia vozes de homens. Não seria muito inteligente eu atacar de frente sem nem ter total certeza de que Milena estava ali, então tomei a decisão de fazer um pouco mais de reconhecimento naquele local. Além disso, eu era bisbilhoteira por natureza e estava morreeeendo de vontade saber o que aqueles caras tavam falando.Tentaria me esgueirar, usando minhas habilidades tão desenvolvidas com furtividade para tentar encontrar alguma janela o brecha que me permitisse ver e/ou escutar o que estava acontecendo lá dentro. De preferência, os dois.

Faria o máximo para identificar se Milena estava realmente ali, prestando atenção na presença de alguma mulher dando ordens ou coisa do tipo. Se tivesse como ver o que rolava lá dentro, procuraria por uma mink coelha como na foto do cartaz. Caso tivesse conseguido confirmar que ela estava realmente lá, começaria a procurar uma forma de entrar no local rapidamente. Se por acaso não identificasse que ela estava lá dentro, esperaria mais tempo escondida do lado de fora em alguma lata de lixo, pedra ou bueiro até ver que alguém com a descrição do meu alvo estava chegando.

Procuraria por janelas, rachaduras ou brechas em geral na parede do galpão. Coisas que me permitissem entrar lá com relativa facilidade, para que pudesse atacar logo a tal da Milena antes que ela pudesse escapar de mim. Em último caso, desferiria um poderoso golpe perfurante com minha nekote em alguma parte estruturalmente mais fraca da parede para tentar derrubá-la com minha destreza. Se por acaso conseguisse entrar lá, imediatamente estenderia o cartaz de procurado na frente da mink coelha e seus subordinados, para então anunciar minha presença. - Finalmente te encontrei, Milena. Eu, Kris, a Ninja Escarlate, irei te capturar! - Falaria extremamente séria e seguindo fielmente o personagem, me divertindo internamente com todo esse teatrinho.

Além disso, eu instantaneamente criaria uma redoma de eletricidade ao meu redor, tanto no intuito de me proteger quanto de mostrar minha força. Em seguida, depois de guardar o cartaz de volta nos meus bolsos, começaria a carregar eletricidade nas palmas de ambas as minhas mãos. - Vocês peixes pequenos, caiam fora se não quiserem morrer. Isso aqui é entre eu e a coelhinha. - Caso mesmo assim tentem me atacar, não teria outro jeito e eu teria que lutar. Imediatamente responderia disparando um raio de eletricidade bem no peito do primeiro que avançasse contra mim, e contra atacaria da mesma forma qualquer outro que tentasse o mesmo, bloqueando possíveis golpes tentando colocar minha nekote na frente de suas trajetórias. Se a coelinha tentasse correr, imediatamente correria atrás e focaria bastante minha atenção nela, dando meu melhor para não perdê-la de vista.





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Sex Ago 12, 2022 4:13 pm



A jovem Kris (Ren) estava em um momento autocontrole para não revelar sua posição, afinal, ela queria muito escutar o que as figuras no interior daquele galpão falavam. Dada sua experiência, a felina não iria simplesmente entrar ali de qualquer jeito, ela já tinha feito todo tipo de trabalho durante sua trajetória no submundo, não era uma amadora qualquer. Usando sua furtividade natural ela se moveu pelo lado externo do galpão, observando pelas brechas a presença das figuras existentes naquele lugar, que contava com uma mulher com grandes orelhas cinzas e seis homens, ou seja, faltavam dois deles no seu raio de visão. Ela conseguia ouvir alguns sons nos fundos do galpão e ouvia a voz feminina de Milena falando em direção ao local dos sons, dando indicação que a dupla que faltava estava naquela região.

Bem, ao ver seu alvo ali só restava para ninja iniciar o ataque e ela estava decidida a fazer isso, se preparando para entrar no lugar para mostrar todas suas habilidades de combate. Porém, enquanto preparava-se para atravessar o pequeno espaço, ela sentiu que algo acertava suas costas - PUTA QUE ME PARIU! QUE MOSQUITÃO É ESSE? - A voz masculina invadiu os ouvidos de Ren que sentia a região das suas nádegas ardendo, enquanto era jogada com ferocidade para o interior do lugar. O barulho do corpo da felina quebrando a estrutura do galpão chamou a atenção de todos no interior do lugar, principalmente de Milena, que rapidamente puxou uma pequena besta das suas costas e então disparou um dardo na direção de Kris, enquanto ela ainda estava no ar. Pela posição da felina o dardo passou de raspão pelo seu rosto, rasgando parte do seu traje, mas ainda não sendo capaz de revelar sua verdadeira face.

Por alguns detalhes a entrada da garota não era perfeita como desejou, porém, agora estava bem ao centro do lugar e rodeada por nove inimigos, sendo o último a Duquesa - Ora, Ora, Ora… o que temos aqui? - Falou a mulher com um sorriso malicioso em sua face, enquanto ouvia as palavras de Ren que deixava claro o motivo que a levou até ali - Entendo, uma pena que você não vai conseguir. - Falou a mulher preparando sua besta para mais uma rodada de ação. Os homens iam todos de uma única vez, pouco pareciam se importar com a eletricidade criada pela mulher, talvez estivessem subestimando as habilidades da ninja. Os homens carregavam armas brancas, sendo 5 deles espadachins, 2 lanceiros e um ladino - Ei! Nada de eletricidade por aqui. - A voz de Milena ecoou pelo lugar e rapidamente um raio de cor laranja cortou todo galpão, atingindo aquela redoma criada por Ren e simplesmente desfazendo com uma incrível facilidade - Pelo jeito você ainda não chegou no ápice do nosso Mugetsu, infelizmente esse foi o seu erro. - Disse a mulher.

Histórico:
Terry
Imagem :
https://i.imgur.com/x2frSwS.png
Créditos :
09
Localização :
República de Hoxter - 1ª Rota
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t313-ren https://www.allbluerpg.com/t2042-noites-em-hoxter
Terry
Capodecina
Re: Noites em Hoxter Sex Ago 12, 2022 4:24 pm




legenda


narração.
"pensamentos".
-falas.


post - 7



Minha entrada triunfal no galpão não aconteceu exatamente do jeito glamouroso que eu havia imaginado, e as circunstâncias que envolveram tal situação muito me surpreenderam. Eu não fazia ideia de quem tinha sido o palhaço que deu aquele tapão na minha bunda, mas com certeza era alguém bem forte pra ter conseguido me jogar pra dentro pro galpão apenas com a força daquele impacto, quebrando totalmente a parede no processo. Meu bumbum ainda doía um pouco graças àquele ataque surpresa, mas não fazia sentido eu me preocupar tanto com isso na situação onde me encontrava.

Milena havia atirado um projétil de besta contra mim, que por sorte não arrancou totalmente a máscara do meu disfarce. Além disso, ninguém ali pareceu intimidado com minha eletricidade, o que era no mínimo curioso. Minha curiosidade, porém, logo foi saciada quando a pirata usou algum tipo de habilidade estranha para anular completamente o meu electro. Ela também falou alguma coisa sobre eu ainda não ter chegado no ápice do Mugetsu, coisa que eu tinha estranhado bastante. "O ápice do Mugetsu!?" Pensei, levantando a sobrancelha. "Do que diabos ela tá falando?" Fiquei imaginando se qualquer pessoa poderia adquirir poderes tão estranhos ao treinar bastante nossa habilidade racial. De certo era algo que eu iria precisar pesquisar mais sobre outra hora, pois agora eu tinha uma recompensa para caçar.

- É uma habilidade impressionante, mas sinto dizer que eu também tenho algumas cartas extras na manga. - Responderia, em um tom confiante, tentando não sair da personagem e fazer uma piadinha com a inimiga ou coisa do tipo. - Não subestimem a Ninja Escarlate! - Responderia, me concentrando por um breve período na intenção de liberar minha mais nova habilidade especial.

Eu havia me acostumado tanto com a forma Sulong que, com o passar do tempo, aprendi a entrar nela sem precisar de qualquer estímulo externo como a lua. Depois de alguns poucos momentos de concentração, eu conseguia entrar em uma versão auto induzida do temido poder racial dos minks, versão essa que era um pouco menos poderosa, mais ainda com certeza capaz de fazer a diferença em um combate.

Depois dos momentos de concentração, meu corpo começaria a mudar, minha pelagem se tornando ainda mais branca, meus olhos ficando vermelhos e meu cabelo aumentando de cumprimento. Já transformada, eu conseguiria sentir o dramático aumento em minhas capacidades. - Esta aqui é a minha Dádiva Lunar. - Explicaria, sorrindo e entrando em posição de combate, tentando não fazer a enorme sede de sangue que eu sentia transparecer. Eu estava louquinha pra colocar minhas garras naqueles piratas e fazê-los sofrer um por um, a perspectiva de ouvir seus gritos de dor me excitava bastante.

A anulação de eletricidade da Milena significava que meu Radiant Waltz e todas as minhas técnicas eram inútil naquela luta, e por isso, eu teria que me virar apenas com meu bom e velho mink ryu: minhas garras e minha nekote. Era até um pouco nostálgico, afinal, fazia muito tempo que eu não lutava daquele jeito. Ela usava uma besta e atacava a longa distância, tendo isso em vista, decidi que a melhor estratégia inicial seria me livrar logo dos combatentes de curta distância e então partir com tudo pra cima da duquesa. Sem conseguir esperar mais nem um segundo, eu partiria em toda velocidade na direção do inimigo mais próximo. Nekote erguida, assim que chegasse em uma curta distância dele eu imediatamente miraria em seu pescoço para desferir um arranhão que visava destruir sua garganta. Em seguida, o atacaria com uma torrente de arranhões sequenciais no torso, finalizando com um golpe perfurante no meio do peito.

Ao finalizar um dos inimigos, partiria para cima do próximo e atacaria de forma similar, mas mudaria a ordem que faria cada movimento para que eu fosse imprevisível. Meu foco era tirar suas vidas o mais rápido possível, para que eu pudesse logo voltar todas as minhas atenções para Milena. Assim como a forma Sulong convencional, a Dádiva Lunar tinha um limite de tempo, e eu realmente não queria abusar muito dela e acabar exausta antes de enfrentar a inimiga principal.

Se por acaso conseguisse finalizar todos os subordinados, imediatamente iria pra cima de Mila com toda a minha velocidade, perseguiria ela com as garras erguidas e, ao chegar em curta distância, tentaria colocá-la na defensiva com rápidos arranhões contra seu torso, evitando mirar em áreas vitais pois meu intuito aqui era capturá-la viva. Se possível, tentaria agarrar uma de suas pernas com as garras da minha nekote e arranhá-las com a da mão livre, na tentativa de diminuir sua capacidade de locomoção.

Quanto a minhas defesas, primeiramente sempre priorizaria a esquiva, principalmente quanto aos projéteis lançados por Milena. Faria o possível para sair da trajetória deles assim que percebesse que estavam vindo em minha direção, seja com rápidas passadas para os lados, rolamentos para trás, saltos rápidos, abaixando meu corpo ou dando um rápido pulinho. Também tentaria esquivar os possíveis ataques físicos que viriam, usando as mesmas estratégias. Caso visse que não teria tempo para esquivar, logo colocaria minha nekote na direção do ataque e tentaria bloqueá-lo ou apará-lo dessa forma. Tendo sido atingida por um golpe de curta distância ou não, eu não tardaria a contra atacar com um forte arranhão bem na barriga do atacante (desde que não fosse Milena, em seu caso eu miraria no joelho mais próximo).





histórico:

arma:

objetivos:


_________________

"The soon-to-be Empress of the Underworld"

Noites em Hoxter UNCo9W5
Formiga
Imagem :
Noites em Hoxter 26613303cf
Créditos :
5
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1843-nymeria-nymph
Formiga
Desenvolvedor
Re: Noites em Hoxter Sex Ago 12, 2022 6:18 pm



Ren ficava um tanto quanto surpresa pelo tapa que levou, mas, agora se encontrava no meio dos seus antagonistas e não tinha seu principal método de combate: o Mugetsu. Claro, ela podia usar outras vezes, mas era provável que Milena novamente utilizasse aquela eletricidade de cor estranha para anular as habilidades da garota. De qualquer forma, aquilo não era algo completamente ruim, não para a felina que já pensava em como utilizar a situação em seu benefício e como ela faria isso? Simplesmente utilizaria suas habilidades mais básicas de combate, unidas é claro a Dádiva Lunar, uma espécie de técnica que dava a possibilidade de entrar na forma Sulong sem a presença da luz da noite.

A forma Sulong da garota não era chamativa como de costume, na verdade, seu corpo não recebia grandes bonificações físicas, apenas algumas mudanças em sua aparência, que continuava coberta pelas vestes de ninja. Os inimigos vinham em sua direção não ficavam surpreso com as habilidades da garota, mas ficaram surpresos com a velocidade que ela tinha em seus movimentos, que surpreendeu o primeiro alvo que tomou o ataque direto e reto em seu corpo, sentindo aquele misto de garras e nekote rasgando seu corpo com uma certa selvageria. A princípio o combate parecia que seria fácil para nossa falsa caçadora, já que ela partia com ainda mais velocidade para cima do segundo oponente, desviando dos dardos atirados por Milena e atingindo novamente com suas garras/arma o segundo alvo, que também foi pego desprevenido, porém, este carregava um sorriso sádico em sua face - Te peguei! - Falou o homem segurando com ambas as mãos o braço da Ren, pouco se importando com sua própria vida.

Não demorou para que um terceiro oponente surgisse, segurando a garota pela cintura e aplicando-lhe um incrível suplex, jogando até mesmo seu aliado junto no processo, o que finalizava com sua vida com velocidade. A selvagem não sentia o quão destrutivo tinha sido aquele golpe, pelo fato de estar carregando o efeito da Hipoalgia em seu corpo, graças à técnica utilizada. Por mais forte que ela estivesse, ainda sim os números iam contra a felina e assim que acaba o suplex ela sentia um chute pesado acertando seu corpo e lançando-lhe contra uns caixotes na lateral do galpão - Só isso? Pensei que a “ninja escarlate” fosse mais… Você me lembra aqueles merdas de Zou, por isso que criei essa habilidade ou fui agraciada com ela, ainda não entendo ao certo como tudo aconteceu. Sim, alcancei o ápice do Mugetsu diferente de você e isso é hilário pra caralho! O que lhe fez pensar que poderia me capturar? Uma mera selvagem como você? Que esconde a face por medo da sociedade? Foda-se! Irei matar você e futuramente todos aqueles merdas de Zou, ainda mais agora que posso anular a energia deles. - Milena bradava enquanto seus homens faziam uma espécie de fileira na sua frente - Lixo! Lixo! Lixo! Kiiiiii-Ha-HA-HA-HA-HA! - A gargalhada sádica se espalhada pelo lugar com velocidade.

Ren estava em uma situação ruim, ainda restava sete pessoas na sua frente e era possível sentir - bem de leve por conta da Hipoalgia - uma dor aguda na lateral do seu abdômen e também na cabeça. Estava claro que aquilo não seria fácil e que ela tinha que dar tudo de si, no entanto, restava saber o que ela faria para superar aqueles inimigos.

Histórico: