All Blue RPG

Um RPG narrativo baseado no universo de One Piece, obra criada por Eiichiro Oda.
 
InícioCalendárioFAQProcurarMembrosGruposRegistarEntrar
Últimos assuntos
» [Narrada/Fechada] Sigam as Borboletas
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Akuma Nikaido Ontem à(s) 4:20 pm

» [Narrada/Fechada] Força x Magnética
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Oni Qua Abr 10, 2024 9:04 am

» [Narrada/Aberta] Lia, a Guerreira do Mar
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor ~ºLiaº~ Qua Abr 10, 2024 4:04 am

» Cap 1 ~ Piratas Indomáveis em Sabaody
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Blind1 Ter Abr 09, 2024 7:00 pm

» [TUTORIAL] - Erj Euclid
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Erj Euclid Ter Abr 09, 2024 3:28 pm

» [Narrada/Fechada] 1 - Vozes
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Handa Dom Abr 07, 2024 2:09 pm

» [Autonarrada/Fechada] - A Duke's Return and a Queen's Will.
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Kenshin Sex Abr 05, 2024 11:58 pm

» RP Player - Ficha Yang (Douglas)
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Takamoto Lisandro Sex Abr 05, 2024 8:44 pm

» Crie sua Forma Zoan
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Jonas Hatake 007 Sex Abr 05, 2024 7:38 am

» [FICHA] - Kuro Dragunov
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor OverLord Qua Abr 03, 2024 9:08 pm

» Mr.Joy
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor gmasterX Qua Abr 03, 2024 2:46 pm

» Zulkras
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Wheeler Sheyde Qua Abr 03, 2024 1:48 pm

» [Ficha NPC Companheiro] Meghan Strongbody
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Tanaka Qua Abr 03, 2024 12:10 pm

» Registro de Photoplayer
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:50 am

» [FICHA] Meera
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» Meera
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:45 am

» [FP] - Ajaw "Jack" K'iin
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Mizzu Qua Abr 03, 2024 11:12 am

» [Narrada/Aberta] Mei Homi, Mei Fera. Revo Total
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Sagashi Ter Abr 02, 2024 9:51 pm

» Claire Allim Rac
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor King Ter Abr 02, 2024 6:21 pm

» Blum Murphy
Capitulo III — Solstício - Página 2 Emptypor Blum Ter Abr 02, 2024 12:48 pm


------------
- NOSSO BANNER-

------------


 

 Capitulo III — Solstício

Ir para baixo 
+2
Aria
Achiles
6 participantes
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
Achiles
Pirata
Achiles


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 U5pAFvq
Créditos : 12
Localização : Farol - Grand Line

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptySeg Jul 04, 2022 8:33 am

Relembrando a primeira mensagem :



Capitulo III — Solstício


Agatha Harkness [Agente], Hany G. Drezat & Samira Evelynne Malkova [Civis]

não possui narrador definido.
Fechada

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 ZzfjDai
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t2432-i-a-gata-solitaria-e-o-robo-rabudo#27937

AutorMensagem
Aria
Comandante de Yonkou
Aria


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 YxrFUrr
Créditos : 84
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQui Jul 21, 2022 12:34 am








Ato IV.



Era logo em sequência que eu recebia uma missão de bastante importância para o decorrer de todo aquele processo que estava ocorrendo na ilha. Falar com Limosa para reunir os comandantes da revolução não era apenas importante por si só, mas também porque carregava consigo uma informação crucial para o que estávamos realizando: Pela primeira vez eu podia ouvir a sigla "T.I.L.T" vindo de alguém envolvido naquilo. A primeira vez que tinha escutado essa sigla tinha sido junto a minha missão com o submundo, em que envolvia roubar uma arma poderosa. A outra missão era simplesmente dar fim no criador dessa arma, que à minha suposição naquele momento era de que esse era o tal pai das Senhoras.

— Considere feito. — Diria, antes de sair do seu quarto e me dirigir ao andar superior, onde provavelmente poderia vir a encontrar Limosa em seus próprios aposentos. Caso não a encontrasse ali, fuçaria o resto da mansão em sua busca.
No caminho, ativaria o den den mushi que tinha recebido de Akagi, e diria uma mensagem rápida, sussurrando próximo ao caracol: — Apenas escute. — Diria, resumidamente.

Ao encontrar com Limosa, já com o den den mushi ativo e de volta no bolso de meu casaco, manteria a mão canhota segurando ele, de forma que evitasse que qualquer som pudesse sair da boca do caracol-comunicador. — Senhora Limosa. — Faria uma breve reverência a figura da mulher, aliás, que figurão hein.

— A Senhora Merlinda pediu para que eu falasse com você... Ela quer que reuna todos os comandantes da revolução na ilha... Quer que seja tudo aqui mesmo em sua residência, com defesas fortes... De acordo com ela é hora de iniciar o processo do "T.I.L.T", apesar de eu não saber o que significa. — Finalizaria, e então desligaria o den den mushi com a mão no bolso, tampando sua boca para que não fizesse o seu som de desligamento.

Por fim, manteria-me a aguardar ordens, talvez até olhando em volta pelas estantes em busca de algum livro. — Mudando um pouco o assunto... Você teria algum livro de Sociologia? — Questionaria.








Objetivos
- Aprender Soru e Shigan (preferencialmente no final, saindo da ilha)
- Aprender Forja, Sociologia, Avaliação
- Conseguir um NPC Acompanhante com Condução e Navegação.
- Fazer uma grande mudança na ilha, mudar principalmente com relação a ter meu próprio território no submundo dessa ilha.
- Quero iniciar uma Caçada de Tesouro (achar algum mapa, alguma lenda, etc, pra concluir na próxima aventura no
- Seguir uma história bacana.



Histórico da Aventura
GANHOS

- x (Post nº 01)
-


PERDAS

- xx (Post nº 1)
-

ALTERAÇÕES

- Berries: ฿38.690.000 -> ฿38.690.000


NOTA FISCAL

- xxx B$ (xx - Post nº 01)
- xxx B$ (xxx - Post nº 01)


RELAÇÕES

- sim


STATUS

PDV: 17.252 (+3.200 Raça) (+20.000 Formas Básicas) = 40.452
STA: 12000
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: N/A

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:

EXPERIÊNCIA

Experiência: 04 posts
Experiência Akuma no mi: 01 posts
Experiência Rokushiki: Não se aplica
Experiência Outro caminho: Não se aplica
Experiência Hakis: Não se aplica

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): sei lá man

Resumo:
Citação :

Total sexo




Mini-Ficha
Nome: Samira Evelynne Malkova
Alterego Submundo: N/A
Cargo/Distrito/Salário: Associada/None/2.600.000
Proficiências
História
Criptografia
Investigação
Falsificação
Furtividade
Lógica
Geografia
Mecatrônica
Mecânica
Anatomia

Qualidades e Defeitos
Qualidades
Versátil
Impassível
Atraente
Destemida
Prodígio
Talentosa
Pau para toda obra
Defeitos
Extravagante
Sonâmbulo
Devassa
Ambição
Teimosa

Profissão
Socialite do Submundo da Arqueologia: +30% em Tesouro; Conhecimento do submundo; Desconto na abertura de estabelecimentos; Desenvolve fama e carreira pública em Arqueologia como se fosse Civil normal.

Estilo de Combate
Artista Marcial
Chicoteadora

Acompanhantes e Seguidores
[Acompanhante]Arthur Chesire: Considera o rapaz o seu irmão mais novo. Tem bastante intimidade com ele, já que passaram grande parte de suas infâncias sendo escravos de um nobre de Sirarossa. A vida dos dois juntos teve muitos altos e baixos, se meteram em muitos bicos para sobreviver desde então. Mas decidiram sair de Illusia juntos e ganhar o mundo de alguma forma.


Akuma no Mi
- Sara Sara no Mi: Model Axolotl

Outro Caminho
N/A

Técnicas
N/A

Haki
N/A

Rokushiki
N/A

Atributos
Força: 1190 (+240 EDC) (+200 Arma) = 1630 Class. 11
Destreza: 715 Class. 7
Acerto: 20 (+240 EDC) = 760 Class. 7
Reflexo: 1 Class. 1
Constituição: 241 (+160 Raça) (+1000 Forma Padrão) = 1401 Class. 10

Agilidade: 380
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: nem se dá ao trabalho
Resistência: 0
Penetração: 0

Cores do Template
fala
roxo
royalblue
blueviolet
hotpink
laranja
fala2
laranja2
sky



Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2845-aria-di-lut https://www.allbluerpg.com/t1510p15-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao#17597
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 D1p9O2Y
Créditos : 11

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQui Jul 21, 2022 5:58 pm




Agatha

A mulher mantinha seus contatos e tudo parecia correr exatamente como ela planejava, ao ouvir sobre Hany por Leo, ela parecia sentir saudade igualmente, seu jeito e como apertava o telefone pareciam deixar isso claro, porém, ela segurava seus sentimentos e não os demonstrava de forma tão aberta. Com isso, tudo o que ela planejava já estava em andamento, todos com suas missões e que aparentemente estavam correndo bem.

Com isso a raposa seguia agora para a parte de treinamentos do local, onde ela buscava pelo homem que havia a ensinado no dia anterior, ela não conseguia se lembrar do nome do rapaz, e nem mesmo de seu número, mas isso não a impedia de seguir até o local para encontrá-lo e lhe pedir ajuda, no caminho, ela pedia a um dos agente por ali mais atoa para que ficasse de olhos no caracol caso tocasse, e o mesmo respondia de forma positiva acenando com a cabeça.

Não demorava até que chegava na área de treinamento e o encontrava, o mesmo fazia suas práticas de treino e parecia estar treinando outra pessoa no momento, mas logo que Agatha o chamava, o mesmo se direcionava a ela a cumprimentando. -Olá! Quer aprender mais alguma coisa? Questionava o homem logo obtendo sua resposta.

A mulher o pedia para ensiná-la sobre o geppou, e o mesmo sem pestanejar a respondia. -Pois bem, isso vai ser tranquilo para você… Vamos começar então. Diria o homem se preparando para ensinar a mulher tudo o que sabia sobre o rokushiki, desde a prática até a teoria.

-Certo, como você já tem alguma base sobre os rokushikis, isso pode te ajudar! Primeiramente, tente executar pequenos saltos e a cada primeiro salto após tocar o solo, tente dar um segundo salto no ar, use bastante força e foque tudo em suas pernas, chute o ar com força e você vai começar a entender mais do conceito do geppou… Isso fará você dar um leve salto a mais, mas logo vai conseguir entender melhor. O homem explicava para Agatha enquanto executava para ela ver como seria feito o movimento.

Ele saltava primeiramente e em seguida já no ar, ele chutava o ar novamente usando apenas a força, e isso o fazia dar um segundo salto mesmo sem tocar o chão. Logo ele caia tocando o solo de novo, e executava mais uma vez, deixando que Agatha entendesse a execução do movimento.

-Agora você entende o conceito base do geppou, porém, isso ainda não é o suficiente… Diria o homem pausando brevemente até continuar a explicar. -Você conhece o soru, certo? Pois bem, tente executar o mesmo movimento que fez agora, porém utilizando a forma de utilização do soru enquanto executa o movimento, isso vai te fazer chutar o ar com mais força e velocidade ao mesmo tempo. Dessa forma, você pode utilizar o conceito base do soru no geppou, para caminhar com mais facilidade pelo ar. Explicava o homem deixando que a mulher executasse o movimento.

Eles passavam um bom tempo por ali, em torno de três a quatro horas de prática, até que finalmente a raposa conseguia executar o rokushiki de forma mais tranquila, dando a ela finalmente o domínio que precisava para continuar utilizando a habilidade e assim poder dominá-la por completo.


SAMIRA

A ruiva finalmente conseguia uma missão que a direcionava para algo que ela esperava já a algum tempo, sua missão tendo em relação o submundo. A mulher então seguia após ouvir os pedidos de Melinda e não demorava muito encontrava com Limosa que estava em seus aposentos, aparentemente a mulher lia algum livro e quando a ruiva entrava, a mesma levantava sua cabeça olhando em sua direção.

-Olá! Aconteceu algo? Diria a mesma a olhando diretamente nos olhos e então voltando a ler seu livro, e quando Samira explicava a situação ela logo fechava o livro e voltava a olhar para a ruiva que ainda estava de pé ali. -Bom, o T.I.L.T é uma arma que criamos, ainda tá sendo terminada, mas parece que ela finalmente decidiu agilizar as coisas… Tudo bem, vou começar a fazer as ligações e a organizar tudo, pode avisar a ela por favor? Diria a mulher deixando que Samira seguisse seu caminho, mas antes da mulher cruzar a porta de seus aposentos, ela voltava a chamá-la.

-Caso esteja voltando até Melinda, diga a ela que vou ligar para que o comandante da happo venha também… Ele tem sido de grande ajuda e certamente vai querer participar de tudo isso, ainda mais porque envolve o povo de Kano diretamente. Comentou a mulher deixando que Samira seguisse seu rumo novamente, mas antes de ir a ruiva a questionava sobre um livro de sociologia.

Seu escritório tinha bastante livros, eram três estantes em torno da sala repleto dos mais variados títulos, Limosa a olhava e então comentava indicando a direção. -Hmm, sociologia… Se eu não me engano, naquela prateleira do meio, segunda fileira da esquerda para a direita, se não me engano, ali deve ter algo relacionado a isso. Comentou a mulher deixando que a ruiva pegasse o que precisava e assim seguisse seu caminho.

Em meio a tudo isso, Samira havia deixado seu den den mushi ligado passando suas informações para Akagi, ela ouvia tudo o que precisava e logo a mulher desligava o caracol, o impedindo que fizesse seu som de desligado, assim, ela poderia pegar seu livro e seguir para onde quisesse naquele momento.


HANY

A menina parecia seguir tudo aquilo o que pretendia, sua refeição havia chegado, com uma certa velocidade, talvez isso mostrasse a eficácia do hotel, tanto na preparação, quanto na entrega. A menina rapidamente corria para atender a porta e logo pegava toda a comida, levando tudo para dentro do quarto.

Leo nesse momento conversava com Agatha no telefone mas a menina parecia não ligar muito e apenas se focava em arrumar a comida na cama e então comer. A raposa passava as informações para Leo, que dava um leve sorriso e então logo após desligava o caracol, logo se voltando para Hany. -Então, de acordo com a raposa, logo estaremos nos vendo novamente, ela disse algo sobre estar um pouco diferente, mas que você a reconheceria, talvez esteja disfarçada, mas, veremos em breve. Diria o homem observando a menina que comia como se estivesse a alguns dias sem comer nada.


TODOS

Nesse meio tempo Agatha terminava seu aprendizado novo, e logo o den den mushi tocava e o homem ao qual ela havia pedido para ficar de olho no mesmo atendia, do outro lado era Akagi que tinha as informações dadas por Samira, que ajudariam a raposa a saber exatamente o que fazer e como fazer.

O homem então ouvia quem era e com quem desejava falar e então logo chamava Agatha explicando a situação. -Senhorita! Tem alguém querendo falar com você. Deixaria avisado a mulher que seguia até o mesmo o atendendo e ouvindo o que era dito.

-Aqui é Akagi! Acabei de receber informações vindas de Samira, ao que parece, os revolucionários querem começar logo a preparação de suas ações, tem haver com algo chamado T.I.L.T, ao que parece é uma arma feita pelos revos, e ao que parece o comandante da Happo estará presente também, ainda não tenho informações do horário e dia certos, mas vão todos se reunir na residência de Limosa. Comentava a mulher, deixando tudo explicado para que Agatha tomasse a frente da situação com seus planos.

Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Ryoma
Administrador
Ryoma


Imagem : a
Créditos : 80
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptySáb Jul 23, 2022 4:04 pm

All I wanted was you

Aproveitar toda a comida sem se preocupar com a ligação foi o melhor, Hany normalmente iria atrás de falar com Agatha agora mesmo, mas ela estava aprendendo a se controlar, principalmente com o disfarce em uso, era melhor se conter. A chegada na nova hospedagem também fazia a atenção da pequena ser maior aos arredores, deixar qualquer coisa vazar, ainda mais com os revolucionários atentos o bastante para vigiarem os assassinatos pedidos um tempo atrás. "Nunca tive tanto cuidado na hora de lidar com essas coisas, se não fosse meu trabalho ir com cautela, provavelmente estaria me divertindo muito mais por aí. Uma carninha... Shaaha, vou aguentar! É tudo pelo plano dela e para ajudar o chefinho." Meter a porrada em todo mundo era bem mais divertido, morder, destroçar os inimigos e ainda receber por isso. Mas como uma garota querendo entrar para a revolução, essas atitudes não eram as melhores. – É o certo... – pensar dava fome, muito por isso a refeição se foi mais rápido do que se era esperado, ao menos com isso a conversa de Leo/Hiko fora finalizada e a atenção se voltava para a garota. – Hmm, foi saboroso. – Boo sorria só de ver os pratos e copos vazios, juntando tudo no carrinho em que vieram.

Disfarces não escondem tudo, é bem complicado na realidade. Por ser ela, não vou ter problema algum em reconhecer, a raposinha é linda e nós passamos algum tempo juntas. – com bastante tranquilidade a pequena dava dois tapinhas num dos joelhos de seu parceiro. – As coisas estão caminhando bem, logo não teremos mais tanto tempo livre. – sem muita pressa os passos da híbrida seguiam para fora do quarto, levando o carrinho com os pratos/copos/talheres onde algum funcionário do hotel pudesse recolher. Boo acabava retornando ao quarto e trancando a porta rapidamente, voltando para a cama em um salto. – Quer fazer algo hoje? Queria dar uma volta, tentar parecer uma pessoa normal por aí… – a animação na voz logo desaparecia quando um problema surgia em sua mente. – Aqui é confiável? Nossos pertences antigos precisam estar num lugar que ninguém acabe encontrando, no último hotel aquele gatinho deu uma bela olhada no nosso quarto. – lembrar da quantidade de pelo deixado por todo o quarto a incomodava, qualquer um investigaria os clientes, ainda mais se fossem ligados a alguma organização secreta. Pelo pedido da morte, aquele mink tinha problemas com o submundo, ou apenas atrapalharia o decorrer do serviço em que a dupla estava envolvida.

A organização dos pertences, guardar num dos armários do quarto ou levar para outro lugar seria colocada em prática. As roupas, armas e outros itens que Hany muito usou ficariam guardados na mochila azul da garota-peixe, aproveitando que a usava desde sempre. A mochila preta que comprou em Kano seria a única usada ao caminhar pela ilha como Boo. Ela carregaria consigo o dinheiro que lhe restava, seu canivete e o cutelo, além do isqueiro e a garrafa vazia. O relógio brilhante que ela surrupiou do velho passado para trás estava por ali, mas usar ele poderia dar problema se alguém conhecesse o objeto. "Ele era cheio da grana, uma revolucionária não deve se preocupar com isso." Somente por este motivo, o relógio ficaria nos bolsos da garota-peixe, saber as horas é sempre bom. Com essas coisas arrumadas, Boo seguiria para a maquiagem, fazendo todo o necessário para diferenciar o rosto e outras partes do corpo de sua verdadeira persona, trazendo a cauda de tubarão ao interior do corpo, cuidando para que até aquele ponto fosse bem cuidado e escondido. "Ainda vou pegar o jeito disso." A roupa de dinossauro seria retirada, colocando roupas que combinassem com o clima, analisando pelas janelas como estavam se vestindo. Dependendo disso ela colocaria algo mais leve ou algo com várias camadas.

E pronto, Boo teria se preparado para o dia, esperando saber como ela e Hiko seguiriam naquele dia. Como a conversa do rapaz com Agatha deu informações novas, talvez pudessem seguir para resolver problemas hoje, ou então a pequena teria mais um dia de exploração para aproveitar a primeira ilha diferente que viu na sua vida. "Posso comprar mais coisas, aprender algo... Ou só conhecer Kano, qualquer opção soa agradável." O caminho a ser seguido estava nas mãos do agente, podendo seguir para um objeto específico, ou apenas caminhar para fora do hotel e ir curtir melhor a cidade, ficando atenta para qualquer coisa interessante pelas ruas, qualquer ponto chamativo, bonito ou mesmo diferente de tudo que já foi visto em Sirarossa.

Capitulo III — Solstício - Página 2 PBCMNpd

Histórico:
Objetivos, talvez, não sei:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Aria
Comandante de Yonkou
Aria


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 YxrFUrr
Créditos : 84
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQua Ago 03, 2022 1:10 pm








Ato V



Finalmente todas as engrenagens estavam se encaixando em seus devidos lugares. A Guerra por Kano estava provavelmente bem perto de começar, considerando que o plano dos revolucionários estava prestes a sair do papel.

- Compreendo, senhora. - Diria, permanecendo alguns instantes em silêncio. - Comandante da Happo? Eu sou nova nessas coisas... O que é? - Perguntaria, um tanto quanto envergonhada por não saber daquilo.

De qualquer maneira, avançaria até a prateleira que a Senhora Limosa indicava, aparentemente haviam diversos outros livros ali em seu quarto, e a mulher parecia ter bastante estudo. Recolheria o livro de Sociologia, passando a mão por sua capa e alisando o seu material. - Eu gosto de pessoas inteligentes. - Diria, lembrando de alguns dos meus mestres do passado, que aparentavam possuir bastante conhecimento adquirido pelo tempo.

- É... Sedutor... Quase que excitante. - Finalizaria, sorrindo.


Aprendizado de Sociologia


Abriria o livro em sua  primeira página e me sentaria em algum assento próximo, ou até mesmo próximo de Limosa.
Realizaria uma leitura profunda do conteúdo daquele livro, atravessando seus ensinamentos que tratavam de questões sociais e por vezes políticas.

Faria a leitura daquelas páginas, devorando o seu conhecimento e tentando pensar em questões práticas, por vezes. Traria essas questões à Limosa, tentando ouvir a opinião dela quanto aos termos e assuntos que o livro trazia, e tentando pensar em paralelos para essas mesmas questões, numa tentativa de desenvolver e até mesmo apurar um senso crítico a tal respeito.

Fim do Aprendizado.


Por fim levantaria-me, deixando a presença de Limosa e seguindo até o quarto da Senhora Melinda novamente.
- Ela começará a organizar tudo. Disse que chamará o Comandante da Happo para que venha também... - Finalizaria, então me aproximando um pouco mais, sentando-me próximo de sua cama.

- Posso lhe ajudar de alguma outra maneira?






Objetivos
- Aprender Soru e Shigan (preferencialmente no final, saindo da ilha)
- Aprender Forja, Sociologia, Avaliação
- Fazer uma grande mudança na ilha, mudar principalmente com relação a ter meu próprio território no submundo dessa ilha.
- Quero iniciar uma Caçada de Tesouro (achar algum mapa, alguma lenda, etc, pra concluir na próxima aventura no
- Seguir uma história bacana.



Histórico da Aventura
GANHOS

- Proficiência Sociologia (Post nº 05)
-


PERDAS

- xx (Post nº 1)
-

ALTERAÇÕES

- Berries: ฿38.690.000 -> ฿38.690.000


NOTA FISCAL

- xxx B$ (xx - Post nº 01)
- xxx B$ (xxx - Post nº 01)


RELAÇÕES

- sim


STATUS

PDV: 17.252 (+3.200 Raça) (+20.000 Formas Básicas) = 40.452
STA: 12000
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: N/A

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:

EXPERIÊNCIA

Experiência: 05 posts
Experiência Akuma no mi: 01 posts
Experiência Rokushiki: Não se aplica
Experiência Outro caminho: Não se aplica
Experiência Hakis: Não se aplica

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): sei lá man

Resumo:
Citação :

Total sexo




Mini-Ficha
Nome: Samira Evelynne Malkova
Alterego Submundo: N/A
Cargo/Distrito/Salário: Associada/None/2.600.000
Proficiências
História
Criptografia
Investigação
Falsificação
Furtividade
Lógica
Geografia
Mecatrônica
Mecânica
Anatomia

Qualidades e Defeitos
Qualidades
Versátil
Impassível
Atraente
Destemida
Prodígio
Talentosa
Pau para toda obra
Defeitos
Extravagante
Sonâmbulo
Devassa
Ambição
Teimosa

Profissão
Socialite do Submundo da Arqueologia: +30% em Tesouro; Conhecimento do submundo; Desconto na abertura de estabelecimentos; Desenvolve fama e carreira pública em Arqueologia como se fosse Civil normal.

Estilo de Combate
Artista Marcial
Chicoteadora

Acompanhantes e Seguidores
[Acompanhante]Arthur Chesire: Considera o rapaz o seu irmão mais novo. Tem bastante intimidade com ele, já que passaram grande parte de suas infâncias sendo escravos de um nobre de Sirarossa. A vida dos dois juntos teve muitos altos e baixos, se meteram em muitos bicos para sobreviver desde então. Mas decidiram sair de Illusia juntos e ganhar o mundo de alguma forma.


Akuma no Mi
- Sara Sara no Mi: Model Axolotl

Outro Caminho
N/A

Técnicas
N/A

Haki
N/A

Rokushiki
N/A

Atributos
Força: 1190 (+240 EDC) (+200 Arma) = 1630 Class. 11
Destreza: 715 Class. 7
Acerto: 20 (+240 EDC) = 760 Class. 7
Reflexo: 1 Class. 1
Constituição: 241 (+160 Raça) (+1000 Forma Padrão) = 1401 Class. 10

Agilidade: 380
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: nem se dá ao trabalho
Resistência: 0
Penetração: 0

Cores do Template
fala
roxo
royalblue
blueviolet
hotpink
laranja
fala2
laranja2
sky





Última edição por Samira em Sex Ago 05, 2022 10:46 pm, editado 1 vez(es)
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2845-aria-di-lut https://www.allbluerpg.com/t1510p15-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao#17597
Kenshin
Desenvolvedor
Kenshin


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 VB1QKO4
Créditos : 75

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQui Ago 04, 2022 4:40 pm






Capitulo III — Solstício


O treinamento seguia de forma tranquila, praticar os movimentos característicos do geppou, me lembrava dos treinamentos que recebia do coven, e quanto o Rokushiki era uma habilidade bastante útil na vida de um agente. "O corpo se torna uma arma completa!" Pensava ao conseguir dar os saltos no ar, o treinamento era árduo, como deveria ser e gratificante.

"A cada treinamento, sinto que meu corpo está melhorando!" Pensava olhando em direção das minhas mãos, estava com o corpo ofegante, pronta para poder dar continuidade ao treinamento, ter todas as possibilidades na guerra seria extremamente útil.

- Podemos seguir para o… Antes que pudesse continuar minha fala, o agente que tinha delegado função interrompia, parecia que o den den mushi havia tocado, e que era para mim. - Vou resolver esse assunto, logo depois retornarei para poder continuar nosso treinamento! Assim me virava balançando minhas caudas de forma disforme.

Seguia o rapaz até as salas onde se encontravam os den den mushi, me sentando em frente ao que estava atendido, cruzava minhas pernas, pegando o microfone com a mão direita.

- Pode falar! Soltava assim que aproximasse o microfone perto da boca. A voz de Akagi saia do caracol, uma pequena atualização desde o momento que havia me separado da mesma.

A notícia era bastante interessante, saber o nome da arma, já ajudava em saber o que procurar, e saber que nossos principais inimigos na ilha vão estar reunidos em um único lugar, um ataque coordenado a todos eles vai poder abalar a estrutura organizacional dos revolucionários nesse mar. - Perfeito! Tente saber mais sobre essa arma, com todos nossos alvos estarão em um só lugar, tudo está seguindo como planejado, vamos mover nossas principais forças para lá. Dava uma pequena pausa lambendo meus lábios, animada com o dia seguinte.

- Agradeça Samira por mim, isso só fortifica cada vez mais a criação da nossa aliança! Assim desligava a ligação.

Me levantava, com muitas ideias na cabeça. "As principais forças…" Não era mentira o que havia falado, as pessoas capacitadas para lidar com tudo aquilo vão estar lá, minha equipe, Hany e Samira, mais do que o suficiente para limpar o chão com a cara dos nossos inimigos.

"Vamos ver o quão forte aquela garota é!" O cheiro de samira ainda estava gravado em minha mente, definitivamente a menina não era alguém simples, estava animada para ver a força dela.

Claro que iria precisar da ajuda dos demais agente, e marinheiros para poder fazer a contenção do local, impedir a todo custo que qualquer pessoa saia da instalação, mas isso poderia ser resolvido com Mistake mais a frente antes de dormir. - Finalizar meu treinamento…

Treinamento Rokushiki: Shigan

Voltava caminhando calmamente até a cúpula de treinamento, precisava relembrar mais alguns conceitos de Rokushikis. - Certo garoto, vamos continuar, estou pronta para lembrar como se usa Shigan! Assim me aproximava do instrutor calmamente, me alongando e me preparando para poder praticar. Assim aguardava a explicação do mesmo sobre tal habilidade, tentando relembrar os conceitos que levaria o corpo a poder usar o rokushiki, em seguida prestando bastante atenção na parte prática do estilo, onde executava os movimentos mostrados pelo garoto, até estar apta o suficiente para poder executar com mais experiência.



Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 J09J2lK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 D1p9O2Y
Créditos : 11

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptySex Ago 05, 2022 10:48 pm




HANY

A menina fazia sua refeição de forma bastante veloz, os pratos e copos se viam todos vazios agora, e o sorriso de felicidade da menina ao ver tudo aquilo sem mais uma gota de comida, ficava estampado em seu rosto. Com isso, agora era hora de levar as coisas para fora do quarto, e assim ela fez, deixando o carrinho na porta para que pudessem pegar e levar para a lavandaria depois.

Quando retornava, a menina logo questionava Leo sobre os seus pertences, o mesmo analisava o ponto que ela expunha, e logo a respondia. -Quanto a isso, você pode ter razão… Disse ele dando uma pausa e levando uma das mãos ao queixo como se estivesse pensando no que fazer naquele momento. Era clara a preocupação dele, e não era só o ponto de Hany, Agatha havia passado informações bastante relevantes e preocupantes para o homem, e eles precisavam estar preparados para agir naquele momento.

O homem então olhava novamente para a menina e então dizia. -Bom, a caminhada pode ser boa, mas precisamos ir direto para a mansão de Limosa, a revolução vai se reunir lá, precisamos estar presentes também. Concluiria o homem, seguindo a ajudar Hany na organização das coisas.

A menina guardava tudo o que precisava, e consigo deixava apenas o necessário, dinheiro, canivete e cutelo. Após tudo estar finalmente feito, era hora de seguirem para caminhada, pela janela podia ser visto que era um clima mais quente, e assim, a pequena vestiu suas roupas mais leves, e seguia junto de Leo para fora do quarto, sem um rumo aparente, até que realmente precisasse seguir um, a mansão da revolucionária.

Do lado de fora, ela podia ver que as pessoas caminhavam calmamente pela ilha, era como se nada estivesse prestes a acontecer por ali, claro que ninguém além de pessoas envolvidas sabiam da situação, e isso fazia com que tudo ocorresse como mais um dia normal naquele lugar.

As lojas continuavam abertas e funcionando normalmente, podia-se ver crianças correndo e pessoas caminhando por todo o lugar, e em alguns pontos específicos lojas vendendo todos os tipos de comida. Agora só restava saber o que mais a dupla faria até o momento de seguir seus caminhos para a revolução.

SAMIRA

A ruiva tinha seu contato com Limosa, assim como Melinda havia pedido, e em meio a aquilo ouviu o nome T.I.L.T. Essa sigla vinha de uma arma potente criada pela revolução, uma arma tão poderosa que mataria tudo na ilha em grande escala. Porém, os revolucionários estavam fazendo um movimento escondido por algum tempo, vacinando toda a população da ilha para os efeitos da arma química.

Logo também ouvia sobre a armada happo, um nome que para a mulher era novo e ela logo questionava Limosa sobre o que seria. -Ah, é o antigo exército da ilha, eles tiveram problemas com a entrada do governo em Kano, são tratados como piratas pelo governo e pela marinha, e isso os fez se juntar a nós… Eles nos ajudaram a vacinar a população para quando o T.I.L.T for usado, é uma arma química bem poderosa, mas não queremos matar a população, apenas as pessoas do governo mundial nessa ilha… Longa história, quando tivermos mais tempo te conto mais caso deseje. Diria a mulher de forma tranquila, porém dentro de um semblante sério.

Ela pensava e fazia ligações naquele momento, armando tudo o que precisava para que tudo ali pudesse ocorrer como deveria. Ela logo pegava o den den mushi e então fazia uma ligação, e do outro lado, ninguém menos do que o próprio comandante da Happo. -Olá Don Wei! Sou eu, Limosa… Dizia a mulher esperando que o homem do outro lado dissesse algo, para confirmar que era ele mesmo.

-Ah, sim… Limosa, no que posso ajudá-la? Dizia o homem do outro lado deixando que a mulher seguisse com o que queria falar. -Bom, estou entrando em contato, pois precisamos nos reunir com urgência… A reunião será na minha mansão mesmo, peço que venha amanhã no final da tarde, estaremos esperando, iremos reunir todos os líderes para começar a nossa movimentação. Dizia a mulher enquanto Samira ainda estava por ali na sala, observando o livro e outras coisas.

-Claro! Sem problemas, amanhã estaremos ai. Concluía o homem, deixando que Limosa desligasse o den den mushi dela, e assim ela o fazia, desligando e então ligando para outro número agora.

Mais uma vez o telefone era atendido do outro lado, a voz era facilmente reconhecida por ela, já que quem o atendia logo fazia uma pergunta. -Limosa? O que houve? Soltava o homem esperando uma resposta da mulher. -Bom, depois do ocorrido com Melinda, decidimos iniciar os planos o quanto antes… Amanhã no final da tarde, faremos uma reunião geral aqui na mansão, gostaria que você também estivesse presente, precisamos decidir como agir e o momento certo para isso. Explicava a mulher, deixando que o homem dissesse mais alguma coisa.

-Certo… Entendi! Pode deixar, estarei chegando por aí o quanto antes. Dizia o homem desligando o seu caracol e assim, finalmente Limosa dava uma pausa, pelo menos por hora.

Samira então logo se retirava do local, mas agora ela tinha mais informações, a presença de pessoas importantes naquela ocasião era notória, e talvez isso fosse bom para ser passado para os demais, caso ela achasse necessário.

Com isso, ela seguia seu rumo para fazer seu aprendizado, logo se sentava e começava a ler o livro, ela ficava presa nele por bastante tempo e quando se deu conta, já havia se passado pouco mais de três horas de estudo, assim concluindo seu aprendizado novo. Agora ela poderia seguir o que quisesse, a noite começava a se aproximar e o dia seguinte seria bem cheio.

Aghata

A raposa por outro lado, fazia suas coisas com mais tranquilidade, mantinha sempre seu corpo em treinamento para nunca perder aquilo o que já havia conquistado, e assim que seu treinamento de geppou terminava, o homem a chamava para que ela atendesse o den den mushi. A mulher então se aproximou do caracol e se sentou, cruzando suas pernas e logo dizendo que a pessoa poderia falar.

Do outro lado era Akagi, a mulher havia acabado de receber as informações de Samira, e agora as repassava para a agente, que ouvia tudo tranquilamente, a menina do outro lado explicava o que os revolucionários farião, seus movimentos agora estavam nas mãos do cérebro daquela missão, aquela que certamente tinha as peças do tabuleiro em suas mãos.

A raposa a ouvia e então quando Akagi terminava, ela era pedida por Agatha para recolher mais informações sobre a arma, e a menina logo a respondia. -Certo! Assim que tiver mais alguma coisa passo para você… Espero que Samira consiga mais alguma coisa, foi ela quem me passou essas informações, acho que deve estar bem próxima das pessoas do alto escalão da revolução. Diria a menina, deixando que Agatha seguisse seu rumo, enquanto ela também seguia o seu após desligar o caracol.

Após ter todas essas informações, era como se aquilo tivesse sido um banquete para a mulher, ela agora se via animada e empolgada com o dia seguinte, e não era para menos, era para aquilo que ela vinha se preparando a muito tempo, e finalmente havia chego a hora.

Porém, ela ainda tinha mais uma rodada de treinos, ela precisava disso para o dia seguinte, e certamente seriam de grande ajuda para ela no combate que estava por vir. Ela retornava ao seu professor e logo o pedia para continuar com o treinamento, sendo agora o aprendizado do Shigan.

-Certo! Vamos começar… Disse o rapaz se preparando para começar o ensinamento e deixando que Agatha se preparasse para aquilo. -Para começar, preciso que deixe seus dedos o mais firmes o possível, concentre tudo neles e mais ainda em sua ponta, pense neles como uma lança, o cabo que vai se estendendo até a ponta da lâmina. Dizia o homem deixando que a mulher executasse o movimento.

-Muito bom, agora, vamos praticar… Tá vendo o saco de pancadas? Você vai tentar perfurá-lo com seu dedo, foque na velocidade do movimento e na forma de pressão que vai causar, concentre o impacto em um ponto só e veja a mágica acontecer. Concluía o homem deixando que a  raposa executasse o movimento, e ela logo fazia.

O resultado inicial não era perfeito, mas era perceptível que o saco de pancadas havia sentido a pressão, e assim, ele pedia que ela continuasse. -Isso, você tá indo bem, é claro que não conseguiu perfurar com tanta facilidade, afinal, a areia consegue absorver boa parte do dano espalhando o mesmo por tudo… Isso foi pensado justamente para que você tivesse ideia de como funciona a habilidade. Disse o homem deixando que a mulher tentasse novamente.

Dessa vez, ela conseguia penetrar o saco de pancadas, e isso a fazia evoluir o treinamento. -Perfeito, agora vamos deixar mais difícil, você tentou perfurar algo que absorve o impacto, agora vai tentar perfurar algo que recebe ele inteiro de forma única. O homem explicava a mulher, pegando um bloco de ferro e colocando a frente do saco de pancadas pendurado.

-Esse aqui é realmente difícil porque é duro, então, tente até conseguir. Concluiu o homem deixando que ela continuasse. A mulher continuou o treinamento com tudo, e a hora se passou em grande velocidade, ela passou cerca de quatro horas por ali, até que finalmente conseguiu perfurar o metal e chegar até o saco de pancadas, e agora conseguia dominar a habilidade com tranquilidade.

-Muito bem, você conseguiu! Dizia o homem a parabenizando e agora a deixando livre para fazer o que quisesse pelo lugar, descansar, tomar banho, arquitetar algo, agora era com ela, o caminho que seria tomado.

Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Ryoma
Administrador
Ryoma


Imagem : a
Créditos : 80
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptySeg Ago 08, 2022 3:40 am

The sun rises. I depart on a journey.

Limosa... Tudo bem, nossa prioridade sempre foi clara. – explorar e brincar mais um pouco provavelmente encheria Hany de alegria, mas seu foco em Kano nunca foi este. Chegar até aqui, ter alguém lhe apoiando, viajar e até divertir-se com algumas coisas, tudo isso era graças a Agatha. Deixar algo que ela mesma tinha como prioridade de lado para brincar só danificaria a relação das duas, além do acordo com o governo feito em Sirarossa. "O serviço é mais importante, vou brincar outra hora." Junta de Leo ela conseguiu ajeitar tudo que levaria, escondendo bem o resto dos pertences antes de sair do quarto com o homem. O vestido preto foi feito justamente para um dia como esse, ter algo tão leve e suave tocando seu corpo a fazia sentir-se livre e até mais confortável para executar qualquer confronto. O encontro com os revolucionários ia ocorrer, talvez ainda houvesse tempo para algumas coisas antes, muito por isso a pequena ia alegremente ao lado de seu companheiro, analisando os locais por onde eles passavam.

Os olhos animados da pequena garota-peixe procuravam primeiramente por alguma loja em que pudesse comprar alguma garrafa ou cantil, talvez até algo semelhante. O cantil obviamente é menor, guardaria menos líquido, mas a garota não tinha muita escolha se garrafas não estivessem disponíveis. A ideia era comprar algo que conseguisse manter a temperatura do que estivesse lá dentro, quente ou frio, a importância estava na preservação da bebida inicialmente colocada na coisa comprada. Pela pressa, Boo checaria apenas uma loja que possuísse garrafas ou cantis mais trabalhados, jogando então sua garrafa de água simples fora em algum lixo. – Vou trocar, essa ia acabar destruída do jeito que andamos por aí. – avisava o loiro, partindo para realizar a compra, observando brevemente o local para fazer uma escolha combinando com suas vestes atuais e futuras, seja garrafa ou cantil. Com isso definido e pago, a saída dela seria realizada, retornando a caminhar junto do agente, ainda procurando algo por perto.

Como uma boa explorar e arqueóloga, Hany ou Boo procurava alguma biblioteca, talvez uma banca de jornais, ou simplesmente algum ponto histórico em que pudesse ler sobre Kano com mais detalhes. A preferência estava em algo que ela conseguisse carregar e ler enquanto andava. Mas se a necessidade de permanecer no local surgisse, talvez a híbrida ainda ficasse por lá, isso se o encontro com os revolucionários ainda fosse demorar. De qualquer jeito, Boo pagaria o necessário para ter acesso aos livros, documentos ou outras informações importantes. Saber melhor da história do local, lembrar dos problemas ou glórias do passado talvez fosse de alguma ajuda, ou simplesmente entregaria a ela o necessário para cumprir seu trabalho. – Vou ler um pouco, fica de olho para eu não cair. – a jovem-tubarão sorriria ao adulto responsável, começando a ler caso houvesse mesmo comprado as coisas que precisava, dando breves olhadas para a frente enquanto acompanhava seu parceiro. A leitura era muito mais importante, principalmente antes de encontrar a organização em que estava infiltrando-se.

A casa da Limosa, bem, Hany não tinha muita ideia do que estava rolando e nem se importava tanto assim. Com Leo do seu lado, ligar para esse tipo de coisa é inútil, ele foi claramente enviado para a auxiliar por essa questão. Qualquer um consegue ver a criança que ela é, mesmo sendo forte e até um pouco cruel, aquela criança só seguiu ordens até então, nunca realmente precisou cuidar de tanta informação. No futuro a ajuda de alguém ainda seria necessária, exatamente por isso a parceria com Agatha daria muitos frutos, mesmo que a garota-peixe pensasse ser a garantia do acordo, só isso bastava para alguém tão simples quanto Hany.

Capitulo III — Solstício - Página 2 PBCMNpd

Histórico:
Objetivos, talvez, não sei:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Kenshin
Desenvolvedor
Kenshin


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 VB1QKO4
Créditos : 75

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyTer Ago 09, 2022 10:53 am






Capitulo III — Solstício
Ao fim do treinamento estava ofegante, relembrar cada um dos rokushikis estava sendo uma tarefa árdua e deliciosa, mas não estava reclamando daquele treinamento, o trabalho duro e constante era algo que estava muito presente em minha vida, desde que me entendia por gente. No coven não tinha sido diferente, e agora como uma agente oficial não seria.

"A prática leva a perfeição!" Pensava ao esticar meus braços alongando após o treinamento. - Garoto agradeço pela prática! Falava dando um grande sorriso ao mesmo.

Mas não tinha tempo para descansar, tinha alguns pingos nos is para poder resolver. "Kano terá o maior festival que essa ilha já teve!" Pensava passando as garras pelos cabelos em seguida os balançando enquanto caminhava pela base secreta.

E para acertar os últimos detalhes, precisava encontrar com Mistake, a mulher saberia quais agentes convocar para a contenção de danos. Balançava as caudas calmamente até encontrar a cega, assim que a encontrava falaria. - Estou pronta para resolver as pendências… Colocava a mão direita em minha cintura esperando a abertura para poder continuar.

Assim que a mulher aceitasse que eu continuasse, seguiria com a mesma até o local apropriado para poder conversar. - Todas as peças caminham para o mesmo ponto no tabuleiro… Falava assim que chegássemos em uma sala mais reservada.

- Com a maioria dos nossos inimigos na ilha em um lugar só um golpe decisivo poderá ser aplicado… E se der certo, tenho certeza de que a diretora irá ficar muito feliz! Levava minhas missões muito a sério, e desde o momento que a Annie havia me dado essa missão, a vida dos revolucionários nessa ilha já estavam marcadas para a morte, e poder levar a tal marinha Happo junto, era apenas a cereja do bolo.

- A dita arma desenvolvida pelos revolucionários, poderá estar no local, assim teremos duas missões… Dava uma pausa me sentando no local vago mais próximo. - Eliminar o alto escalão dos revolucionários é minha prioridade, essa foi a missão incumbida a mim e minha equipe, usem disso da distração que estarei fazendo, para procurar a tal arma…

Dava uma respirada longa, minha equipe era mais do que suficiente para a situação que se apresentava, mas sabia que o risco de pessoas fugindo poderia ser grande, precisávamos fazer a contenção de danos. - Vou precisar dos seus melhores agentes, por toda a região, em conjunto da marinha, para que assim, a taxa de sobrevivência seja mínima se possível, e que impeça a chegada de pessoas comuns…

Não que eu me importe com os cidadãos comuns, mas quanto menos danos colaterais melhor. Assim escutava o que a mulher tinha a falar, quantos agentes iria disponibilizar, e quantos marinheiros iriam participar, assim bolar o plano de ação seria mais lúcido, fazendo com que tudo ocorresse bem. - Não vou mentir, estou excitada com o dia de amanha, faz muito tempo que não sinto sangue em minhas garras! falava olhando para minha mão. - Creio que não poderei levar minha foice, vou precisar de um par de luvas novas, sem dedos, para que eu possa lutar com mais abertura! assim aguardaria as falas da mulher.



Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 J09J2lK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Aria
Comandante de Yonkou
Aria


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 YxrFUrr
Créditos : 84
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQua Ago 10, 2022 4:20 pm








Ato V



— Isso é definitivamente genial. — Dizia, com um profundo e genuíno interesse. — Bem, é claro que eu gostaria de saber mais. — Acenaria com a cabeça. Precisava esclarecer algumas questões que ainda estavam em falta, mas que eram cruciais para o cumprimento de minha missão: Eu precisava encontrar o criador daquela arma biológica, eliminá-lo, deixar uma plaquinha de identificação falsa na cena do crime, e por fim roubar a arma biológica para a Senhora Huang, a minha Senhora no submundo.

Após algumas horas de estudo e após ouvir com atenção a cada uma das ligações que Limosa fazia, voltava a me aproximar dela. — Essa arma realmente é incrível... Matar todos os agentes sem sujar as mãos... — Diria, com uma grande entonação de surpresa e admiração, atuando ao melhor possível.

— Quem foi capaz de desenvolver algo assim? — Perguntaria, e então justificaria o meu interesse. — Sabe, eu também sou um pouco de uma cientista... Me interesso pela área... Seria incrível bater um papo cabeça com o criador dessa arma. — Soltaria, sorridente e sonhadora, mas não forçaria nessa intenção, deixando apenas "no ar", esperando que talvez ela pudesse sugerir tal encontro.

— Bem, eu sou nova na ilha e na revolução, sabe... Acho que não tomei essa vacina ainda. — Daria de ombros.

Aprendizagem de Avaliação


Por fim, tornaria a buscar os livros e revistas pela biblioteca pessoal de Limosa, buscando até que encontrasse algo relacionado com a avaliação de objetos de valor, tesouros, e coisas do gênero. Precisava desses conhecimentos para identificar da melhor maneira possível todo o conteúdo daquele tesouro que eu tinha desvendado ao fim da minha última caçada, e também para que pudesse ir atrás de um próximo.

Assim que encontrasse um livro do assunto, passaria todo o meu tempo seguinte lendo, aproveitando de ilustrações e de obras de arte pela mansão para que pudesse explorá-las, e tentar avaliar os seus valores. Teria alguma ideia após alguma leitura, e dessa maneira atrelaria essa teoria à prática, corrigindo minhas deduções errôneas até que pudesse ter uma certeza mais franca. Apenas encerraria os meus estudos quando tivesse certeza de que seria capaz de acertar o valor das obras.






Objetivos
- Aprender Soru e Shigan (preferencialmente no final, saindo da ilha)
- Aprender Forja, Sociologia, Avaliação
- Fazer uma grande mudança na ilha, mudar principalmente com relação a ter meu próprio território no submundo dessa ilha.
- Quero iniciar uma Caçada de Tesouro (achar algum mapa, alguma lenda, etc, pra concluir na próxima aventura no
- Seguir uma história bacana.



Histórico da Aventura
GANHOS

- Proficiência Sociologia (Post nº 05)
- Proficiência Avaliação (Post nº 06)
-


PERDAS

- xx (Post nº 1)
-

ALTERAÇÕES

- Berries: ฿38.690.000 -> ฿38.690.000


NOTA FISCAL

- xxx B$ (xx - Post nº 01)
- xxx B$ (xxx - Post nº 01)


RELAÇÕES

- sim


STATUS

PDV: 17.252 (+3.200 Raça) (+20.000 Formas Básicas) = 40.452
STA: 12000
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: N/A

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:

EXPERIÊNCIA

Experiência: 05 posts
Experiência Akuma no mi: 01 posts
Experiência Rokushiki: Não se aplica
Experiência Outro caminho: Não se aplica
Experiência Hakis: Não se aplica

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): sei lá man

Resumo:
Citação :

Total sexo




Mini-Ficha
Nome: Samira Evelynne Malkova
Alterego Submundo: N/A
Cargo/Distrito/Salário: Associada/None/2.600.000
Proficiências
História
Criptografia
Investigação
Falsificação
Furtividade
Lógica
Geografia
Mecatrônica
Mecânica
Anatomia

Qualidades e Defeitos
Qualidades
Versátil
Impassível
Atraente
Destemida
Prodígio
Talentosa
Pau para toda obra
Defeitos
Extravagante
Sonâmbulo
Devassa
Ambição
Teimosa

Profissão
Socialite do Submundo da Arqueologia: +30% em Tesouro; Conhecimento do submundo; Desconto na abertura de estabelecimentos; Desenvolve fama e carreira pública em Arqueologia como se fosse Civil normal.

Estilo de Combate
Artista Marcial
Chicoteadora

Acompanhantes e Seguidores
[Acompanhante]Arthur Chesire: Considera o rapaz o seu irmão mais novo. Tem bastante intimidade com ele, já que passaram grande parte de suas infâncias sendo escravos de um nobre de Sirarossa. A vida dos dois juntos teve muitos altos e baixos, se meteram em muitos bicos para sobreviver desde então. Mas decidiram sair de Illusia juntos e ganhar o mundo de alguma forma.


Akuma no Mi
- Sara Sara no Mi: Model Axolotl

Outro Caminho
N/A

Técnicas
N/A

Haki
N/A

Rokushiki
N/A

Atributos
Força: 1190 (+240 EDC) (+200 Arma) = 1630 Class. 11
Destreza: 715 Class. 7
Acerto: 20 (+240 EDC) = 760 Class. 7
Reflexo: 1 Class. 1
Constituição: 241 (+160 Raça) (+1000 Forma Padrão) = 1401 Class. 10

Agilidade: 380
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: nem se dá ao trabalho
Resistência: 0
Penetração: 0

Cores do Template
fala
roxo
royalblue
blueviolet
hotpink
laranja
fala2
laranja2
sky



Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2845-aria-di-lut https://www.allbluerpg.com/t1510p15-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao#17597
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 D1p9O2Y
Créditos : 11

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQua Ago 10, 2022 6:52 pm




HANY

A pequena híbrida seguia por sua jornada junto com Leo, e logo percebia que precisava trocar sua garrafa de água, a mesma seguia para a área das lojas, e logo encontrava uma loja que vendia coisas em geral, incluindo artigos militares.

Logo que se aproximava, a menina procurava por um cantil ou uma garrafa nova de água, e logo a sua direita, em uma das prateleiras um pouco no alto, havia um cantil, mas o mesmo não era pequeno, ou muito grande, parecia ter um ótimo tamanho para uma boa quantidade de água, a mesma caberia em torno de um litro de água, e parecia ser bem resistente, feita de um material mais robusto, típica de um material militar.

Devido a altura onde estava o cantil, a menina não poderia alcançar, e Leo ao perceber isso, logo ia até o lugar e pegava o item, entregando a menina. -Era esse aqui? Questionava o rapaz olhando para a pequena e esperando uma resposta, ou não da mesma, caso ela não quisesse responder.

Assim seguiam para pagar pelo item pego, e no balcão, a menina que os atendia esbanjava um grande sorriso, era como se tudo ali estivesse bem normal para ela, e estava feliz em estar fazendo uma venda. -Olá! Vejo que fizeram uma boa escolha… Esse cantil é bem resistente, posso garantir. Disse a menina dando uma pequena pausa, voltando então a dizer o valor do item. -Ele custa cem mil berries! Concluía sua fala esperando que a dupla respondesse, e assim pegando o dinheiro das mãos da pequena.

Após isso, a dupla seguia mais uma vez caminhando, porém a menina havia se interessado por mais uma coisa, ler. Ela procurava em volta e logo via uma banca de jornais, lá ela encontrava o que queria para ler naquele momento e então pagava ao homem retirando o exemplar que queria. O valor pelo jornal era deixado nas mãos do vendedor, e o total era de cinquenta mil berries, totalizando agora cento e cinquenta mil berries gastos pela menina.

Dessa forma, seguiam os dois juntos, e Hany pedia para que Leo cuidasse para que ela não caísse, pois a mesma estaria lendo o jornal que comprou. Porém, mesmo assim a menina olhava para a frente enquanto lia, mas Leo acenava com a cabeça de forma positiva e os dois seguiram seus caminhos até que finalmente o fim da tarde começava a aparecer.

-Vamos! Acho que já está na hora de nos juntarmos com os outros na residência da Limosa. Diria Leo esperando a resposta de Hany, e caso fosse positiva, seguiriam os dois para o local designado até chegar à mansão, quando estivesse lá, haveriam seguranças, mas o rosto de Leo era conhecido como um deles e o de Hany também, logo os deixando passar.

Porém, caso eles decidissem seguir para o lugar apenas no dia seguinte, poderiam voltar para o hotel onde estavam, mas precisariam sair cedo no dia seguinte, pois a reunião começaria cedo e eles precisavam estar presentes.

AGATHA

A raposa finalmente tinha o seu treinamento terminado, e assim agradecia ao rapaz que a ajudou, e o mesmo apenas a respondia assentindo com a cabeça de forma positiva, deixando que a mulher seguisse seu caminho.

A mulher então ia em busca de Mistake, que logo era encontrada por ela e suas nove caudas, e assim seguiam para um lugar mais tranquilo e reservado para que pudessem conversar. Agatha tinha uma mente brilhante e então expôs tudo o que sabia para a cega, deixando claro que as peças de seu tabuleiro estavam se movendo exatamente como ela precisava.

Mistake por sua vez, se sentou próximo a raposa, colocando sua bengala de lado e apoiando suas mãos sobre a mesa, e como se olhasse na direção de Agatha, ela a respondia, após ter ouvido tudo tranquila e calmamente. -Bom! isso é realmente bom, significa que demos um grande passo adiante, e estamos com as mãos no objetivo… Ela dava uma pausa e então continuava ouvindo o que a moça dizia, e quando ela terminava mais uma vez a velhaca a respondia com seu tom calmo e sua voz um pouco arrastada.

-O plano está seguindo de acordo com o que você planejou… Mas ainda vejo um pouco de excitação em seguir por suas próprias convicções! Sinto que mesmo que você tenha a situação em mãos, ainda está aguardando uma aval para agir, mas eu já havia dito que as decisões ficariam em suas mãos quando precisar agir. A mulher dava uma pausa e respirava fundo, com um profundo suspiro e então ia soltando o ar logo em seguida.

-Os agentes estão à sua disposição, basta pedir a quantidade necessária e dar as ordens! Claro, eu estou aqui para caso precise de ajuda, ou erre em sua decisão, mas eu quero ver como você se sai em comando de uma missão desse nível, você tem um enorme potencial, e muitos no alto escalão esperam muito de você… Me mostre do que é capaz, Agatha Harkness! Diria a mulher, mesclando uma espécie de sermão com animação em ver o que aconteceria, até mesmo em seu semblante ficava explícito a empolgação com tudo aquilo, mesmo que ela sempre parecesse alguém mais reservada.

-Bom, mas vou dar alguma informações para você, já que parece que isso vai te ajudar bastante… Temos um total de duzentos agentes preparados esperando apenas as suas ordens para seguir. Também temos a marinha inteira a nosso favor, então pode contar com um exército grande o suficiente para resolver mais dois conflitos desses… O capitão Fan Li estará presente amanhã, junto de nós para coordenarmos tudo. Concluía a velha, deixando que Agatha perguntasse mais alguma coisa, ou explicasse algo, tudo agora estava em suas mãos, o tabuleiro já havia sido montado pela raposa e agora só faltava ver a execução de seus planos.

Nesse momento, o final da tarde começava a deixar a noite se fazer presente, e agora só faltavam algumas horas antes da invasão e do ataque, a reunião no dia seguinte começaria por volta das dez horas da manhã, então eles teriam tempo para agir, se preparando agora, e se organizando no dia seguinte, tudo dependia das ordens de Agatha para que fosse resolvido.

SAMIRA

Samira por outro lado, seguia com seu aprendizado anterior, a mulher lia o tempo necessário do livro de sociologia, e algumas horas depois já tinha tudo concluído e o assunto dominado. Enquanto lia, ela podia ouvir as ligações de Limosa, e agora tinha muitas informações importantes para repassar caso assim quisesse.

Após terminar de ler, ela se aproximava mais uma vez de Limosa e a questionava sobre a arma que estavam criando, era claro que era uma arma realmente poderosa e poderia causar um estrago, e por ser uma cientista também, aquilo poderia fazer sentido para ela. -Bom, ela realmente é uma arma bem potente… Quem a fez são simplesmente gênios… É um casal de cientistas que trabalham para nós, foi difícil de executar a criação dessa arma, mas finalmente está pronta e vamos conseguir nos livrar do governo, você vai poder conhecê-los amanhã, aí podem conversar! Vai ser bom ter mais cientistas conosco… Quanto a vacina. A mulher deu uma leve pausa, abrindo uma gaveta em sua mesa.

Da mesma, a mulher puxava uma seringa com um líquido dentro. -Venha até aqui e levante a manga da blusa. Diria a mulher deixando que Samira se aproximasse dela para tomar a vacina, aquilo era importante, já que ela poderia morrer com a explosão da bomba. Caso a ruiva deixasse que a mulher aplicasse a vacina, a mulher aplicaria a mesma de forma tranquila e o mais suave possível para não machucar a mulher.

-Prontinho! Imagino que se você está sem essa vacina, pode existir mais pessoas sem, não é? Disse a mulher a olhando para Samira e então continuava. -Vou pedir para que perguntem quem ainda não recebeu a vacina para terminar logo isso, estamos a poucos passos de utilizar a bomba, não queremos um dos nossos morrendo por nossas mãos. Concluiu a mulher deixando que a ruiva seguisse para onde queria naquele momento.

Após responder a mulher, Samira agora seguia para ter mais um de seus aprendizados, a mulher agora começava aprender sobre avaliação, ela pegava um livro e se sentava mais uma vez na poltrona em que ela estava anteriormente.

Eram mais alguma horas de aprendizado, a menina lia tudo o que tinha para ler e aprendia tudo aquilo o que precisava para se considerar uma boa avaliadora, ela havia ficado por ali por volta de mais três horas e agora que terminou, ela poderia ver a hora e saberia que a noite já estava prestes a cair, eram por volta das dezessete horas e trinta minutos, e só restava saber o que ela pretendia fazer por agora.

Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Kenshin
Desenvolvedor
Kenshin


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 VB1QKO4
Créditos : 75

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptySeg Ago 22, 2022 8:48 pm






Capitulo III — Solstício

- Não estou aguardando aval para agir… Dava uma pausa batendo com minhas garras suavemente em cima das minhas coxas. - Estou comunicando, não sou uma agente dessa ilha, e não conheço os agentes que são hábeis o suficiente para poder não foder com tudo! Minhas caudas balançava de forma tranquila.

- Se está tão convicta assim, coloque seus melhores agentes próximos ao local que acontecerá a "festa", quero a marinha um pouco mais distante. Falava me levantando me espreguiçando.

- Dividirei a horda de agentes em três ciclos, o primeiro ciclo são os agentes da minha equipe que estarão dentro do prédio, esses vão estar em conflito direto com os inimigos. Dava uma pausa andando pelo local. - O segundo ciclo, cem dos duzentos agentes, circulando o local, quero uma mescla dos melhores agentes com os intermediários além de alguns marinheiros, esses serão responsáveis por conter a primeira leva de inimigos que possa tentar fugir do local, devem ser mais do que necessário para poder conter bem. Dava uma pausa analisando a situação.

- Os outros cem, se juntarão a boa parte da força da marinha para assim criar uma barreira no qual ninguém conseguirá escapar, e como ratos vão ficar encurralados prontos para o abate! Mostrava minhas garras acumulando uma pequena quantidade de energia.

- Meu plano é bem simples Mistake não tem segredo, uma vez todos eles dentro do prédio não tem para onde fugir, a marinha e o governo a grande gaiola! Caminhava pela sala calmamente.

- Com tudo, a única coisa que precisarei de permissão é para um novo equipamento… Precisava de novas armas, a final já tinha muito tempo que estava usando a foice, além de uma nova estava precisando de um par de luvas.

“Minhas garras vão precisar estar do lado de fora!” Pensava voltando olhar para minhas mãos.

- Se permitir, pegarei um par de luvas, e farei e se possível, gostaria que um dos agentes mais veloz trouxesse uma foice para mim quando a bagunça iniciasse! Ia em direção a porta me virando para a Cega. - Espero que esteja de acordo com meus planos! um sorriso então aparecia, e em seguida me virava saindo do local.

Caminhava pelos corredores da base rumo ao arsenal do local, assim que chegasse lá, seguia até o agente que estivesse tomando conta do local. - Oi oi! falava chamando atenção do mesmo. - Gostaria de um par de luvas em dedos, e uma foice! Com um sorriso bem sádico em meu rosto esperava que o mesmo tendesse. - Se possível luvas sem dedo!

Assim que o mesmo me entregasse o que foi pedido, pegaria analisando ambos os equipamentos, em seguida caminharia para os dormitórios, onde descansaria para poder acordar disposta para o próximo dia.




Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 J09J2lK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Aria
Comandante de Yonkou
Aria


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 YxrFUrr
Créditos : 84
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyTer Ago 23, 2022 12:15 pm








Ato VI



- Isso é incrível. - Dizia, fingindo alguma surpresa ao descobrir que a poderosa arma tinha sido criada por um casal de cientistas do exército. - Vou torcer para que me deem alguma atenção nessa grande reunião. Tentar aprender algo por osmose, mfufu. - Sorriria, completando com aquele desejo até que bastante sincero.

Quando solicitada, erguia a manga de um dos lados da blusa, puxando-a para cima com a mão oposta e expondo uma área de meu braço. Deixaria que Merlinda fizesse seu movimento, e então tomaria meu tempo para que a vacina agisse de acordo com o meu metabolismo que já era um tanto quanto mais avançado que o normal.

- Imagino que sim... Muitos novos foram recrutados ontem, por exemplo, e devem estar sem vacina... Acho melhor procedermos com cuidado no uso da T.I.L.T - Finalizava, repassando aquela informação que de certa forma se mostrava crucial, afinal, na noite anterior diversos novos recrutas foram acrescentados ao exército revolucionário.

- Com sua permissão, sairei. Preciso me preparar. - Abaixaria a cabeça, assinalando a minha saída. - Quando será a reunião? E quando devo retornar? - Questionaria, para assim saber o quanto tempo teria livre para realizar meus próximos aprendizados e ações de meu próprio interesse.

- Estou atrás da História. É isso que me move adiante. Alguma dica de onde posso encontrar algo interessante?






Objetivos
- Aprender Soru e Shigan (preferencialmente no final, saindo da ilha)
- Aprender Forja, Sociologia, Avaliação
- Fazer uma grande mudança na ilha, mudar principalmente com relação a ter meu próprio território no submundo dessa ilha.
- Quero iniciar uma Caçada de Tesouro (achar algum mapa, alguma lenda, etc, pra concluir na próxima aventura no
- Seguir uma história bacana.



Histórico da Aventura
GANHOS

- Proficiência Sociologia (Post nº 05)
- Proficiência Avaliação (Post nº 06)
-


PERDAS

- xx (Post nº 1)
-

ALTERAÇÕES

- Berries: ฿38.690.000 -> ฿38.690.000


NOTA FISCAL

- xxx B$ (xx - Post nº 01)
- xxx B$ (xxx - Post nº 01)


RELAÇÕES

- sim


STATUS

PDV: 17.252 (+3.200 Raça) (+20.000 Formas Básicas) = 40.452
STA: 12000
CONDIÇÕES: N/A
FERIMENTOS: N/A
CONTAGEM DE DEFEITOS: N/A

DIÁRIO DE BORDO

NOME DO BARCO

Autossuficiência:
Celeridade:
Estrutura:
Durabilidade:
Poder de fogo:

EXPERIÊNCIA

Experiência: 06 posts
Experiência Akuma no mi: 01 posts
Experiência Rokushiki: Não se aplica
Experiência Outro caminho: Não se aplica
Experiência Hakis: Não se aplica

Quantidade de Postagens do(s) Narrador(es): sei lá man

Resumo:
Citação :

Total sexo




Mini-Ficha
Nome: Samira Evelynne Malkova
Alterego Submundo: N/A
Cargo/Distrito/Salário: Associada/None/2.600.000
Proficiências
História
Criptografia
Investigação
Falsificação
Furtividade
Lógica
Geografia
Mecatrônica
Mecânica
Anatomia

Qualidades e Defeitos
Qualidades
Versátil
Impassível
Atraente
Destemida
Prodígio
Talentosa
Pau para toda obra
Defeitos
Extravagante
Sonâmbulo
Devassa
Ambição
Teimosa

Profissão
Socialite do Submundo da Arqueologia: +30% em Tesouro; Conhecimento do submundo; Desconto na abertura de estabelecimentos; Desenvolve fama e carreira pública em Arqueologia como se fosse Civil normal.

Estilo de Combate
Artista Marcial
Chicoteadora

Acompanhantes e Seguidores
[Acompanhante]Arthur Chesire: Considera o rapaz o seu irmão mais novo. Tem bastante intimidade com ele, já que passaram grande parte de suas infâncias sendo escravos de um nobre de Sirarossa. A vida dos dois juntos teve muitos altos e baixos, se meteram em muitos bicos para sobreviver desde então. Mas decidiram sair de Illusia juntos e ganhar o mundo de alguma forma.


Akuma no Mi
- Sara Sara no Mi: Model Axolotl

Outro Caminho
N/A

Técnicas
N/A

Haki
N/A

Rokushiki
N/A

Atributos
Força: 1190 (+240 EDC) (+200 Arma) = 1630 Class. 11
Destreza: 715 Class. 7
Acerto: 20 (+240 EDC) = 760 Class. 7
Reflexo: 1 Class. 1
Constituição: 241 (+160 Raça) (+1000 Forma Padrão) = 1401 Class. 10

Agilidade: 380
Oportunidade de Ataque: 3
Redução de Dano: nem se dá ao trabalho
Resistência: 0
Penetração: 0

Cores do Template
fala
roxo
royalblue
blueviolet
hotpink
laranja
fala2
laranja2
sky



Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2845-aria-di-lut https://www.allbluerpg.com/t1510p15-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao#17597
Ryoma
Administrador
Ryoma


Imagem : a
Créditos : 80
Localização : Masquerade

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyTer Ago 23, 2022 10:05 pm

The sun rises. I depart on a journey.

Esse mesmo. – respondeu Boo com um sorriso no rosto, pegando seu mais novo cantil. Não era nada absurdo, tendo o tamanho ideal e sendo resistente bastava. Garrafas até conseguiam segurar mais líquido, talvez isso fosse importante para um adulto, ou alguém grande. Como uma criança que vive muito na água, espaço ou a quantidade não importava muito. – Vou confiar, gostei dele logo de cara. – o preço não soava nada sobrenatural, talvez com mais grana ela pudesse conseguir algo bem mais elaborado, resistente e até bonito. "Encaixa bem no papel, é melhor não exagerar." Em sua atual faceta, gastar muita grana chamaria atenção de todos os lados. Não bastando ser nova na ilha, Boo tinha apenas que começar bem do fundo, engatinhando.

A compra do jornal não foi tão demorada por ser algo simples, livros mais detalhados sobre a história da ilha provavelmente precisavam ser estudados mais tempo, Boo não tinha todo esse tempo. "Vai servir pro momento." O foco na leitura era muito maior, aprender mais de Kano e do que precisavam se preocupar e atraia o interesse da pequena. Além do foco geral na ilha, seus moradores, pessoas de interesse, construções de renome e também na história do local, Hany procurava algo mais. Um conto, rumor, talvez algum tipo de historinha bem interessante aos olhos dela, ler muito a fez sempre imaginar como seriam suas aventuras quando conseguisse viver só, esse ainda não era o caso, mas ela gostaria de ao menos ter essa oportunidade de aprender mais e talvez até encontrar algo que ajude ela e Agatha no futuro. "Preciso pagar as contas, um dia vai." Dinheiro é sempre bom.

O movimento da ilha não dificultou muito o caminhar das coisas, Hiko/Leo tomou conta da pequena garota-peixe enquanto a leitura dela ocorria. Kano é um país e tanto, provavelmente um dos poucos que recebeu a benção dos dragões. Ver valor apenas na terra, na ilha, não nas pessoas a viver nela. Esse tipo de habilidade não é fácil de conseguir, mesmo conhecendo bem sobre o assunto, Boo não se imaginava fazendo a escolha correta na hora de investir em algo. "Dragões... Às vezes eu posso evoluir para um, nunca se sabe." O dia já não tão longo fazia este ser um bom momento de encontrar os outros, Leo anunciava a situação e a garota apenas assentia com a cabeça, acompanhando seu parça.

Na casa de Limosa as coisas ficariam mais sérias. Sem sorrisinhos, Boo permaneceria tranquila, porém mais séria por imaginar que esse era o clima ideal para tudo ocorreria ali. Sem muita resistência, os dois tiveram a entrada autorizada, mas antes de tudo a garota guardou o jornal, prestando mais atenção ao ambiente no geral. Se as coisas estivessem bem tranquilas, a pequena procuraria a cozinha, indo encher seu cantil de água para mais tarde. Fora isso, observar as pessoas, se manter próxima de Leo/Hiko e também ler um pouco se tudo estivesse muito parado. Conhecer mais da ilha a interessava, além de outras coisas que existiam em jornais regionais. Dormir antes da reunião em si também podia ajudar um pouco, aproveitar essa oportunidade era bem a cara da garota-tubarão e ela procuraria algum canto onde pudesse descansar até o dia seguinte, ou simplesmente passaria a noite conversando com quem estivesse por ali. Mostrar força para se aguentar de pé sem dormir, coisa bem incrível.

Capitulo III — Solstício - Página 2 PBCMNpd

Histórico:
Objetivos, talvez, não sei:
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t308-hany-g-drezat https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
Kira
Pirata
Kira


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 D1p9O2Y
Créditos : 11

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQua Ago 24, 2022 1:56 am




Agatha

A mulher tinha sua conversa com Mistake, e parecia não gostar muito do que a velha dizia, claro que ela estaria disposta a ajudar no que a raposa pedisse, e daria as permissões necessárias, mas ela queria ver como a mulher se saíria tendo a missão em suas mãos e em como executaria seu plano, afinal, ela era quem dominava o tabuleiro.

-Não se preocupe, farei com que os melhores estejam à disposição, mas não se esqueça, ratos quando encurralados tendem a atacar de forma feroz… Hahaha! Diria a mulher, dando uma leve risada no final, com sua voz idosa e arrastada, deixando que Agatha continuasse a explicar aquilo que queria.

Assim, ela ouvia tudo o que a raposa tinha a dizer e então respondia a mesma. -Certo… Isso é bom, vejo que tem tudo arquitetado em sua cabeça, espero que na prática tudo isso saia como o planejado. Quanto às armas, você pode sim pedir por armas novas, afinal você precisa estar totalmente preparada para comandar esse exército. Concluiu a velhota, deixando que Agatha seguisse seu caminho para onde tivesse vontade.

A agente então seguia seu rumo até a casa de armas, onde um homem estava de frente ao lugar e quando ela pedia por seus equipamentos, o mesmo a respondia. -Claro, sem problemas. O homem então ia até o fundo do depósito, e trazia um par de luvas sem os dedos e uma foice. -Veja se estão bons para você, se precisar que eu troque as luvas ou a foice, é só trazer de volta. Diria o homem deixando que a mulher seguisse para os dormitórios.

Agora a raposa já tinha tudo em mãos, suas armas, o grupo de marinheiros e agentes que Mistake deixaria à disposição para a missão, e só restava descansar. Ela então seguia para os quartos e ia em direção a sua cama, se deitando e finalmente dormindo. Seu descanso era merecido, foram dias de preparo e aprendizados puxados, e amanhã será o dia da verdade.

A mulher então ao se deitar, não demorava muito a pegar no sono, dormir de forma tão profunda que parecia estar cansada além dos limites, e logo já era de manhã, o sol entrava pela janela, iluminando seu quarto e agora ela despertava com a luz batendo em seus olhos. Finalmente havia chego o dia, e ela precisava se preparar.


Samira

A ruiva conversava com Melinda de forma tranquila, a mulher sorria enquanto ela falava de aprender com o casal criador do T.I.L.T. -Hahaha! Acredito que eles vão adorar falar com você sobre isso, eles adoram explicar essas coisas para as pessoas, faz o ego deles maior. Dizia a mulher em resposta ao comentário de Samira.

Com isso Limosa lhe aplicava a vacina, e agora ela finalmente estava imunizada, mas não deixava de comentar com a mulher sobre os mais novos recrutas. -Sim, eu sei, vou pedir que vacinem todos até amanhã na reunião, precisamos de todos preparados para o que vai acontecer. Comenteu Limosa para Samira, a deixando agora livre para fazer o que quisesse.

A mulher agora vacinada, questionada a Limosa quando poderia retornar e a que horas seria a reunião. -Bom, tudo vai começar às dez da manhã de amanhã, todos já terão chegado a esse horário, então, dez horas você pode aparecer, caso tenha algo para fazer antes. Respondia a mulher, sanando as dúvidas da ruiva que agora a reverenciava de forma positiva com a cabeça e seguia seu rumo.

Por último, antes de sair, Samira perguntava sobre história, a mulher parecia querer aprender mais sobre o assunto e então Limosa a respondia. -Bom, na prateleira na letra H. provavelmente tem algum livro sobre história, não sei se específico de algo que você queira saber, provavelmente de história geral. Limosa a respondia, deixando que ela pegasse o livro e seguisse para onde quer que fosse.

Após isso, Samira seguia para seu quarto, se deitava na cama para ler seu livro, mas antes que conseguisse começar a leitura, ela simplesmente dormia, seu livro caia sobre seu peito, enquanto a mulher apagava como uma rocha, acordando somente no dia seguinte. O sol começava a aparecer na janela, já eram por volta das sete e meia, seu corpo se sentia revigorado e agora ela podia seguir para fazer o que quisesse antes da reunião começar.


Hany

A menina conseguia fazer tudo aquilo o que queria, mas ainda assim sentia falta de uma boa história para ler, e o jornal provavelmente não tem nada do tipo. Com isso a caminhada da dupla finalmente chegava ao fim, tendo agora sua presença na residência de Limosa.

Nos arredores ela via alguns homens, logo na entrada haviam guardas, a entrada da mansão era bem grande, um portão de ferro bem adornado e bonito e um tapete vermelho que levava todos da porta da frente até o fundo da casa. Quando a menina finalmente atravessava a grande porta, Limosa chegava. -Ora! Vejo que mais companheiros estão chegando… Primeiro peço que venham comigo, preciso que tomem uma vacina, enquanto isso estão preparando quartos para vocês, assim depois podem descansar. Diria a mulher levando Leo e Hany até seu escritório.

Lá, assim como fez com Samira, ela puxava duas seringas, uma para Boo e outra para Leo, logo vacinando o homem primeiro, e em seguida a menina. Os dois agora estavam imunizados, algo que eles precisavam terminar antes da utilização da bomba, e assim, agora Hany e Leo tinham seus quartos. -Nossa camareira já arrumou o quarto de vocês, podem ir descansar caso queiram, amanhã será um dia cheio. Dizia Limosa, liberando os dois para seguirem.

Assim, Boo poderia ver a sua volta, bastante livros, assim quem sabe ela poderia achar algum livro que lhe interessasse e assim teria algo para ler. Porém, a hora já estava bem avançada, a menina então pegava um livro de histórias em uma estante mais baixa, parecia até mesmo uma estante para crianças, apenas livros com coisas mais leves e sem assuntos tão aprofundados.

Ao pegar o livro, a menina seguia para o quarto com seu companheiro, lá, os dois se preparavam para dormir, Leo tinha uma cama separada de Boo, e logo se deitava. -Precisamos dormir logo, amanhã o dia será cheio e temos coisas a fazer. Dizia o homem para a menina, esperando que ela dormisse também.

O local era bem luxuoso, o que poderia chamar a atenção da menina, a cama tinha lençóis dourados e adornos vermelhos e dourados, era toda feita de madeira, e o quarto em si era bem grande, com dois espelhos grandes, uma escrivaninha próxima a cama e uma estante onde poderia ser guardados coisas.

Tinha também um banheiro dentro do quarto, para caso eles precisassem utilizar, e logo Hany percebia que Leo já havia dormido. Ela ainda tentou ler um pouco do seu livro, mas o sono também logo a chamou, talvez a vacina desse sono assim que entrasse em contato com o organismo e isso a fez adormecer até o dia seguinte.

A noite havia se passado, agora eram por volta das sete e meia da manhã, um horário até razoável para eles, assim teriam tempo para se prepararem para a reunião que seria às dez da manhã.

Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 E7c86S3

Pensamento
Fala
Extras
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t2842-nero-warcry#30069
Kenshin
Desenvolvedor
Kenshin


Imagem : Capitulo III — Solstício - Página 2 VB1QKO4
Créditos : 75

Capitulo III — Solstício - Página 2 Empty
MensagemAssunto: Re: Capitulo III — Solstício   Capitulo III — Solstício - Página 2 EmptyQua Ago 24, 2022 1:49 pm






Capitulo III — Solstício

Os detalhes finais da missão eram postos a mesa para a gerente da ilha, e a mesma estava de acordo com minha visão, o ar de superioridade da mulher não se deixava abalar, e isso eu respeitava. "Com quem ela acha que está falando?" Pensava após as respostas da mulher.

Mas não precisava provar nada a mesma, estava ali por conta que a condessa confiava em minhas habilidades para auxiliar o governo naquele mar, além dela precisava apenas mostrar resultados para a diretora. "Uma missão bastante delicada de caçar alguém tão importante para a revolução!" Se ela acha que estou subestimando meus inimigos ela está muito enganada.

Meu alvo era bastante novo, mas para estar onde ele estava, ou ele tinha de ser um ótimo estrategista, ou um exímio lutador. Um grande sorriso aparecia em meu rosto enquanto saia do local, pois isso me deixava bastante excitada para um embate, seja ele mental ou físico, pois pela infelicidade dele, eu era ótima em ambos.

Assim terminando de falar com a velha, segui até o depósito da base, onde era atendida por um rapaz, o mesmo logo atendia o que tinha pedido, seguindo para o fundo do local. Enquanto o mesmo buscava meu pedido, olhava despretensiosamente para as coisas que estavam penduradas no local, me perguntava como estava Hany.

"Tenho plena certeza de que ela está bem fisicamente, duvido muito que alguém consiga machucar ela, mas ela tá longe daquela ilha…" Ainda estávamos no mesmo mar, mas era a primeira vez que ela estava longe da ilha a qual foi criada, me lembro da primeira ilha fora de zou…

"O sentimento de estar livre… Junto da ansiedade de não saber o que te espera!" O homem aparecia à minha vista quando finalizava meu pensamento, vinha com um par de luvas e a foice.

- Muito obrigada! Falava estendendo as mãos e pegando ambos os equipamentos. - Está perfeito! Respondia o rapaz enquanto dava um breve giro com a foice.

- Até mais! Falava me virando balançando as caudas enquanto analisava a foice que tinha conseguido.

O dia tinha sido produtivo, me restava apenas descansar, seguia para o dormitório, onde guardava o novo equipamento, em seguida retirando toda a minha roupa, ainda me encontrava com o disfarce, os cabelos e pelos pintados. "Amanhã acabarei com isso e voltarei a ficar bela!" Esse tipo de disfarce era extremamente exaustivo, a delicadeza da missão, não permitia que fosse uma simples peruca, tinha de ser algo mais fixo…

O sono ia chegando, deixando meu corpo mais relaxado, e quando dava por mim estava em volta da escuridão do sono. A noite passava rápido, um bom descanso que deixava meu corpo totalmente revigorado, estava confiante pois a grande reunião ia acontecer e estava na hora de voltar a interpretar a nobreza vindo de zou.

"Como se naquele lugar tivesse algum tipo de nobreza!" Me levantava me espreguiçando, retornar as roupas da "Sith" me preparando para o que estava por vir, respirava fundo com um pequeno sorriso aparente em meu rosto.

Por último colocava o par de luvas em minhas mãos fazendo um pouco da minha energia correr pelo equipamento, em seguida pegava a foice a levando junto comigo. Seguia em direção a localização de Mistake, estava feliz e confiante, estava na hora de voltar cem por cento ativo.

- Espero que tudo esteja nos conformes! falava ao se aproximar da mulher, com a foice na mão estenderia para a mesma. - Aqui está, por favor entregue a algum agente bastante ágil, no momento que escutar o som de batalhas, ele deve levar para mim! Assim esperava que a mulher aceitasse o pedido. Independente, não poderia levar a arma comigo, por sorte meu corpo era mais do que suficiente para uma boa batalha. - Estou indo para o local, o dia vai ser longo! Assim me virava após escutar a mulher.

Com isso seguiria até o lado de fora da base, tentaria seguir por um canto mais discreto, usando da furtividade para poder despistar qualquer pessoa que estivesse de olho no local. Assim que chegasse no local observaria todas as pessoas que estivessem se aproximando do prédio, tentando identificar alguns alvos ou coisa do tipo, me aproximando me apresentaria. - Lady Sith de Zou, para a reunião! Assim seguiria para o local indicado pela pessoa que tivesse me atendido, assim me mantendo alerta e observadora com tudo a vinha volta.



Histórico:

_________________

Capitulo III — Solstício - Página 2 J09J2lK
Ir para o topo Ir para baixo
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t2343-capitulo-i-poesia-com-uma-espada
 
Capitulo III — Solstício
Ir para o topo 
Página 2 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissões neste sub-fórumNão podes responder a tópicos
All Blue RPG :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: País de Kano-
Ir para: