Bem-vindo ao

All Blue

É com muito prazer que lhes damos os comprimentos ao nosso RPG. All Blue se trata de um RPG narrativo com o ambiente principal centrado em One Piece, obra de Eiichiro Oda.
Se divirta nessa nova aventura e se torne o novo rei pirata... Se puder!

Últimos assuntos
Criação de AventurasOntem à(s) 11:33 pmporShioriII - Procura-se um BobôOntem à(s) 11:32 pmporShioriBad KarmaOntem à(s) 6:56 pmporMendoncaÚltimo Baile Antes da GuerraOntem à(s) 6:00 pmporMendoncaLolo BanditoOntem à(s) 4:41 pmporVrowkÉmile SixthornnOntem à(s) 12:13 pmporGrenyAlvorecerOntem à(s) 10:21 amporAuroraCaitlyn G.Ontem à(s) 7:49 amporAchilesCap. 6 - TerritorialOntem à(s) 12:30 amporDeepCausamortis I - Damnatio.Sab Fev 04, 2023 9:52 pmporShiori

Dust Howl

Lyosha
Imagem :
Dust Howl AO7UjML
Créditos :
35
Ver perfil do usuário https://www.allbluerpg.com/t1056-lyosha-bulgakov#10148 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18228
Lyosha
Administrador
Dust Howl Seg Maio 16, 2022 11:11 am
Dust Howl




Nome: Dust Howl.
Sistema de governo: Anarquia.
Regente: Não há.
Densidade populacional: Baixa.
Religião: Nenhuma Predominante.
Clima: Ilha de Verão.
Temperatura média: 36ºC
Geografia: Atualmente a ilha é composta com uma extensa região árida de terra seca e morta, consistentemente plana em sua totalidade, e sem plantas, apenas uma imensidão desértica, interrompida apenas pela cidade caótica no oeste da ilha e uma gigantesca ravina ao sul.






Antigamente uma ilha extremamente próspera e de desenvolvimento tecnológico muito rápido, desde sua fundação a antiga República Calico se mostrou como um gigantesco polo tecnológico mundial, o que se atribuía em grande parte à Carbonera. Estranho líquido negro encontrado em poços naturais embaixo da terra, rapidamente perceberam que se tratava de um combustível poderosíssimo, que começou a ser usado como base para todos os aparatos tecnológicos. Devido ao seu potencial energético ao ser consumida, a tecnológica teve um salto de séculos em poucos anos, se tornando a ilha com tecnologia mais desenvolvida de todo o mundo, um grande paraíso futurista, e o Governo Mundial logo se viu interessado, tanto pelo interesse na Carbonera quanto para trazer aquela ilha para o seu lado.

Por muitos anos a República Calico estabeleceu uma hegemonia, sendo voz de destaque no Reverie e tendo influência significativa no mundo todo, que dependia do fornecimento de sua tecnologia, mas com o tempo as coisas começaram a mudar. Vendo seu poder e influência, o Primeiro-Ministro do parlamento acreditou que não havia mais motivo para abaixarem a cabeça para o Governo Mundial, crendo já serem mais do que capazes de assumir o posto de líderes do mundo. Em segredo, começaram a desenvolver armas de destruição em massa nunca antes vistas na história da humanidade, armamentos tão potentes que poderiam dizimar ilhas inteiras, frutos de estudos de vidas inteiras de centenas de cientistas da ilha, tudo com o intuito de abrir guerra abertamente contra o Governo Mundial.

O que não esperavam era que, entre os membros do parlamento, houvessem agentes do governo, infiltrados para garantir que não haveria nada que pudesse os ameaçar, e acabaram descobrindo sobre o intuito deles. Infelizmente não podiam simplesmente abrir um ataque direto, pois se as informações das armas desenvolvidas fossem verdade, a possibilidade de sofrerem gigantescas perdas naquela guerra eram reais, então decidiram tomar uma abordagem diferente. Por meses, começaram a instigar, discretamente, uma guerra civil, fazendo com que os habitantes da República Calico lutassem contra si mesmos, em vez de enfrentar o Governo Mundial, fazendo-os se destruírem por dentro. A situação chegou a tal ponto que as armas de destruição em massa, criadas para enfrentar o Governo Mundial, foram postas em uso, e o resultado foi desolação. Ainda em fase de testes, acreditaram que já eram capazes de as controlar, mas quando os protótipos saíram do controle, deram fim à República que estava no topo do mundo, destruídos por serem gananciosos demais e tentarem tomar o Trono Vazio.

O que antes era uma ilha extremamente avançada, deu lugar à uma terra desolada, uma terra de ninguém, com o solo morto pelo efeito das armas, no que ficou conhecido como o Dilúvio de Fogo, se assemelhava mais à um deserto que cobria toda a ilha, e com vestígios da tecnologia que antes liderou o mundo, agora sucata largada para todos e para ninguém. Os poucos que conseguiram sobreviver, principalmente em bunkers especiais, viram seu mundo virar de cabeça para baixo. Não havia lei, não havia ordem, tudo que havia era a força, e uma era de crimes e carnificina se fez, tudo para sobreviver naquele novo mundo em que foram jogados. Tudo que podiam aproveitar era aproveitado, em especial as sucatas largadas por toda a ilha, que se tornaram peças úteis nas mãos dos sobreviventes.

Aos poucos começaram a se organizar novamente em sociedade, se aproveitando dos destroços que foram deixados para trás como peças para a fundação de uma nova cidade, mas nunca abandonaram a lei do mais forte, tornando-se uma sociedade anárquica, reunida apenas por pura conveniência, onde cada um está apenas por si, e onde todos os conflitos são resolvidos na ponta de uma pistola.



Gundale


Gundale é a única cidade que se ergueu após o Dilúvio de Fogo, sendo inclusive chamada por alguns sonhadores como Nova Calico, nome zombado por aqueles que se habituaram à nova realidade. Apesar de ser chamada de cidade, sua estrutura não se parece com uma, já que foi feita a partir de destroços empilhados um por cima do outro, sucata do antigo mundo que foi deixada para trás quando o fogo morreu e os últimos gritos cessaram: pedaços de embarcações, de prédios e até de grandes aparelhos tecnológicos, desmontados e usados como fundação para o lugar, um ferro-velho abandonado por deus. Não existe um líder ou leis para se seguir, então não existem também criminosos, apesar de haver um acordo comum não oficial para manter a ordem, para que não reine o caos absoluto, mas ao menor sinal de desavença ou desrespeito um tiroteio pode acontecer, que só acaba com algum morto. Uma das poucas regras existentes que todos estão de acordo é a Lei do Duelo, feita para minimizar o descontrole, na qual qualquer pessoa pode desafiar outra, que é obrigada a aceitar, mesmo que envie um representante em seu lugar. As regras são simples: obrigatório a presença de testemunhas, proibido atirar pelas costas, atirar mais de uma vez ou atacar antes do sinal, sendo permitido apenas ataque à longa distância, não só armas de fogo. Mesmo assim, nem todos se importam em fazer desafios formais, muitas vezes preferindo resolver seus assuntos na moda antiga. As únicas formas de se sobreviver é sendo forte, para garantir sua própria segurança, ou esperto, tornando-se um sucateiro, que tem como ofício reunir os destroços deixados para trás e transformá-los em armas novas, tanto para se defender quanto para vender e garantir uma clientela fiel que vai o proteger para não perder sua fonte de equipamentos.
Delegacia Central - Apesar de não haver leis nem ordem em Gundale, onde todos podem fazer o que bem entendem desde que estejam dispostos a arcar com a realização, a presença de uma delegacia se faz presente, de forma um tanto quanto peculiar. A maioria dos habitantes da cidade trata os membros da delegacia com escárnio, zombando deles diretamente precisamente por não serem uma força policial oficial, por mais que tentam o ser. Sua única função real e objetiva, entretanto, é regular os duelos, para garantir que sigam dentro das regras, independente do resultado, de modo que entre as testemunhas de todo duelo está sempre um oficial presente, dando o apito que dá início a ele.
Praça da Forca - As únicas regras existentes na ilha são as estabelecidas pela Lei do Duelo, e que valem apenas no interior dos mesmos. Para os espertinhos que tentam trapacear, quebrando as regras para matar seu adversário, seu destino é ser caçado pelo xerife e seus oficiais e enforcado em praça pública. Localizada em frente à delegacia, a Praça da Força é um grande espaço aberto, com uma grande forca armada no centro, sendo ampla o suficiente para que um grande número de pessoas possa estar presente no momento das execuções.
Saloon Wet Dog - Para aqueles que querem um alívio em seu dia a dia, os saloons são os locais mais procurados, e o Wet Dog é o maior e mais famoso deles. Nos saloons se vendem bebidas, em grande quantidade, e onde muitos vão jogar apostar em jogos de carta, o que muitas vezes acaba com duelos e brigas, devido ao efeito do álcool. Mas uma coisa é clara para todos: não se aponta uma arma para a pessoa que serve as bebidas. O Wet Dog é bem espaçoso, com muitas mesas e cadeiras improvisadas de destroços, e está sempre cheio. Entre suas características mais notáveis está um velho piano comprado por Jeremy de um sucateiro, que apesar de funcionar, várias teclas estão irreparavelmente desafinadas, o que leva qualquer um que tente tocar a criar uma verdadeira cacofonia que dói os ouvidos.
Guilda Twin Grave - Sem o dedo do Governo Mundial, não existia ninguém na ilha para capturar os criminosos que vinham até a ilha e faziam de Gundale seu paraíso, até uma guilda de caçadores de recompensa se estabelecer. Acabaram se dando muito bem com a organização local, tornando-se uma força armada que pouco se importa com os conflitos locais, dando prioridade em caçar procurados com recompensa por suas cabeças postas pelo governo mundial, às vezes ajudando o xerife com a caça de fugitivos pelo valor certo.
Catedral Saint Peter - A ilha nunca foi religiosa, nem mesmo antes do Dilúvio de Fogo, mas com a nova era de carnificina selvageria que se instaurou após, uma certa crença acabou se espalhando, crendo que a culpada por todo o desastre que levou a ilha para à sua destruição é da Carbonera e da Tecnologia, tentando fazer com que todos abandonem as sucatas tecnológicas que foram deixadas para trás, destruindo-as, se possível, para viverem livres, o que obviamente, para uma cidade que se sustenta a base dessas sucatas é um absurdo, e poucos são os que se reúnem na catedral para ouvir os sermões do Diácono Tom. O que não sabem, é que cada vez mais pessoas acabam se rendendo à religião, formando o Culto da Simplificação, um grupo secreto que se reúne no subsolo da catedral para organizar seus planos de acabar com a Fossa de Carbonera e com toda a tecnologia que conseguiu resistir ao Dilúvio de Fogo e ficar para trás.
Funerária Blanco - Em uma terra sem lei, em que a morte é a única forma de julgamento, o Grande Coveiro viu uma grande oportunidade. Por mais que qualquer um possa, a qualquer momento, atacar outra pessoa para a matar, nem todos são hábeis o suficiente para isso, em especial aqueles que querem ver mortos aqueles que estão no poder, e é aí que entra a Funerária Blanco. Servindo de fachada como uma simples funerária, na verdade é um centro de contratação de assassinos de aluguel, chamados de coveiros, para garantir a morte de quem quer que seja, ou até mesmo como representantes nos duelos oficiais: uma forma rápida e fácil de garantir a morte do alvo.
Hotel Belucci - Um grande hotel controlado pelo submundo, mesmo sendo jeito, assim como todas as outras construções, com destroços da própria ilha, é visivelmente melhor organizado, feito empilhando vários containers um em cima do outro para criar um verdadeiro edifício, que serve de base e ponto de encontro para todos os membros do submundo que vem até a ilha. Apenas “convidados” podem se hospedar, um termo para se referir a integrantes do submundo, e apesar de George não ser capaz de lidar diretamente com pistoleiros abusados que tentar entrar no lugar por parece muito mais acolhedor e aconchegante que qualquer outro lugar na ilha, os coveiros estão sempre prontos para manter as regras do submundo.

Deserto de Sucata


Cobrindo quase toda a extensão da ilha, com exceção de Gundale, o enorme deserto de terra seca é tudo que se pode ver por quilômetros em todas direções. Não é feito de areia, mas sim de terra morta e rachada, de onde vida não mais pode prosperar, e locato por toda parte de destroços, grande e pequenos, como um verdadeiro ferro-velho com o que sobrou após o Dilúvio de Fogo. Muitas das peças úteis já foram pegas por sucateiros, mas com tantas peças espalhadas pelo enorme deserto, recursos é o que não falta, o que leva muitos sucateiros a deixarem a “segurança” de Gundale para se aventurar atrás de peças que lhes permitam confeccionar novas armas poderosas e valiosas, ou tem pequenos bolsões de Carbonera avulsos que tenham a sorte de encontrar. O risco que correm ao fazerem isso é o de darem de cara com os Exterminadores das Ruínas, antigos robôs que serviam como auxílio da força policial da República Calico, e que sobreviveram ao Dilúvio de Fogo. Com a destruição do centro de informações ao qual eram conectados para distinguir seus alvos, passaram a vagar sem rumo pelos destroços do Deserto de Sucata, vendo qualquer ser vivo como alvo e atacando brutalmente com suas inúmeras armas embutidas, alimentadas pela Carbonera em seu interior. Passam grande parte do tempo inativos, imóveis, para se reativarem ao menor sinal de vida, reiniciando seu protocolo de extermínio. Existem também vários trilhos de trem que cruzam o deserto, mas sem mais um trem para os utilizar.
Fossa de Carbonera - Por muito tempo os habitantes de Gundale acreditaram que, após o Dilúvio de Fogo, a Carbonera não existia mais, já que como é extremamente inflamável e com o clima quente da ilha, todas as reservas haviam sido consumidas de forma permanente, incluindo a gigantesca reserva de Carbonera que servia como uma verdadeira mina de ouro para a República Calico, o que em partes estava certo. A Carbonera que se encontrava na superfície realmente desapareceu, mas as que se encontravam abaixo da terra se mantiveram intactas. A Fossa de Carbonera, entretanto, apesar de ser subterrânea, já havia sido aberta antes da catástrofe, e todos tinham a certeza de que se encontrava seca. Isso é, até Tiburcio ir até lá, eliminando todos os Exterminadores das Ruínas presentes e encontrar ela ainda lotada com o combustível negro. A verdade é que, como era a maior reserva de Carbonera da ilha, para evitar acidentes, construíram um poderoso sistema de proteção feito para impedir que a Carbonera destruisse o local se entrasse em ignição, o que serviu para o efeito oposto, protegendo-a da destruição vinda do lado de fora. Com a descoberta, Tiburcio logo estabeleceu um monopólio, com muitos homens e sucateiros ao seu comando, tornando-se o magnata da Carbonera. Os pequenos poços naturais ao redor da ilha não eram nada comparado ao que tinha à disposição, colocando a estação de extração e refinamento para funcionar mais uma vez, usando os trilhos abandonados para fazer o transporte do combustível através de carros-tanque especializados.
Carbonera:
Rancho Bleakrise - Dentre todas as formas de se locomover pela ilha, sem dúvidas a mais eficiente é à cavalo, meio de transporte amplamente usado por todos na ilha. O problema é que cavalos não existiam mais na ilha após o Dilúvio de Fogo, tendo sido todos mortos. A solução para o problema foi Marietta, que exportou pelo submundo alguns cavalos, e fundou um rancho para cruzar eles e vendê-los para os moradores de Gundale. Como todos os cavalos vendidos são castrados para impedir que roubem seu serviço, todos na ilha dependem exclusivamente dela para adquirir os animais, que são comumente mortos em meio à tiroteios, tornando o rancho protegido indiretamente mesmo não tendo efetivamente quase nenhuma segurança, pois todos os compradores colocam um alvo em qualquer um que cause problemas no rancho.
Ravina dos Condenados - Para todos, o lugar mais assustador da ilha, é uma enorme ravina gerada por uma das armas de destruição em massa da ilha, partindo parte da ilha ao meio e criando um despenhadeiros de mais de 200 metros que é impossível cruzar sem descer até seu fundo e subir pela parede rochosa. O mais assustador, entretanto, em relação à ravina, é que ela é usada como base para os membros da Caçada Selvagem, um grupo de mortos-vivos liderados pelo próprio Diabo, que fazem o que querem e como querem sob as ordens de seu líder, causando caos e destruição por onde passam, e trazendo os prisioneiros até a base para escolherem fazerem ou não um pacto de servidão com Elliot antes de serem pisoteados até a morte.
Laboratório Fantasma - Por mais que praticamente todas as grandes estruturas da República Calico tenham sido destruídas no Dilúvio de Fogo, uma delas, mais afastada da cidade, acabou se mantendo de pé: o antigo laboratório de Elfego Holliday, o cientista-chefe da República Calico. Repleta de segredos do antigo mundo, é também o local com maior concentração de Exterminadores das Ruínas, que rondam tanto o exterior quanto o interior do laboratório, em número tão grande que é considerado suicídio tentar se aventurar lá. Assim, os segredos do laboratório se mantêm ocultos dos olhos humanos, visíveis apenas para os fantasmas do passado.
Toca dos Chacais - Mesmo em uma terra aparentemente sem lei, existem algumas pessoas que se rebelam contra todo tipo de ordem, e aqui esses são os Chacais Raivosos. Se o conceito de “bandido” existisse na ilha, eles certamente seriam chamados assim, um grupo de criminosos que se organiza para realizar grandes assaltos, tanto à Fossa de Carbonera quanto à Gundale, tomando tudo que podem com violência antes de fugirem. Seu status de criminosos se deve ao fato de que a grande maioria de seus membros são fugitivos dos oficiais de justiça, tendo quebrado propositalmente as regras da Lei do Duelo e fugido para se juntarem ao grupo fora-da-lei, que faz o que bem entende, como bem entende, e rindo na cara do xerife. Sua base secreta é localizada em meio ao deserto, em um bunker secreto que não é conhecido por mais ninguém, com um Exterminador da Ruína desativado, derrotado pelo próprio líder do grupo, que serve como uma espécie de espantalho para afugentar qualquer um que chegue nas proximidades, para não acabar descobrindo o esconderijo.


Xerife Billy Kirker

Descrição: Ocupando o cargo de xerife da ilha, Billy é muito zombado pelos moradores de Gundale, que veem no cargo de xerife em uma ilha como aquela uma completa piada, servindo apenas para regular os duelos, quase como um cargo de enfeite, mas isso não abala sua determinação. Ele tem esperança de que um dia ele e seus homens sejam capazes de restabelecer a ordem na ilha, sonho longínquo, mas que Billy deposita toda a sua esperança, crendo que seu trabalho é o primeiro passo para ganhar o respeito necessário para que isso seja possível, o que o faz levar muito à sério a caçada aos fugitivos, mostrando serviço onde pode. Exatamente devido a esse pensamento, não aceita calado que vem zombar abertamente os oficiais na sua presença, desafiando o provocador para um duelo, que ele sempre vence, para estabelecer respeito. Poucos são os que têm coragem de zombar deles em público, temendo serem desafiados pelo xerife, não por terem medo da morte, mas porque o xerife sempre mira nas partes íntimas para causar ainda mais medo. “Se você quer atingir o coração do seu oponente, mire na virilha”.
Nível: 12
Estilo de Luta: Atirador e Chichoteador.


Jeremy Docher

Descrição: Antes um dos oficiais sob as ordens do xerife, Jeremy compartilhava o desejo de manter a ordem na cidade, mas logo percebeu o quão inútil seus esforços eram, largando as forças de justiça para fundar o Saloon Wet Dog, que logo ganhou muito destaque. Mesmo não sendo mais um oficial, ainda mantém uma relação próxima com o xerife, dizendo a ele tudo que vê e ouve em seu saloon, admirado pela obstinação de Billy. Tem um enorme apreço pelo piado velho que comprou de Abraham, mesmo que várias teclas estejam muito desafinadas, ameaçando de morte qualquer um que reclame da música ou tentasse destruir o instrumento, por vezes até mesmo indo pessoalmente tocar, por mais que não tenha o mínimo de talento musical, apenas para ouvir um mínimo de música naquela terra de sucata. Odeia os Chacais Raivosos com todas as suas forças, pois perdeu um olho e um braço em um confronto com eles, ferimentos que ele espera um dia poder retribuir à Butch McCoy.
Nível: 11
Estilo de Luta:
Shot Duplo:


John Gibson

Descrição: Figura conhecida no Saloon Wet Dog, é um trapaceiro de primeira, estando sempre jogando cartas em uma das mesas, e ganha a vida com as apostas que faz nas mesas do saloon. É muito esperto e sagaz, e optou pessoalmente por trocar um de seus braços por uma prótese mecânica, com uma infinidade de mecanismos de trapaça imperceptíveis, que usa para vencer todas as partidas que joga. Diferente dos outros, não teme Elliot, quando ele surge no bar, com seu ar demoníaco, pois o Diabo parece estranhamente interessado em trazer John para a Caçada Selvagem, e sempre faz a mesma proposta: um jogo de poker, se Elliot ganhar, eles fazem um pacto valendo sua alma, se John ganhar, ele deixa a cidade sem realizar seu ataque. Até hoje John nunca perdeu uma partida contra o Diabo.
Nível: 10
Estilo de Luta: Atirador, Ladino.


Frank McGinnis, O Candeeiro

Descrição: Antes da chegada dos caçadores de recompensa na ilha, os procurados que chegavam em Gundale viam um paraíso, onde podiam fazer praticamente o que quisessem sem restrição, o que mudou completamente quando Frank botou seus pés na ilha. Um caçador já famoso, foi atraído para a ilha por um interesse na Carbonera, mas ao ver a situação em que se encontrava, decidiu se estabelecer para eliminar os ratos, fundando a guilda e organizando todos os outros caçadores, seja fixos ou de passagem. É um homem sereno e quieto, mantendo a boca fechada quando não tem o que falar, e com uma paciência inumana, podendo ficar dias preparado para realizar uma emboscada contra um alvo, tamanha sua força que logo os procurados deixaram de ver a ilha como um paraíso seguro, e passaram a ver como uma armadilha mortal.
Nível: 13
Estilo de Luta:
Clarão:


Buffalo Bass

Descrição: Sob ordens direta de Frank, Buffalo Bass é um sujeito no mínimo peculiar. Diferente de seu chefe, tem pavio extremamente curto, arrumando briga por qualquer motivo, e preferindo passar os dias no Saloon Wet Dog em vez de trabalhar como caçador de recompensas, apenas agindo quanto o próprio Frank o chama para uma operação complicada. Está sempre na forma transformada de sua smile, causando uma reação de estranhamento a todos ao seu redor, e dá muito valor a um bom charuto. Constantemente é desafiado para duelos por pessoas irritadas com sua atitude, e sempre vence devido ao poder de seu arroto, mas ele mesmo nunca desafiou ninguém sempre preferindo ir para a porradaria direta. É um adepto da violência, crendo que ela resolve tudo, com um estilo difícil de se esquecer.
Nível: 12
Estilo de Luta:
Arroto Retumbante:
Buffalo no Smile (Smile do Búfalo):


Diácono Tom Omohundro

Descrição: Diácono da Catedral, Tom age na frente de todos como um velho preocupado com o futuro da ilha, condenando abertamente a tecnologia, que considera a culpada de todo o desastre que aconteceu, mas é amplamente ignorado como um doido. Secretamente nutre um nojo indescritível contra aqueles que recorrem à tecnologia, em especial os que a portam em seus corpos, liderando um culto secreto chamado de Culto da Simplificação, que tem como objetivo acabar com todo traço de tecnologia na ilha, agindo através de sabotagem e incitação de conflitos internos. Mesmo com a idade, ainda tem muitas forças para lutar, mas isso se deve à um grande segredo seu: ao perceber que estava ficando fraco, sem forças para continuar sua luta, Tom fez um pacto com Elliot pela sua alma para receber força, ganhando-a o suficiente para se manter de pé lutando até seu último suspiro, mas carregando consigo um medo terrível do que irá acontecer após isso.
Nível: 12
Estilo de Luta: Ceifador.


Abraham Ikard

Descrição: O ofício de sucateiro é de longe o mais importante de Gundale, pois são eles que não só recolhem as peças para transformar em armas e próteses, mas que botam a mão na massa e criam as engenhocas que são usadas pela ilha. Dentre todos, o mais conhecido é Abraham, um velho que faz milagre com os destroços que cata, indo constantemente até o Deserto de Sucata atrás de peças, que carrega no grande caixão que leva nas costas. Seus mecanismos são inigualáveis, mas todos sabem o motivo disso: Abraham vinha de uma família pobre e fraca, sem nenhum dos talentos necessários para sobreviver em Gundale, condenado à miséria e o sofrimento até serem mortos por alguém mais forte, então tomou coragem e procurou Elliot, trocando sua alma por conhecimento. O pacto foi firmado, e Abraham se tornou um prodígio na mecânica, mas a cada dia que passa, quando mais se aproxima da morte, mais se pergunta se o pacto valeu a pena.
Nível: 10
Estilo de Luta: Atirador.


Helena “Caixão Fechado” Vasquez

Descrição: Dentre os coveiros da Funerária Blanco, Helena é uma figura que se destaca. Capodecina do distrito, ela controla toda a administração da funerária na ilha, organizando todos os pedidos e enviando seus homens para realizar os “enterros”. Normalmente, se mantém apenas trabalhando atrás de sua mesa, preenchendo documentos em seu gabinete, mas em trabalhos excepcionalmente importantes, decide ela mesma fazer o serviço. É extremamente perfeccionista, odiando a desorganização da ilha, e deixando claro seu desgosto para todos saberem, e treinou o suficiente para acertar o ponto exato no qual mira, para realizar tiros perfeitos. O único problema em seu método, é que quando realiza um enterro, dificilmente sobra algo do alvo para se fazer a identificação.
Nível: 12
Estilo de Luta:
Carabina:


George H. S. Curtis

Descrição: George pode não ser o melhor lutador, sendo na verdade bem medíocre, precisando até mesmo de uma bengala para se locomover, graças ao seu nanismo, que o leva a ter menos de 1 metro de altura. Mas o que lhe falta em força e tamanho, lhe sobra em sagacidade, sendo um administrador inigualável, organizando tudo que acontece no Hotel Belucci sem deixar nada fora do lugar. Com uma língua de mel e capacidade de negociação surpreendente, ele é um empreendedor nato, botando todas as suas qualidades à disposição do submundo, que sabe muito bem aproveitar o que ele tem a oferecer.
Nível: 09
Estilo de Luta: Não luta.


Tiburcio Scurlock

Descrição: Proprietário inegável da Fossa de Carbonera, Tiburcio tem um monopólio absoluto em relação ao combustível, tendo incontáveis trabalhadores sob o seu comando, extraindo e refinando a Carbonera para ser revendida em Gundale, dando lucros estratosféricos ao homem. Mesmo que não possuam nenhum tipo de governo, em um sistema anárquico, se tem alguém próximo de falar que manda na ilha, esse alguém é Tiburcio, devido ao tanto de dinheiro e influência que possui. Apesar de ser um homem rígido, tem um certo carisma próprio, sendo muito bom em organizar as pessoas sob seu comando. Vê os Chacais Raivosos e o Andarilho como moscas irritantes que insistem em atrapalhar seu negócio, lidando com eles com crueldade, mas até hoje sem conseguir resultados satisfatórios. Apesar de ser muito mesquinho com seus bens, entre eles a Fossa de Carbonera, sabe que não deve mexer com pessoas mais fortes que ele, e por isso tem Henry como seu “cão de guarda”, dando a ele o que quer por saber que, com ele ao lado, ninguém o desafiaria, a única concessão que ele já fez ou irá fazer. Sua característica mais marcante é sua ganância sem fim, querendo sempre expandir seus negócios e ganhar cada vez mais dinheiro e influência, tendo como objetivo maior romper as barreiras da ilha e retomar a exportação de Carbonera, coisa que até hoje não foi possível pelas condições da ilha.
Nível: 12
Estilo de Luta:
Extrato de Fogo:


Henry Earp, O Cataclisma

Descrição: Se, até hoje, ninguém nunca conseguiu realizar um atentado significativo contra a Fossa de Carbonera ou tirar Tiburcio do poder, muito se deve certamente à Henry, seu braço direito e chefe de segurança, que trabalha como protetor de todos os bens do magnata. É um ex-caçador de recompensas que veio para a ilha junto de Frank McGinnes, mas viu na Carbonera uma fonte de renda muito melhor do que os procurados, assinando um contrato de serviço de exclusividade com Tiburcio. Os dois são grandes amigos, e Tiburcio oferece à Henry uma grande parcela dos negócios para mantê-lo como chefe da segurança, o que até hoje garantiu que os Chacais Raivosos e o Andarilho não fossem uma ameaça, mas apesar de fazer seu trabalho quando precisa, Henry é muito preguiçoso e desinteressado, dando espaço para que ataques pontuais e até certo ponto insignificantes sejam feitos pelos dois grupos, mas nunca deixando que isso realmente atrapalhe os empreendimentos de Carbonera, trabalhando quando realmente precisa trabalhar. Até hoje possui certas desavenças com Frank devido a uma briga do passado, quando abandonou a guilda, mas tem simpatia por outros caçadores. Por causa de sua Akuma no Mi, acaba se isolando das outras pessoas, vivendo em uma pequena cabana feita de destroços no meio do Deserto de Sucata, passando os dias em uma cadeira de balanço, e mesmo quando está a trabalho na Fossa de Carbonera, os outros trabalhadores o evitam o máximo que podem, e por isso é proibido de usar seus poderes em força máxima na Fossa de Carbonera.
Nível: 13
Estilo de Luta:
Doomsday Come:
Hosha Hosha no Mi (Fruta da Radiação):


Marietta Wilkes

Descrição: Apesar de não ser flor que se cheire, Marietta tem muitas pessoas importantes da ilha na palma de sua mão, já que é a única fornecedora de cavalos da ilha. Larápia desde pequena, roubou desde pequena e conheceu profundamente o mercado negro, e com o dinheiro de vários roubos investiu em uma pequena manada de cavalos no submundo, fundando seu rancho e procriando eles até ter o suficiente para montar seu negócio. Até hoje mantém uma relação bem próxima com o submundo, ajudando-os contato que a ajudem de volta, gerando uma parceria duradoura. Todos os seus cavalos são rigorosamente treinados, o que impede roubos, já que é preciso do comando de Marietta para deixarem o rancho, mas ninguém é doido o suficiente para ameaçar a pessoa protegida pelo submundo e pelos maiores figurões da ilha, com exceção, é claro, dos Chacais Raivosos.
Nível: 10
Estilo de Luta: Atiradora.


Butch McCoy, O Chacal do Deserto

Descrição: Apesar do conceito de “bandido” não ser algo válido na ilha, já que regras estabelecendo bens não existem, precisando ser resolvido cara a cara entre os envolvidos, os Chacais Raivosos certamente são criminosos mais odiados da ilha. Liderados por Butch, um homem atrevido e avesso a qualquer tipo de ordem, causam o caos por onde quer que passam. Fazem saques em Gundale, roubam cargas de Carbonera de Tiburcio e até mesmo roubam cavalos de Marietta para substituir montarias perdidas, pois sabem que todos já os caçam mesmo, um motivo a mais para isso não faz diferença. O único que Butch não tem coragem de se meter é o Diabo, mantendo o máximo de distância possível de Elliot. Ficou muito famoso quando, após trapacear em um duelo, começou a matar de um em um dos oficiais que vinham capturá-lo, exibindo orgulhosamente seus distintivos em sua capa, como forma de se gabar e passar uma mensagem para os outros membros da delegacia, costume que mantém até hoje, com um lugar especial guardado para o distintivo de Billy em sua capa. Além de orgulhoso, Butch é piromaníaco, sempre carregando explosivos consigo e usando-os sempre que pode em seus ataques e saques, dando um nome único para cada uma de suas dinamites especiais.
Nível: 12
Estilo de Luta:
Pavio Curto:


D. O. C.

Descrição: Considerado como a obra prima de Elfego Holliday, D.O.C. não é um humano, mas sim um robô consciente, criado como um protótipo de uma nova versão dos Exterminadores das Ruínas, mas que nunca foi para frente, pouco tempo antes do Dilúvio de Fogo, e dotado de uma inteligência artificial tão sofisticada que mais se assemelhava a um humano comum, não fosse sua aparência nitidamente inumana, até mesmo para os mais radicais transhumanistas. Se manteve relativamente inteiro dentro do antigo laboratório, tendo apenas os Exterminadores da Ruínas como sua companhia, já que como não está de fato vivo, não ativa seus sensores, solitário entre as máquinas frias, até decidir se aventurar pelo deserto, crendo que todos os seres vivos haviam sido mortos, mas teve uma surpresa ao descobrir a existência de uma cidade humana. Vive vagando pelo Deserto de Sucata tentando recuperar peças que o permitam o reparo dos infindáveis mecanismos no laboratório, usando roupa pesada que cobre seu corpo todo quando encontra sucateiros ou quando vai até a cidade atrás de peças, tudo para não descobrirem sobre ele. Mesmo sendo um ser artificial, possui muita compaixão e empatia, constantemente ajudando indivíduos em perigo em meio ao deserto, seja sendo emboscados por outras pessoas ou atacados por Exterminadores das Ruínas.
Nível: 13
Estilo de Luta:
Protocolo de Extermínio:


Wyatt Starr, O Andarilho

Descrição: O indivíduo mascarado conhecido como o Andarilho é um constante assunto nos saloons. Um tolo para alguns, um corajoso para outros, o fato é que é um homem que, sozinho, foi capaz de trazer grandes perdas para Tiburcio, enfrentando diretamente seu poder e influência. Seus pais eram sucateiros que, quando Tiburcio descobriu que a Fossa de Carbonera ainda estava ativa, foram junto de vários outros trabalhar com a extração e refinamento da substância, se destacando na restauração dos equipamentos antigos e que não funcionavam mais, e sem eles todo aquela operação seria impossível, mas quando foram exigir uma parcela dos lucros pelo trabalho que colocar os equipamentos para funcionar, coisa que nenhum dos outros sucateiros foram capazes, a resposta de Tiburcio foi organizar um atentado que ceifou a vida dos dois, se aproveitando que o trabalho dos dois estava finalizado e que não tinham poder e recursos para sustentar suas demandas. jurando vingança, Wyatt assumiu um manto de vingador mascarado e começou a realizar constantes sabotagens na Fossa de Carbonera, entrando e saindo sem que ninguém o visse, ao ponto que muitos dizem que é um fantasma de uma das pessoas que Tiburcio deu sumiço. Possui conhecimento suficiente sobre bugigangas que aprendeu com seus pais para fazer as sabotagens, e se recusa a parar até que presencie a queda do magnata da Carbonera.
Nível: 12
Estilo de Luta: Atirador, Bárbaro
Toka Toka no Mi (Fruta do Lagarto:


Elliot Ivers Caralambo, O Diabo

Descrição: Elliot foi motivo de chacota por muitas pessoas de Gundale durante sua adolescência. Fraco e franzino, Elliot não tinha nada a oferecer, nem mesmo inteligência, tendo como única habilidade o manejo das cartas que aprendeu com seu pai. Era a pessoa perfeita para ser passada por cima, usada e abusada, mas desenvolvendo um forte rancor por todos à sua volta. Tudo mudou quando acabou encontrando, entre destroços do Deserto de Sucata, uma pequena caixinha reforçada, preservada por todas aquelas décadas debaixo de toneladas de lixo. Em condições normais, sua tranca seria forte o suficiente para que ele não conseguisse abrir, mas já amassada e enferrujada, Elliot abriu a caixinha e encontrou a fruta que seria sua passagem para uma vida melhor. Ganhando o poder de fazer pactos com as pessoas, começou a usar suas habilidades com as cartas para fazer apostas que valiam poder, conhecimento, e muito mais, tornando-se uma pessoa completamente diferente.

Com o passar dos anos, muitos pactos com locais e viajantes, Elliot começou a reunir um exército de mortos-vivos que fizeram com ele pactos por suas almas, acreditando que o que receberam valia a servidão que passariam. Se tornou uma lenda urbana, temido por todos na ilha e associado ao próprio Diabo, apelido que recebeu, ainda mais devido à sua aparência decrépita, fruto de vários pactos dos quais tomou doenças de pessoas desesperadas por uma cura. Guardou rancor por todos esses anos pela forma que foi tratado, e com seu exército de mortos-vivos pronto, fundou o que ficou conhecido como a Caçada Selvagem, de centenas de homens em estado de decomposição que vagam pelo deserto, atacando viajantes, e vez ou outra fazendo ataques contra a própria cidade, destruindo tudo por onde passam e levando prisioneiros para seu covil. A figura de Elliot, temida por todos, começou a ser considerada mau agouro, com todos fugindo e se escondendo sempre que ele é visto em Gundale.

Com seu legado e poder estabelecidos, Elliot hoje em dia só faz um tipo de acordo: o pela alma, junto de imposição. Elliot exige que o pactuante nunca mais deixe Dust Howl, garantindo que viajantes atrás de poder não sumam antes de morrerem, e adiciona o pactuante na Caçada Selvagem assim que morre. Apesar de uma indiferença característica em relação à todos que apresenta, vendo nos ataques seu único momento catártico, possui um interesse especial em John Gibson, por ver seu pai nele, o que o leva a retomar seu método antigo, na tentativa de vencer o carteador e o adicionar aos seus números.
Nível: 13
Estilo de Luta:
Pacto de Sangue:
Keiya Keiya no Mi (Fruta do Pacto):


Ned Degolador

Descrição: Mesmo que muitos procurem Elliot atrás de um acordo, poucos são os que estão confortáveis em vender sua alma, mas Ned, ao contrário dos outros, foi até ele especificamente para isso. Muitos anos atrás, uma série de assassinatos ocorreu em Gundale, onde várias mulheres foram encontradas degoladas em suas casas, o que causou grande comoção. Por mais que não exista nenhuma lei que punisse tais atos, os maridos das vítimas não deixariam barato, e vários outros que temiam sofrer o mesmo ou ver o mesmo acontecendo com suas esposas começaram a caçar o responsável, até descobrirem que era Ned, um bebum local com um gosto anormal por sangue e assassinato. Começaram a caçá-lo, e Ned sabia que se isso continuasse, ele seria morto, e sua diversão iria acabar, então foi até Elliot propor um pacto: sua alma em troca de liberdade para continuar degolando mesmo como seu serviçal. Elliot aceitou, e quando Ned foi linchado no meio do deserto, o que não esperavam é que ele se levantasse, mesmo em um estado quase cadavérico, e saísse gargalhando noite adentro. Ned se tornou então um dos principais membros da Caçada Selvagem, e um dos mais temidos, pois ao contrário dos outros, que seguem ordens específicas durante os ataques, Ned ataca quem ele pode, degolando quem ele vê, e caçando quem o linchou naquela fatídica noite.
Nível: 12
Estilo de Luta: Atirador, Ceifador.


Carbonera:

_________________

Dust Howl H4KRIvB