Tópicos Recentes
Destaques
Klaus
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Akira
Sasha
Ás
Shiori
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Vago
Últimos assuntos
Loja de CréditosHoje à(s) 18:46por  SamiraCréditosHoje à(s) 17:33por  Formiga I — Te vejo por aí, caubói. Hoje à(s) 16:18por  MendoncaCabra da Peste, vol 4 - InterlúdioHoje à(s) 15:40por  SubaéIII - Death or ParadiseHoje à(s) 15:21por  Johnny BearCapitulo II: Sonho de Uma Noite de Verão.Hoje à(s) 13:02por  FormigaCriação de Profissão PersonalizadaHoje à(s) 10:16por  Samiraficha Aika KinHoje à(s) 8:42por  Yami[Ficha] Formiga-Ant BoyHoje à(s) 8:42por  Yami四 - Morte e SangueHoje à(s) 1:21por  Koji
 :: Oceanos :: Blues :: West Blue :: Sirarossa
Página 1 de 2 Página 1 de 2 1, 2  Seguinte
Achiles
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! Aecfe07ef5c7ca842816fd453e897a56
Créditos : 13
Localização : Lvneel - North Blue
AchilesAvaliador
https://www.allbluerpg.com/t1735-caitlyn-g#18385 https://www.allbluerpg.com/t1725-iii-death-or-paradise#18382
Operação Agiota nas horas vagas!

Aqui ocorrerá a aventura do(a) Agente Amikomi no Kami Oop. A qual não possui narrador definido.
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! XZm4j9w
Créditos : 36
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 09/02/2021 | página: 1 | Seção: 1
Missão: Nenhuma



Eu estava perdido, como sempre me encontrava mais uma vez só neste vasto mundo, porém uma coisa me fazia continuar e continuar, sim, é delas que eu estou falando, das lembranças até agora deixadas para mim, nunca me esquecerei daqueles nove companheiros que sacrificaram suas vidas pela minha, como também lembro como se fosse hoje o último abraço dos meus pais antes de morrerem, tudo isso sempre passava em minha mente me dando ao certo alguns pesadelos, pesadelos esses que pensei que já haviam desaparecidos da minha cabeça.

“Que dor de cabeça!” Pensava um pouco alto enquanto levava minha mão direita ao meu cabelo para coçá-lo, enquanto percebia que antes estava dormindo e por algum motivo me acordei. ~Malditos pesadelos!~ Falei baixo, apenas para mim mesmo como um sussurro, pois logo percebi que eu estava dormindo e algo tinha tirado meu sono, fazendo assim acordar um pouco desnorteado.

Aos poucos ia me levantando e relembrando onde eu estava, como se um turbilhão de memórias explodissem em minha cabeça, me fazendo me lembrar do mais simples detalhe possível, é, essa era a parte ruim de ter uma memória fotográfica, não sei com outros, mas sempre que eu acordava sem ter completado o sono, parecia que um efeito chicote se realizava em minha mente causando esse choque. Não olhava muito para meu redor em si, desatento a janelas ou algo que pudesse prover de como estava o clima hoje, se era dia ou noite, eu apenas me levantava ainda com a vista um pouco embaçada e seguia aos poucos saindo daquele alojamento. Sim, eu estava no quartel general da marinha, mas especificamente na ala dos agentes, e me lembro bem de ter apagado depois de passar no teste de admissão para Ciper Pol 3, deve ser por isso que eu estou com bastante dor de cabeça.

“Preciso me apresentar!” Pensava enquanto tentava seguir os corredores ou portas daquele lugar, não conhecia muito, e devido ao rápido teste de admissão eu apenas lembro de apagar após isso e acordar hoje neste “alojamento”, mas assim seguia. Calmamente eu dava um passo após o outro, de maneira tranquila e sem desespero enquanto abafava meus punhos nos bolsos da calça, quem me visse ali perceberia meus olhos um pouco remelados, e uma olheira que era quase que uma vitalícia de minha pessoa. Mesmo que não houvesse ninguém por ali, ou se estivesse lotado, eu preferiria apenas observar o local, decorando cada passagem, corredor e porta presente, para assim conseguir achar alguma sala onde estivessem os meus superiores, e isso poderia levar horas, ou apenas segundos, eu apenas mantinha aquela minha postura individualista.

agente

Próximo aos mesmo, eu tentaria dar uma melhorada no visual, bater um pouco minhas roupas para tirar algum excesso de sujeira, como também limpar os olhos e manter uma postura firme, o Pre-Militar Comandos havia me ensinado muitas coisas sobre hierarquia e disciplina, e mesmo que eu não gostasse, naquele momento deveria ser feito. ~Hope! Agente Junior Uzz se apresentando!~ Diria logo após abrir a porta ou apenas adentrar tal sala, ou se por acaso visse um agente superior pelos corredores, mas claro, apenas se o mesmo não tivesse ocupado em alguma conversa com outros. ~Diga-me a missão, apenas preciso de um uniforme e de armas!~ Novamente de maneira firme e direta falaria, sem nenhuma encheção de saco, ou babação de ovo, isso nunca foi meu forte, e aquela aparência firme aos poucos ia mudando para uma fisionomia mais tediosa e fria.

A postura de descansar era se mantida até segunda ordem. “Quais armas eles tem aqui hein?” Me perdia um pouco imaginando sobre o arsenal do Qg.

AGENT UZZ
Codigo
Ações ~Falas "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Física, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
Conseguir um terno (Uniforme).
Conseguir uma Pistola e um Rifle.
Conseguir um coldre para pistola.
Concluir 2 missões.
Aprender as Proficiências Explosivos e Rastreio.
Conseguir Um Silenciador (projeto Extra).
Não necessariamente precisa realizar todos acima!
agente

   




Última edição por Mizzu em Seg 14 Fev 2022 - 22:48, editado 2 vez(es)
Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 11/02/2021 | página: 1 | Seção: 1
Missão: Nenhuma



Debruçado sobre o parapeito do navio, observava Sirarossa se aproximar lentamente no horizonte. Pensamentos de como seria minha nova vida tomavam minha atenção. É a primeira vez que saio da Ilha do Cabelo, lá e Marry Geoise são tudo oque conheço deste mundo. Um sorriso largo se formar, na verdade, é isso o'que nós queríamos desde criança, conhecer o mundo — Champ. Calypso. Vou encontrá-los, esperem por mim

Deslizei os dedos pela borda da embarcação enquanto caminhava em direção a porta que daria para o interior. Lá, iria até onde os marinheiros estão — Olá, é a primeira vez do vocês em Sirarossa? Meu nome é Oop. — a Agência ficou responsável de me enviar para os blues, a maioria dos passageiros que vi eram marinheiros — Veio algum civil conosco? — perguntaria só de curiosidade. Se ouvisse respostas amistosas, começaria a conversar com os presentes ali, dando respostas amigáveis e sobre minha estadia na ilha.

Quando chegássemos em terra firme, recolheria minha bagagem e sairia junto dos marinheiros — Ei, podem me ajudar a encontrar o QG daqui? Provavelmente me perderia se tentasse sozinho. —. Antes de sair do barco, agradeceria aos trabalhadores e ao capitão pela ótima viagem, por fim, daria duas batidas no casco — Obrigado por nos trazer em segurança — esse último era direcionado ao veículo.

Daria uma boa olhada na ilha enquanto estivéssemos caminhando. Recebi poucas informações sobre o lugar, apenas que é uma ilha tomada por uma cultura luxuosa até para os padrões do interior e com um grande fluxo de riquezas por causa do porto — Puuuuuuuuxa, quanto cabelo — a surpresa deixaria escapar o comentário, mesmo na Grand Line, não vi nada parecido como oque estou presenciando neste momento — O pessoal ia enlouquecer com tantos cortes e estilos — onde será que meus primos e primas estão servindo? Espero que em algum lugar com tanta gente cabeluda como aqui.

Quando chegasse no QG, iria até quem estivesse responsável pelo atendimento do local — Olá pessoa com cabelo — minha expressão dizia uma coisa só: “Interessado” — Sou o Agente. Amikomi no Kami, fui enviado pelo Sr. Samos Bluesky para servir no setor de inteligência. Poderia me informar quais são os procedimentos para começar meu trabalho? — tiraria a carta de recomendação e entregaria para o(a) atendente.

Caso o navio aportasse diretamente no QG, iria até o atendimento seguir as mesmas etapas anteriores, isso se não estivesse alguém nos esperando, nesse caso apenas ouviria as instruções atentamente.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Aprender Persuasão e Estrategia
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar um navio
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Liezi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 9TWdKCH
Créditos : 00
LieziCP 3
https://www.allbluerpg.com/t846-anne https://www.allbluerpg.com/t836-dia-1-faiscas






Recobro lentamente a consciência, dando um longo bocejo, abandonaria a posição deitado em que provavelmente estava, levantando meu tronco até estar sentado. Procuraria esticar meus braços buscando o conforto físico de estalar as juntas dos mesmos. Minha primeira ação então seria dar uma boa olhada ao redor com o intuito de identificar onde eu me encontrava, ação essa que muito provavelmente me renderia a bela visão de nada, apenas escuridão, um rápido pensamento tomaria minha mente: “Então já chegamos na parte da história que eu vou pro submundo… Ei, isso não é meio cedo não?” Mas logo em seguida um estalo de genialidade me atingiria, levantaria preguiçosamente a mão direita até meu rosto e o tatearia procurando pelo minha máscara de dormir, a levaria até o topo da minha cabeça, libertando meus olhos. “Ah, era isso… Faz sentido”.

Com minha história de volta ao curso habitual, tento me recordar o que exatamente eu estava indo fazer antes de optar, contra minha vontade, por tirar um cochilo. “Ah claro, eu estava indo pro primeiro capítulo de meu arco como Agente de baixo rank, verdade. Será que eu devo impressionar fortemente algum superior para subir diretamente ou devo começar de baixo e demonstrar aos poucos minha genialidade? Talvez reunir algumas outras pessoas como coadjuvantes? Humm”. Enquanto tinha meu monólogo interno, me levantaria e daria uma boa olhada em onde eu estava, dessa vez vendo meu entorno, me aproveitando do tempo que passei em Sirarossa vagabu… Digo, treinando, tentaria me lembrar onde exatamente eu estava e onde seria o caminho mais rápido para o QG do Governo Mundial. Eu tenho total certeza que eu o sabia, afinal, eu já fui tanta vezes lá durante esse tempo, que tipo de idiota erraria o caminho?

Enquanto caminhava começaria a ajeitar meu uniforme, batendo nele para tirar qualquer sujeira, colocaria a camisa sobre a calça e arrumaria a gravata, e então tiraria a camisa de dentro da calça e afrouxaria a gravata, que tipo de idiota usa a roupa arrumada certinha? É péssimo. Continuaria perseverante a caminhar, se eventualmente eu acabasse em algum limite da da ilha ou estivesse a mais de meia hora caminhando teria que admitir que me perdi, provavelmente não mais que uma rua que eu devo ter virado errado, nesse caso pararia a primeira pessoa em minha linha de visão e a questionaria. -Olá, poderia me ajudar? Estou procurando o caminho exato do QG do Governo Mundial, sei que é aqui perto. E então seguiria as indicações de tal pessoa, repetindo o processo até encontrar o local, seria perseverante no meu caminho, durante a primeira hora ao menos, depois disso começaria a ficar com fome. “Eu entendo a ideia de Agentes Secretos e tal, mas até o QG tem que ser tão escondido assim?” Bufaria e esbravejaria interiormente.

Ao encontrar o QG, passaria rapidamente pela porta e me dirigiria para a recepção. -Olá, me chamo Zhou Chen, estou aqui para o meu primeiro dia oficial como Agente Júnior, poderia me informar para onde devo me dirigir e a quem me reportar? Agradeceria com um aceno de cabeça e seguiria as indicações de quem me atendesse, procurando revisar sempre os passos que ela me deu, ao acreditar que cheguei na sala indicada, abriria a porta falando: -Agente Junior Zhou Chen se apresentando. E então perguntaria pelo nome da pessoa que me foi indicada, se a sala não fosse a aquela, fecharia a porta e me afastaria, tentando refazer meus passos, tentando uma nova porta, se isso se repetisse uma quantia razoável de vezes para se considerar um erro, por volta de nove repetições ou mais, voltaria até a recepção e perguntaria se existia a possibilidade de alguém me guiar até a sala. “Quem acreditaria que existiria um labirinto aqui...”, se fosse acompanhado, na chega agradeceria a pessoa em questão e me despediria dela, abrindo a porta e repetindo minha apresentação.







Relacionamentos
Ganhos:
   x
Perdas:
   x
Força
220
Regular

Destreza
110
Regular

Acerto
60
Regular

Reflexo
0
Incompetente

Constituição
400
Hábil
Operação Agiota nas Horas Vagas!
POST I

-Fala || "Pensamentos" || Narração


Jean Fraga
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 0tSpN1S
Créditos : 05
Jean FragaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue

Operação Agiota nas horas vagas!



Uzz

O peso do passado, era algo recorrente nos dias de Uzz, que com fortes pesadelos de tempos que ainda o assombram, engraçado não? Ter sido no final, o mais atingido pelo projeto do governo.

De toda forma, com a dor de cabeça aumentando com seu despertar, o quarto era escuro, mas a superfície a qual estava deitado, ao menos macia era, os maiores detalhes eram deixados de lado e levantando, saia do quarto sem inspeciona-lo.

Logo ao fechar a porta, gravava a numeração do quarto ‘B-13’, vendo que para a esquerda, os números diminuíam e já para a direita, os números aumentava indo até ‘B-20’, não sendo muito longe o fim do corredor.

O corredor era escuro, iluminado por lâmpadas sobre o teto e pelo grande janelão que dava vista para a lua, indicando que já era noite, tudo era mais silencioso e até solitário, pelo menos naquele momento, já que Mizzu não tinha ideia exata do horário.

De toda forma, seguia na direção contraria a grande janela, notando que nas paredes lisas e cinzentas do local, sequer placas ou avisos existiam, as portas dos possíveis “quartos” acabavam e subindo as escadas a sua frente, percorria mais um tempo por um corredor, chegando então no hall inicial.

Ali a circulação de pessoas era maior, em sua maioria marinheiros, alguns olhavam para Blouse, mas logo desviavam o olhar, seria por medo? Ou quem sabe apreensão? Afinal, agentes tem essa fama...

Demorava um pouco, mas perto ao corredor que dava caminho para o alojamento, notava uma dupla de agentes saindo de uma porta vermelha com alguns papeis, dando os toques finos na apresentação.

Adentrando pela porta já aberta, se deparava com um homem de pernas abertas olhando fixamente pra porta, com a base dos pés bem abertas e o braço direito por cima do esquerdo, segurando-o.

Operação Agiota nas horas vagas! Giphy.gif?cid=ecf05e47gnun0nkzj88ljul3fljsublqtqa531cfh93m1gr9&rid=giphy

Um terno longo e possivelmente pesado, a pergunta que ficava era, como ele não estava suando? De toda forma, ele olhava por alguns instantes para Uzz e em seguida, sacando de sua cartela um cigarro e o acendendo, sentava sobre uma poltrona de couro preto.

Pondo a boina sobre a mesa, seu rosto finalmente ficava mais visível, com alguns machucados acima da sobrancelha e no nariz que eram limpos utilizando de um fino pano branco.

— Você – Apontava para o agente – Deve ser o dorminhoco do quarto ‘B-13’ certo? Bom... não julgo, afinal, seu teste foi puxado... – tragando e soltando a fumaça, ele novamente apontava com o cigarro, dessa vez para a cadeira a sua frente, dando brecha para o jovem sentar.

— Gostei de você, sem muito enrolação hein... enfim... antes de passar sua missão... busque suas coisas, afinal, ela não será feita sozinho.

Ele levantava recolhendo dois papeis sobre a mesa e jogando ao lado contrário, para que Mizzu pudesse ver com clareza, — Leve contigo estes dois papeis, o primeiro é a permissão para adquirir suas armas no nosso inventario e o segundo para seu uniforme... vê de lavar o rosto...

— Enfim... vá atrás dessas coisas – Olhando para o relógio de bolso, ele continuava sua fala tragando pela ultima vez e apagando o cigarro com o dedão – Seus companheiros devem aparecer nesse tempo.

Oop


As incertezas de um novo começo, viajavam pela cabeça de Oop, seria motivo tal para gerar medo no garoto? Não! Por enquanto suas ambições eram fortes para bater de frente com os contra as pedras em seu caminho.

O mar trazia consigo o frio da noite e a luz iluminava não só a cidade, mas a cabeça de Amikomi! Quase atrapalhando outros barcos, parecendo ser um segundo farol... indo agora para o interior da embarcação, se encontrava com os marinheiros que também fizeram o mesmo trajeto.

— Na verdade fazemos esse percurso diversas vezes no mês... então não exatamente, contudo, sempre é a primeira vez, já que a cada vez pelo menos eu conheço mais alguma coisa de Sirarossa... – os outros marinheiros somente concordavam com o rosto, voltando então a jogar cartas.

Não haviam civis naquele barco e após isso por trinta minutos ele conversou com aquele grupo, tendo boas gargalhadas com todos, enfim, chegando em terra firme.

Com seus pertences em mãos, despedia-se do capitão que acenava de volta, junto do grupo, ele caminhava até o quartel, apesar do horário, Sirarossa vivia na noite! Muitas pessoas caminhavam chegando e indo embora, as ruas estavam iluminadas e a diversão parecia dominar o distrito do cais, já que lá se concentrava a maioria dos bares mais em conta.

Assim que chegava, ele enfim se despedia dos companheiros da viagem, que seguiam seu caminho adentro do quartel, enquanto isso indo até o atendente que ficava logo na entrada, ele olhava meio confuso com a fala de Oop, mas logo o respondia conforme lia uma pasta.

— Sr. Amikomi, como foi a viagem? Pois bem, vá até a sala de porta vermelha naquele corredor – apontando em um corredor que logo ao lado havia uma escadaria – Na porta vermelha poderá se encontrar com o seu superior, em seja bem vindo a Sirarossa, a cidade que nunca dorme! – Gargalhava e entregava de volta a carta de recomendação.

Chen

Acordando com algumas dores nas costas, Zhou, estava cego? Preso em uma solitária? No fim de tudo? Onde nem mesmo a luz poderia alcança-lo? Na verdade, era só a mascara que utilizava pra dormir.

Ou será que não?! Já que o ambiente era completamente escuro... se bem que, alguns feixes de luz vindas da lua entravam por entre seu blazer, recordava-se aos poucos que estava a caminho do quartel, mas vendo a sua volta, havia dormido em um banco de praça, com o blazer sobre a cabeça.

Pessoas andavam pela rua, olhando para o garoto e não entendendo muito bem por que ele teria decidido dormir ali, estava na metade do caminho até o QG e ajeitando sua roupa, tirando a poeira e deixando o traje mais confortável, seguia seu caminho para o destino.

Por sorte, não tinha problemas, logo encontrando o quartel, o local parecia movimentado apesar do horário, assim como as ruas estavam e logo o atendente o respondia, — Prazer Zhou Chen! Claro... – Pegava alguns arquivos e logo finalizava – Está vendo aquele careca? – apontava para um jovem, seguindo um corredor escuro – Siga ele! Ele está indo agora para a sala do superior de vocês e lá você poderá receber todas as informações necessárias.

Sua missão inicial era fácil, seguir outra pessoa até o destino e assim fazia, o careca entrava na sala e em seguida, Chen aparecia, se apresentando antes mesmo do outro agente.

Oop e Chen

O superior olhava um pouco cansado, mas respondia, — Parece que as duas peças que faltavam finalmente chegaram... Ótimo... eu acho. – No canto de sua boca, ficava um cigarro.

— Pois bem, antes de tudo, falta somente o ultimo integrante, logo ele estará aqui, foi pegar algumas coisas... enquanto isso, por que não se apresentam entre vocês?

Amikomi no Kami Oop:

Mizzu Ackerman Blouse:

Zhou Chen:


_________________

Operação Agiota nas horas vagas! OAKySZI
Liezi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 9TWdKCH
Créditos : 00
LieziCP 3
https://www.allbluerpg.com/t846-anne https://www.allbluerpg.com/t836-dia-1-faiscas






Ainda podia sentir o desconforto em minhas costas enquanto me dirigia ao QG: “Então dormir num banco não é realmente uma opção confortável, devo fazer uma nota mental disso… Bom, é importante que o protagonista sofra revezes para justificar seus aumentos de poder, talvez esse até seja uma daquelas serendipidades que o protagonista não nota, mas na verdade tenha fortalecido minhas costas e me tornado resistente a ataques sorrateiros… Com certeza devo achar um momento para testar isso”.

Enquanto reflito seriamente sobre meus próximos passos, nem percebo a caminhada que realizo, mas com meu ótimo senso de direção, eu naturalmente cheguei ao QG, fico satisfeito por já ser reconhecido pelo recepcionista. -Muito obrigado amigo, lembrei de sua ajuda. Juraria solenemente enquanto inclinava minha cabeça de forma dramática, e então seguiria o reluzente domo calvo.

Ao chegar na sala me apresentou, mas tenho uma recepção um tanto frígida. “Ainda tenho que aguardar mais um coadjuvante? Devia ter dormido mais alguns minutos”. Refleti enquanto meu olhar escapava para a figura exótica ao meu lado, o outro coadjuvante. -Prazer, pode me chamar de Chen. Diria com um sorriso, enquanto estendia minha mão em direção ao recruta. Apertaria a mão do jovem com avidez se ele retribuísse a ação, alargando ainda mais meu sorriso e completaria: -Sobre sua cabeça… É… Você perdeu uma aposta? Precisa de ajuda para se vingar? Como um homem da justiça não posso aceitar que isso aconteça com um de meus companheiros. Diria, assumindo uma postura justa e séria conforme falava.

Se o recruta, por outro lado, recusasse meu gesto, puxaria a mão para cima e daria um tapa em sua cabeça calva, e então voltaria minha atenção para o nosso superior sem nem mesmo expressar qualquer reação. “Não existem motivos para realmente me irritar com coadjuvantes”. Pensaria, ainda que tenha que admitir que me ofenderia com tal ato.

Após tentar me aproximar do recruta, apenas aguardaria em silêncio ordens do nosso superior, apenas respondendo a perguntas ou interações com o recruta, se ele tivesse aceito meu aperto de mão, ou as ordens vindas do superior. Mas claro, o silêncio duraria por apenas alguns minutos, conforme me entediasse começaria a cantarolar alguma música de tom heroico que viesse a minha cabeça, se fosse impedido de cantarolar, passaria a assoviar a música, se também me impedissem de assoviar, bateria o ritmo da música, com meus dedos, em alguma superfície próxima que tivesse um som agradável, preferencialmente madeira. Se até menos o mísero ato rítmico me fosse proibido, seria obrigado a desistir de inserir trilha sonora nesse momento da história.







Relacionamentos
Ganhos:
   x
Perdas:
   x
Força
220
Regular

Destreza
110
Regular

Acerto
60
Regular

Reflexo
0
Incompetente

Constituição
400
Hábil
Operação Agiota nas Horas Vagas!
POST II

-Fala || "Pensamentos" || Narração


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 17/02/2021 | página: 1 | Seção: 2
Missão: Nenhuma



A companhia do pessoal da marinha até o QG me deixou de bom humor “Se enturmar com essas pessoas vai ser fácil” deduzi. Conhecer novos lugares e costumes é sempre bom, imagino que meu futuro aqui seja breve, mas divertido.

— Foi ótima. Os navios do Governo Mundial são da melhor qualidade e nos trouxe em segurança — as instruções do rapaz eram breves, mas esclarecedoras — Obrigado pela ajuda. Foi um prazer conhecê-lo, tenha um bom trabalho — desejaria com entusiasmo. “A cidade que nunca dorme ein? Vamos ver quem cai no sono primeiro Sirarossa, um Amikomi ou você” claramente a cidade perderia, a gente sofre de um caso grave de insônia.

Chegando à sala do superior, deixaria a maleta com minhas roupas e pertences apoiada no chão. Antes de tudo, assumiria uma postura de respeito, coluna ereta e mãos juntas atrás do corpo, uma saudação de um cargo inferior para um superior de agentes, semelhante a continência dos marinheiros. Até me apresentaria, mas pela fala do homem ele já sabe quem sou, afinal, é com o departamento de inteligência que estou lidando. Bom, já que estamos esperando algum atrasado, cumpriria as ordens e viraria-me para o rapaz despenteado ao meu lado — Prazer, sou o Oop —. Sua fala seguinte me deixou com uma expressão confusa “aposta?” Do que ele se referia? Olhei para minha cabeça inutilmente, não é como se eu conseguisse enxergar algo, mas o movimento me fez entender — Ahhhh não, não, não — gesticulava fortemente com as mãos um sinal de negação — São um costume de clã. As tatuagens representam correntes de vento, é por causa da arte marcial secreta da família. Nós da Trança do Ar usamos o ar como nossa principal arma em conjunto com os rokushikis para criar uma técnica mortal. — espero que a explicação tenha feito algum sentido para o rapaz, se não conhece oque é rokushiki, logo vai descobrir — Veja, tem por todo o corpo — estenderia as mãos para que ele visualizasse.

O sorriso largo denunciava minha felicidade de explicar algo dos Amikomi no Kami, embora nem notasse que havia acabado de falar de uma técnica secreta da Grand Line para alguém do interior — Espera aí, vocês usam tatuagens como prenda para apostas? — meu sorriso mudava para um sorriso bobo — Isso é… — procurava as palavras certas para não parecer grosseiro — …artístico. Eu acho. — isso é inesperado.

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Aprender Forja e Quimica
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar um navio
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 




Última edição por Rangi em Sex 18 Fev 2022 - 13:26, editado 1 vez(es)
Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! XZm4j9w
Créditos : 36
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 09/02/2021 | página: 1 | Seção: 2
Missão: Nenhuma



~ Pode me dizer onde ficam esses lugares? ~ Perguntava calmamente para o superior ali, ainda firme ereto, porém agora com as mãos nos bolsos da calça. Se recebesse ou não a informação, eu apenas seguiria normalmente para o que foi me mandado, claro, antes pegaria as duas ordens de permissões deixadas na mesa e saia da sala.

“Hm… Parecia o mestre Kyle!” Pensava enquanto seguia pelos corredores daquele lugar. Kyle foi um dos melhores instrutores da academia Comando, ao qual eu fiz parte, tive uma enorme sintonia com o mesmo o tratando quase como um pai, mas o que eu achava parecido era apenas o jeito e a forma como se postava ou falava, pois a aparência era totalmente diferente, mas apenas isso já me trazia um leve conforto.

agente

Procurando pois novamente os alojamentos daquele lugar, já tinha uma certa direção onde seria, mas procurava os banheiros daqueles alojamentos, não seria tão longe ou pior poderia ser que cada quarto tivesse o seu, não lembrava muito, mas tinha uma certa intuição quanto a isso. Seguia novamente com meus passos curtos e um tanto que silenciosos [Furtividade], mãos nos bolsos da calça, olhar para baixo ofuscado pela franja que meu cabelo deixava, percebia que realmente eu precisava de um banho.

Não me pergunte como, mas já havia tomado banho, teria apenas utilizado o banheiro do meu quarto ou algum que fosse em conjuto para todos do alojamento, levando ainda as mesmas roupas que estava utilizando antes, um casaco com um levo odor de suor e uma calça com alguns rasgos, fora as sandálias, as malditas sandálias.

agente

Minha primeira tarefa era nada mais, nada menos, que ir ao almoxarifado daquele lugar, tinha que conseguir os uniformes daquela instituição, não que fosse algo buscado por mim com ênfase e gosto, mas era mais como uma ideia de seguir as regras locais. ~ Olá Agente Junior Uzz! ~ Depois de andar por aqueles corredores a noite, eu ia gravando cada lugar ali [Memória fotográfica], e não demoraria para achar o local onde se pagavam os uniformes, como também a armaria, mas no momento o almoxarifado era meu destino, e assim apenas me apresentaria e entregaria a ordem de permissão dada pelo meu superior. O terno dos agentes em si sempre foi algo que eu sabia que cairia bem em mim, porém após recebê-lo eu sentia que realmente passou às minhas expectativas. “Pareço um agiota HAHAHAAHAHRANRANAHAH” Pensava enquanto colocava o uniforme, logo após recebê-lo e seguir para meu alojamento, o quarto “B-13”. Ajeitava o colarinho, amarrava bem os cadarços do sapato e assim fazia uns movimentos para testar a flexibilidade da roupa, sim, ela tinha sido aprovada. Agora trajado a elegância, seguia para a armaria.

Novamente aos poucos eu ia me familiarizando com o local, gravando cada parte do mesmo em um compartimento em minha memória [Memória Fotográfica]. ~ Olá, sou o Agente Junior Uzz! ~ Diria para aquele que estivesse recepcionando a armaria local, em seguia entregaria a ordem de permissão dada pelo meu superior. ~ Preciso de uma pistola, um rifle e uma adaga, um coldre axilar e se possível o rifle tivesse uma bandoleira. ~ Curto e simples, apenas pedia o necessário, nada mais, nada menos. Após conseguir tais itens, ou não, testaria cada um que assim me fosse dado, olhando cada peça para assim não receber nada defeituoso, como também dando uma averiguada se os mesmos estivessem calibrados ou não. Se conseguisse todos os itens, retiraria meu paletó para assim ajustar perfeitamente meu coldre axilar e em seguida acoplar a pistola no mesmo, após isso o encobriria colocando meu paletó novamente, e assim ajustaria à bandoleira do rifle para o posicionar em minhas costas, assim fazendo eu andar normalmente sem muito interferência.

Claro, eu me lembrava perfeitamente onde era a sala ao qual eu havia recebido as ordens anteriormente, e assim que conseguia as armas eu seguia diretamente para a mesma. Logo perceberia que a sala estava um pouco mais cheia, mais duas pessoas para ser exato. “Devem ser os companheiros que ele falou mais cedo.”  Pensava enquanto achava um tanto excêntrico um calvo cheio de rabiscos na pele, e outro com umas iris um tanto que interessantes. ~ Agente Uzz se apresentando senhor! ~ Diria para o superior ali, apenas com um simples movimento de cabeça eu comprimentava os outros dois, olhando nos olhos de cada um para assim realizar tal movimento.

agente

~ Qual a missão!? ~ Um pouco rude e até ousado, eu novamente perguntava a missão para meu superior ali, enquanto em seguida me aproximava de alguma parede e com os braços cruzados eu esperaria as ordens passadas pelo mesmo, ignorando um pouco aqueles outros dois, que também pareciam ser novatos igual a mim.

AGENT UZZ
Codigo
Ações ~Falas "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Física, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
Ganhos: Uma pistola (Post 2), Um Rifle (Post 2), Um coldre Axiliar (Post 2) e Um uniforme Completo de Agente (Post 2).
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
Conseguir um terno (Uniforme).
Conseguir uma Pistola e um Rifle.
Conseguir um coldre para pistola.
Concluir 2 missões.
Aprender as Proficiências Explosivos e Rastreio.
Conseguir Um Silenciador (projeto Extra).
Não necessariamente precisa realizar todos acima!
agente

   


Jean Fraga
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 0tSpN1S
Créditos : 05
Jean FragaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue

Operação Agiota nas horas vagas!



Uzz

— Você realmente esta acordado? – Tragava o fumo, apontando com a mão vaga para o corredor – A três portas a direita, você encontrará o almoxarifado... já o arsenal fica no subsolo, pegando as escadas a esquerda do corredor, lá você passará por uma inspeção e checagem de documentos e poderá solicitar seu armamento.

Nada mais era dito, as informações eram suficientes e talvez era esse jeito sutil e de poucas palavras que trazia o conforto que o agente Uzz sentia...

Saindo pela porta, ele via ao fim do corredor uma indicação de banheiro, rapidamente e de forma silenciosa, o garoto entrava e apesar do cômodo anterior ser mediano, o banheiro era grande e logo após a porta de entrada, uma divisória separa a ala masculina da feminina e com as luzes do ambiente já ligadas e o som de um chuveiro em funcionamento vindo da parte feminina, ele parecia não estar sozinho.

Como tudo que Mizzu fazia, ele não demorava muito e colocando suas roupas de antes, agora com uma aparência mais apresentável, se direcionava a saída.

Neste instante, assim que passava pela divisória e levava a mão até a maçaneta da porta, alguém tomava a frente e antes mesmo que olhasse ao lado, sentia um forte cheiro de menta, que seguia do típico cheiro de cigarro.

Olhando ao lado, podia ver uma mulher de cabelos brancos ainda meio molhados, enquanto uma mão segurava a maçaneta a outra portava o cigarro, utilizava de um terno, comum entre agentes e um detalhe pra lá de chamativo, a mulher usava um tapa olho em seu olho direito.

Operação Agiota nas horas vagas! 75f8cf311f9db3380deca3da1baefc92

Ela com um sutil sorriso soltava a fumaça conforme abria a porta e tomando a frente, voltava para o corredor, assim que Uzz volta-se sua visão para o corredor, ali ela já não estaria mais, ficando somente o rastro de fumaça, que descia para os dormitórios.

De toda forma, seguindo seu caminho até o almoxarifado, agindo como de costume, a permissão era entregue e sendo encaminhado para o local de medição, não demorava muito até que o terno perfeito era entregue para o jovem.

Fazendo breves testes na vestimenta, Blouse se sentia bem com a roupa e com a primeira etapa concluída, seguia para o arsenal, com as instruções dadas pelo superior.

Logo chegava na revista antes dita, entregando a ordem e se identificando ele passava da “alfandega”, chegando até um balcão, onde do outro lado, um velho homem com uma farda da marinha ficava lendo o jornal.

Abaixando-o quando ouvia as falas do Ackerman, — Afinal de contas você é um agente ou está indo pra uma guerra com tudo isso? Guehehehe... só um instante.

Pegando a ordem, carimbava-a e em seguida, o papel era guardado em uma gaveta, deixando o jornal de lado, ele desaparecia, afinal, no arsenal, ficava aberto somente uma pequena janelinha em uma porta que se mantinha sempre fechada, a parede era feita com um vidro grosso e fosco e tirando aquela porta, o agente Junior não conseguia encontrar outras formas de entrar no cômodo.

Por fim, na parede, um compartimento se abria e lá estavam suas armas, Uzz as pegava em mãos, exatamente como havia solicitado e do lado de dentro, o compartimento se fechava, seguido do som de uma chave.

Ajeitando-se, ele ia embora com a despedida de mão do marinheiro que logo voltava para o seu jornal.

Oop e Chen

Aquele momento era levado de formas diferentes, enquanto Oop se portava de forma mais séria, Chen era mais despojado, tal contraste sendo notado pelo superior que naquele momento somente sorria conforme continuava fumando.

Oop com seu jeito mais amigável, após o cumprimento, entusiasmava explicando os costumes de seu clã, até mesmo o chefe ficava interessado, principalmente quando ouvia a parte que falava dos rokushikis...

Para uma primeira vez, o encontro dos dois era amigável, mas não demorava muito até que o terceiro integrante finalmente chegasse.

Os Três

— Finalmente estão os três aqui... poupando meu tempo, este – Apontava para Uzz que acabava de entrar pela porta – é o integrante que estava faltando... agente Uzz...

Com o cigarro acabando, ele logo já estava com outro posicionado na boca, acendendo-o e soltando no rosto dos agentes juniores, o superior continuava.

— Primeiramente, podem se referir a mim como fantasma e se merecerem, poderão saber meu nome... Bom, seguindo uma ideia vinda de cima, pensamos em montar um time provisório com agentes novos, afim de testar algumas teorias que por hora, não cabe a vocês quais são...

Fala que era pausada toda vez que ele tragava, — Eu tenho uma investigação em especifico para vocês, que será feita comigo os acompanhando, mas antes, preciso que vocês façam outra missão...

— Existem dois bares no porto crepúsculo estão com algumas dividas com o governo e preciso que os senhores façam a coleta dos impostos...

— Agente Uzz... peço que deixe o rifle nessa primeira missão... afinal, entrar com um rifle desse porte em um bar, lotado de homens possivelmente bêbados e ainda cobrar o atraso do dono... isso pode acabar mal.

— O nome dos bares são respectivamente ‘bala de prata’ e ‘covil do Nilton’, com esses papeis aqui – Jogava sobre a mesa dois informativos sobre o atraso dos impostos, o primeiro referente ao bala de prata, impostos atrasados no valor de um milhão de berries e o segundo de três milhões.

— Quero que vocês tentem resolver na base da conversa, porém se necessário utilizem da força, obviamente longe dos olhares do público, afinal, devemos preservar a paz... e obviamente, usem da força mas tentem não machucar demais ninguém...

— Uzz você fica encarregado de proteger e manter o ambiente seguro durante toda negociação para você e seus companheiros, Chen peço que se necessário, você utilize da força e Oop... – encostando a mão sobre o ombro do jovem – Cuide da negociação.

Jogava em seguida quatro permissões sobre a mesa, — Oop e Chen, caso precisem de armas ou de ternos novos, utilizem da permissão para consegui-los... e Chen... – Agora com um olhar mais ameaçador conforme soltava a fumaça – Arrume seu terno e se porte da forma correta.
Amikomi no Kami Oop:

Mizzu Ackerman Blouse:

Zhou Chen:


_________________

Operação Agiota nas horas vagas! OAKySZI
Liezi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 9TWdKCH
Créditos : 00
LieziCP 3
https://www.allbluerpg.com/t846-anne https://www.allbluerpg.com/t836-dia-1-faiscas






Aparentemente esse coadjuvante era bem interessante “Que história de fundo trabalhada, com certeza ele não vai ser só um figurante”. Analisava enquanto escutava a história dele. “Tá, mas tranças do ar… Tranças? Ele… Existem realmente pessoas loucas nesse mundo”. Enquanto eu estava julgando o perfil do recruta calvo, somos apresentados ao terceiro integrante, um tanto surpreendente eu diria, uma pequena surpresa no caso. “Ele não é um jovem aprendiz ou estagiário, não né?”.

O discurso de nosso superior então chama minha atenção, me volto e olho seriamente ao escutar cada palavra que ele falava, mantendo um olhar sério e focado em sua explicação sobre os nossos objetivos, tal como se estivesse deslumbrado com a com cada sentença, analisando a profundidade de cada palavra. “Verdadeiramente impressionante, como ele consegue falar tanto, sem dizer absolutamente nada? É com certeza uma Grande Arte Mística de Discurso, incomensurável".

Após receber a missão fico bastante satisfeito com a divisão de papéis, o calvo aos 20 anos cuidaria da diplomacia, o que era bastante apropriado, o domo reflexivo na sua cabeça com certeza era bastante intimidador, o lenhador de bonsai cuidaria da retaguarda, com aquele tamanho dele com certeza ele se tornaria facilmente um elemento surpresa usufruindo da cobertura de qualquer criança ou banquinho que estivesse no caminho. Eu claro, faria uma entrada triunfal no momento de ação, um papel perfeito.

Com o final da reunião sou alertado sobre meu uniforme, nossa, ele ficou tão desarrumado sem eu nem perceber. Ajeito rapidamente a camisa por dentro da calça e começo a arrumar a gravata, ficando naturalmente para trás enquanto os outros recrutas se adiantam pra sair. Na saida olharia de canto para o chefe e sussurraria. -Parabéns senhor, sua encenação ao falar em metáforas sem propósito e o efeito da fumaça, aqui no ambiente fechado, ficaram muito bons para um clima de mistério, sério mesmo. Diria dando um furtivo polegar para cima, antes de me afastar, alcançando os outros recrutas.

-Então, estão preparados? Perguntaria, e em caso afirmativo, esperaria eles seguirem em direção a missão, os seguindo, afinal eu deveria ficar no fundo para minha entrada triunfal ser ainda mais deslumbrante. Se a resposta fosse negativa, esperaria despreocupadamente com que os outros resolvessem seus próprios compromissos antes de partirmos. No caminho, acabaria tirando a camisa de volta das calças e afrouxando a gravata, num movimento tão perfeito que parecia apenas natural que eu fizesse isso, como se tivesse sido feito milhares de vezes antes.







Relacionamentos
Ganhos:
   x
Perdas:
   x
Força
220
Regular

Destreza
110
Regular

Acerto
60
Regular

Reflexo
0
Incompetente

Constituição
400
Hábil
Operação Agiota nas Horas Vagas!
POST III

-Fala || "Pensamentos" || Narração


Mizzu
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! XZm4j9w
Créditos : 36
Localização : West Blue - Reino de Illusia
MizzuCivil
https://www.allbluerpg.com/t1740-hayashi-y-mizzu https://www.allbluerpg.com/t1746-o-peso-de-uma-derrota#18582
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 09/02/2021 | página: 1 | Seção: 3
Missão: Nenhuma



Fantasma, esse era o nome que aquele superior queria ser chamado. A honra de conseguir saber seu nome verdadeiro parecia uma proeza para poucos, porém desses poucos não era muito minha ambição em si. A fumaça encobria um pouco suas falas, mas também dava um ar de firmeza em tudo que ele dizia, se isso me incomodava? Um pouco, porém já estava até acostumado com tais frescor, ouvia dos meus antigos companheiros que era ótimo para curar o estresse, mas eu apenas recusava, sim estou falando da nicotina.

agente

“Cara, eu nem sequer testei esse rifle!” Pensei logo após ser forçado a não levar minha principal arma de combate, sim, eu odiava entrar em algum cenário de luta próximo, meu prazer era apenas sentir o recuo do rifle após o disparo, e o alvo abatido, mas como nem tudo é flores, nada que uma faca e uma pistola não resolvesse o recado, não era de meu agrado, porém eu também era bom nisso. ~ Fantasma né, realmente vai ser preciso eu ficar próximo?! ~ Começava a retirar a bandoleira juntamente com o fuzil das costas, retirando o carregador eu abria a arma dando o golpe na mesma para que a caixa de ejeção de projétil ficasse aberta, o apoiava em alguma mesa ou até mesmo no chão em pé rente a parede. ~ Ok então. ~ Aceitaria a ordem do superior, mesmo que relutante no início, e enquanto o mesmo falava sobre a missão, eu ia desmuniciando o carregador do fuzil para assim deixar aquele armamento em modo de segurança.

Linha de frente nunca foi meu forte, é aquele superior parecia ter entendido isso, logo cobrir a retaguarda era meu foco, pouca conversa, mais ação. “Realmente, somos agiotas!” Pensei enquanto ouvia as palavras daquele superior.

agente

Observava os outros dois agentes à minha frente, enquanto via um receber uma pequena repreensão, o olhava dos pés à cabeça, sim, ele não estava bem alinhado de como era o previsto naquela organização, assim mostrando o que seria meu olhar de desprezo para ele, mas isso era o que quem visse entenderia, no meu caso eu apenas não me importava.

agente

~ Sigam por ali… ~ Diria as rotas em específicos apontando, caso os outros agentes perguntassem, para as salas do almoxarifado e armaria local. ~ Esperarei vocês na entrada! ~ Diria para os dois agentes. Puxaria então a pistola que estava escondida dentro do coldre axilar, encoberto pelo paletó. Retirando o carregador eu observava se o mesmo estava com todos os projétil, assim com a arma sem estar carregada dava dois golpes na mesma, utilizando a trava eu tentava disparar para testar a trava da mesma, e assim em seguida dava um disparo em seco para o chão, travando-a e carregando a mesma com o carregador, em seguida eu a voltava para o coldre. “Está ok!” Afirmava para mim mesmo, após concluir aquele hábito herdado pelos meus antigos instrutores, check de segurança dos armamentos. Em seguida olharia aquela adaga paga pela armaria da marinha, verificaria se a mesma estava afiada, a segurava com o punho direito para assim sentir o peso da mesma, sim, eu sabia utilizar muito bem as armas brancas, porém não utilizava com frequência, e logo após a guardava.

agente

Com as mãos nos bolsos das calças eu começava a caminhar calmamente, um passo após outro, com um olhar pouco caído e coberto pela pequena franja que tinha em meu cabelo. Esperaria pois os dois próximo a saída daquele quartel general.

AGENT UZZ
Codigo
Ações ~Falas "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: -x-
Proficiências: Acrobacia, Atletismo, Física, Furtividade e Projéteis.
Qualidades: Impassível, Memória Fotográfica, Prodígio e Visão Aguçada.
Defeitos: Apegado e Inapto.
Ganhos: Uma pistola (Post 2), Um Rifle (Post 2), Uma Arma branca (Post 2), Um coldre Axiliar (Post 2) e Um uniforme Completo de Agente (Post 2).
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
Conseguir um terno (Uniforme).
Conseguir uma Pistola, um Rifle e uma Arma branca.
Conseguir um coldre para pistola.

Concluir 2 missões.
Aprender as Proficiências Explosivos e Rastreio.
Conseguir Um Silenciador (projeto Extra).
Não necessariamente precisa realizar todos acima!
agente

   


Rangi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! HTx30IP
Créditos : 00
RangiCivil
https://www.allbluerpg.com/t1431-calvo-d-metatron#14866 https://www.allbluerpg.com/t1442-11-carecas-e-um-segredo#14975
Simbolo
Operação Agiota nas horas vagas!
Sirarossa - West Blue
Publicado em: 17/02/2021 | página: 1 | Seção: 3
Missão: Agiota em dobro



Pelo jeito ele não entendeu, o silêncio do agente descuidado sinaliza que está se perguntando oque é rokushiki. Não passa muito tempo, o nosso companheiro chega.

Expressão séria, armado e… baixinho. Tive que segurar para não rir e acabei fazendo um barulho estranho — Agente Uzz… — segurei o riso mais uma vez — …sou o Agente Oop. Vamos nos dar bem. — desejaria apertando sua mão.

A primeira fala do superior me arrancou um sorriso leve “Fantasma, codinome legal” é comum que não usemos nomes verdadeiros quando trabalhamos para o governo, o trabalho de inteligência muitas vezes requer sigilo e espionagem, vou lembrar disso durante a missão.

Pelo jeito algo grande está ocorrendo em Sirarossa, ouvi que a máfia local pode ser um problema, mas não acreditei de primeira. O Fantasma quer nos testar, ótimo. Se o Governo Mundial está montando um time de novatos, significa que querem agentes treinados desde a base para algo importante, oque por sua vez, significa que nós três estamos sendo observados por gente de cima. A situação atual pode ser séria.

Pegaria os papéis entregues pelo superior e daria uma olhada enquanto as informações finais eram dadas. Virei o rosto quando senti a mão em meu ombro, apenas uma pergunta pairava em minha cabeça: quando ele chegou do meu lado? O titulo de fantasma não foi atoa — Sim senhor. A discrição será nossa prioridade. — fiquei responsável pela negociação.

Não faria mais perguntas, a explicação foi clara o suficiente. — Na verdade, preciso pegar umas coisas — responderia para Chen já do lado de fora. Bateria na porta e com permissão, entraria — Senhor tem mais uma coisa. — tiraria uma receita do bolso interno do paletó — Acredito que foi informado sobre minha condição. Essa é a receita do Prana, o remédio criado pelo clã Amikomi no Kami. Há alguém de sua confiança na agência para produzi-lo para mim? — ofereceria o papel para ele — Não quero ofender, mas é uma receita única, nas mãos erradas poderia servir de base para uma droga contra meus parentes. Não posso entregar para qualquer um, ainda que preciso dela para sobreviver. — independente da resposta, agradecia a atenção e sairia para acompanhar meus amigos.

— Você sabe onde consigo minha arma? — perguntaria para Uzz já que ele já pegou as suas. Seguiria na direção apontada até o almoxarifado e mostraria a permissão — Preciso de um bastão de combate, madeira preferencialmente. — o chefe pediu para não ferir ninguém, com uma lança ou polearm isso vai ser dificil — Obrigado. — diria quando terminasse ali.

Na entrada, percebi que Chen não pegou uma arma — Vai lutar desarmado? E o chefe não falou pra você se vestir direito!? — esse cara vai acabar dando problema. De qualquer forma, seguiria na direção do porto pelo mesmo caminho que cheguei no quartel para garantir que não iremos nos perder.

Se chegássemos tranquilamente, viraria para a equipe — Vamos primeiro no Bala de Prata, a dívida deles é menor e terá menos chance de chamar a atenção de bandidos. Normalmente isso não seria problema, mas não querem que chamemos muita atenção e não temos cargo para vacilar. — claro que encarava Chen quando terminei a frase. Uzz se comporta com seriedade, o'que na verdade me faz desejar rir histericamente, isso não combina com sua altura “Aposto que não tem namorada”.

Mas afinal, onde fica esse bar? Iria até algum trabalhador do porto, se alguém deve saber, é um deles — Com licença, somos novos em Sirarossa. Quando perguntamos por um lugar para se divertir, recomendaram o Bar Bala de Prata, mas não sabemos onde fica, pode nos guiar? — perguntaria com um belo sorriso. Caso conseguisse as informações, seguiria até o local checando os arredores e garantir que não estamos sendo seguidos. No bar, daria uma boa olhada na estrutura antes de entrar — Que comece a agiotagem. —

AGENT OOP
Codigo
Ações —Falas— "Pensamentos
+ InformaçõesProfissão: Engenheiro de Super Veículos
Proficiências: Acrobacia, Física, Lógica, Mecânica e Mecatrônica
Qualidades: Mestre em Haki, Pau pra toda Obra e Prodígio
Defeitos: Apegado, Diligente, Guloso, Insonia e Doença Degenerativa.
Ganhos: -x-
Perdas: -x-
Objetivos na Aventura
[ ]Conseguir uma lança
[ ]Aprender Forja e Quimica
[ ]Conseguir o remédio da Doença Degenerativa (projeto extra)
[ ]Forjar um navio
[ ]Concluir 2 missões.
agente

 


Kenshin
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! XqxMi0y
Créditos : 26
KenshinDesenvolvedor
https://www.allbluerpg.com/t360-agatha-harkness https://www.allbluerpg.com/t1510-capitulo-ii-sonho-de-uma-noite-de-verao
cancelada a participação do player Rangi

_________________

Operação Agiota nas horas vagas! J09J2lK

"Ah, mas eu não quero ter dois caminhos ou ah, mas eu não quero ter caminho nenhum. Ué, você já pode porra, a única coisa que te impede de fazer isso é ser zé metinha e querer ficar comparando o tamanho do pau com o coleguinha pra compensar o ego frustrado." - Luquinhas, 2022
Jean Fraga
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 0tSpN1S
Créditos : 05
Jean FragaEstagiário
https://www.allbluerpg.com/t1620-liu-feng#17327 https://www.allbluerpg.com/t1586-morte-e-sangue

Operação Agiota nas horas vagas!



Uzz e Chen

— Pelo menos nesta primeira missão, sim! Mantenha-se longe o suficiente para não deixar qualquer uma das negociações em um clima mais tenso, mas perto o suficiente para se preciso, você consiga interferir... Em uma noite, num bar, lotado de bêbados, não sabemos o que pode acabar acontecendo.

Palavras ouvidas por todos, mas em resposta a Uzz, que conforme ouvia, descarregava e deixava sua arma apoiada sobre a parede.

Fantasma ouvia atentamente as palavras de Chen, porém não perdia energia respondendo, ele apenas soltava a fumaça sobre o rosto do garoto e instantes após isso, o mesmo, sumia.

Oop, tomava as rédeas da situação e parecia pronto para guiar o grupo, Chen seguia com Oop, já que Uzz, tinha que fazer alguns preparativos antes...

Com uma inspeção rápida e direta, ele podia notar que as armas fornecidas estavam de acordo com suas expectativas, com uma caminhada silenciosa pelos corredores, a voz de seu superior, o fantasma, surgia, mas Mizzu, não consiga perceber da onde exatamente ela vinha e mesmo que olhasse a sua volta, não encontraria o mesmo.

— Mudança de planos agente Uzz, Oop será retirado do caso e realocado, tome frente das negociações, repetindo o que já disse... use da força somente como ultima opção... – Ecoando pelos corredores pouco iluminados naquele horário, entre as sombras criadas pelas janelas, Uzz notaria uma movimentação a sua volta que rapidamente sumia e tudo voltava ao “normal”.

Perto da saída ele ficava encostado sobre uma pilastra, esperando agora, somente Chen.

Enquanto isso, assim que a dupla chegava no arsenal, Oop era recebido por uma carta, entregue pelo armeiro e em seguida, se retirava da sala, — Garoto – O marinheiro que cuidava do arsenal, agora falava com Chen – Siga seu caminho e se encontre com o outro integrante... por hora será somente vocês dois...
Mizzu Ackerman Blouse:

Zhou Chen:


_________________

Operação Agiota nas horas vagas! OAKySZI
Liezi
Ver perfil do usuário
Imagem : Operação Agiota nas horas vagas! 9TWdKCH
Créditos : 00
LieziCP 3
https://www.allbluerpg.com/t846-anne https://www.allbluerpg.com/t836-dia-1-faiscas






A notícia de que o jovem calvo não nos seguiria foi bastante desanimadora, ele parecia um coadjuvante digno de nota, talvez essa fosse uma pequena introdução para que nossos caminhos se encontrassem no futuro? Será que ele voltaria como um inimigo? Me perdia em meus devaneios enquanto caminhava em direção a onde eu julgava ser a saída do QG, onde olharia em direção ao chão buscando a figura dificilmente notável do meu outro companheiro. Ao vê-lo me aproxima, estampando um sorriso caloroso. -Então meu pequeno amigo, o homem com ausência capilar não vai mais nos acompanhar, iremos só você e eu.

Estenderia a mão para comprimentar o pequeno indivíduo enquanto acrescentava . -Meu nome é Zhou Chen, geralmente sou conhecido como Inigualável Zhou, mas pode apenas me chamar de Chen. Daria uma risada despreocupada e continuaria. -Bom, você sabe a direção exata dos nossos alvos? Diria dando uma risada sem graça. Se sua resposta fosse afirmativa, abriria espaço para que ele guiasse o caminho, todo bom protagonista sabia confiar na capacidade daqueles ao seu redor para que pudesse brilhar no momento certo.

Se a resposta do pequeno fosse negativa, teria que esconder meu ar desdenhoso. -Muito bem, vamos dar uma olhada se podemos encontrar então. E começaria a nos guiar baseado no que eu lembrava das minhas andanças na ilha. Descobrir o caminho não era meu forte, mas não poderia realmente gerar nenhum evento catastrófico… Poderia? E assim começaria a tentar nos guiar, se eu sentisse que não conhecia o caminho, ou não sabia como deveria prosseguir, abordaria alguém na rua, preferencialmente um comerciante, e indagaria. -Com licença, saberia me informar a direção do bar “Covil do Nilton”? Tinha optado por seguir para esse bar, sem um motivo em especial, eu apenas tinha dado uma leve cochilada no momento em que o chefe apresentava os alvos e só me recordava desse nome, por tanto o outro seria um problema pra depois.

No caminho tomaria o cuidado tácito de manter um ritmo que as penas menores do meu companheiro pudessem me acompanhar. Em um momento oportuno indagaria. -Meu amigo, você chega a ter mais de um metro? Escutaria com atenção sua resposta, maravilhado com a sorte de eu ter um parceiro bastante apropriado para missões de infiltração.

Quando enfim chegássemos a um dos bares olharia de soslaio para o diminuto atirador ao meu lado. “Isso não vai funcionar, nem um pouco imponente… Sem chances”. -Pode deixar que eu tomo a frente, cuide de qualquer ataque bai… Sorrateiro. Diria, quase deixando escapar uma piada sobre a altura do homem, mas como eu poderia fazer isso? Nunca julgaria uma pessoa pela sua altura.

Entraria na vanguarda e olharia para todos os detalhes do bar com atenção, identificando potenciais oponentes e potenciais elementos do cenário enquanto avançaria calmamente devolvendo o olhar de todos ali que me encarasse. Meu sorriso despreocupado não oscilaria conforme ficaria de frente ao balcão do bar e diria para quem tivesse realizando o atendimento. -Onde está o dono, por gentileza?







Relacionamentos

   x Uzz: Coadjuvante recruta com, na opinião de Chen, alto talento furtivo.
Ganhos:
   x
Perdas:
   x
Força
220
Regular

Destreza
110
Regular

Acerto
60
Regular

Reflexo
0
Incompetente

Constituição
400
Hábil
Operação Agiota nas Horas Vagas!
POST IV

-Fala || "Pensamentos" || Narração